Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 23 de abril de 2014

DISCIPULOS




 
PRIVILÉGIOS DE QUEM É DISCÍPULO
 
 




 
"Ele, respondendo, disse-lhes:
Porque a vós é dado conhecer os mistérios do Reino dos céus,
mas a eles não lhes é dado;
porque àquele que tem se dará,
e terá em abundância;
mas aquele que não tem,
até aquilo que tem lhe será tirado."
 
Mateus 13.11,12



Os discípulos de Jesus são os únicos que podem conhecer a Verdade. Mesmo que alguém passe horas orando, pedindo a Deus que lhe mostre o caminho, se não se tornar discípulo de Jesus, jamais encontrará a salvação, que é o próprio Cristo. Isso está bem claro nas Escrituras e não será mudado. Quem rejeitar a Palavra de Deus, não nascendo da água e do Espírito, não entrará nem verá o Reino dos Céus.
 
Jesus disse que reis, sacerdotes, profetas e demais pessoas que serviram ao Senhor com integridade de coração desejaram conhecer os mistérios do Reino, mas não puderam. No entanto, há quem troque os ensinamentos do Altíssimo por algumas moedas de prata, como fez Judas Iscariotes (Mt 26.14,15); por amar o mundo, como fez Demas (2 Tm 4.10), e por uma mentira, como fizeram Ananias e Safira (At 5.1-10). Qual será o destino eterno dessas pessoas? Suas escolhas valerão a pena?
 
Aqueles que ouviram a voz de Deus e se converteram, mas não permaneceram nas palavras de Jesus não têm capacidade de conhecer nem de usufruir dos mistérios santos. O prejuízo sofrido enquanto estiverem por aqui, ou quando forem para a eternidade, será muito grande. O castigo dos que desprezam a Palavra, depois de terem nascido de novo, será pior do que o daqueles que ouviram a mensagem do Evangelho e a rejeitaram.
 
Na vida espiritual, um dos segredos é guardar as ministrações do Senhor. Se o salvo as cumprir, receberá mais. Por isso, ao não desperdiçar as oportunidades concedidas pelo Altíssimo, o cristão é abençoado.  Quanto mais atribuições receber do Onipotente e cumpri-las, mais ele terá. Agora, os que não têm recebido mais de Deus devem examinar se têm realizado aquilo que receberam como missão.
 
Pela promessa que estamos estudando, proveniente dos lábios de Jesus, podemos entender que o Senhor não tira os olhos da pessoa a quem Ele dá alguma incumbência. Ao executá-la, ela recebe mais e, por isso, tem em abundância. Essa promessa funciona para todos os que possuem alguma habilidade para fazer a obra divina. Deus recompensa todo aquele que se dedica a realizar o que Ele tem ordenado.
 
Quem despreza o que lhe foi ministrado age muito mal, pois o Altíssimo olhou para a vida dele, verificando o que era necessário para ele se livrar dos ataques malignos. O Senhor observou também os problemas que ainda iriam atingi-lo. No entanto, por insensatez, essa pessoa decidiu não dar crédito a Deus. Por causa disso, até o que ela pensa que tem será tirado dela. O certo é ser obediente sempre.
 
A conclusão é que vale a pena ser discípulo do Mestre. Os que permanecem no que lhes tem sido ministrado são aceitos. Para eles, não faltarão iluminação, proteção e ajuda do Altíssimo. Portanto, acredite e cumpra todas as ordens que você recebeu do Senhor.
 
 
Em Cristo, com amor,
 
R. R. Soares

terça-feira, 22 de abril de 2014

RELIGIÃO, TESÃO & PECADO




iStock
 

Você sente tesão, mas sua religião diz que é pecado?

Permita-se pensar sobre pecado, culpa, livre arbítrio, medo e dominação  Leia mais no Preliminares »
 
 
FONTE: YAHOO
 
 
 

Sexo e religião: como lidar com o desejo

 
 
Nos últimos tempos tenho recebidos diversos e-mails com a mesma dúvida: como lidar com a vontade de fazer sexo sendo religiosa. São mulheres que já passaram da adolescência e ainda buscam o parceiro de vida ideal. Nessa caminhada, o tesão já deu as caras de diversas maneiras e algumas estão cansando de esperar.
 
Tudo isso é totalmente compreensível. Nosso corpo libera hormônios e lidar com eles não é exatamente simples. Você tem desejos, o mundo faz com que esses desejos fiquem à flor da pele e não é fácil ter controle sobre isso.


Porém, religião é uma escolha. Assim como tudo nela. Você não é obrigada a manter-se virgem. É um caminho escolhido de acordo com suas crenças. E estar aberta a mudar o que você acredita é sempre necessário. Ter abertura para questionar e repensar sua fé é preciso.

Nós mudamos, envelhecemos e amadurecemos. Nem sempre seguimos com as mesmas verdades. E você precisa se permitir pensar sobre pecado, culpa, vontade própria e livre arbítrio, medo e dominação. Ser verdadeira com si mesma torna muito mais fácil dizer não para a tentação ou mudar os rumos da sua vida, como você achar melhor para si.

Dentre as mulheres que me enviaram e-mails, a sensação é de que todas elas não querem ceder, então há alguns passos que podem ser tomados para deixar essa decisão um pouco menos pesada:


Escolha o parceiro certo
Você está se guardando para o homem da sua vida. Se o cara com quem você está a pressiona para fazer sexo – ou diz que vai procurar sexo fora do relacionamento – é porque ele não é o cara certo. O homem ideal a respeita e sabe que você tem autonomia sobre seu corpo. Talvez seja hora de rever a relação.


Entenda o seu corpo
Comece a entender como seu corpo funciona. Quando é que você fica com mais tesão? Em quais momentos pensa em largar tudo e simplesmente fazer sexo? O sexo é uma delícia, mas fincar pé no que a gente acredita também é – seja religião ou qualquer outra coisa. Busque entender se essa é realmente uma escolha sua – tanto manter quanto perder a virgindade – e esteja aberta a mudar de opinião.


Ocupe a mente
Encontre atividades que a tirem do contato com o que a deixa com vontade de fazer sexo. Leia um livro não erótico, assista um documentário, estude, ouça músicas. A energia sexual é uma energia como qualquer outra e você pode desviar seu foco. Encontre algo em que você é boa e fique melhor ainda. Não há lugar para mais nada quando você está mergulhada em um assunto que a encante.


Ocupe o corpo
Sexo é algo físico. Você não tem tesão porque está apaixonada, apesar disso influenciar, você tem tesão porque seu corpo está trabalhando. Então o canse. Vá correr, faça uma aula de dança, mergulhe de cabeça nos alongamentos ou vá meditar. Corpo cansado não tem vontade de nada além de descansar.


Problematize
Qualquer que seja sua escolha, o importante é que ela seja consciente. Já que você está questionando a necessidade da sua virgindade, busque informações sobre a história dessa exigência. Estude a história e cruze os dados com a religião. Converse com pessoas de dentro e de fora da igreja para entender os mecanismos da religião e do mundo. Busque informações sobre a dominação por meio do medo. Abra-se e seja racional. Questione. Apenas essas respostas poderão ajudar você a ter certeza de que a escolha, seja ela qual for, é realmente sua e não uma imposição. Se você não acredita 100% no que está vivendo, então não vale a pena seguir. Você sempre pode mudar de caminho.


Você tem alguma dúvida sobre sexo? Manda para mim no preliminarescomcarol@yahoo.com.br e siga-me no Twitter (@carolpatrocinio).        


Leia também:Preliminares responde: Sexo oral e religião
Evangélicos também gostam de sexo!
Associação quer criar manual gospel para sexshops



Por | Preliminares – 6 horas atrás
 

PRATICA RELIGIOSA




Pesquisa revela que religião é vista como positiva para a sociedade por 60% da população mundial

 
 

 
Pesquisa revela que religião é vista como positiva para a sociedade por 60% da população mundial
 
 
 
Uma pesquisa realizada em 2013 abrangendo 65 países revelou que para 60% da população mundial a religião continua sendo importante e positiva para a sociedade. Foram entrevistadas mais de 66 mil pessoas no levantamento do instituto WIN Internacional.
 
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O relatório da pesquisa aponta que 59% dos entrevistados veem a religião como positiva, enquanto 22% consideram negativa e 14% entendem que ela não desempenha nenhum papel relevante para a sociedade.
 
O estudo revela, no entanto, diferenças marcantes entre regiões do mundo e até mesmo entre países da mesma região e com tradições culturais semelhantes, segundo informações do Protestante Digital.
Na África foram registradas as maiores avaliações positivas sobre a religião: 76% contra 11%; o Oriente Médio seguiu a tendência, registrando 71% de opiniões favoráveis, contra 21%; nas Américas, a diferença foi menor, 68% a 14%; e na Ásia os números foram semelhantes, 60% contra 23%).
 
Já no leste europeu a quantidade de pessoas que vê a religião como algo positivo para a sociedade foi menor em relação aos continentes citados acima: 54% contra 21%. Na Europa Ocidental foram registrados os números de menor prestígio à fé: 36% veem a religião como positiva, 32% acreditam que ela seja negativa e 26% disseram não dar a mínima para o assunto.
 
No continente americano, a religião é um item importante e bem-vindo para a maioria dos entrevistados. O Brasil ocupou o primeiro lugar no ranking na América do Sul, e os Estados Unidos tem o mesmo posto na América do Norte.
 
Há pouco mais de um século, o filósofo alemão Friedrich Nietzsche previu “a morte de Deus” em suas análises, dizendo que a modernidade traria à sociedade aquilo que as pessoas buscam na religião. Hoje, depois de tantas revoluções tecnológicas e da existência de inúmeras facilidades, as pessoas continuam sendo mais parecidas com a descrição do escritor russo Fiódor Dostoiévsky, que dizia que “o vazio no peito é do tamanho de Deus”.
 
 
 
Avatar de Tiago Chagas Publicado por Tiago Chagas em 21 de abril de 2014 
 
 
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

ENOQUE




Estudo Bíblico sobre

O Profeta Enoque

 
 


Em meio um tempo de completa devassidão existiu um homem chamado Enoque filho de Jarede e pai de Matusalém. Gn 5:18-21 Opondo-se as atitudes dos seus contemporâneos obteve bom testemunho porque tinha uma intima comunhão com Deus, enquanto as pessoas estavam ocupadas com as suas atividades, uns pastoreando ovelhas no campo, uns cultivando plantações, uns mercantilizando, Enoque estava face a face com Deus, obviamente tinha as suas funções como os demais, no entanto, passava o dia todo conversando com Deus, tonou-se amigo de Deus. Diferente de Enoque, quando as pessoas terminavam as suas atividades cotidianas era comum elas se reunirem e fazerem grandes banquetes em suas casas, nessas celebrações pagãs havia muitas coisas abomináveis aos olhos de Deus, porém, Enoque por conhecer a vontade de Deus se desviava de todas essas coisas. Então, por Deus ver que essa geração era má e perversa decidiu fazer juízo contra todos que andavam na pratica da iniquidade derramando sobre eles o grande cálice do diluvio. No entanto, Deus com a sua infinita bondade e rica misericórdia propôs no seu coração um período de tempo específico para que as pessoas se arrependessem dos seus pecados. Então, Deus levantou Enoque como voz profética para que aquele povo ouvisse a mensagem do arrependimento e mudassem a sua conduta, porém Enoque sabia que a missão que o Senhor lhe tinha outorgado era muito difícil, porque ele conhecia as práticas pecaminosas do povo, eles eram murmuradores (reclamavam de tudo, não sabiam ser servos uns dos outros, pelo contrario sempre queriam tirar proveito das situações, enganando com mentiras planejadas para prejudicar o seu próximo), queixosos (eram ressentidos, se magoavam com facilidade, eram muito melindrosos, andando segundo as suas concupiscências (sempre estavam buscando satisfazer os seus desejos carnais, correndo desenfreadamente atrás de agradar as suas vontades a qualquer custo); e a sua boca diz coisas muito arrogantes (quando eles falavam eram completamente ignorantes, não respeitavam ninguém, usavam de palavras obscenas todo tempo), adulando pessoas por causa do interesse (quando se tratava de tirar proveito da situação eles eram profissionais em bajular pessoas que lhe poderiam oferecer benefícios no futuro). Jd 16

Contudo, Enoque não se intimidou e começou a exercer o seu ministério profético na sua época, em seu coração reinou a coragem e o amor por aquele povo, já na sua mocidade decidiu assumir o risco de morte, assim, prosseguiu nessa ousadia, não por acreditar em suas habilidades para cumprir o seu chamado, mas por crê que Deus o ajudaria em sua missão foi que Enoque mesmo correndo risco de ser destruído pela população profetizou dizendo: Eis que veio o Senhor com os seus milhares de santos, para executar juízo sobre todos e convencer a todos os ímpios de todas as obras de impiedade, que impiamente cometeram, e de todas as duras palavras que ímpios pecadores contra ele proferiram. Jd 14,15

Assim, como todos aqueles que amaram mais a Palavra de Deus do que a suas próprias vidas Enoque passou a ser perseguido pela população por conta da dureza da mensagem a qual proclamava, todos os ouvintes da pregação de Enoque endureceram os seus corações e quiseram mata-lo. Porém, pela fé, Enoque foi trasladado para não ver a morte; não foi achado, porque Deus o trasladara. Pois, antes da sua trasladação, obteve testemunho de haver agradado a Deus. Hb 11;5,6

Enoque foi poupado por Deus de seu martírio, devido haver poucas informações contidas nas Escrituras Sagradas sobre a vida desse jovem que marcou a sua geração com a pregação da Palavra de Deus e uma vida de plena justiça, não se sabe ao certo se ele foi arrebatado para o céu ou foi levado para um lugar bem longe dos seus perseguidores, apesar disso, tudo que se sabe é que Enoque andou com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si. Gn 5:24.

Após Enoque ter anunciado o juízo de Deus para aquele povo iníquo, foi levado embora por Deus. As pessoas por terem rejeitado a Palavra continuaram agindo dissolutamente caminhando segundo os seus desejos malignos. Passaram-se o período determinado por Deus e a iniquidade se multiplicava porque aqueles que eram da linhagem da santidade se uniram com aquelas que eram da linhagem do pecado e geraram filhos, esses nefilins eram os valentes, os homens de renome, que houve na antiguidade. Gn 6:4

Por esse tempo apareceu Noé, homem justo e perfeito em suas gerações, e andava com Deus. Gn 6:9 Então, o Senhor disse que iria destruí a todos aqueles que não se arrependeram dos seus pecados, determinou que o Seu Espirito não mas habitaria no homem porque esse era carnal e o tempo que tinham para se arrepender do mal era cento e vinte anos. Gn 6:3 Porem, Noé obteve a graça de Deus, e teve o auxilio Divino para construir a grande arca pela qual foi salvo junto com a sua esposa, seus filhos, as mulheres dos seus filhos e um par de animas de cada espécie. No entanto, todos os que não andaram com Deus foram completamente destruídos pelas águas de um diluvio universal. Porque a salvação de Deus é para todos aqueles que andam dia e noite até o fim de suas vidas em intimidade com Ele.

“Andar com Deus significa ser rejeitado pelo mundo.”

| Autor: Fernando Paixão | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR

ORAÇÃO DO DIA








COMO OCORRERÁ A SUA LIBERTAÇÃO







"Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele:
Se vós permanecerdes na minha palavra,
verdadeiramente,
sereis meus discípulos e conhecereis a verdade,
e a verdade vos libertará."
 
João 8.31,32
 
 
 
Meu Deus e meu Mestre!

Como seria bom se sempre Tu nos ensinasses os princípios do Teu Reino.

Não queremos perder nada que podemos receber de Ti.

Tudo o que precisamos é ser Teus discípulos.

Assim, seremos ministrados pelo Teu Santo Espírito.

O segredo é permanecer na Tua Palavra, pois, se a desprezarmos, o maligno nos atacará com toda a sua fúria.

Mas por que alguém desprezaria a Palavra que o salva, cura, fazendo-o prosperar e dando-lhe todas as bênçãos e também proteção?

Se ignorarmos os Teus dons, seremos maus, pois desprezaremos a vida.

Com isso, a morte – a natureza de Satanás – nos terá em suas mãos.

Hoje, viemos pedir que nunca nos deixes tomar essa tola decisão.

Queremos conhecer a Verdade e ser libertos por ela.
 
 
 
FONTE `IIGD

segunda-feira, 21 de abril de 2014

UCRANIA




Mensagens antissemitas espalham medo entre judeus da Ucrânia


Por BBC Brasil |

 
               

Panfletos mandam judeus do leste da Ucrânia se registrarem e pagarem imposto exclusivo



BBC


Quando Asya Kreimer entrou em sua conta no Facebook e viu o panfleto que mandava os judeus do leste da Ucrânia se registrarem, pagarem um imposto exclusivo e deixar a região, sua primeira reação foi rir.

"É que me pareceu ridículo", conta essa senhora de 56 anos, enquanto prepara um prato a base de frango, sob a orientação kosher, para a Páscoa judaica.
 
AP
Os líderes da República Popular de Donetsk negam estar por trás das mensagens. Eles acusam o governo de Kiev de espalhar os folhetos para desacreditar o movimento autonomista
Assista: Avião de combate dá rasante incrível na Ucrânia
Leia também: Otan reforça proteção terrestre, marítima e aérea no leste da Europa


Nos últimos dias, vários folhetos foram distribuídos por homens mascarados nas saídas das sinagogas de Donetsk. A cidade no leste da Ucrânia está no centro do conflito entre o governo de Kiev e os separatistas pró-Rússia, que querem que a área seja anexada por Moscou, a exemplo da Crimeia.
 
"Nunca tivemos problemas aqui. Meus amigos ucraniamos e russos me respeitam por ser judia. Esse pedaço de papel foi ao mesmo tempo patético e repugnante", conta.

Os líderes da República Popular de Donetsk, proclamada por separatistas pró-Rússia, negam estar por trás das mensagens. Eles acusam o governo de Kiev de espalhar os folhetos para desacreditar o movimento autonomista.



Veja a ocupação Russa na Ucrânia:

Ativista mascarado pró-Rússia olha para o lado de fora de janela em prédio da administração regional de Donetsk, Ucrânia (18/4). Foto: AP
1/24
 
 
Ameaças
 
Para boa parte dos 15 mil judeus de Donetsk, a simples distribuição dos panfletos é motivo suficiente para se preocupar.
 
"Isso é só mais uma demonstração das coisas horríveis que andam acontecendo aqui", diz Asya. "Não acredito que os judeus estejam sob perigo imediato, ainda que tudo isso seja parte de um plano para arrastar as pessoas ao confronto", diz.
 
O antissemitismo é parte da história familiar de Asya. Cinco de suas tias foram enterradas vivas durante a invasão alemã em 1941. Nos anos seguintes, boa parte de sua família foi exterminada.

Desde o fim da Segunda Guerra, a vida dos judeus locais foi de paz. Asya conta que recusou várias oportunidades de deixar a Ucrânia desde o colapso da União Soviética. Mas, há algumas semanas, ela começou a fazer um curso de alemão.

"Estou pensando em ir à Alemanha. É a primeira vez na minha vida que penso em ir embora", conta. "Eu tenho medo da Rússia, não dos russos, mas do governo. Acho que o Ocidente está subestimando o perigo que Putin representa", diz.

Para o rabino Pinkhas Vyshedsky, da cidade de Donbass, "a impressão é que alguem está tratando de arrastar (os judeus) para um jogo político entre a Rússia e Ucrânia".

O rabino já pediu às forças de segurança da Ucrânia proteção especial à comunidade. Até agora, não houve resposta.



O caso dos tártaros

Os judeus não são o único grupo alvo de campanhas de ameaça e intimidação na Ucrânia desde o início da atual crise política.

Durante a anexação russa da Criméia, os tártaros, que são uma etnia da região, também passaram a ser perseguidos. Hoje os tártaros, que são uma minoria muçulmana, são poucos na sua terra natal, já que nos anos 1940 o líder soviético Joseph Stálin deportou quase toda essa população para a Ásia Central.

Nos anos 1980, muitos começaram a regressar à Crimeia. Mas no mês passado, enquanto as tropas russas ocupavam bases militares em toda a região, minorias tártaras foram amedrontadas por grupos de carecas. Eles carregavam um taco de beisebol e uma lista dos moradores tártaros, pintando uma cruz na fachada de suas casas.

"Foi exatamente isso que fez Stálin dias antes de nos colocar nos trens e nos deportar para a Ásia Central", diz Rustam Kadyrov. Sua casa, no vilarejo de Bakhchysarai, também está marcada com uma cruz.

"Não sei quem está fazendo isso, mas estão querendo nos intimidar", conta.



Medo dos russos

Em meio à crise, o presidente russo, Vladimir Putin, acusa o governo de Kiev de violar os direitos da população de fala russa na Ucrânia. Moscou diz que os nacionalistas ucranianos - particularmente o poderoso grupo Pravy Sektor (Setor da Direita) - são fascistas.

Desde o colapso da União Soviética, a aprovação de leis que garantam a língua e os outros direitos de grupos minoritários na Ucrânia tem fracassado.

Ainda assim, representantes das comunidades judaica e dos tártaros acreditam que uma Ucrânia mais próxima à Europa pode lhes garantir uma maior sensação de segurança, coisa que não esperam em caso de influência russa.

"Eu tenho medo é da Rússia", diz Asya Kreimer. Assim como a maioria dos judeus de Donetsk ela tem o russo como língua materna.

"Parece que acabou a vida que nós tinhamos até agora", diz. "Os panfletos são só uma pequena parte: o que importa é que a Rússia está atiçando os problemas", diz.

"De fora, parece que tudo vai bem, já que felizmente não houve muitas mortes ou muita violência. Mas a Rússia está matando nosso Estado, a nossa nação (Ucrânia)", diz.

À medida que a disputa entre Rússia e Ucrânia se aprofunda, o perigo aumenta com o vazio de poder que emerge no país. Como em qualquer outro conflito, tensões étnicas e religiosas, que estavam adormecidas há décadas, começam a aparecer.

Por isso mesmo essas minorias temem se tornar vítimas do conflito entre duas nações de cultura eslava e religião ortodoxa.


FONTE: IG MUNDO

domingo, 20 de abril de 2014

CADÊ ELE ??




Onde Está Jesus?

(Mary Manz Simon)

 
 
Onde Está Jesus? (Mary Manz Simon)
O livro Onde Está Jesus? (Mary Manz Simon) da Editora Cultura Cristã mostra o significado da Páscoa para crianças.


Sinopse do livro Onde Está Jesus?


Este livro, recomendado para crianças de 6 a 8 anos, conta a história da Páscoa, contada em Mateus 22.62-68, 28.1-9 para crianças.
O livro foi traduzido e adaptado para o melhor aprendizado infantil, com lindas ilustrações de Denis Jones.




Características

Título: Onde Está Jesus?
Autor: Mary Manz Simon
Editora: Cultura Cristã
Páginas: 24
Tamanho: 14 x 21 cm


Download do ebook

O livro digital (ebook) “Onde Está Jesus? (Mary Manz Simon)” não está disponível para download.
Atenção: o Gospel+ não faz pirataria e a Editora desse livro ainda não liberou o download parcial ou completo da obra. Porém você encontra os links para comprar pelo melhor preço logo abaixo. Visite a categoria de “Downloads de livros” para mais de 700 livros disponíveis, parciais ou completos.
Autor ou editora! Envie o ebook parcial ou completo desse livro para contato@gospelmais.com.br. Milhares de pessoas terão a chance de conhecer sua obra.


Comparar e comprar livro

Confira o preço e disponibilidade nas principais lojas virtuais:
Comprar livro Onde Está Jesus? (Mary Manz Simon) na Livraria Saraivaver preço
→ Comprar livro no Casa da Bíblia Onlinever preço
→ Comprar livro no Walmartver preço
→ Comprar livro na Amazon.comver preço
→ Comprar livro na Americanas.comver preço

→ Comprar livro no Extra.com.brver preço

Clube Ovelhas: compra coletiva de livros evangélicosaté 70% desconto




FONTE: GOSPEL +

sábado, 19 de abril de 2014

PORNOGRAFIA & ABANDONO DA FÉ




Pesquisa associa aumento dos acessos a sites pornográficos ao crescimento do número de fiéis que abandonam a igreja

 
 
 
 
Pesquisa associa aumento dos acessos a sites pornográficos ao crescimento do número de fiéis que abandonam a igreja
 
 
 
 
Uma pesquisa sobre pornografia revelou que pode haver uma relação entre o crescente número de pessoas que procuram material erótico na internet e a quantidade de fiéis que deixam de frequentar os cultos.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A constatação se deu quando os pesquisadores avaliaram a correlação entre o aumento do acesso à internet e o aumento do número de pessoas que deixam de ser membros ativos de suas comunidades de fé.
 
 
Junto com o crescimento do acesso à internet, cresceram também os acessos aos sites de conteúdo pornográfico.
 
 
De acordo com o Christian Post, um dos maiores portais de filmes adultos do mundo recebe sozinho 2% de todo o tráfego da internet.
 
No total, há 420 milhões de páginas com conteúdo erótico.
 
 
“A pornografia tem sido parte da internet cada vez mais todos os dias. E as estatísticas de consumo online são surpreendentes, mesmo entre os cristãos”, comentou o blogueiro Joe Miller, que é analista da editora cristã Nelson Brooks. Segundo ele, a pornografia inibe “a oração e a contemplação benéfica”.
 
 
Para Miller, o ser humano é incapaz de trabalhar para satisfazer o “desejo e a santificação” ao mesmo tempo, e isso resulta em “ceder à atração de um ou outro”, o que explicaria o maior número de fiéis que deixam de frequentar as igrejas na mesma proporção de pessoas que acessam a pornografia.
 
 
 
O escritor cristão Rod Dreher foi mais a fundo em sua análise: “Se você aceitar a visão do mundo moderno no sexo, e abandonar o ensino do cristianismo, em breve você vai deixar o cristianismo. As pessoas não gostam de ouvir isso, mas é verdade”, pontuou.
 
 
 
 
 
Avatar de Tiago Chagas Publicado por Tiago Chagas em 18 de abril de 2014
 
 
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

COMO É VOLTAR A VIVER, NA PRÁTICA ??




Estudo Bíblico

Nossos Corpos Ressuscitarão?

Como?

 
 
 


Assistir a um corpo descendo à cova não é nada fácil. Mais impactante ainda é assistir às cinzas de um corpo cremado sendo lançadas ao mar. O que será desses corpos? Digo, dentro da perspectiva cristã.

O credo apostólico é claro quanto à crença cristã histórica na ressurreição, tanto de Cristo, quanto de todos os homens. Nele se afirma que Jesus Cristo foi “morto e sepultado; desceu ao Hades; ressurgiu dos mortos ao terceiro dia; subiu ao céu; está sentado à direita de Deus Pai Todo-poderoso, donde há de vir para julgar os vivos e os mortos .” Além de chancelar a crença “na ressurreição do corpo (1) e na vida eterna.” Mas como isso se dará?

O que dizer de corpos que foram reduzidos a nada? Seus átomos se espalharam pelo ar e hoje fazem parte de outros corpos e até de objetos inanimados. Como reagrupá-los? Que Deus é onipotente, todos concordamos sem titubear. Todavia, se um átomo que antes pertencia a um corpo, agora pertence a outro, a qual deles ele se ajuntará na ressurreição? E no caso de um órgão que tenha sido doado, em que corpo ressuscitará, no que doou ou no que recebeu?

Na fantasia de muitos, quando a última trombeta soar e Cristo surgir entre as nuvens do céu, os túmulos se abrirão, e os corpos se levantarão reanimados. Talvez uma leitura literal dos textos sagrados sugira isso. Porém, devemos cuidar para que não tropecemos numa literalidade radical, e, assim, exponhamos a autoridade bíblica ao desprezo de muitos desnecessariamente.

Obviamente que tal expectativa está embasada nas Escrituras, em pelo menos dois dos seus textos. Um deles está em Ezequiel 37:12-13, onde lemos: “Portanto profetiza, e dize-lhes: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu abrirei os vossos sepulcros, e vos farei subir das vossas sepulturas, ó povo meu, e vos trarei à terra de Israel. E sabereis que eu sou o Senhor, quando eu abrir os vossos sepulcros, e vos fizer subir das vossas sepulturas, ó povo meu.” Basta conferir o restante do texto para perceber seu caráter alegórico, apontando para a ‘ressurreição’ de Israel como nação, e não a ressurreição universal que ocorrerá no último dia. O outro texto é ainda mais contundente. Nele, o próprio Cristo declara: “Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação”(João 5:28-29).

Repare que em momento algum Ele diz que os mortos sairão dos seus respectivos sepulcros. O que é afirmado ali é que aqueles cujos corpos estavam nos sepulcros naquele momento, um dia ouviriam a sua voz e ressuscitariam.

Se devêssemos fazer uma leitura literal, como ressurgiriam os que não houvessem sido sepultados? O que dizer dos que foram cremados? E os que foram vítimas da explosão de uma bomba? E os que tiveram seus corpos lançados ao mar e foram devorados por peixes? Estas questões demonstram o absurdo de se crer que a ressurreição tenha a ver com a reanimação de corpos.

Outra coisa que acaba por confundir a muitos é o fato de que a Bíblia garante que experimentaremos uma ressurreição semelhante a de Jesus. Ora, Ele ressuscitou com o mesmo corpo, embora glorificado. Então, conclui-se que também ressuscitaremos com os mesmos corpos. A base para tal conclusão está em Filipenses 3:21, onde Paulo declara que Cristo “transformará o corpo da nossa humilhação, para ser conforme ao corpo da sua glória, segundo o seu eficaz poder de até sujeitar a si todas as coisas.” Mesmo que o resultado seja o mesmo, o processo será diferente. Isto porque Jesus não viu a corrupção, isto é, Seu corpo não chegou a decompor-se (At.2:31). Apesar de que seremos ressuscitados pelo mesmo poder que O levantou dentre os mortos, recebendo corpos igualmente incorruptíveis e glorificados, passaremos por um processo diferente, pois nossos corpos terão sido decompostos.

Convém, ainda, salientar que, a Bíblia fala da ressurreição do "corpo" (soma), não da "carne" (sarx). Isso, porque "carne e sangue não podem herdar o reino de Deus; nem a corrupção herda a incorrupção"(1 Co.15:50). O corpo espiritual de que fala Paulo será tangível, material, mas não carnal, sujeito ao desgaste do tempo e à morte.

Ora, se não sairão dos sepulcros, de onde virão os corpos dos ressuscitados?

A resposta pode ser encontrada em diversas passagens, porém, quero destacar duas.

Em Judas 1:14 lemos que Cristo virá “com milhares de seus santos.” E em 1 Tessalonicenses 4:14, Paulo diz que “aos que em Jesus dormem, Deus os tonará a trazer com ele.”

Portanto, quando Cristo aparecer em glória, os santos de todas as eras virão juntamente com Ele em seus corpos glorificados.

Estes corpos não são a continuidade dos atuais. Pelo menos, não para os que houverem morrido. Paulo compara nosso corpo atual a uma tenda portátil, chamada ali de tabernáculo, enquanto nosso corpo celestial seria um edifício, reservado no céu para nós. As moradas a que Jesus se refere como estando sendo preparadas para nós não são mansões literais, mas nossos novos corpos.

Tão logo deixamos este corpo, somos remetidos ao último dia, recebendo de imediato um corpo glorioso e imperecível, de modo que, jamais viveremos sem um corpo. Leia atentamente e confira se não é isso que Paulo nos garante:

“Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. Pois neste tabernáculo nós gememos, desejando muito ser revestidos da nossa habitação que é do céu, se é que, estando vestidos, não formos achados nus. Porque, na verdade, nós, os que estamos neste tabernáculo, gememos oprimidos, porque não queremos ser despidos, mas sim revestidos, para que o mortal seja absorvido pela vida.”2 Coríntios 5:1-4

Provavelmente o texto mais esclarecedor sobre o assunto, encontra-se na primeira epístola enviada por Paulo a esta mesma igreja, no capítulo 15. Ali, ele oferece resposta a várias questões relativas ao tema.

“Mas alguém dirá: Como ressuscitarão os mortos? E com que corpo virão? Insensato! o que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer. E, quando semeias, não semeias o corpo que há de nascer, mas o simples grão, como de trigo, ou de outra qualquer semente. Mas Deus dá-lhe o corpo como quer, e a cada semente o seu próprio corpo.” 1 Coríntios 15:35-38

Sem uma compreensão ampla, podemos deduzir precipitadamente que Paulo estivesse afirmando que o novo corpo nada mais será do que a continuação deste, e que, portanto, nosso corpo atual terá que deixar a sepultura ao clangor da última trombeta.

Todavia, o que Paulo está dizendo é exatamente o oposto. “Quando semeias, não semeias o corpo que há de nascer (...) Assim também a ressurreição dentre os mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor. Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual” (1 Co.15:42-44). Logo, o corpo que desce à sepultura não é o mesmo que se manifestará com Cristo em glória.

Apesar de espiritual, ainda assim, será corpo. Não será uma fumacinha. Nem uma energia sutil. Mas, corpo tangível, tal qual o do Cristo ressurreto, que não apenas pôde ser tocado por Tomé e pelos demais discípulos, mas também processou alimento e conservou várias das características físicas, inclusive as cicatrizes.

Mesmo que não seja exatamente o mesmo corpo, creio que nosso corpo espiritual guardará várias de nossas características físicas, sobretudo, as fisionômicas. É como se Deus guardasse nos arquivos celestiais um backup com a sequência exata de nosso DNA, acrescido do código de nossa consciência, que preservará intacta a memória de todas as nossas experiências. Nada se perderá! A única coisa que será removida de nossa natureza será o pecado, causador da morte. Seremos nós, nosso código genético, nossa personalidade, nossa fisionomia, porém, aperfeiçoados, sem enfermidades ou deformações, sejam de caráter físico ou psicológico. Talvez, apenas algumas cicatrizes que serão como troféus, marcas de uma vida dedicada à causa do reino de Deus e de Sua justiça.

E quanto aos que estiverem vivos no momento em que Jesus Se manifestar em glória? Segundo Paulo, “num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade” (1 Co. 15:51-53).

Diferente de Jesus, cujo corpo não chegou a corromper-se, e daqueles que estiverem vivos no momento da parousia, os que já houverem morrido, terão que receber um novo corpo. Essa "tenda" é apenas o andaime que precisará ser removido para dar lugar ao edifício glorioso que emergirá. De uma maneira ou de outra, quer estejamos vivos ou mortos, o fato é que receberemos novos corpos, que, ao mesmo tempo, será continuação do atual no que tange à morfologia (forma), e algo totalmente novo no que tange à natureza. Sem este novo corpo, jamais poderíamos viver no ambiente da eternidade, composto do novo céu e da nova terra, que nada mais são do que os atuais inteiramente restaurados à sua ordem original.

Fique tranquilo, que certamente nos reconheceremos lá, mesmo com as eventuais correções em nossa aparência. Nossa personalidade, e, por conseguinte, nossa memória serão preservadas. Nossa história jamais será esquecida. Caso contrário, não seríamos nós, mas outros. E não haveria qualquer razão para ações de graça. Como agradecer por algo de que não temos qualquer lembrança? Como poderemos louvar ao Cordeiro, senão nos lembrarmos dos nossos pecados que O levaram à cruz?

Quando a Bíblia diz que não haverá mais lembranças das coisas passadas, não é no sentido de que seremos submetidos a uma espécie de amnésia. Mas no sentido de que não serão mais essas lembranças que determinarão nossa vida. Assim como Deus diz não se lembrar dos nossos pecados. Todavia, ninguém deduz daí que Ele sofra de alguma amnésia.

(1) O credo original traz "ressurreição da carne" em vez de "ressurreição do corpo", todavia, as Escrituras usam o termo "carne" como eufemismo do ser humano como um todo, material e espiritual.

| Autor: Hermes C. Fernandes | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR

sexta-feira, 18 de abril de 2014

VERSÕES BIBLICAS OUSADAS




Reprodução
 

Relembre as versões ousadas de personagens bíblicos

A polêmica causada pelo filme 'Noé' mostra que a combinação cinema e religião é explosiva  Relembre as histórias que causaram polêmica » 
 
FONTE: YAHOO
 
 
 
        
 

PROFECIAS ESTÃO SE CUMPRINDO


Profecias bíblicas estão se cumprindo em Israel com apoio de Cristãos - Noticias

 
 
Noticia Gospel Profecias bíblicas estão se cumprindo em Israel com apoio de Cristãos

 

 

 

 

 

 

 

 

O profeta Isaías escreveu em seu Livro, cerca de 700 anos antes de Cristo: “O deserto e o lugar solitário se alegrarão disto; e o ermo exultará e florescerá como a rosa” (Isaías 35:1) ou, neste caso, “como o carvalho ou o pinheiro”. Até algumas décadas atrás, as colinas da Judeia eram um lugar seco (deserto) onde ninguém habitava (sozinho).

 
 
Hoje, graças ao trabalho do Fundo Nacional Judaico (JNF) e a participação de entidades cristãs de todo o mundo, as profecias bíblicas estão sendo literalmente cumpridas nas colinas da Judeia. O doutor Liran, representante do Fundo, “eles dizem que se você está plantando uma árvore e o Messias vier, continue plantando a árvores antes de saudar o Messias”.
 
Com esta iniciativa, o Fundo Nacional Judaico já plantou mais de 240 milhões de árvores na Terra Prometida. Trata-se de um projeto que literalmente tem transformado o deserto em um paraíso. ”Temos uma oração que diz… Desde a tua habitação no céu, contempla e abençoa esta terra santa, para que mane novamente leite e mel… Afunda as suas raízes e aumenta as suas copas para florescerem em tua graça, junto com todas as árvores em Israel”, lembra Liran.
 
Os líderes da COICOM Confederação Cristiã Iberoamericana de Comunicadores e Meios de Massa dão sua contribuição no replantio das árvores na Terra Santa, mais especificamente na Floresta Kennedy, poucos quilômetros ao sul de Jerusalém. ”Tem sido uma experiência muito importante vir à Terra Santa, Jerusalém, para plantar uma árvore. É uma alegria e foi uma honra para mim contribuir para o reflorestamento da Terra de Israel “, disse Arnold Enns, presidente da COICOM.
 
Esse novo trabalho de plantio ocorre exatamente um ano após o grande incêndio das florestas do Monte Carmelo, que deixou milhares de hectares em cinzas, causando 44 mortes.
 
“Esta é uma terra deserta e precisamos reflorestar. Não vai ajudar apenas o estado de Israel, mas também os países que estão prestes a restaurar a vida selvagem, flores e tudo o que era natural de sua terra”, diz outro membro da COICOM.
 
Este processo está chegando ao deserto no sul do país. ”No Neguebe também estamos cumprindo a visão de David Ben Gurion. Estamos plantando árvores no Neguebe, que é a floresta Yatir. É muito bom ver no meio do deserto surgir uma floresta tão grande”, diz Liran.
 
Janet Luttrell, uma representante da COICOM, reafirma a importância dos latinos nesse plantio em Israel. Ela acredita que existe outra profecia se cumprindo, a de Obadias 20, que diz “E os cativos deste exército, dos filhos de Israel, possuirão os cananeus, até Zarefate; e os cativos de Jerusalém, que estão em Sefarade, possuirão as cidades do sul”.
 
A segunda parte do versículo fala sobre aqueles de Jerusalém que estão espalhadas em Sefarade. No mapa atual, é a Espanha. Esses descendentes possuirão as cidades do sul, onde está o Neguebe. “A América Latina está cheia de pessoas descendentes dos hispânicos que foram corajosos para fugiu da Espanha durante a Inquisição. Muitos desses judeus tornaram-se cristãos e são chamados de sefaraditas”.
 
Stan Jeter, vice-presidente da COICOM, lembra o que está escrito na Bíblia referente à bênção sobre Israel: ”O Salmo 1 diz que o justo é como uma árvore plantada junto a ribeiros de águas que dá o seu fruto no seu tempo certo. É isso que queremos para Israel. Que seja uma terra fértil, uma terra abençoada e que possa abençoar as nações. ”
 
 
 
 
 
 
 
Com Informações de Gospel Prime | Divulgação: Noticias Gospel

quinta-feira, 17 de abril de 2014

TUDO DE GRAÇA




Tudo de graça

(Charles Haddon Spurgeon)

 
 
Tudo de graça (Charles Haddon Spurgeon)
O livro Tudo de graça (Charles Haddon Spurgeon) do O Estandarte de Cristo mostra que a salvação vem somente através da graça divina ao pecador.


Sinopse do livro Tudo de graça


“Somos obrigados a ver a salvação como sendo tão certa como um ato Divino, como a Criação, ou Providência, ou Ressurreição. Em cada ponto do processo de salvação, esta palavra é apropriada – ‘não vem de vós’. Desde o primeiro desejo por ela, à completa recepção dela pela fé, é sempre do Senhor, sozinho, e não de nós mesmos. O homem crê, mas esta crença é apenas um resultado dentre as muitas implantações da Vida Divina na alma do homem por Deus, Ele mesmo!”

C. H. Spurgeon



Características

Título: Tudo de graça
Autor: Charles Haddon Spurgeon
Publicação: O Estandarte de Cristo
Tradução: William Teixeira
Páginas: 17


Download do ebook

O livro digital (ebook) “Tudo de graça (Charles Haddon Spurgeon)” está disponível para download completo em formato PDF. No botão verde abaixo você poderá consultar o preço do livro impresso ou ebook em formato EPUB se disponível.

Clique abaixo para baixar:
↓ baixar livro completo

Você não precisa fazer o download para ler o livro, utilize no “Visualizador de PDF” abaixo (caso não carregue por conta do tamanho do arquivo, clique acima “baixar livro”). Deixe sua opinião e voto para esse livro no final da página.


Comparar e comprar livro

Confira o preço e disponibilidade nas principais lojas virtuais:
Comprar livro Tudo de graça (Charles Haddon Spurgeon) na Livraria Saraivaver preço
→ Comprar livro no Casa da Bíblia Onlinever preço
→ Comprar livro no Walmartver preço
→ Comprar livro na Amazon.comver preço
→ Comprar livro na Americanas.comver preço

→ Comprar livro no Extra.com.brver preço

Clube Ovelhas: compra coletiva de livros evangélicosaté 70% desconto





FONTE: GOSPEL +

LUA & PROFECIA BIBLICA




Nas redes sociais,

evangélicos discutem sobre

acreditar ou não que “luas de sangue”

sejam cumprimento de profecias bíblicas;

 

Confira

 

 
Nas redes sociais, evangélicos discutem sobre acreditar ou não que “luas de sangue” sejam cumprimento de profecias bíblicas; Confira
 
 
 
 
O eclipse lunar ocorrido na madrugada da última terça-feira, 15 de abril, trouxe consigo uma série de debates e previsões a respeito das profecias bíblicas do Apocalipse. Nas redes sociais, muitos fiéis deram sua opinião a respeito do assunto, dizendo se criam ou não que as “luas de sangue” eram um sinal dos tempos.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
“As pessoas não acreditam nas coisas de Deus, falam que é coisa da natureza, mas creiam que Jesus está voltando e pegará muitos dormindo. Aceite Jesus como seu único Salvador”, comentou a internauta Francisca Ferreira Lima, na página Bíblia Sagrada no Facebook.
 
Já Waldir Machado expressou uma certa desconfiança com a forma que o assunto vem sendo tratado, e propôs reflexões mais ousadas a respeito: “Que Jesus Cristo voltará,disso não podemos duvidar,mas o que tem de espertalhão usando de qualquer acontecimento para tirar proveito próprio. Devemos ficar atentos, pois a própria Bíblia nos alerta sobre isso. Nossa tecnologia hoje permite até mesmo simular a vinda de Jesus. Pois tem pessoas que vêem silhuetas em janelas, causadas por infiltrações e acreditam estar diante de sinais divinos. Creio que a única maneira de separar o que é verdadeiro é pedir ao Espírito Santo de Deus que nos dê o dom da sabedoria para que possamos ter discernimento diante dos acontecimentos. Que o Espírito de Verdade nos oriente”.
 
 
Muitos internautas seguiram a linha de que as associações do fenômeno natural com as profecias bíblicas não era um raciocínio razoável: “Por que o fim do mundo não aconteceu há mais de 500 anos atrás quando esse mesmo fenômeno aconteceu?”, questionou Hélvin Mendonça.
 
 
Essa opinião foi acompanhada pelo usuário Fernando Nomura, que destacou outro ponto importante do tema: “Eu não acredito sobre isso de que o mundo vai acabar só por causa da ‘lua de sangue’… Porque na Bíblia fala que ninguém sabe quando que o mundo vai acabar. Tá escrito assim, que tem que vigiar e orar”, pontuou.
 
 
Houve ainda, quem aproveitasse o debate para atacar os fiéis evangélicos, dizendo que o assunto era uma forma de causar pânico: “Que nada! isso é fenômeno da natureza, os evangélicos só deixam as pessoas de mente fraca iludidas”, acusou Magna Alencar.
 
 
Ao final da discussão, um internauta sintetizou uma constatação com uma frase: “O mundo já começou a se acabar há muito tempo”, escreveu Rafael Pires dos Reis.
 
 
 
 
Avatar de Tiago Chagas Publicado por Tiago Chagas em 16 de abril de 2014
 
 
Por Tiago Chagas, para o Gospel+