Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 4 de maio de 2015

VEJA & FAÇA: EMPRENDEDORISMO SOCIAL NA PRÁTICA







7 passos para você colocar seu negócio de impacto social em prática





Coordenadoras da Ashoka Brasil dão dicas que podem ajudar a transformar um sonho em realidade






Da Redação - 03/02/2015


     
            
Empreendedorismo social (Foto: Photopin)
Unir o desejo de empreender, viver do próprio negócio e ainda causar um impacto positivo na sociedade parece o mundo perfeito.

E é – ou talvez o que mais se aproxime desse conceito. Pois é isso o que fazem os empreendedores sociais.

“O empreendedor de impacto social aponta tendências e traz soluções inovadoras para problemas do cotidiano em diversos âmbitos, seja de mobilidade, meio ambiente ou desenvolvimento econômico, seja por enxergar um problema que ainda não é reconhecido pela sociedade ou por vê-lo por meio de uma perspectiva diferenciada”,

afirmam Michelle Fidelholc e Isabela Carvalho, coordenadoras da Ashoka Brasil, uma organização global sem fins lucrativos pioneira no campo da inovação social, trabalho e apoio aos empreendedores sociais.


Se o seu sonho é se ter um negócio de impacto social, veja algumas dicas das especialistas que podem lhe ajudar nessa sua trajetória.



Identifique o problema

 Tenha bem claro qual é a demanda social que você deseja trabalhar e analise os componentes que levam a esse problema. Saber o que deve ser “combatido” ajuda a estabelecer uma estratégia de ação.



Conheça o seu público beneficiado


 Não basta ter uma ideia distante de quem são, suas culturas, seus valores. É preciso ir além do superficial. O conhecimento popular é muito valioso e, às vezes, a solução pode ser uma adaptação do que já está sendo feito, aliado com conhecimentos externos.  A metodologia de “design thinking”, por exemplo, fornece algumas ferramentas de empatia pra tentar entender o beneficiário. O mais importante aqui é ter respaldo, apoio e constante feedback do público beneficiado.






Elabore o projeto


 Desenhe um programa que inclui objetivos, plano de captação de recursos ou sustentabilidade financeira, ações objetivas, número de pessoas envolvidas, comunicação e indicadores de impacto.



Trabalhe em equipe


 Envolva os beneficiários, apresente seus projetos e os convide para fazer parte da cocriação do programa. Eles devem ser vistos como as grandes fontes de informação e devem ser parte inerente das ações que estarão em andamento. Equipes multidisciplinares ajudam a inovar e a ver oportunidades onde há crise. Por isso, promova diversidades no seu time e crie canais de comunicação entre ele, para que todos se sintam empoderados e responsáveis pelo êxito final do projeto.



Assegure os recursos


 A captação de recursos é uma das áreas mais complicadas. Algumas maneiras de financiar projetos são: editais; parcerias com empresas e poder público; crowdfunding; desafios como os promovidos pelo Changemakers da Ashoka; pagamento de pequenas contribuições pelos beneficiários, no caso de produtos. É preciso lembrar que as redes de colaboração têm funcionado muito no que se refere a levantar recursos. Vale identificar todas as redes e grupos que também estejam trabalhando naquela área. Quando falamos de impacto social, colaboração é mais efetivo do que competição!



Faça um apresentação eficiente


 Uma comunicação bem estruturada pode não somente gerar visibilidade para o projeto, mas também atrair parceiros, voluntários, colaboradores e inspirar pessoas a desenvolverem projetos que se aliem ao seu. Quanto maior o impacto de um projeto e mais pessoas envolvidas, maiores as chances de ganhar atenção de grandes empresas e do poder público, o que potencializa os movimentos de transformação sistêmica.



Peça opiniões


 No fim de cada ação, recolha feedbacks e sugestões de todos os envolvidos. Analise os resultados desses feedbacks, compare com os objetivos iniciais do projeto e veja o que ainda pode ser melhorado. É importante saber que muitos imprevistos vão acontecer, mas que pesquisas e conversas de feedbacks podem tornar o processo mais preciso.





LEIA AINDA:


Nenhum comentário: