Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

PASSAGEM TÃO RÁPIDA DO TEMPO


 
 
 
Você sabe por que tem a sensação de que os anos passam cada vez mais rápido?


Reprodução

 

Fatores cerebrais e de amadurecimento são os principais responsáveis pela sensação  
 
 


A decoração de Natal já adotada por alguns shoppings choca e leva ao pensamento de que 2014 já está acabando.
 
Mais um ano que passou muito rápido e que, quando menos esperávamos, já está no fim.
 
A Copa passou e as eleições já estão no final.
 
Mas por que temos a sensação de que anos novos sempre passam mais rápido do que os anteriores?

O site The Mind Unleashed ouviu especialistas e fez artigo no qual explica melhor a sensação de que, ano após ano, o tempo parece passar mais rápido.
 
Alguns psicólogos, por exemplo, acreditam que essa sensação tem ligação direta com a quantidade de memórias afetivas que temos.


De acordo com esses especialistas, com o passar do tempo vamos tendo cada vez menos memórias inéditas - o primeiro beijo, a primeira viagem, a primeira paixão - e por isso temos mais dificuldades em separar as lembranças com um grande espaço de tempo entre elas.
 
Com isso, nossa noção de tempo acaba sendo baseada em intervalos de emoções menores e mais insignificantes para a memória.


O envelhecimento também leva à diminuição da produção de dopamina no cérebro.
 
A substância é responsável, entre outras, por liberar as sensações de prazer e também por fortalecer a memória.
 
Mais uma vez, então, a passagem de tempo parece acontecer mais rapidamente conforme envelhecemos pelo fato de que nosso cérebro perde aos poucos a capacidade de armazenar o mesmo número de eventos marcantes se comparado ao período da infância.
 


Ainda é considerável nessa variação o instinto humano de economizar energia sempre que possível.
 
 
Assim, nossa mente entra no piloto automático em muitas situações cotidianas que acabam passando batidas pela memória, contribuindo para a sensação de aceleração do tempo.
 
Por termos mais atividades corriqueiras do que memórias marcantes, olhamos sempre para as emoções que marcaram nossas vidas e nos surpreendemos com o vácuo entre elas.
 
Por conta disso, temos sempre a sensação de que os anos, conforme eles passam, avançam mais rapidamente.

Nenhum comentário: