Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, 31 de maio de 2012

SEGUIR A JESUS CRISTO.

Devocional para você
"Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve." Mateus 11:28-30



Pensamento:

Poderíamos chamar isso da ironia do discipulado.
Seguir a Cristo significa que deixamos tudo para segui-lo.
Seguir a Cristo significa que recebemos bênçãos incontáveis nesta vida e a vida eterna com Deus na vida do porvir.

Então, é difícil?

Sim, às vezes é.

Mas a vida é dura.

O fardo que Jesus prometeu é leve?
Sim, porque sabemos que não vivemos nossas vidas em vão, que estamos vivendo esta vida como Deus quer, e que quando a vida aqui termina, não termina na verdade!

Temos o privilégio de ir para casa e estar com nosso Senhor!




Oração:

Dê-me a coragem, Ó Deus, para enfrentar os desafios que tenho que enfrentar.
Dê-me a caridade para lidar apropriadamente com aqueles que encontro.
Dê-me a gratidão por tudo que o Senhor tem feito para me abençoar.
Dê-me a claridade para entender que viver para Jesus é a melhor de todas as escolhas.
No nome do Senhor Jesus eu oro.

Amém.



Pedido de oração pela igreja perseguida. Oferte ao Senhor 2 minutos de uma oração silenciosa pelos cristãos que não têm liberdade de culto como você:

Brunei (28º)

Cristãos se arriscam quando escolhem compartilhar sua fé. Eles se esforçam quando um muçulmano de Brunei é sincero em perguntar algo sobre Jesus Cristo. Por favor, os ajude em oração para que eles encontrem coragem e sabedoria para compartilhar a fé com outros.

Deus o abençoe
Pr Paulo

fonte: Grupo Cristocentro3 - Google

quarta-feira, 30 de maio de 2012

TEMPO DESPERDIÇADO

Depois disso, sucedeu que, no ano trinta e sete do cativeiro de Joaquim, rei de Judá, no mês duodécimo, aos vinte e sete do mês, Evil-Merodaque, rei de Babilônia, libertou, no ano em que reinou, a Joaquim, rei de Judá, da casa da prisão.

2 Reis 25.27

Se os outros reis que antecederam Joaquim no trono de Judá não serviram a Deus, isso não deveria ser usado como desculpa para que ele não Lhe servisse também. Ora, se ele tivesse demonstrado dedicação à Palavra do Senhor, seu futuro teria sido magnífico, mas, por não temer o Altíssimo, esse governante fez o que era mau aos olhos de Deus e, por isso, foi amarrado e levado à Babilônia, onde ficou por 37 anos no cárcere. Que final infeliz ele teve, pois, de rei do povo de Deus passou a ser escravo dos reis do mundo!

Quem não serve ao Senhor não fica neutro, porque prestará serviço ao inimigo (Lc 16.13) e, então, verá que tomou a pior decisão, pois quem se insurge contra a vontade do Criador descobre, tarde demais, que foi enganado pela antiga serpente. Já o servo do Altíssimo vive em paz e desfruta do melhor que há no mundo.

Quem se apega aos mandamentos e os cumpre prova que ama o Senhor e descobre que também é amado por Ele (Jo 14.21). Não há nada melhor do que ter o Seu amor envolvendo-o 24 horas por dia e estar debaixo da Sua mão protetora. Quem, porém, sai da cobertura divina se expõe às operações dos espíritos malignos.

Definitivamente, o lugar de quem foi constituído rei para Deus é no trono, e não na prisão. A Bíblia afirma que Cristo faz com que o nascido de novo se torne rei e sacerdote para o Pai (Ap 1.6). Todo aquele que se rebela e não vive essa majestosa posição de ser senhor da sua vida e dos seus pertences descobre que se tornou prisioneiro do inimigo – e, então, em vez de vestimentas reais, usará vestes de presídio.

Por que não viver na posição honrosa que lhe foi concedida, a de ser rei para Deus? Por que se arrastar como prisioneiro de Satanás se você foi constituído como a autoridade maior sobre sua vida? O Altíssimo espera que você reine, faça valer seus direitos nEle e, com isso, desfrute da vida abundante trazida por Jesus (Jo 10.10b). Quem foi feito rei para o Senhor não vive mendigando nas mãos do adversário.

Que final vergonhoso teve Joaquim, que vestiu as roupas do cárcere por quase quatro décadas. Por quanto tempo você também tem usado vestes inadequadas para quem é de Deus? Não é hora de mudar de roupa? A unção está sobre você, e, por isso, deve agora mesmo se rebelar, saindo da prisão para viver vitoriosamente.

Que vergonha um rei levantado pelo Senhor viver da subsistência diária que lhe era dada por um rei do mundo! Ele deveria fazer isso para os desprovidos do seu reino. Quem não reinar para Deus será servo de quem jamais deveria ser cabeça sobre ele!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

terça-feira, 29 de maio de 2012

ONDE VOCÊ DEPOSITA A SUA CONFIANÇA?

“Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Senhor, o nosso Deus” ( Salmos 20:7)


Onde está sua confiança?


Muitas pessoas se encontram frustradas por terem depositado sua confiança em coisas erradas. Quero mostrar através deste ensinamento que se você depositar a sua confiança na pessoa certa, você não tem que se preocupar.

A Bíblia fala de um homem chefe da sinagoga que ao passar por uma experiência ruim procurou ajuda no lugar certo. Jesus nunca nos enganou dizendo que nós, não teríamos lutas nesta vida, pelo contrário, Ele sempre alertou as pessoas sobre aflições que viriam, torrentes de águas que viriam sobre nossa casa, é por isso que Jesus nos diz que é muito importante ter uma casa construída sobre uma rocha, para que ao vir as torrentes de águas, nossa casa não caia, e outros momentos de dificuldades que poderemos vivenciar, mas em nenhum momento Ele deixou de nos mostrar a saída para as dificuldades. Para cada uma destas dificuldades Jesus nos encorajou a lutar e perseverar até que superássemos as crises.

A filha de Jairo tinha doze anos e estava morrendo. Ele não podia fazer nada para mudar a situação. Será? Jairo tomou uma decisão urgente, e ele não podia errar era a última chance para sua filha.
Quando estamos pressionados temos dificuldades de fazer boas escolhas, é aí que nós muitas vezes depositamos a nossa confiança nas coisas erradas e nas pessoas erradas.


“Então um homem chamado Jairo, dirigente da sinagoga, veio e prostrou-se aos pés de Jesus, implorando-lhe que fosse à sua casa porque sua única filha, de cerca de doze anos, estava à morte” (Lucas 8:41).

