Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 18 de maio de 2015

TENTAR SE MATAR, TEM SOLUÇÃO ??







Como é se recuperar depois de

 tentar acabar com a própria vida





Publicado: Atualizado:


DEPRESSION






        
"Acho pouco provável que eu volte a me sentir tão para baixo daquele jeito", afirma Jaabir, sorrindo para mim do outro lado da mesa.

"Fui assaltado na semana passada, foi bem violento. Fui empurrado da bicicleta e caí numa vala. Levaram todas as minhas coisas. Acabei de me recuperar fisicamente, mas ainda estou com o psicológico abalado. Mas pelo fato de já ter lidado com as experiências mais dolorosas da minha vida, sinto que estou mais forte para aguentar qualquer outra coisa que aconteça."

Em junho de 2014, Jaabir, 28 anos, viu-se à beira do penhasco de Beachy Head, prestes a por fim à própria vida.

"Tinha chegado num ponto que era demais para mim", afirma.

Um membro da capelania o encontrou e, depois de passar 30 minutos conversando com ele, convenceu Jaabir a descer. Foi um momento crucial. "Se eu soubesse que havia gente com quem conversar, que queria me ajudar", conta Jaabir, "com certeza eu não teria ido parar lá em cima".

Jaabir e eu estamos no andar de baixo de uma cafeteria perto do trabalho dele, no centro de Londres.

Passaram-se oito meses desde o dia em que ele quase acabou com a própria vida. Jaabir é engraçado, carismático e fala com eloquência sobre a experiência. Ele mostra grande entusiasmo em desconstruir o estigma e a vergonha associados aos transtornos psicológicos, através da poderosa ferramenta de cura que é a comunicação.


"Inicialmente, não fui aberto a respeito da minha doença, porque tinha medo", conta. "Tendemos a não falar sobre as emoções neste país e isso está nos matando. No começo, eu sentia muita vergonha. Achava que isso me tornava menos homem. Só mais tarde percebi que tinha uma rede de apoio perto de mim."

Se você tem a impressão que sua cabeça está sendo surrada por uma tempestade invisível, mas se sente forçado a se calar para não incomodar o delicado equilíbrio da sociedade, não faça isso, afirma Jaabir. A resposta das pessoas muitas vezes pode te surpreender.

"A reação das pessoas é uma coisa que preocupa bastante quando você se abre. Dizer 'quero me matar' para a sua mãe ou melhor amigo não é fácil. Mas o primeiro passo da minha recuperação foi a sinceridade."






Nenhum comentário: