Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

DIFICULDADES DA VIDA SEM MEDO




O que as dificuldades 

da vida nos ensinam?



O que as dificuldades da vida nos ensinam?


Autor Camilo de Lelis Mendonça Mota - camilomota@terapeutaholistico.com.br



A vida, em sua dimensão material, é transitória, porque está sempre em trânsito. 

Se você observar uma rua no centro da cidade, na hora do rush, perceberá o quanto de movimento há de pessoas, automóveis e até de animais que se arriscam em meio à civilização urbana. 

Isso é trânsito, ou seja, é algo que está transitando sempre de uma coisa para outra, de um lado para outro, nunca se repetindo. 

De maneira semelhante, as pequenas ocorrências de nosso cotidiano também são marcadas por este fluxo ininterrupto de movimentos. 

No entanto, na ânsia que temos de controlar nossos pensamentos e emoções, de proteger nosso Eu de qualquer coisa que o atinja ou agrida, criamos barreiras ao nosso próprio olhar e tentamos enrijecer aquilo que precisa ser flexível.

Este texto é uma proposta para que você reveja a sua maneira de observar as situações à sua frente, principalmente quando estiver diante de alguma dificuldade ou conflito. Tenha em mente que a realidade é sempre um reflexo de como estamos nos sentindo interiormente, de como nos relacionamos com nossa própria Alma, com nossa essência. O sofrimento aparece quando deixamos de alimentar o diálogo entre o Eu e a Alma. Quando os dois conversam em harmonia, nossa perspectiva muda e nosso olhar se torna mais claro, mais nítido.

O que chamamos de dificuldade são os desafios, bloqueios, incômodos, adoecimentos e tudo aquilo que a um primeiro olhar parece ser um obstáculo ao nosso bem viver. É preciso ter em vista que toda situação que caracterizamos como negativa tem também aspectos positivos. O que diferencia o padrão e a qualidade da situação que vivenciamos é a escolha de perspectiva que fazemos. Estamos valorizando mais que aspectos: os negativos ou os positivos?

Para fazer uma comparação, observe como nosso corpo se relaciona com os alimentos. Nós escolhemos comer uma fruta, um doce ou uma refeição completa. Isso nos dá prazer, traz energia para as células, contribui para a vitalidade. Cada vitamina e proteína necessárias ao bom funcionamento do corpo serão utilizadas, percorrerão os caminhos que favorecerão a Vida. Tudo aquilo que não serve também tem o seu destino: o sistema excretor. Ambos os aspectos são importantes para a Vida, pois mantêm seu equilíbrio. Então, se eu lhe perguntar que gosto tem uma maçã, você vai se lembrar da fruta, sua maciez e umidade, ou dos rejeitos que observou quando deu a descarga no banheiro?

Quando estamos diante de uma situação de conflito, uma ameaça à nossa integridade ou simplesmente nos vemos frente a uma movimentação que não entendemos de imediato, é preciso perguntar para nosso Coração: o que posso aprender com isso? Que valores carregarei em minha vida após esta vivência? E é importante que, nesse momento, enxerguemos a maçã. Muitas vezes, um acontecimento que parece negativo, num primeiro momento, é apenas uma oportunidade para que nos movamos, tomemos uma decisão, saiamos da zona de conforto que o Eu gosta de nos colocar para nos sentirmos protegidos através de uma ausência ilusória de movimento. Aquilo que consideramos negativo não precisa ser negado, escondido, mas compreendido. Após viver a experiência, é preciso colher as vitaminas e não seus rejeitos. O que foi descartado poderá até servir de adubo, mas não de alimento.

Não tenha medo, portanto, de mergulhar no rio, de se banhar nas águas da Vida. Tudo o que vivenciamos é objeto para nosso aprendizado nesta realidade material e traz reflexos positivos para o campo de nossa espiritualidade. Na próxima vez que você se encontrar diante de um problemão, respire fundo e procure mudar o foco. Em vez de ficar olhando para a dificuldade, alimente sua Fé, deixe a sua Alma conduzir o processo e observe o quão criativo você é quando a Vida lhe oferece a oportunidade de aprender mais uma lição.


Sobre o Autor

Camilo de Lelis Mendonça Mota
  
Terapeuta Holístico, CRT 42617, Psicanalista, Mestre de Reiki, Karuna Reiki, Terapeuta Floral, Psicoterapeuta Holístico, membro da diretoria da Associação Brasileira de Psicanálise Transpessoal, ABPT.
www.camilomota.com.br

 E-mail: camilomota@terapeutaholistico.com.br

Nenhum comentário: