Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.

sábado, 30 de junho de 2012

O SENHOR NOS RECONCILIOU

"A vós também, que noutro tempo éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora, contudo, vos reconciliou no corpo da sua carne, pela morte, para, perante ele, vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis. " Colossenses 1.21,22

Depois de ter sido criado perfeito, o homem se submeteu às mentiras do diabo e, com isso, perdeu-se completamente no erro. O mesmo ainda tem acontecido com muitos cristãos, os quais nem percebem que foram recriados em Cristo, justificados, inocentados. Apesar de terem sido feitos sem erro, infelizmente se deixam levar pelo mestre dos enganos e, por isso, caem nas garras de Satanás.

Com a queda de Adão, fomos tirados da nossa posição especial e passamos a ser estranhos, inimigos em razão de nossas obras más, e fomos separados da vida. A natureza de Satanás veio e nos corrompeu completamente, a ponto de sermos chamados de filhos do diabo (1 Jo 3.10). De fato, não havia nada de bom em nós; nem mesmo quem fosse considerado o mais “inocente e puro” podia apresentar-se perante o Senhor.

No entanto, o Pai viu a nossa trajetória eterna de sofrimento e nos amou de tal maneira que criou um perfeito plano de redenção a fim de nos resgatar da perdição eterna. Mas, para isso, alguém teria de nos substituir – e como não havia um justo sequer, a única Pessoa que poderia salvar-nos era Seu Filho, Jesus. Cristo aceitou passar pelo tremendo sofrimento e, ao morrer no Calvário, comprou-nos de volta para Seu Pai.

Ao entregar Sua vida em nosso favor, o Salvador nos reconciliou, pagando toda a nossa dívida e livrando-nos para sempre da queda. Agora, podemos e devemos viver livres de toda imundícia, completamente libertos e puros de qualquer obra maligna. Sendo assim, não há por que um cristão entregar-se ao pecado, que é um engodo tremendo e o levará à perdição caso ele não se arrependa sinceramente.

Já fomos reconciliados no corpo da Sua carne. Agora, para quem crê no que Jesus fez, a reconciliação com Deus é real. O Santo Espírito usou Paulo para escrever que tudo isso foi feito para nos apresentar ao Pai como santos, irrepreensíveis e inculpáveis. Essa é a real posição de quem crê e vive de acordo com a Santa Palavra. Não há mais condenação para tal pessoa (Rm 8.1).

Você não será santificado somente por recusar o pecado, mas por crer no sacrifício de Jesus. Sem a obra completa da santificação que Ele fez por você, e a correspondente ação da sua parte, você não verá o Senhor (Hb 12.14). Então, não se deixe levar pelo que é transitório, ainda que isso lhe pareça o melhor. Os que foram fiéis até a morte receberão a coroa da vida (Ap 2.10).

Permita que o Espírito de Deus aja em sua vida; Ele o dirigirá sempre na verdade, pois, agora, você já é um membro do Corpo de Cristo, e não mais um estranho.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

segunda-feira, 25 de junho de 2012

A COROA DA VIDA

"Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam."   Tiago 1.12

De certo modo, a tentação pode ser aceita como benéfica. É claro que não é agradável ser tentado; porém, quando isso ocorre, nada podemos fazer, a não ser evitá-la. O certo é não aceitar as sugestões do inimigo e rejeitá-las sempre declarando as Escrituras. Desse modo, não haverá transgressão. Logo, sendo provado e aprovado, você receberá a recompensa que Jesus dará a quem tiver se mantido fiel.

Apenas ao ser tentado, não há pecado. Ora, a Palavra de Deus nos informa que Cristo sofreu tentação em todas as áreas, mas jamais pecou (Hb 4.15b). Então, ao sentir que o tentador está oferecendo algo, não aceite. Assim, quando a prova terminar, o poder de Deus estará ao seu lado para servi-lo. No momento da dificuldade, tenha como alvo a recompensa, e você não se deixará levar pelas mentirosas ofertas do diabo.

Saul fora escolhido para ser rei, mas era seduzido pelas tentações do inimigo. Certa vez, os inimigos estavam a ponto de destruir o exército de Israel. Samuel, o profeta dos seus dias, havia estabelecido um tempo para estar com o rei e, assim, ajudá-lo. No entanto, como se atrasou, Saul transgrediu o concerto e ofereceu o que não era devido (1 Sm 13.5-13).

Em outra ocasião, deliberadamente, Saul foi influenciado pelo que via, desobedecendo à Palavra. Para ele, não havia problema em poupar as boas vacas e ovelhas dos amalequitas. Contudo, Deus não mais o deixou ser rei sobre Israel (1 Sm 15.1-28). Isso nos ensina que jamais devemos trocar o que está escrito na Bíblia por qualquer oferta, ainda que esta pareça boa e sem maiores consequências.

O mesmo Saul havia mandado matar todas as médiuns e feiticeiras que havia no seu reino. No entanto, quando não mais sentia a direção de Deus, descobriu que restava pelo menos uma. Então, transgredindo a Palavra do Senhor mais uma vez, ele a visitou e foi enganado por um espírito mentiroso que se passou pelo profeta Samuel. O erro do rei tem feito muitas pessoas acreditarem na feitiçaria até hoje.

Contudo, não há maior tentação do que a que José sofreu no Egito. Se ele fosse um homem carnal, poderia ter-se tornado amante da mulher de Potifar. No entanto, por temer a Deus, fugiu do laço do maligno e foi lançado no cárcere. Todavia, o final da história provou que ser fiel ao Senhor vale a pena – ele foi levantado como primeiro-ministro da maior nação do mundo na época.

Deus procura fiéis e, o tempo todo, Seus olhos passam pela Terra para ver os que se mantêm firmes em Sua Palavra. Que Ele nunca o veja em situação embaraçosa, mas sempre seguro nos divinos preceitos. Deus ama os que O amam. A coroa da vida está preparada; portanto, não deixe que ninguém a roube de você.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

domingo, 24 de junho de 2012

VOCÊ VAI TOMAR CONSCIENCIA OU MAIS UM DRINK?

ASSINE a Petição!

Você pode ajudar ATIVAMENTE a mudar nossa lei e acabar com a impunidade no trânsito brasileiro.

Clique no link abaixo e assine eletronicamente nossa petição pública!


* Por favor, preencha todos os dados corretamente. Caso contrário, sua assinatura eletrônica será invalidada :(
* Não sabe o número de seu título de eleitor? Consulte-o no TSE: http://www.tse.jus.br/eleitor/titulo-e-local-de-votacao.
ASSINE a Petição!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

O SENHOR NÃO DISSE QUE SERIA FÁCIL

No deserto, toda a comunidade de Israel reclamou a Moises e Arão.

“ Quem dera a mão do Senhor nos tivesse matado no Egito! Lá nós sentávamos ao redor das panelas de carne e comíamos pão a vontade, mas vocês nos trouxeram a este deserto para morrer de fome toda esta multidão.” (Êxodo 16:2)

Quando vejo a história, percebo que o mundo nunca foi um lugar muito fácil para se viver porém nós podemos observar que muitas pessoas conseguiram sobreviver e bem.

Não quero dizer, que para sobreviver neste mundo precisamos de dinheiro ou riquezas a nossa sobrevivência, depende muito de que forma vamos compreender os processos no qual vamos ser submetidos ao longo da nossa vida.
Quando estamos insatisfeitos com o rumo que a nossa vida tem tomado ficamos deprimidos, frustrados, incrédulos e outros sentimentos que nos fazem perder totalmente a esperança. Muitos não sabem passar por processos desgastantes que a vida nos impõem, mas é importante aprender que estando satisfeito ou não, a vida continua e nós não podemos ficar parados, reclamando ou esperando que a vida possa mudar, nós precisamos estar prontos e sensíveis para os ensinamentos que a vida tem pra nos dar.

Veja, que Israel tinha sido tirado de um regime de quatrocentos e trinta anos de escravidão, onde eram submetidos a trabalhos forçados e humilhações traumatizantes. A Palavra de Deus diz, que o Senhor tinha ouvido a oração e se lembrou da aliança que tinha feito com Abraão, por isto libertaria Israel e levaria-os a terra que mana lei e mel.

Deus não cumpriu o que prometeu? Sim, Ele cumpriu o que prometeu, mas Israel não estava satisfeito em ter que passar pelo deserto Israel queria a bênção, mas não queria dificuldades.

Quero que você medite muito sobre isto para que você não cometa este erro, Israel tinha visto grandes sinais e grandes maravilhas mas continuava insatisfeito com a condição em que eles se encontravam, ora morrer no deserto ainda era melhor que morrer no Egito mas Israel não via assim, eu fico pensando o que Israel queria já que o Senhor tinha livrado-os de todo sofrimento e escravidão. O que é o deserto perto do que era o Egito? Talvez Israel pensasse que eles sairiam do Egito e receberiam uma aposentadoria em Canaã, talvez pensassem que não teriam que trabalhar mais, ou que Deus tinha deixado em Canaã o prêmio do baú da felicidade, ”uma casa mobiliada com dois carros na garagem, um ano de compras no supermercado e outros benefícios”, não era isto que Deus tinha prometido, primeiro Deus os tinha tirado do Egito, para que eles O adorassem no deserto e depois, eles seriam encaminhados para a terra que Deus tinha preparado mas eles não estavam satisfeitos, é por isto que reclamavam tanto.

A terra que Deus tinha preparado era uma terra muito boa, tudo que se plantasse, frutificaria mas era preciso plantar, a terra não iria produzir sozinha, mas Israel não queria isto, eles queriam que tudo estivesse pronto para que eles não tivessem trabalho. Se o povo reclamava no deserto, com certeza reclamaria muito mais se tivesse que trabalhar um pouco mais na terra que Deus tinha dado, é por isto que eles lembravam tanto do Egito.

Quero que você medite sobre este ensinamento, para que você não cometa o mesmo erro, talvez os dias que você tem passado não sejam fáceis, mas seja lá qual for o deserto continue adorando ao Senhor e não tenha medo de recomeçar um trabalho, porque Deus está no controle das coisas, recomeçar na vontade de Deus é melhor que recomeçar na nossa, só o Senhor tem o poder de dar uma terra boa e tem condição de mandar chuva fora de hora, mas seja lá pra onde Deus está encaminhando você vá sem medo, confie até o final porque Deus é Deus, e nunca vai te levar para uma roubada.

Não fique olhando para trás, o que está na sua frente é muito melhor, adore ao Senhor e esteja pronto para viver nesta terra. Tenho aprendido, que para viver feliz nesta terra, é preciso plantar e adorar ao Senhor. Você não tem condição de avaliar o que é Egito ou deserto, podemos estar na Canaã do Senhor e achar que estamos no Egito ou no deserto e talvez estamos perdendo tempo reclamando.
Independente do lugar onde você esteja, seja agradecido ao Senhor!

Pr. Marlon Góes Cunha
 Igreja do Evangelho quadrangular Jardim Palmira

fonte: Grupo Cristocentro3 - Google

terça-feira, 19 de junho de 2012

PREPARE-SE PARA O MELHOR !

"Exaltar-te-ei, ó SENHOR, porque tu me exaltaste; e não fizeste com que meus inimigos se alegrassem sobre mim."   Salmo 30.1


Por meio desse salmo, Davi foi usado para ensinar lições maravilhosas a nós e, principalmente, a todos os oprimidos. Preparem-se para exaltar o Senhor! Aqueles que confiarem nEle serão exaltados sobre seus inimigos. Portanto, não se intimide diante de alguma crise que, porventura, esteja abatendo sua vida; afinal, o Altíssimo há de guardá-lo de todas as setas do diabo.

O que o Senhor lhe tem revelado em Sua Palavra é o necessário para você vencer as investidas do Inferno. Se você assumir essas revelações, elas irão libertá-lo completamente; afinal, têm o poder de fazê-lo mais forte do que qualquer ação maligna. Por elas, você será exaltado bem acima do propósito do reino das trevas. Sendo assim, não há por que temer as ameaças malignas.

Ao ser exaltado, a luz que brilhará em você e por seu intermédio fará com que aquilo que, aparentemente, é a sua perdição seja como um trampolim para fazê-lo galgar posições ainda maiores. Deus jamais permitiria que alguma tentação viesse sobre sua vida para torná-lo menor ou menos poderoso. Como no passado – quando quem vencia as batalhas ficava com o despojo –, o mesmo acontecerá com você após passar a provação.

O erro é dar ouvidos à tentação e fazer o que a Palavra condena. Independentemente do que o tenta, seja firme e parta para a batalha, sabendo que, em tudo, você é mais que vencedor (Rm 8.37). O adversário não conseguirá manter o ataque se você lhe resistir com o que Deus tem ensinado. Dentro da Palavra há poder em abundância para livrá-lo do adversário.

A sua exaltação é fato consumado. Quando Jesus subiu aos Céus, Ele levou cativo o cativeiro e deus dons aos homens (Ef 4.8). Então, a autoridade que Satanás tinha sobre a sua vida findou, e, agora, você em poder sobre as obras do mal. Portanto, firme-se na sua posição de autoridade em Cristo e não permita que o diabo prevaleça contra sua vida. Use o Nome de Jesus para repreender tudo aquilo que o atormenta.

Todas as batalhas são de Deus. O salmista descobriu que o Senhor não fará com que o inimigo sobrepuje nenhum dos que são dEle. Neste momento, o poder divino está ao seu lado, esperando sua ordem para que Satanás caia por terra.

Davi afirma que Deus não faz com que o inimigo triunfe sobre os que Lhe servem de todo o coração. Agora mesmo, seja firme, destemido, e não se dobre diante de nenhuma ameaça infernal, pois o Altíssimo fará com que você também seja vitorioso sobre todas as opressões que o cercam. Com Ele, você jamais será vencido!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

domingo, 17 de junho de 2012

O NOME DE CRISTO TEM SIDO GLORIFICADO EM SUA VIDA ???

Devocional para você
"Para que o nome de nosso SENHOR Jesus Cristo seja em vós glorificado, e vós nele, segundo a graça de nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo." 2 Tessalonicenses 1:12


Pensamento: O nome de Cristo tem sido glorificado em sua vida ??? O que temos feito para o Senhor ??? Temos ido à igreja e achamos que isso é suficiente ??? Será que isso é tudo o que temos para oferecer ao Senhor ??? Deus nos chamou para sermos testemunhas do Seu amor, para que Sua glória seja manifestada em nossa vida, para que tenhamos uma vida abundante e que sejamos modelo para as outras pessoas, sal desta terra, e luz deste mundo. Seguimos o exemplo maior de Jesus, e anunciamos o Seu evangelho a todos, porque ganhar almas para Deus é o melhor que podemos fazer. Que o nome do Senhor seja glorificado em sua vida.
Oração: Pai querido, eis-me aqui diante do Senhor para entregar e consagrar minha vida a Ti, pois eu quero ser usado cada dia mais, levando a Sua palavra, anunciando sua graça, para que aqueles que ainda não Te conhecem possam ser alcançados pelo Seu amor. Perdoa pelas vezes que eu tenho sido negligente e deixado de falar do Seu amor. Eu oro em nome de Jesus. Amém.
Pedido de oração pela igreja perseguida. Oferte ao Senhor 2 minutos de uma oração silenciosa pelos cristãos que não têm liberdade de culto como você:
Bangladesh (49º)
Por deixar o Islã e escolher seguir a Cristo, Faruk** e sua família sofreram isolamento e discriminação. Os muçulmanos ameaçaram queimar sua casa, mas não o fizeram. Por favor, continue orando para que Faruk e sua família permaneçam firmes no Senhor apesar da perseguição.
Pr Paulo

fonte: Grupo Cristocentro3 - Google

O MILAGRE MAIS CONHECIDO DE JESUS

Devocional para você
"Mas ele lhes disse: Dai-lhes vós de comer. E eles disseram: Não temos  cinco pães e dois peixes, salvo se nós próprios formos comprar comida para todo este povo." Lucas 9:13

Pensamento: Este versículo fala do milagre mais conhecido de Jesus, o da multiplicação de pães e peixes. Interessante a maneira como Jesus fala a seus discípulos para servir a multidão, mesmo sabendo que não teriam comida para todos. Mas nessa hora Jesus queria nos ensinar que ao colocarmos diante dEle nossos recursos Ele é capaz de fazer um milagre. Por isso diante de um desafio, devemos fazer tudo aquilo que está ao nosso alcance, reconhecer nossa limitação e confessar ao Senhor que dependemos de Sua graça, para que então Ele mova o sobrenatural e o milagre  aconteça.

Oração: Pai querido, obrigado porque o Senhor é um Deus de milagres, e em meio aos milagres Sua glória se manifesta. Quero apresentar meus recursos ao Senhor, e crer na multíplicação. Amém.



Pedido de oração pela igreja perseguida. Oferte ao Senhor 2 minutos de uma oração silenciosa pelos cristãos que não têm liberdade de culto como você:

Butão (17º)


Ester, 18 anos, compartilha sobre Jesus com seus colegas de escola. Isto pode trazer problemas para ela. Por favor, ore para que Deus   proteja a Ester e a abençoe com boas notas na escola, para que seu
testemunho sobreJesus seja mais efetivo.

Pr Paulo

fonte: Grupo Cristocentro3 - Google

NÃO PARE DE ORAR

Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João. (Lucas 1:13).
Por toda a vereda da vida, somos levados a fazer alguns planos, e na verdade muitos de nossos sonhos, não vão interferir no andamento de nossa vida. Mas existem alguns sonhos, que por mais difícil que seja a nossa vida, jamais serão abandonados.
Pode ser que ao ler esta mensagem o Espírito Santo te lembre de alguns sonhos que você tinha e que pelo decorrer de sua vida, foram ficando para trás.
Quero mostrar para você meu amado(a), que o Senhor não esquece dos nossos sonhos, mesmo que nós tenhamos esquecido.
Quando eu comecei a estudar este texto, peguei todo tipo de material de estudo, para poder entender o que estava acontecendo com Zacarias e a sua esposa Isabel, e quero compartilhar com você o resultado desta pesquisa.
Zacarias era um sacerdote, a Palavra diz que ele era um homem honrado e que cumpria as suas obrigações com responsabilidade, ele era da turma de Abias, esta turma era a oitava turma de vinte e quatro turmas que serviam ao templo, cada turma trabalhava por sete dias, eles entravam no sábado e saiam no outro sábado.
Cada turma era encarregada de cuidar do templo e oferecer ao Senhor os sacrifícios trazidos pelo povo. Foi em um destes dias, que ao ser sorteado Zacarias foi oferecer incenso ao Senhor, então o anjo Gabriel apareceu para ele dizendo: “A sua oração foi ouvida” e que Deus estaria dando a ele e sua esposa um filho.
Eu pesquisei quantos anos tinha Zacarias e Isabel e descobri que Zacarias tinha por volta de noventa e nove anos e que Isabel tinha oitenta e nove anos. “Bem novinhos você não acha?” Mas a verdade é que para o Senhor não há tempo para sermos abençoados!
Eu comecei a imaginar quando Zacarias e Isabel ainda jovens desejavam construir sua família e ter muitos filhos, mas o tempo foi passando e a família não crescia e Isabel não engravidava e passaram dez anos, vinte, trinta e nada de Isabel engravidar.
Podemos ver na vida deste casal o quanto eles confiavam no Senhor porque pela História, podemos ver que nem todos os homens relatados na Bíblia tiveram paciência para esperar a resposta de Deus, mas esta família teve.
Veja que em Israel, uma mulher estéril era considerada maldita, e que para um homem que servia ao Senhor , isto era como um grande peso sobre as costas. Você consegue imaginar o que seria isto? Eles que eram para ser o exemplo de família, eram considerados pela sociedade como malditos.
Não importava para eles o que estava acontecendo, simplesmente, Zacarias continuava a orar por isto, mesmo vendo sua mulher envelhecer e passando por todo tipo de humilhação. Fique imaginando, quantas pessoas não vieram até Zacarias para dizer para ele arrumar uma mulher que pudesse dar a ele um filho, mas ele não se deixou levar pelos maus conselhos.
Como tem sido a tua fé? Será que você tem esperado o Senhor responder a sua oração? Será que você não tem se deixado levar pelo desânimo, e tem parado de orar pelo seu sonho?
Quero te fazer refletir sobre isto!
O anjo Gabriel disse: Zacarias o Senhor ouviu a sua oração. Isto quer dizer, que mesmo velho Zacarias ainda orava por isto. Deus tinha ouvido a oração de Zacarias e não estava dando qualquer filho, mas um filho que mudaria o coração de Israel, e que seria cheio do Espírito Santo. Nós sabemos que o próprio Jesus disse que não houve nenhum homem como João Batista.
Eu sei que esta mensagem pode estar operando de duas formas, a primeira, Deus pode estar me usando para dizer a você que a tua oração foi ouvida e a segunda, é que você não deve parar de orar, pois não somos nós que determinamos o tempo para sermos atendidos, você pode estar achando que o tempo já acabou, mas eu lhe digo que o Senhor não pensa assim, Deus pôde trazer vigor para aquele casal, porque Deus não traria para você?
A questão é que o Senhor não dorme e os seus planos não podem ser frustrados. O plano que o Senhor criou para você vai se cumprir, você precisa confiar e não parar de orar.
Zacarias mostra que: “Não é porque a minha oração não foi atendida ainda, que eu devo desistir”.
Aprenda esta lição e não pare de acreditar.

Pr. Marlon Góes Cunha
Igreja do Evangelho quadrangular Jardim Palmira

NÓS NÃO SABEMOS PEDIR

Então Jacó fez um voto, dizendo: “Se Deus estiver comigo, cuidar de mim nesta viagem que estou fazendo, prover-me de comida e roupa, e levar-me de volta em segurança à casa de meu pai, então o Senhor será o meu Deus..( Gênesis 28:20 )

Em nossa vida Cristã, passamos por muitos momentos de instabilidade espiritual talvez, porque estamos passando por um processo de crescimento. É muito difícil crer nas mudança ou saber qual é o tempo certo para determinadas áreas de nossa vida principalmente se a nossa fé não estiver madura.
Jacó sempre desejou a benção da primogenitura, benção esta que seu irmão não dava tanto valor, porque então se desejava tanto a benção da primogenitura? Talvez porque aquele que a recebia, teria o direito de uma parte maior da herança da família? Ou porque havia uma benção de prosperidade? Ou porque era transferido o poder de Deus? O texto que lemos mostra que Jacó ainda não tinha maturidade espiritual para discernir a grandeza desta benção. Não importa o porque, mas a verdade é que, Jacó a desejava mais do que Esaú. Nós sabemos como é que Jacó conseguiu a benção de seu pai Isaque.

Esaú ficou muito irritado a ponto de desejar o mal de seu irmão Jacó, fazendo com que Jacó fugisse da terra que agora pela benção liberada era “dele”, o que adiantou trapacear o irmão para ter a benção de seu pai já que agora não poderia desfrutar desta benção. Podemos achar que foi inútil tanto esforço, mas Jacó fugiu e através de um sonho o Senhor se revela mostrando que Jacó seria abençoado, mas Jacó ficou com medo porque não conhecia a Deus, como seu avô e seu pai. Quero mostrar algo a você que acha que basta receber a imposição de mãos de uma pessoa de Deus, para que tudo possa se abrir diante de você. Não basta receber a benção de Deus, é preciso conhecer a vontade de Deus, para que as coisas que Ele vai fazer possam ser vividas.

A primeira coisa que Jacó fez foi orar ao Senhor e pedir que fosse alimentado, vestido e pudesse voltar para casa de seu pai protegido. Veja que a oração que ele faz, é bem de uma pessoa que não entendeu nada o que Deus tinha feito, mas o Senhor ouviu a oração de Jacó mesmo assim.

Jacó foi para a terra de Labão e permaneceu ali por vinte (20) anos, para depois voltar para a terra de seu pai. Durante estes vinte anos, Jacó trabalhou quatorze (14) anos de graça e seis (6) anos ele pode receber pelo seu trabalho. O que Deus fez em seis, foi como se ele tivesse trabalhado por vinte. Deus tem o poder para fazer este tipo de coisa, isto só acontece para que tem a benção sobre a cabeça, não foi assim que aconteceu com as colheitas de seu pai Isaque, quando colheu cem por um? Veja que o que Jacó tinha pedido ao Senhor era menor do que ele já tinha recebido porque, para quem queria comer, se vestir e proteção ele tinha muito mais do que isto.

Mas ainda faltava voltar para sua terra, nós sabemos que Jacó pode voltar para a terra de seu pai em segurança e pode tomar posse de tudo que ele tinha direito.

Quero que você reflita sobre isto: A terra não era de Jacó? Então porque ele precisou passar por tudo o que ele passou? Porque ele precisava conhecer a Deus! Você lembra da oração que ele fez, ele dizia que se o Senhor lhe desce comida, roupa e trouxesse de volta para casa de seu pai em segurança, o Senhor seria o seu Deus. Pois bem o Senhor não só cumpriu, como mostrou á ele que os planos do Senhor são maiores do que os dele.
Lembre-se, o plano de Deus é muito maior do que o seu, permita que o Senhor mostre a você. Espere a vontade Dele se cumprir em você. Que Deus te abençoe.

Que Deus o abençoe.” Amém”

Pr. Marlon Góes Cunha

Igreja do Evangelho quadrangular Jardim Palmira

MURMURANDO NO INTERIOR

"Antes, murmuraram em suas tendas e não deram ouvidos à voz do SENHOR.Salmo 106.25

Há um grave vício ao qual grande parte dos cristãos tem sucumbido: a murmuração. De fato, não são poucos os que, em seu interior, murmuram. Porém, independentemente do que você tenha, do que as pessoas falem a seu respeito e de suas orações serem ou não respondidas como você gostaria, aprenda a viver feliz com o que o Senhor lhe permite ter e, diante de qualquer situação, não fique queixando-se. Cuidado, pois Deus vê seu coração (Sl 26.2)!

No passado, os israelitas cometeram um pecado horroroso em suas tendas: eles murmuravam – não apenas em público, mas também no aconchego de seus lares, ainda que provisórios, pois moravam em tendas. Hoje, muitos têm feito o mesmo em suas casas, diante de seus familiares, e, como resultado, não dispõem de uma fé firme e forte; consequentemente, não conseguem enfrentar nem vencer os desafios.

Existem pessoas que murmuram em seu interior. Aparentemente, elas estão sempre alegres e gostam de sorrir, julgando que, assim, convencem os outros de que tudo vai bem com elas. No entanto, esquecem-se de que aqueles que são de Deus e andam em Espírito percebem até mesmo quando há pecados escondidos. Os murmuradores têm sempre um semblante pesado, triste, e um olhar que não transmite confiança.

O Altíssimo está em todas as partes e sabe de tudo o que acontece. A cada fração de segundo, Ele vê o que se passa com todas as pessoas em todos os lugares (Jó 34.21). Pense, por exemplo, no que ocorre com milhares de folhas, das mais diversas árvores existentes em todo o mundo, as quais caem a todo instante. O Senhor sabe exatamente onde elas caem, qual seu tamanho, peso, sua cor e espécie; afinal, nada, por menor que seja, escapa aos Seus olhos.

Cuide-se para não ser achado como murmurador, pois isso o levará para longe da proteção divina. Os israelitas provocaram o Senhor à ira com esse procedimento. Hoje, quem murmurar, ainda que somente dentro da sua tenda – seu coração –, não ficará impune. Seja sempre grato a Deus pelo que você tem, pela fé que Ele lhe deu e por tudo aquilo que Ele deseja e fará em seu benefício. Seja agradável a Ele em tudo.

O melhor é dar ouvidos ao que o Todo-Poderoso fala ao seu coração, pois, desse modo, o plano divino será realizado em sua vida. Quando você cumpre uma ordem, ainda que seja muito simples, coloca o poder divino operando em seu favor. Não deixe a murmuração dominá-lo; permita que o Senhor Se alegre com você.

Não importa se o que Deus lhe revelou é algo grande, sério e, aparentemente, difícil de ser realizado. Ao lhe dar uma missão, Ele já o preparou e lhe entregou os meios de ela ser executada. Creia, avance e não olhe o tamanho do desafio, mas, sim, o da recompensa. Deus é fiel para cumprir o que prometeu (Nm 23.19).

Em Cristo, com amor,
R. R. Soares

quarta-feira, 6 de junho de 2012

HAVIA MAIS PARA JESUS DAR A ELA

"E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz e sê curada deste teu mal."   Marcos 5.34

Lições preciosas podem ser extraídas da história dessa mulher, que, por 12 anos, buscara a cura para seu mal, e não a encontrara. Apesar de desanimada com sua situação e de ter despendido tudo quanto possuía, ela ouviu falar de Jesus, que curava sem cobrar nada por isso, e, então, sentiu o que deveria fazer para ser sarada. De igual modo, fique atento para fazer o que o Espírito Santo lhe disser, ainda que, aparentemente, pareça algo insignificante.

O coração daquela mulher se alegrou quando lhe falaram acerca do poder do Mestre para restaurá-la e livrá-la da aflição. Ela entendeu que não precisaria sequer pedir a bênção; apesar do seu mal ser considerado incurável, em seu coração havia a certeza de que obteria a vitória. Então, sentiu que deveria tocar ao menos na orla das vestes de Jesus até receber a cura.

O segredo é nunca desprezar a orientação divina. Apesar das dificuldades da época em saber por onde o Mestre andava, aquela mulher não se deu por vencida; então, conseguiu aproximar-se do grupo de pessoas que acompanhavam o Mestre e, tão logo foi possível, tocou na orla do Seu manto, sentindo, no mesmo instante, que estava curada do seu mal. Eu gostaria de estar ao lado dela para ver seu semblante alegre quando O tocou!

Depois de confessar ao Senhor o que fizera, ela recebeu quatro das maiores bênçãos, pois Cristo lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz e sê curada deste teu mal. De início, ela foi chamada de filha. Ora, não há título mais honroso do que este: ser chamado filho de Deus. Ao dar a ela tal designação, o Senhor lhe concedeu também todos os privilégios e as bênçãos comuns aos que são aceitos na divina família.

Se ela tivesse considerado de pouco valor a orientação de tocar nas vestes do Mestre, não teria conseguido nada. Talvez por isso Jesus insistiu, e ela testemunhou; do contrário, teria recebido apenas a cura da hemorragia. A Bíblia declara que a quem for fiel no pouco muito mais será confiado (Lc 19.17). Quem seguir a orientação divina ficará maravilhado com o que Ele lhe concederá.

Jesus sabia que podia pronunciar aquelas quatro bênçãos, pois ela não as desprezaria. Seja fiel em cumprir o pouco que lhe for dado e, então, você verá que o que lhe foi concedido ainda não é tudo o que Deus tem para você (Mt 25.14,23), mas apenas o início de um ciclo de bênçãos que não terá fim. Por outro lado, jamais será confiado o muito a quem não for fiel no pouco.

Agarre o que Deus lhe fala, e Ele lhe dará maiores dádivas. Após sua filiação e consequente salvação, virá o decreto de que você poderá seguir em paz – quando os demônios serão proibidos de atormentá-lo – e receberá a garantia de que o mal não voltará. Foi a obediência daquela senhora que a fez obter as outras bênçãos.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

AFETO: EFICAZ FERRAMENTA PARA UMA FAMÍLIA FELIZ

A sua mão esquerda esteja debaixo de minha cabeça, e a direita me abrace”         Cantares 2.6

Este final de semana chegou as minhas mãos um filme chamado: Tomates verdes fritos, onde uma senhora de meia idade procura salvar seu casamento. Um dia ela prepara para seu marido um jantar romântico, fica toda bonita, mas ele ao entrar em casa, mal olha para ela, pega seu prato, senta-se no sofá em frente a televisão, ansioso por saber as últimas notícias de todos os esportes, come sua refeição, ignorando completamente o carinho e a presença de sua esposa. Nesta cena mostra-se o que ameaça aquele casamento e não era um caso extraconjugal, nem problemas financeiros, doenças, ou filhos rebeldes, mas sim um inimigo muito sutil e altamente destrutivo, a indiferença, uma arma diabólica que tem como função esfriar e tornar desinteressante os relacionamentos.

Será que esta ilustração é familiar para nós? Quantas esposas têm procurado chamar a atenção de seu esposo, sem êxito? Elas fazem o prato preferido dele, cortam o cabelo, compram um lingerie bonito, e o maridão chega em casa, estressado do trânsito, do chefe, se larga no sofá, ou vai para frente de um computador, põe um fone no ouvido, se possível coloca no pescoço uma placa de NÃO PERTURBE e a esposa vai para cama sozinha e chora até dormir. Não estou dizendo que os homens não têm direito de descansar quando chegam do trabalho, e nem estou ignorando o fato de termos dias difícil, em que até é saudável ficarmos sozinhos para nos aquietarmos, mas quando isto não é um fato ocasional, e sim um hábito, é sinal de que o lar pode ser arruinado.

Para as mulheres é muito importante ser admirada, elogiada pelo seu marido, isto é um alimento poderoso para o coração feminino.

Quantos maridos estão precisando ver através das atitudes de suas esposas que eles são importantes, que eles tem habilidades e talentos admiráveis, que a família respeita a sua liderança, ou seja, que eles não se resumem a um contra cheque. É muito triste notar que algumas mulheres não respeitam seus esposos, e os humilham, criticam, desmoralizam na frente dos familiares, dos filhos, atacando diretamente sua auto estima com palavras como: Você é muito acomodado, Você não sabe educar nossos filhos, Até hoje você nunca conseguiu uma promoção no emprego, acho que nunca vai conseguir.

Pelo que eu observei até hoje, a mais eficaz ferramenta para demonstração de afeto para os maridos, não é receber cartinhas de amor, ou telefonemas no meio do dia, é sim uma postura coerente de sua esposa que revele a sua consideração e respeito a ele, pois não adianta dizer que o ama que ele é o homem mais lindo da face da terra e minutos depois, por algum motivo fútil discutir com ele e mandar que ele vá dormir no sofá.

A verdade é que a indiferença não acomete apenas os conjugues, mas também o relacionamento com os filhos. Os pais não estão tendo tempo para seus filhos, se são pequeninos não há disposição para brincar e rolar no chão com eles, pois afinal passaram o dia inteiro trabalhando e estão exaustos, aí essas crianças pulam de um lado para outro a fim de chamar a atenção dos pais, e ao invés de ganhar o carinho, ganham palmadas para ficarem quietos. Quando os filhos crescem suas necessidades mudam e passam a buscar os pais para conversarem sobre seus dilemas ou simplesmente bater um papo, mas os pais estão muito ocupados para isso. É muito fria e insatisfatória uma relação onde os pais apenas suprem as necessidades físicas e culturais de seus filhos, cobrando dos filhos boas notas, bom comportamento, mas não há demonstração de afeto, de interesse real pela alegria dos filhos.

A única forma de neutralizarmos a força da indiferença é através do afeto, que pode ser definido como um sentimento de inclinação para alguém. Volte-se para seu conjugue e filhos, pare de dar-lhe suas costas, ofereça seus abraços. Rejeite a frieza, o desinteresse, o sentimento de desprezo pelos seus. Tenha prazer em ouvi-los, em encorajá-los. Provoque neles um sorriso. Se isto parece difícil para você colocar em prática, ore a Deus, peça a Ele ajuda a cura de seus sentimentos e comece a trabalhar para cultivar o afeto em seu lar, é preciso demonstrar o quanto valorizamos e gostamos da nossa família. As atitudes cordiais, amáveis, compassivas devem ser nosso hábito diário no trato com nosso conjugue e filhos, e com certeza colheremos os frutos de uma família abençoada e feliz.

Pra. Márcia Dantas S. Cunha e
Pr. Marlon Góes Cunha

segunda-feira, 4 de junho de 2012

SOMOS MAIS QUE VENCEDORES EM CRISTO

“Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que O amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conforme a imagem de seu Filho, afim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, também os chamou; aos que chamou, também os justificou; aos que justificou, também glorificou. Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que não poupou seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça todas as coisas? Quem fará alguma acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está a direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?
Versículo 39b, nem qualquer coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, Nosso Senhor. ( Romanos 8:28 )”

Muitas pessoas que lotam as igrejas, não são felizes porque não conhecem a Palavra de Deus. Ficam muito preocupadas com prováveis bênçãos que podem receber, e não conhecem verdades poderosas que mudariam a vida de qualquer pessoa que nela crer.

Eu quero mostrar através desta palavra que nós temos todos os motivos para sermos felizes, e que não podemos permitir que o nosso inimigo continue a nós roubar.

Quero que você se lembre de sua infância, quando sua mãe não fazia o que você gostava, e ela te pedia alguma coisa e você não correspondia por pirraça, ou quando nossos irmãos nós aborreciam e a gente mesmo querendo brincar com eles, nós não íamos só porque fomos contrariados, ou quando nosso marido ou esposa não reparou nas coisas que você fez, e você quis puni-lo ou puni-la só porque as coisas não saíram do jeito que você queria, são estas pequenas coisas que por muitas vezes deixamos de ser felizes.

Eu quis mostrar a você de forma simples que muitas das alegrias que tanto esperamos, estão em nossa frente, mas as escamas que estão em nossos olhos não nos deixam ver é assim em pequenas coisas que nosso inimigo faz para nos cegar e nos roubar. Referente à Palavra de Deus, não é diferente.

O texto que lemos começa dizendo: “Sabemos que Deus age em todas as coisas”. Como é difícil nós acreditarmos nesta verdade, achamos que Deus pode, mas na prática, sempre somos nós que damos a última palavra.

Se crermos que Deus age em todas as coisas, porque nós continuamos tão ansiosos? Porque não cremos?

Não basta dizer em alta voz que você crê, é preciso descansar, é preciso não ter medo, é preciso perseverar, coisa que muitos não fazem. Só porque as coisas não estão acontecendo da forma da qual nós pensamos, não quer dizer que não vão acontecer lembre-se que os seus pensamentos não são os pensamentos de Deus.

A segunda coisa que quero mostrar, é que o Senhor nos predestinou. O que é ser um predestinado? “Predestinado é ser destinado a grandes feitos de forma antecipada”.

Se você entende isto, você mudará de atitude e vai parar de andar como derrotado e vai andar como um vitorioso em Cristo Jesus.

Eu acho linda esta revelação, Deus me predestinou em Jesus a viver grandes feitos de forma antecipada é por isto que uma pessoa quando conhece o evangelho de Cristo, é transformado como Cristo transformou a água e o vinho. Esta transformação não vai ocorrer, ela já ocorreu se você crer.

Bom Deus o predestinou e depois o chamou. Veja como as pessoas lutam contra este chamado. Samuel quando ouviu a voz chamando-o, logo se levantou e foi perguntar ao sacerdote o que é que ele queria, mas não era o sacerdote que o chamava. Podemos ver que Samuel se levantou em todas às vezes, que foi chamado, até que o sacerdote Eli lhe disse que deveria responder “eis-me aqui”, e assim aconteceu e quando Samuel ouviu o Senhor o chamar, lá estava ele pronto para o Senhor.


Talvez você possa estar lutando contra este chamado, Samuel não era nada até aquele momento, e você também, mas é através de sua obediência que as coisas vão começar acontecer na sua vida.

Depois de nos chamar o Senhor nos justificou, o que é ser justificado? “Tornar justo”. Veja que todas as promessas que o Senhor garante, estão sobre justos, não injustos.

Tem muita gente sofrendo com acusações do inimigo, como se as coisas não estivessem acontecendo porque os seus pecados estão impedindo que elas aconteçam, entenda as coisas não estão acontecendo porque você não crê. É muito importante que você creia nesta palavra porque ela é esclarecedora para uma vida de vitória. Deus nos ensina que o Senhor é Fiel e Justo para nos perdoar, é por isto que nosso inimigo quer nos impedir de enxergar a verdade, porque se nós entendermos que o inimigo não pode nos acusar, não existirá nenhuma barreira para chegarmos a nossa vitória.


Através de Jesus fomos predestinados, chamados, justificados e glorificados, o que é ser glorificado?Ser glorificado é ser honrado ou receber glória”. Veja como é linda esta revelação, Deus me destinou a viver coisas grandes de forma antecipada depois me chamou me tornou justo e agora me honra ou me dá glória.

Como posso viver como uma pessoa frustrada se Jesus morreu e ressuscitou para que ao crer Nele, eu tivesse todos estes benefícios, entenda que todas estas promessas já nos foram dadas por Deus.

Nada pode nos separar do amor de Deus, sabe por quê? Porque tudo isto já nos foi dado antes mesmo de nascermos, quando você nem existia o Senhor já lhe tinha predestinado, chamado, justificado e glorificado, é por tudo isto que você pode até não querer este presente e continuar vivendo como um grande derrotado, mas se você crer neste presente garanto que toda esta palavra se cumprirá em sua vida.

Você pode tentar, mas nada que eu ou você façamos, chegará perto do que o Senhor já fez por nós, é por isto que eu concluo: O presente esta aí cabe você desfrutar ou não.
Que Deus o abençoe.” Amém”

Pr. Marlon Góes Cunha

fonte: Grupo Cristocentro3 - Google

QUANDO FORTES, DEVEMOS DESCER

E, descendo Filipe à cidade de Samaria, lhes pregava a Cristo.

Atos 8.5

Ninguém será ministro do Novo Testamento se não passar pelo novo nascimento, que inclui o perdão dos pecados, o batismo nas águas e o batismo no Espírito Santo. Filipe passou por todas essas fases até chegar à posição de ministro do Evangelho – e conosco não pode ser diferente. Afinal, se a obra não for feita por completo, ela não será aceita pelo Senhor Deus – e quem inventar outro meio se decepcionará no Último Dia.

Todos deveriam esforçar-se para se apresentar a Deus como obreiros aprovados (2 Tm 2.15). Quem é salvo sabe que foi tocado pelo Senhor e, por isso, tomou a decisão de entregar sua vida a Jesus. Então, passou pelas águas do batismo e foi selado com o Espírito Santo. Mesmo tendo galgado esses degraus, a tentação ainda é real, e quem quer agradar a Deus – e não cair nela – deve buscar a presença divina.

Quando todos os cristãos, exceto os apóstolos, foram dispersos de Jerusalém em razão da perseguição, Filipe sentiu que deveria descer a Samaria e ajudar aquele povo a passar pelas mesmas experiências que ele havia tido. Para ele, o que lhe aconteceu foi um tratamento divino que o preparou para servir melhor ao Senhor. Então, usando de honestidade e sabedoria, ele se dirigiu aos samaritanos e lhes pregou a Mensagem de Cristo.

Filipe, como zeloso servo de Deus, queria que aquele povo encontrasse a solução dos seus problemas. Todo cristão deveria fazer o mesmo com relação aos perdidos. Quem não faz nada pelos sofredores vive somente para si, não se importando com as vidas que não nasceram de novo. Porém os que, de fato, são salvos sabem que a evangelização é o trabalho que mais toca o coração do Pai.

Ao pregar as Boas-Novas, Filipe fez com que aquelas pessoas recebessem a fé genuína no Filho de Deus e, por isso, fossem libertas dos demônios. Agora, tendo os samaritanos sido feitos filhos do Senhor, o diabo não mais poderia oprimi-los, e, livres dos pecados, eles poderiam desfrutar das bênçãos divinas. Como resultado, coxos, paralíticos e os demais sofredores puderam livrar-se de problemas insolúveis. Isso é o Evangelho em ação.

O segredo foi falar com os samaritanos a respeito dos assuntos concernentes ao Reino de Deus. Cristo disse que, quando esse Reino chega, a libertação dos endemoninhados é automática, pois o mal é expulso. Filipe sabia que uma conversa infundada não livraria ninguém do poder das trevas. Por isso, ele falava sobre o glorioso Nome de Jesus, no qual está o nosso socorro (Sl 124.8). Obra completa, sucesso garantido!

O propósito da pregação do Evangelho continua o mesmo. Não podemos permitir que sejamos levados pela invencionice de alguns “iluminados”, para os quais a maneira correta de fazer a obra de Deus hoje é diferente da do passado. Isso, porém, é pura estupidez. Afinal, somos enviados a ensinar o mesmo que o Senhor ensinou. Tudo o que for diferente disso vem do diabo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

domingo, 3 de junho de 2012

O MODO CORRETO DE FAZER A OBRA DE DEUS

E percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas suas sinagogas, e pregando o evangelho do Reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.

Mateus 4.23

Jesus tinha por costume entrar na sinagoga – onde os judeus se reuniam para orar e ouvir a pregação da Palavra de Deus – e, lá, cumpria Sua missão, fazendo a vontade do Pai. Ele mostrou que o poder dado a nós não deve ficar guardado, mas, sim, ser posto em ação. Todos nós que fomos salvos e cheios do Espírito Santo também deveríamos ter esse entendimento, pois, assim, cumpriríamos a missão que nos foi entregue.

Observando a maneira como Cristo ministrava, podemos dizer que Ele fazia a obra em três partes distintas: primeiro, ensinava; depois, pregava e, então, usava o poder de Deus. Nessa ordem, o trabalho é feito de modo completo. Todos deveriam seguir o exemplo do Mestre, porque, em tudo, essa é a maneira correta de se cumprir Seu mandamento, e quem seguir essa direção verá que alcançará o mesmo resultado em seu ministério.

O padrão foi estabelecido para ser seguido. Cumpre-nos imitar o exemplo do Senhor, pois, assim, teremos Sua companhia. Já os rebeldes – aqueles que inventam o que não foi prescrito nas Escrituras e o ensinam – não fazem a obra de Deus. Jesus afirmou que o mesmo Evangelho pregado por Ele deve ser anunciado em todo o mundo para que o fim venha (Mt 24.14). Temos de anunciar as Boas-Novas do mesmo modo e obter os mesmos resultados.

Jesus ensinará a você em sua sinagoga, no lugar mais íntimo do seu ser, onde reside seu poder de decisão: seu espírito. O ensino do homem é para a mente; já o de Deus, para o espírito. A instrução divina faz com que entendamos a diferença entre o certo e o errado, o que é de Deus, o que provém do homem e o que é do diabo. Quem aprende com o Senhor se torna mais sábio do que os seus mestres.

Depois de ensinar às pessoas, Jesus ministrava a Boa Notícia do Reino de Deus, ressaltando o que o Pai faria na vida de todos se apenas cressem no que aprendiam. A pregação leva o homem a despertar para tomar as atitudes necessárias e faz com que ele tenha fé, com a qual pode exigir que o mal saia. A pregação da Palavra o reveste das armaduras que ele tem aprendido a ter por meio do ensinamento bíblico.

Com a fé inundando o coração de quem O ouvia, Cristo usava o poder divino; então, os doentes eram curados, os oprimidos, libertos, e todos podiam deixar o pecado, o diabo, e se converter ao único e verdadeiro Deus. Esse é o trabalho que fará os perdidos se entregarem a Jesus; essa é a obra que pode ser chamada de obra de Deus.

A notícia do que Deus faz tem um poder muito grande ao se espalhar, a ponto de os perdidos se aproximarem para ser abençoados também. O que aconteceu com a mulher samaritana, a qual trouxe os homens de sua aldeia para ver Aquele que tudo havia feito (Jo 4.28-30), ocorre ainda nos dias de hoje.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sábado, 2 de junho de 2012

A IMPORTÂNCIA DE DAR

Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos darão; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.

Lucas 6.38

Em tudo o que uma pessoa pode fazer em seu próprio benefício, prazer, ou por pura obediência ao chamado divino, o inferno tem colocado um demônio ao lado dela, para que ela não cumpra a missão que recebeu. O ato de ofertar a Deus é um dos mais antigos e produtivos. O diabo cunhou o seguinte ditado: “Quem dá pedir vem”, mas Jesus disse o contrário: Daí e dar-se-vos-á. Em quem você vai acreditar?

Satanás atuou primeiro em Adão que, deliberadamente, fez o que o Altíssimo havia proibido. Depois, agiu na vida de Caim, de quem foi dito que era do maligno (1 Jo 3.12). Por muito tempo, o diabo fez com que ele sentisse desprezo pelo ato de ofertar. Então, no dia marcado para dar a Deus o seu melhor, Caim levou qualquer coisa e ofendeu o Senhor. Depois, ao ver a oferta de seu irmão, Abel, ser aceita, Caim o matou.

Ora, o enviado de Satanás é capaz de levar o homem a uma situação de extrema perversidade. Não havia mais ninguém no mundo, e Caim matou seu único irmão por pura maldade. Se não tivesse aceitado a sugestão do inimigo, certamente ele teria dado uma boa oferta e, com isso, além da recompensa que seria certa, não teria obtido o título de primeiro homicida da Terra. Fique longe de toda e qualquer operação do espírito do mal.

A Palavra que fala ao seu coração não o abandonará jamais, mas ficará do Seu lado para fazer o que Deus tem prometido. Ofertar é mais do que tirar do seu e entregar na igreja; esse ato trará uma abundância bem maior do que a semente que você plantou. Isaque, por exemplo, recebeu cem vezes mais – o que dá dez mil por cento. É preciso ter ouvidos para ouvir o que Deus diz. Então, seja sábio e atenda ao Pai plantando boa semente.

Segundo Jesus, a recompensa é de 30, 60 e 100 vezes mais (Mc 4.20). Perceba o quanto isso enfurece o inimigo que fará de tudo para impedi-lo de ser recompensado pelo Todo-Poderoso, o qual é o único Deus, fiel e cumpridor de todas as Suas promessas. Quem Lhe der ouvidos estará atento para receber o prêmio, mas os que se fecharem para a voz do Senhor clamarão e não serão atendidos.

A pessoa insensata recusa-se a lançar seu pão sobre as revelações de Deus (Ec 11.1) e, depois de muitos dias, nem percebe que ele não ficou em suas mãos. O Senhor manda repartir o que você tem com sete ou oito, para evitar o mal que vem sobre a terra. Sabendo que o que está determinado não deixará de se cumprir, não deixe de fazer o que você sente ser a inspiração divina, pois existe um propósito quando Deus o orienta a entregar uma boa oferta.

Não deixe o diabo impedi-lo de participar da recompensa. Ela será em boa medida, sacudida, recalcada e transbordante. Cumpra com prazer sua chamada e descubra que isso o fez especial para Deus. Não dê por necessidade, ou obrigação, mas com alegria (2 Co 9.7).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sexta-feira, 1 de junho de 2012

DEUS É BOM PAGADOR

Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?  Mateus 5.46

O lavrador semeia para receber multiplicado o que plantou. Para isso, como sábio trabalhador do campo, ele escolhe a melhor semente, planta-a na época certa e combate as pragas, pois, do contrário, não colherá o que a terra lhe pode dar. Em alguns casos, ele pode vir a ter prejuízo. Ora, a arte de plantar é uma ciência como outra qualquer. Não importa se o conhecimento é empírico, ou científico; tem de ser feito com sabedoria.

Deus deseja que tenhamos sempre em mente a recompensa, uma vez que Ele fala do galardão que nos será dado no último Dia. A Palavra diz: Tudo o que o homem semear, isso também ceifará (Gl 6.7), por isso é importante plantar a divina semente, a qual jamais prejudicará alguém, a não ser desmascarar quem age com más intenções. Saiba que a recompensa virá de acordo com o que foi plantado.

Há uma grande sabedoria no mandamento do Senhor, o qual declara que amemos os que não nos amam (Lc 6.35). Deus sabe que o diabo está fazendo algo para nos fazer sofrer e, por isso, dá-nos a direção. Existem indivíduos que, se forem amados, serão nossos melhores amigos e deixarão de ser usados pelo maligno. Afinal, o Senhor não quer que ninguém, sendo Sua imagem e semelhança, seja usado pelo inimigo.

Não podemos imitar os pecadores que têm a seguinte filosofia: amor aos amigos e ódio aos inimigos. Ora, Deus Se esforça para salvar o que se perdeu. Ele está atrás da ovelha perdida e, por isso, oferece-nos Seu Espírito. Dessa maneira, é possível achar essa ovelha e trazê-la para o aprisco. Se, como filhos de Deus, nós nos recusamos a agir como Ele, será que somos filhos dEle de fato?

A grande verdade é que o Altíssimo não recompensa o que não nos custa alguma coisa. Amar os amigos é fácil, mas muito difícil é ficar diante de Deus e interceder por quem nos fez mal e nos odeia. Entretanto, se amarmos essa pessoa, haveremos de ser recompensados naquele Dia. Isso tem de acontecer por revelação da Palavra e, ao obedecermos ao Senhor, o prêmio virá e não será pequeno.

Nem que seja só por amor a Deus, ame aquele que o odeia; assim, você estará fazendo a vontade do Pai, o qual deseja que todos vivam juntos, como irmãos, em união. O amor é muito mais forte do que a morte – a natureza de Satanás. Não há como deixar de sermos abençoados quando amamos alguém que nos maltrata e deseja mal.

Ademais, o que você fizer ao Altíssimo, ainda que seja uma coisa bem pequena, trará recompensa no Juízo. Como Pai, Ele deseja ver todos livres de qualquer influência do inimigo. Por isso, nós, cooperadores do Senhor, devemos ser Seus instrumentos, para que Ele nos use no cumprimento da Sua missão. A recompensa será grande!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

SOMOS ESCOLHIDOS POR DEUS

Devocional para você
"Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz." 1 Pedro 2:9


Pensamento:

Somos escolhidos para fazer parte do Reino de Deus, da nação santa, fomos eleitos pelo próprio Senhor!
Temos um papel importante na história do mundo.
Estamos aqui para declarar louvores a Deus àqueles que não O conhecem, para que possam receber o Seu amor e a Sua Graça, pois o Senhor nos tirou do mundo de trevas e escuridão e nos trouxe para Sua maravilhosa luz.



Oração:

Pai querido, obrigado por ter me escolhido para fazer parte do Seu Reino, da Sua nação santa.
Por favor, inspire-me e capacite-me para compartilhar o evangelho com aqueles que ainda não tiveram um encontro contigo, para que o mundo possa realmente saber que Jesus é Senhor.
No nome do meu Salvador, Jesus, eu oro.
Amém.



Pedido de oração pela igreja perseguida. Oferte ao Senhor 2 minutos de uma oração silenciosa pelos cristãos que não têm liberdade de culto como você:

Sul das Filipinas*

Adolescentes são atraídos para grupos muçulmanos rebeldes por causa do desespero e da pobreza. Ore para que a Igreja de Deus seja um canal de esperança para os jovens no sul das Filipinas.
Deus o abençoePr Paulo

fonte: Grupo Cristocentro3 - Google