Quando eu meditava neste texto me coloquei no lugar de Jairo, porque eu também sou pai de uma menina de doze anos e que também é única, e por um momento tentei imaginar o desespero que Jairo estava sentindo. Jairo não tinha para onde recorrer, somente acreditar que todos os milagres vistos ou ouvido falar, que Jesus operava eram verdadeiros.

Jairo em um ato grande desesperado resolveu buscar ajuda em Jesus. Jesus aceitou ajudar Jairo, mas havia uma grande multidão que também precisava de Jesus, e na medida em que Jesus caminhava em direção a casa de Jairo, o trabalho de Jesus era realizado. Jairo poderia ter esperando Jesus em casa, mas o texto nos mostra que Jairo não saiu de perto de Jesus.


Medite sobre isso:

“Quantas vezes nós temos a paciência para esperar ao lado do Senhor, até que no tempo de Deus sejam respondidos os nossos pedidos”?

Jairo esperou ao lado de Jesus. Temos que entender que o Senhor é solicitado por muitas pessoas, que como nós, também estão desesperados por um milagre, nós precisamos ter a confiança que ao procurar ajuda em Jesus, Ele não vai nos desapontar, e, portanto, é necessário paciência e perseverança de nossa parte.

“Enquanto Jesus falava, chegou alguém da casa de Jairo, o dirigente da sinagoga, e disse: Sua filha esta morreu. Não incomode mais o mestre. Ouvindo isso Jesus disse a Jairo: Não tenha medo, tão somente creia, e ela será curada”(Lucas 8:49-50)

Jairo acabara de receber a pior notícia: “a sua filha morreu”. É como se alguém te dissesse que todo seu esforço fosse em vão, não havia mais esperança.

Jesus toma a frente para encorajar Jairo dizendo: “Jairo a notícia não é boa, mas não tenha medo, creia”. Difícil não?

Em muitos momentos estamos cercados por pessoas que só vão trazer más noticias, mas se a tua confiança estiver colocada na pessoa certa, continue crendo.


“Quando Jesus chegou na casa de Jairo, não deixou ninguém entrar com Ele, exceto Pedro, João, Tiago e o pai e a mãe da criança. Enquanto isso, todo o povo estava se lamentando e chorando por ela. Não chorem, disse Jesus. Ela não está morta, mas dorme. Todos começaram a rir dele, pois sabiam que ela estava morta. Mas Ele a tomou pela mão e disse: Menina, levante-se! O espírito dela voltou, e ela se levantou imediatamente. Então Jesus lhes ordenou que lhe dessem de comer” ( Lucas 51-55)

Você consegue perceber que Jairo e sua esposa não tinham ninguém para encorajá-los, eles estavam cercados por pessoas incrédulas.

Quantas vezes passamos por grande dificuldade e contamos com um milagre do Senhor, porém estamos rodeados de más notícias e de pessoas que somente lamentam e choram nossa angústia.

Jairo depositou toda a sua confiança em Jesus e teve que perseverar até o fim, não importava quanto tempo ele teria que esperar a ação de Jesus, não importava as más noticias e nem mesmo o quanto ele estava rodeado de incredulidade, ele tinha feito uma escolha, confiar somente em Jesus. Foi a melhor escolha.

Amado leitor, talvez você esteja passando por um momento de grande aflição, o meu desejo é que você possa depositar a sua confiança na pessoa certa, porque assim, você terá vitória.
Jairo só tinha uma escolha para fazer, ele escolheu bem!

Faça você também a escolha certa. Deus não vai te decepcionar!

Email:ieqpalmira@ieqpalmira.com.br

Pr. Marlon Góes Cunha

fonte: Grupo Cristocentro3 - Google

DÊ AMPLITUDE AO CONHECIMENTO DA PALAVRA DE DEUS.

"E os que foram dispersos pela perseguição que sucedeu por causa de Estêvão caminharam até à Fenícia, Chipre e Antioquia, não anunciando a ninguém a palavra, senão somente aos judeus."

Muitas pessoas não fazem aquilo que Jesus Cristo lhes pediu, como ir e anunciar o Evangelho a todas as pessoas. Neste versículo acima, por medo, retringiram-se a falar da Palavra de Deus somente aos judeus.

"E havia entre eles alguns homens cíprios e cirenenses, os quais entrando em Antioquia falaram aos gregos, anunciando o Senhor Jesus."

Já alguns outros homens estrangeiros não se detiveram e agiram diferente: falaram de Jesus Cristo também aos gentios (povo não-judeu), exatamente como Jesus havia indicado, para irem ao mundo e falarem a Palavra de Deus, quem ouvisse e cresse, seria salvo.


" E a mão do Senhor era com eles; e grande número creu e se converteu ao Senhor. E chegou a fama destas coisas aos ouvidos da igreja que estava em Jerusalém;"

Estamos fazendi aquilo que o Criador já nos ensinou pela Sua Palavra?? O Senhor nos protege quando agimos conforme Eles nos orienta, enquanto que o medo devido às situações externas só nos paralisa na Obra de Deus frente ao mundo.

 "e enviaram Barnabé a Antioquia. O qual, quando chegou, e viu a graça de Deus, se alegrou, e exortou a todos a que permanecessem no Senhor, com propósito de coração; Porque era homem de bem e cheio do Espírito Santo e de fé. E muita gente se uniu ao Senhor." Atos 11:19-24

Barnabé muito se alegrou ao constatar que aqueles estrangeiros, portanto gentios, estavam firmemente convertidos ao Senhor.

Barnabé é excelente exemplo humano a ser seguido, ressaltado nas Sagradas Escrituras como:

- homem de bem: buscava entender exatamente aquilo que já havia sido orientado, descobrindo nas Sagradas Escrituras, pontos importantes e levando à frente o que o Senhor orienta;


- cheio do Espírito Santo: ungido na palavra, poder e bênçãos do Criador. Com canais espirituais abertos para compreender e fazer a Obra de Deus prontamente;

- cheio de fé: buscava fortalecer seu entendimento e atitudes lendo sempre as orientações divinas presentas nas Sagradas Escrituras, ato que nos fortalece cada dia mais na nossa fé também.

Não reduza os ouvintes da Palavra de Deus, sejam eles quem forem, fale aquilo que você aprendeu e já conhece da Palavra para eles também.

Não restrinja seu entendimento daquilo que Deus lhe diz através da Palavra, você pode estar suprimindo pessoas de seguirem o caminho rumo ao Reino de Deus e isto é muito grave. Semeie !!!

Alimente-se sua fé diariamente, lendo, orando e buscando renovar seu entendimento das Sagradas Escrituras e agindo, pois Deus vai nos abrindo a compreensão !


Em Nome de Jesus.


Mônica Gazzarrini


"Jesus Cristo é o Senhor" 


segunda-feira, 28 de maio de 2012

DEUS ESTÁ TE PROTEGENDO: HOJE E SEMPRE !!

Versículos para sua meditação, irmão:

"[cântico dos degraus] Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre. Assim como estão os montes à roda de Jerusalém, assim o SENHOR está em volta do seu povo desde agora e para sempre." Salmos 125:1-2

Deus garante proteção e eternidade para todos aqueles que nEle confiam sinceramente.

Deus também nos garante proteção e paz, pois está agora e sempre estará em volta de todos aqueles que nEle confiam.

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini

"Jesus Cristo é o Senhor"

CONVITE IRRESISTÍVEL

O meu amado fala e me diz: Levanta-te, amiga minha, formosa minha, e vem.

Cantares 2.10

A melhor coisa que já me aconteceu foi ter ouvido o Evangelho pela primeira vez. Em um abrir e fechar de olhos, a minha vida mudou para sempre; desde então, sou filho de Deus e, na linguagem de Cantares, a amiga formosa, a noiva querida do Apocalipse e um dos redimidos do meu Senhor. Aguardo ansiosamente o meu Salvador, para entrar com Ele em Seu Reino de amor.

O meu amado Senhor fala comigo. Ele guia meus passos, protege-me das astutas ciladas de Satanás e me conduz em triunfo. É tão bom ser amado assim pelo meu Deus, que não consigo nem pensar que, um dia, pudesse vir a me perder! Por Ele, sou capaz de renunciar a todas as coisas; afinal, só Ele me interessa. Estou fechado com Ele para sempre. Nem sei se aguentarei quando Jesus me convidar para entrar no Reino do Seu Pai.

A voz do Pai me emociona. De fato, o que Ele me diz me enleva e me faz suspirar de contentamento. Foi Ele quem me convenceu a desistir da ideia de ser médico, de ir para Moscou estudar Medicina. Deus me chamou para pregar Sua Palavra, fez-me Seu cooperador, ministro do Seu Evangelho, e me livrou da lei do pecado e da morte. O meu Senhor me fala sempre sobre Seu propósito em cada decisão a tomar.

Deus me quer de pé. Sua ordem é que eu me levante para não ficar curvado pelos fardos desta vida, não me entregar a nenhum tipo de pecado nem me enganar com as sujas ofertas do diabo. O Senhor cuida de mim pelo Seu Santo Espírito e, com Ele, jamais tropeçarei; por Ele, ficarei de pé e me desligarei de qualquer amarra que me prenda. O meu Senhor é fantástico, é muito, muito, muito maravilhoso!

Ele me chama de amigo, companheiro, alguém que nEle confia e em quem Ele mesmo pode confiar. Não trairei o meu amado Senhor; não darei esse gosto ao adversário. Ainda que fosse necessário passar a vida toda arrastando-me sobre cacos de vidros, não negaria o meu Amado, não O trairia nem O entristeceria de modo algum; afinal, Ele é o meu único e verdadeiro Amigo. O meu casamento com Ele é eterno e inseparável.

O convite do Senhor é que eu vá ao Seu encontro. Portanto, tenho pressa, pois preciso encontrá-lO. Não posso – nem irei – faltar a esse maravilhoso encontro. Que encontro! Encontrarei o meu Rei, o meu Senhor e meu Deus, e, para sempre, sempre, sempre ao Seu lado estarei. Então, viverei no mundo da felicidade, onde não existe dor, tentação nem os demais infortúnios. Farei tudo para não perder esse tão lindo encontro.

E você, amado leitor? Não gostaria de conhecer o Senhor na beleza da Sua santidade? Não gostaria de ter uma fé viva e eficaz nAquele que realmente manda e resolve todas as coisas? Então, aceite-O agora, pois Ele está batendo na porta do seu coração (Ap 3.20). Certamente, se O receber como o Senhor da sua vida, não se arrependerá.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

domingo, 27 de maio de 2012

Corpus Cristi

Gostaria de saber se é certo comemorar corpus crist se nao tem na biblia essa data, e o que segnifica isso?


Resposta: Esta é uma data estabelecida pela Igreja Católica para comemorar o sacramento da Eucaristia, que, lá, é sintetizado na hóstia consagrada.

Sobre isso, na Bíblia Sagrada, o único ensinamento dado pelo Senhor Jesus e pelo Espírito Santo é quanto à maneira de se participar da Santa Ceia, com o pão e o fruto da videira (Mt 26.26-28; 1Co 11.23-32).

É o sacrifício do Senhor Jesus na cruz que abençoa os que nEle creem, e os elementos pão e vinho são símbolos vivos daquele sacrifício, que propicia Graça e alimenta a fé dos que se assentam à Mesa do Senhor.    

fonte:  MISSIONÁRIO RESPONDE - ONGRACE.COM



"E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos; Porque isto é o meu sangue; o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados." Mateus 26:26-28


"Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim. Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha. Portanto, qualquer que comer este pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor. Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor. Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem. Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados. Mas, quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo." 1 Coríntios 11:23-32

Por que é comemorado o Corpus Christi?

por Editores HowStuffWorks Brasil

No feriado de Corpus Christi católicos fiéis do mundo todo celebram o “Corpo de Cristo”. Mas, o que exatamente significa isso e por que esse feriado não é comemorado sempre no mesmo dia, em todos os anos?

A festa de Corpus Christi celebra a presença do corpo e sangue de Cristo e é um dos sacramentos da Eucaristia. Segundo as religiões cristãs, na quinta-feira santa, dia que antecedeu a sua morte, Jesus Cristo reuniu os seus apóstolos para a Última Ceia, quando disse: “Isto é o meu corpo (apontando para o pão), e isto é o meu sangue (apontando para o vinho)”. Os católicos do mundo todo agradecem então, o dom da Eucaristia, no qual crêem que Deus é o alimento espiritual da alma.
A celebração da data teve início em 1193, por iniciativa da religiosa belga Juliana de Cornellon, que disse ter visto a Virgem Maria pedindo para que ela realizasse uma grande festa com o intuito de honrar o corpo de Jesus na Eucaristia. Anos mais tarde, em 1264, o papa Urbano IV consagrou a festa (que já acontecia) à Igreja Universal. Através da publicação da bula Transituru do Mundo, Urbano IV decretou a celebração como sendo oficial, e com a tríplice finalidade: honrar Jesus Cristo, pedir perdão a Jesus pelo que foi feito a ele e protestar contra aqueles que negavam a presença de Deus na hóstia sagrada.

De acordo com a Igreja Católica, durante a missa, no momento em que o sacerdote proclama as palavras “Isto é o meu corpo e isto é o meu sangue”, ocorre o ato da transubstanciação, por meio do qual a substância do pão e vinho (neste caso, a hóstia e o vinho) se transforma no corpo e sangue de Cristo. Este é o momento mais importante de toda a celebração de Corpus Christi – as hóstias até então não consagradas, tornam-se consagradas.
E quando se comemora Corpus Christi?
O feriado de Corpus Christi é uma das festividades móveis que giram em torno da Páscoa. A Páscoa é comemorada no primeiro domingo depois da lua cheia de 21 de março. Veja como funcionam essas festividades móveis que são calculadas a partir da Páscoa:

- Quaresma: período que compreende os 40 dias que antecedem a Páscoa;

- Domingo de Ramos: domingo que antecede o domingo de Páscoa;

- Pentecostes: celebrado após 50 dias do domingo de Páscoa;

- Corpus Christi: celebrado na quinta-feira após o domingo de Pentecostes.
FONTE: HSW

O NOSSO ESCAPE É COMPLETO

Caiam os ímpios nas suas próprias redes, até que eu tenha escapado inteiramente.

Salmo 141.10

Neste salmo, vemos o que acontece tanto com os servos de Deus como com os que se dão à impiedade. Se observarmos bem, nós nos lembraremos de pessoas que, como nós, também frequentavam a igreja, diziam-se cristãs e, no entanto, iam criando fantasias e demonstrando pouco apreço por uma vida santa diante do Altíssimo, até que algo sério lhes aconteceu, e elas se foram prematuramente.

Os perdidos, aqueles que nunca deram crédito à Palavra do Senhor, têm muitas maneiras diferentes das que os filhos de Deus devem ter. Mas, se você não quer se ver nas mãos dos espíritos perturbadores, nunca permita que tais práticas o seduzam. Os que se deixam levar pelo que fazem os pecadores são taxados de ímpios, pois não respeitam a Santa Palavra – e o fim deles não será nada agradável.

O rei Salomão, no livro de Eclesiastes 12.13, fala: De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem. Os ímpios, porém, não dão a menor importância para isso, pois querem satisfazer o próprio apetite. Como pode um cristão assentar-se à mesa com perdidos para tomar bebida alcoólica? Desse modo, quando eles se converterão? Nunca! A impiedade desse “santo” levará aquelas almas à perdição.

Temos de ficar alerta, independentemente de quem nos ensina a dar o mau testemunho. É dever de todo salvo esforçar-se para jamais dar ao perdido a aprovação dos seus atos, pois quem não age desse modo se tornou ímpio e, em razão do que faz, está afirmando, em outras palavras, que o Senhor não disse a verdade quando nos deu o Salmo 1. Cuidado! Talvez você esteja criando redes para si mesmo e, mais tarde, pode cair nelas.

Não há nada melhor do que viver no temor a Deus, fazendo Sua vontade. Os que assim procedem descobrem que o caminho do Senhor é muito melhor. Quem está na impiedade jamais se torna alguém realizado; só tem frustração sobre frustração, pois não há paz para o perverso.

O Senhor usou o salmista para falar em escape por inteiro. A falta do poder divino em nós é sinal de que os nossos procedimentos não Lhe têm agradado. Ora, as promessas celestiais pertencem a todos os que são aceitos na família de Deus! No entanto, muitos não conseguem sequer uma só resposta dEle. Se você se encontra nessa situação, já é hora de mudar! Afinal, não é o seu modo de agir que impede o Senhor de operar em seu viver.

Nem tudo o que é agradável, prazeroso ou lucrativo vem de Deus, mas somente o que é santo, que nos edifica e não nos faz mal. Portanto, examine-se. Sem dúvida, o adversário tem tentado de tudo para enganá-lo, e, talvez, você esteja permitindo essa situação. No entanto, não se enrede em nada do inimigo nem se deixe levar pelos encantos da serpente, pois o que ela promete é a morte. Quem, porém, é de Deus prova o escape por completo!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sábado, 26 de maio de 2012

DEUS É SUPREMO, VIVO E VERDADEIRO !!!

Meditação sobre este versículo bíblico, que me tocou profundamente e espero que também faça o mesmo com você, ao ler esta mensagem, amado irmão.


"Porque o SENHOR Deus é um sol e escudo; o SENHOR dará graça e glória; não retirará bem algum aos que andam na retidão."  Salmos 84:11


Deus é tão intenso e vivo como a luz do sol.

Deus nos protege, pois Deus é  nosso escudo.

Deus nos concede graças, não somente a esta ou a aquela pessoa, dando sua sabedoria somente a alguns, esta ação é extensiva a todos aqueles que nEle buscam e seguem as suas orientações.

Deus é digno de glória, pois é o mínimo que temos a fazer: agradecer ao Criador por nos abençoar todos os dias !!!

Deus não cancela as promessas que Ele nos concede sempre que temos contato direto com Ele através das Sagradas Escrituras.
Nós é que, muitas vezes, não estamos avançando e cumpirndo em nossas vidas as orientações recebidas, para seguir de mãos dadas com o Senhor e fazer tudo aquilo que Ele já nos disse para fazermos e sermos felizes, realizados e completos, em todas as áreas de nossas vidas.
Esta atitude de seguir fazendo conforme somos orientados por Deus, nos trás confiança e combate todo e qualquer desânimo.

Andar em retidão não significa ser implicante e nem ser "certinho", mas ir desempenhando tudo aquilo que temos conhecimento de que são ações que dignificam a Deus e ir abrindo mão de tudo aquilo que fazemos e que nos distancia mais e mais de Deus.

Deus tenha em cada um de nós solo firme e forte para realizar as Suas Excelentes Obras!!!



Em Nome de Jesus.


Mônica Gazzarrini


"Jesus Cristo é o Senhor"

A RAIZ DOS SEUS PROBLEMAS

Mortificai, pois, os vossos membros que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, o apetite desordenado, a vil concupiscência e a avareza, que é idolatria.

Colossenses 3.5

Há cristãos que vivem chateados por não conseguirem viver em santidade. Eles desejam agradar ao Senhor, vivendo na plenitude da bênção, mas quase sempre são tomados por maus pensamentos e desejos imundos. Diante de tal quadro, alguns acham que precisam batizar-se de novo, ou mesmo aceitar Jesus verdadeiramente. No entanto, não é o que a Palavra declara. Ela nos orienta a deixarmos morrer o apetite vil e desordenado.

Apesar de sermos salvos, ainda temos a natureza terrena, a qual se corrompe com o que vê, ouve e por observar as práticas alheias. Se você não fizer morrer sua inclinação natural, passará pela vida praticando o erro, confessando, fazendo promessas de não mais fazer aquilo e, de novo, caindo em transgressão. A orientação divina é mortificar os nossos membros, a nossa natureza terrena.

A pessoa que não conhece a Palavra de Deus, se ouvir que determinado cristão foi tentado na área da prostituição, logo o denunciará como pecador a ser evitado. Mas, provavelmente, ela também tem o mesmo problema. Na verdade, apesar de salvos pelo Senhor e lavados no sangue do Cordeiro, temos de lutar contra o mal. Quem não travar e não vencer a batalha da santidade não agradará a Deus.

A impureza ainda comanda muitas pessoas. Elas não admitem, mas, no íntimo, estão pensando em coisas impuras. Alguns não têm coragem de praticá-las fisicamente, mas, muitas vezes, são levados a cometê-las. Jesus nos ensinou que o pecado pode ser praticado pelos olhos e, por extensão, podemos dizer que também no pensamento e nos desejos maus.

O apetite desordenado citado no versículo é, por exemplo, a loucura que domina algumas pessoas que vivem para a carne. Para elas, o importante é estar na cama com seu par a toda hora. Elas exageram nesse prazer permitido e acabam vivendo somente em função dessa particularidade do casamento. Com o tempo, elas podem se cansar de estar com a mesma pessoa e buscar realização fora do casamento, cometendo adultério.

Paulo fala ainda da vil concupiscência. É evidente que ter desejos pela sua metade é lícito e faz muito bem. Porém, quando esse desejo é mau e diabólico, tem de ser erradicado completamente do seu coração. Os que são de Cristo devem aprender a possuir seu vaso em santificação e honra (1 Ts 4.4) e não podem agir como os perdidos.

Por fim, o apóstolo finaliza sua lista dizendo que a avareza – o desejo de possuir e acumular riquezas, que é uma forma de idolatria –, precisa ser expurgada da vida de quem é templo do Espírito Santo. Isso é comum nos filhos da desobediência, mas não o deve ser em nós, já que, agora, somos os amados filhos do eterno Pai.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sexta-feira, 25 de maio de 2012

A PALAVRA DA VERDADE NA TUA BOCA

E de minha boca não tires nunca de todo a palavra de verdade, pois me atenho aos teus juízos.

Salmo 119.43

Deus concedeu à Sua Palavra o poder de criar todas as coisas. Quando Ela nos é revelada, vencemos a batalha contra o mal. Então, já não precisamos mais clamar pela libertação, mas exigir que o sofrimento saia em Nome de Jesus. Nenhuma palavra enviada pelo Senhor deixará de fazer a obra para a qual Ele a enviou. Jesus disse que os céus e a terra passariam, mas as Suas palavras jamais haveriam de passar (Lc 21.33).

O bom de tudo é que a divina Palavra ainda mantém Seu poder como na criação. Tendo sido entregue a você, Ela é sua, e, naquele assunto, você se tornou autoridade. Se, por exemplo, há 40 anos, você recebeu uma cura pela Palavra, mas agora o mal está voltando, firme-se no que Deus lhe prometeu e exija que a enfermidade vá embora. Não se esqueça de que os dons divinos são irrevogáveis!

O pecado o separa de Deus (Is 59.2), e, enquanto ele existir em sua vida, o Senhor estará com os ouvidos fechados para o seu clamor. No entanto, quando você confessar seu erro e o abandonar, a comunhão será restaurada. Se sentir que está sendo disciplinado em razão de algo que fez, aja como o salmista, o qual orou pedindo que não lhe fosse tirada a palavra de verdade, sem a qual o homem não tem força.

O segredo é ater-se aos juízos de Deus, pois todas as declarações que Ele faz a nosso respeito são decisões que jamais serão canceladas e, por já lhe terem sido reveladas, são suas. Então, mesmo sentindo que o Senhor está disciplinando-o por algum caminho errado que você tomou, lembre-se de que, por causa do seu amor aos juízos divinos, se clamar ao Senhor, Ele não retirará de você totalmente Sua Palavra.

Por não haver a menor possibilidade de tais juízos serem revogados, ou não serem honrados, exija a saída do mal que o incomoda, baseando-se no juízo que corresponde à sua necessidade. Por exemplo, se você precisa da cura divina, determine a saída do mal, firmando-se na afirmação bíblica a qual declara que fomos sarados pelas chagas de Jesus (1 Pe 2.24b). A sua determinação tem o poder para desfazer as obras de Satanás!

A sua oportunidade é agora, enquanto estiver por aqui. Após a segunda vinda de Jesus – ou depois da morte –, não haverá opressão ou enfermidade para ser expulsa. Por que deixar para depois? Por que não assumir o que lhe pertence em Cristo? Atendo-se aos juízos, a palavra de verdade não lhe será tirada.

A melhor hora para tomar a decisão contra o mal que o ataca é quando você entende sua posição diante de todas as coisas. Neste momento, por lhe ter revelado a Sua decisão, o Pai está olhando para seu coração. Se exigir a saída do mal em Nome de Jesus, o Senhor mesmo fará a obra. Só depende de você!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quinta-feira, 24 de maio de 2012

ESPERAR NA PALAVRA DE DEUS

Os que te temem alegraram-se quando me viram, porque tenho esperado na tua palavra.

Salmo 119.74

O meu sucesso deve ser bom não somente para mim, mas também para todos que temem o Senhor. De fato, eles devem alegrar-se com o que eu fizer na fé em Cristo; então, ao verem como o Todo-Poderoso operou, também se animarão e partirão para a vitória. Essa é uma das maneiras de como devemos pregar – talvez, uma das mais eficazes –, mas, se eu não consigo vencer, muitos podem achar que ser vitorioso não é uma constante na vida do cristão.

O próprio Deus Se alegra quando os Seus, por confiarem no que Ele afirma, agem de acordo com Seus preceitos. Não há razão para alguém achar que nem sempre o servo fiel terá sucesso, pois as Escrituras afirmam claramente que o Senhor sempre nos conduz em triunfo (2 Co 2.14a). Se honrarmos o Altíssimo, Ele nos honrará também, mas, se fizermos dEle um mentiroso, sem dúvida, nós O entristeceremos.

O termo cristão significa parecido com Cristo. Então, como pode alguém que se diz parecido com Ele aceitar outra condição a não ser a vitória? Ora, a derrota jamais deve ser admitida por quem é membro do Corpo de Cristo. Se a Cabeça é santa, poderosa e vencedora em qualquer batalha, o restante do Corpo também deve ser assim. O segredo é lutar usando a força que Deus concede a quem Lhe serve de coração inteiro.

O que diferencia uma pessoa da outra é sua atitude diante de uma tentação. O ímpio mente, mas quem é justo não arreda o pé do que o Altíssimo lhe diz, pois, para ele, Deus é verdadeiro em todas as Suas afirmações. O justo se dá a conhecer diante de uma provação, pois Satanás pode tentá-lo com as ofertas mais absurdas, mas ele jamais admitirá alguma negociação com o derrotado e nunca se afastará do que está escrito na Bíblia.

Só vence o diabo quem o combate com a santa Palavra. Essa arma é infalível; já as outras, por mais bonitas e lógicas que pareçam ser, jamais levarão o filho do Senhor a obter sucesso contra as forças das trevas. Quem não se vestir da armadura de Deus será atingido pelos dardos inflamados do inimigo e, com isso, sofrerá a derrota (Ef 6.13-17). Portanto, jamais despreze o que o Senhor lhe dá!

A confiança dos servos de Deus se fortalece a cada batalha, desde que eles lutem com o que o Senhor lhes concede nas Escrituras. Quem usa as armas divinas descobre que nelas há muito mais do que poderia imaginar. Lute com elas, e você jamais amargará a derrota; afinal, o Senhor dos Exércitos sabe equipá-lo para a vitória (Sl 144.1).

Enfim, se esperar a Palavra dos lábios do Senhor, descobrirá o segredo usado pelos nossos irmãos dos tempos bíblicos. Tendo Deus falado, parta para a batalha, pois, ao lhe dar a revelação, Ele já abriu o caminho para o seu êxito.

Que todos que temem o Senhor se alegrem com seu sucesso é a minha oração!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quarta-feira, 23 de maio de 2012

FALAR A VERDADE FAZ BEM

Antes de ser afligido, andava errado; mas agora guardo a tua palavra.

Salmo 119.67

A Palavra de Deus diz que não há maldição sem causa (Pv 26.2), mas poucas pessoas se dão ao trabalho de crer nessa declaração bíblica. Se o inimigo já agiu ou tem agido na sua vida e na de sua família, esteja certo de que ele tem encontrado a porta aberta – por meio de algo simples, como, por exemplo, o medo de Jó, ou por alguma coisa mais séria. Os problemas mostram que a comunhão com o Pai foi quebrada e o diabo ganhou a permissão para tocar em seu viver. Nesse caso, é preciso pedir a direção divina.

Jesus disse a certo homem enfermo, que vivia junto ao tanque de Betesda: Eis que já estás são; não peques mais, para que te não suceda alguma coisa pior (Jo 5.14). O pecado o fizera paralítico por 38 anos.

O orgulho que alguém tem de não confessar publicamente as suas fraquezas também impede que outros se arrependam, pois muitos, se vissem a coragem de alguém que tenha sido perdoado, curado ou recebido outro tipo de bênção falar da sua antiga vida de pecado, iria animar-se a deixar o caminho do erro. O próprio João Batista só batizava se a pessoa confessasse seus pecados diante de todos; afinal, a confissão traz perdão (Mc 1.4).

Sem dúvida, o Senhor permite que Seus filhos sejam afligidos para que acordem, arrependam-se dos erros que os levarão ao sofrimento eterno e, assim, alcancem o perdão divino. Quem se dá ao erro, no momento em que isso ocorre, é desligado da presença de Deus.

Ora, pecar não é somente adulterar, usar de desonestidade ou outro artifício considerado sujo e nojento. Quem não obedece completamente à Palavra de Deus se separa dEle. Uma vez que o Todo-Poderoso tenha falado pela Sua Palavra, temos de nos submeter à Sua direção. O servo obediente tem sempre o favor do Senhor; por outro lado, quem não Lhe obedece traz sobre si o carimbo de que não O ama.

Não há nada mais importante do que aprender a lição divina. Se o Altíssimo lhe fala algo, Ele não o faz para debochar de você, e sim para que você corrija seu proceder e se livre do mal no qual se envolveu e que, sem dúvida, permitirá ao impiedoso inimigo realizar suas más obras.

O segredo é guardar a santa Palavra. Portanto, seja sábio e prudente, não desprezando o momento da visitação de Deus. Hoje, Ele vem como seu Advogado para ajudá-lo a sair da condenação. Porém, se não Lhe der ouvidos, não adiantará clamar por misericórdia no Dia do Juízo. Quem ali estiver só estará para ouvir a sentença, e não para ser perdoado ou transformado. O que você fará?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

terça-feira, 22 de maio de 2012

DEUS CUMPRIRÁ O QUE LHE TEM PROMETIDO

Porque eu o tenho conhecido, que ele há de ordenar a seus filhos e a sua casa depois dele, para que guardem o caminho do SENHOR, para agirem com justiça e juízo; para que o SENHOR faça vir sobre Abraão o que acerca dele tem falado.

Gênesis 18.19

Um fato importante revelado nesse versículo é que Deus escolheu você para fazer a vontade dEle. O Senhor o amou tanto que o fez entender Seu plano, e, agora, o que for necessário fará por você. Além de termos sido escolhidos por Jesus, o Senhor também nos nomeou para produzirmos muito fruto (Jo 15.8), a fim de que o Altíssimo nos atenda em tudo o que pedirmos.

Cada pessoa tem suas responsabilidades sobre os filhos que colocou no mundo, e quem não as cumprir haverá de dar contas de suas obrigações no Dia do Juízo. Temos de ordenar aos filhos biológicos, e aos espirituais também, que guardem os preceitos do Senhor. Ser santo, respeitar o direito alheio, evangelizar, orar pelos perdidos e socorrer os fracos são atitudes que nos colocam na “estrada” utilizada por Deus, na qual Ele nos vê caminhando.

Não há um sequer que não esteja obrigado a trilhar o caminho do Senhor, o qual opera e abençoa. A declaração de que Deus “escreve certo por linhas tortas” é mentirosa. Nós é que precisamos observar o que diz a santa Lei e não sair dela de forma alguma. Com isso, se utilizarmos o meio divino de agir jamais nos perderemos nem nos envolveremos com o pecado.

Não há meio de agir com justiça, a não ser seguir as veredas de Deus. Se, por exemplo, uma causa não for justa, fique fora dela; ela só será justa se estiver claramente revelada nas Escrituras. O inimigo pode fazer com que você mova uma ação falsa contra seu empregador e esforçar-se para que você minta, pois lhe abrirá a porta da sua vida. Se você o atender, sua causa deixou de ser justa. Nunca saia da justiça, do que é verdadeiro.

Os que servem a Deus de fato agem com juízo, não se deixando levar pelo que o diabo lhes mostra, mas pelo que está registrado no Livro Santo. Na verdade, tudo o que começa com tentação termina mal. Algo só é válido quando o início dele está na revelação do Verbo divino. Ter juízo é agir sobre o que Deus fez em nosso favor: a morte de Seu Filho, quando Ele venceu o diabo por nós.

É evidente que, se praticarmos obras más e não nos arrependermos delas, reparando o mal que fizemos a outrem, Deus não poderá cumprir Suas promessas em nosso viver. Somos herdeiros de Abraão porque Jesus tornou-Se maldição em nosso lugar; por isso, temos direito às bênçãos desde que não haja impedimento em nós.

O Altíssimo jamais deixou nem deixará de ser fiel (1 Co 1.9), pois Ele cumpre o que promete. Dessa forma, não podemos ter pecado em nós. Então, é melhor arrepender-se, confessar o erro e pedir o perdão. Com alegria, o Senhor cumprirá Sua boa Palavra.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

domingo, 20 de maio de 2012


Provérbio 3.5-6
“ 5 Confie no Senhor de todo o coração e não se apóie na sua própria inteligência. 6 Lembre de Deus em tudo o que fizer, e ele lhe mostrará o caminho certo.”
Se você confia no Senhor de todo o seu coração não apenas dizendo que acredita nele, mas apegando-se a ele de coração então, Ele promete fazer duas coisas.
Primeiro, Ele vai guiar você pelo caminho certo. Ele vai mostrar o que você deve fazer com a sua vida, para que lado virar, quando parar, quando for em frente.Ele promete dar orientações claras para as pessoas que o estão procurando e confiam nEle.
Segundo, Ele vai remover os obstáculos do caminho, tornando-o suave para você. Portanto, Ele não só vai mostrar a você o caminho a seguir, mas Ele também promete ir adiante de você e remover as coisas que poderiam fazer você tropeçar.
Ele irá tapar os buracos nos quais você poderia cair. Ele irá endireitar a estrada para que o caminho fique mais fácil. Mesmo que fiquem alguns obstáculos e buracos no caminho, Deus dará forças e coragem para passar por eles.
Ele fará com que a jornada fique mais agradável para aqueles que confiam Nele.
Leias mais:
2 Coríntios 2:14
“14 Mas dou graças a Deus porque, unidos com Cristo, somos sempre conduzidos por Deus como prisioneiros no desfile de vitória de Cristo. Como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas.”
Apocalipse 7:17“17 Pois o Cordeiro, que está no meio do trono, será o pastor dessas pessoas e as guiará para as fontes das águas da vida. ”

Fonte: Bíblia jovem. São Paulo-SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 2002.
Deus e abençoe !
Ministério de Comunicação e Internet
>> Professor Gava >>

Você Vive Pelo Que Crê Ou Por Aquilo Que Sente?

Você caminha pela vida através daquilo que sente? É guiado pela sua intuição? Ou vive por fé, isto é, fica naquilo que a Palavra de Deus lhe mostra?

O apóstolo Pedro, ao andar sobre as águas à convite de Jesus nos dá uma importante revelação bíblica. “E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus. Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me! E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?” Mateus 14:29 a 31.
Pedro saiu do barco confiando na palavra que Jesus lhe havia falado, mas quando tirou os olhos da ordem de Jesus, sentiu o vento forte e começou a afundar. O apóstolo saiu do convite de Jesus para dar atenção às condições ao seu redor. Conclusão: sentiu o vento e teve medo, na seqüência afundou. Acabou gritando por socorro.” Substituiu a fé pelo sentir.
Quando fazemos isso entramos em estado de dúvida e isso nos tira do campo de ação de Deus. Resultado: afundamos.

Tudo é possível ao que crê e não ao que sente.

Muitos deixam de receber o batismo no Espírito Santo porque ficam esperando sentir um vento, um frio, um calor... O batismo pelo Espírito se recebe é pela fé. De modo análogo muito ficam esperando um sinal para serem curados. Receber a cura também é um ato de fé na Palavra. (Leia Isaias 53:4 e 5)

Na passagem da multiplicação dos pães entre mais de 5.000 homens, o Senhor chamou a Filipe, que era de Betsaida e conhecia que estavam muito distantes de qualquer local para poder comprar pão para aquela multidão. O Senhor provou a fé dele. (“Então Jesus, levantando os olhos, e vendo que uma grande multidão vinha ter com ele, disse a Filipe: Onde compraremos pão, para estes comerem? Mas dizia isto para o experimentar; porque ele bem sabia o que havia de fazer. Filipe respondeu-lhe: Duzentos dinheiros de pão não lhes bastarão, para que cada um deles tome um pouco.” João 6:5 a 7).

Surgiu dentre toda aquela gente apenas um jovem com 5 pães e 2 peixinhos. (“E um dos seus discípulos, André, irmão de Simão Pedro, disse-lhe: Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?” João 6:8 e 9). Será que ninguém mais teria algo para comer? Não importa.


Jesus opera o milagre e nos abençoa e nos multiplica com aquilo que nós já temos. (“E disse Jesus: Mandai assentar os homens. E havia muita relva naquele lugar. Assentaram-se, pois, os homens em número de quase cinco mil. E Jesus tomou os pães e, havendo dado graças, repartiu-os pelos discípulos, e os discípulos pelos que estavam assentados; e igualmente também dos peixes, quanto eles queriam.” João 6:10 e 11).

Com Jesus dá e sobra, como foi o caso dos cestos de pão. (“E, quando estavam saciados, disse aos seus discípulos: Recolhei os pedaços que sobejaram, para que nada se perca. Recolheram-nos, pois, e encheram doze alcofas de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobejaram aos que haviam comido.” João 6:12 e 13)

Atente para o fato de que Jesus somente pegou o alimento e deu graças a Deus. Jesus não ficou implorando para que o Pai multiplicasse o pão, tampouco ficou esperando para ver os pães multiplicados para agradecer a Deus. Nosso modo de proceder dever ser o mesmo, confiar no suprimento da nossa necessidade, dizê-la ao Pai e dar-Lhe graças por receber o que precisamos, antes mesmo que venha a nós, em total confiança no poder do Senhor. Agindo pela fé. Simples assim.

E quando falta a coragem de crer? E quando estamos fracos na fé?

O que fazemos quando estamos sem a fé firmada ou inconstantes no crer e agimos como Pedro na passagem do caminhar pelas águas ou como Filipe no texto da multiplicação dos pães?

A palavra nos dá a direção: Buscar a Deus, ter bom ânimo, fortalecer-se.
Sl 27:8 parte “Busca a presença de Deus”
Sl 27:14 “Espera no Senhor, tem bom ânimo e fortifique-se o teu coração, espera no Senhor”

Desta forma a confiança que agrada ao Pai nos é restituída e ficamos seguros, criando as condições interiores propícias para que a resposta do Senhor venha para nós.
Sl 26:1b “confio no Senhor sem vacilar”
Sl 26:12a “o meu pé está firme em terreno plano”

Inconstância em confiar no que Deus já revelou atrasa as respostas já preparadas para nós.

Veja o que o Espírito revela através de Tiago 1:6 a 8:
“Peça-a (sabedoria), porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos.”

A atitude espiritual para receber algo de Deus requer que espantemos a dúvida e também as alternâncias entre crer e duvidar, muito comuns quando já oramos e aguardamos o mover do Senhor.

Nesta fase peça ao Pai para te livrar das tentações que o inimigo coloca para criar confusão: achar que você não orou direito ou que aquilo que você orou foi insuficiente; que você não entendeu perfeitamente a direção do Senhor; que a resposta esperada não é para agora, entre outras.

Faça como o Senhor Jesus fez: leve a questão ao Pai, creia que Ele já ouviu a sua petição, não duvide e logo após, pela fé, agradeça a Deus pela materialização da sua bênção. Não espere para agradecer a Deus só após receber a sua resposta concretizada.

O cristão vencedor anda pela fé e não pelo que sente.

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com


"Jesus Cristo é o Senhor"

PRIVILÉGIOS DE QUEM ALCANÇA O FAVOR DIVINO

Justiça e juízo são a base do teu trono; misericórdia e verdade vão adiante do teu rosto.

Salmo 89.14

O salvo alcançou o maior privilégio que um mortal poderia obter: tornou-se filho de Deus. Com isso, ele adquiriu direitos e também deveres a cumprir. Jesus afirmou que os membros do Seu Corpo – a Igreja – são o sal da terra e a luz do mundo (Mt 5.13,14). Mais adiante, a Escritura afirma que o salvo é a justiça de Deus (2 Co 5.21). Não há como entender que alguém que provou o amor de Deus deixe tudo para ter uma vida inferior de pecado.

Deus não nos salvou por acaso. O preço pago por Jesus foi de alto valor. Ele deu Sua vida para que fôssemos resgatados do império das trevas. Por isso, o mínimo que devemos fazer para provar a nossa gratidão é vivermos livres de toda forma de pecado. Agindo assim, provamos ao Senhor que estamos felizes com a salvação.

O Altíssimo reina no trono que tem duas bases: justiça e juízo. Por esse motivo, nenhum salvo deve sucumbir às tentações nem cair em transgressão; se isso ocorrer, de nada terá valido para ele o sacrifício que Cristo fez no Calvário. Justiça significa que o Senhor julga somente sobre o que diz Sua Palavra, e juízo é o que Ele faz a respeito do que tem decretado. O salvo deve pensar muito antes de errar, pois Deus não tem outro meio de agir.

Bom é saber que o rosto de Deus nos contempla o tempo todo. Então, se nos voltarmos para Sua Palavra, Ele nos dirigirá para que solucionemos algum problema, evitemos uma tentação ou recebamos uma bênção. Com Seu olhar sobre nós, seremos sempre protegidos. Ele jamais tirará Seu rosto daqueles que Lhe pertencem e O honram.

É evidente que ninguém tem em si a capacidade de viver de modo digno. Porém, com Deus iluminando-nos, não tropeçaremos, uma vez que a misericórdia e a verdade vão adiante do rosto do Senhor. Quem segue as direções da Palavra sempre encontra o favor divino. No entanto, se insistir no erro, tal indivíduo não terá a misericórdia operando em favor dele, pois ela opera com a verdade.

Fomos salvos de todo envolvimento maligno. Quem não se envolver com as tentações jamais será confundido. Contudo, os que não forem zelosos em sua conduta verão que, para eles, as promessas do Senhor deixarão de ser cumpridas. Por isso, é bom vigiar e orar para não cair em tentação (Mt 26.41), mas, se já estiver caído, o remédio será arrepender-se.

Ao ser aceito na família divina, você foi feito nova criatura; as coisas velhas passaram (2 Co 5.17), e a sua ficha foi purificada. Por isso, pode entrar na presença do Senhor sem sentimento de indignidade e determinar sua bênção em Nome de Jesus. Portanto, seja forte e firme na fé, pois suas orações terão o sim de Deus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sábado, 19 de maio de 2012

A SUA CHAMADA MAIS FIRME

Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis.

2 Pedro 1.10

Uma das coisas mais importantes que aconteceu a você foi a sua chamada e eleição. Sem dúvida, você ganhou uma das maiores bênçãos que alguém poderia receber; pois, com o conhecimento da sua posição espiritual, é possível libertar-se de todo e qualquer envolvimento maligno. Com isso, pode mudar o curso eterno de sua vida, dando meia-volta na trilha que o levaria ao Inferno, e caminhar para o Céu.

Agora, de posse dessa informação, não mais continuará dominado pelo maligno, o qual, por meio da miséria, das doenças e dos pensamentos negativos e errados, mantinha você fora da vida abundante trazida por Jesus. Ao se converter, você se tornou herdeiro de Deus e coerdeiro com Jesus de tudo o que o Pai tem. Na nova vida em Cristo, tudo do bom e do melhor está à sua disposição.

Procure fazer firme a sua chamada e eleição, pois o conhecimento de quem você é diante de Deus e de todas as coisas o levará à libertação. Por essa declaração, não aceite que a sua chamada seja como a água, mas, sim, como a rocha. Na verdade, você foi convocado para desfrutar da natureza de Deus, e não para viver na derrota, com o coração tomado pela luxúria, lascívia e pelos demais sentimentos pecaminosos.

Se não se esforçar para ocupar sua posição em Cristo, você ficará à margem da vida e, então, o Evangelho, que é o poder de Deus, nada poderá fazer em seu favor. Se a incredulidade habitar seu coração, você não desfrutará do padrão de vida destinado aos que temem o Senhor. Os que creem no que a Palavra declara a respeito deles comem do melhor, vivem despreocupados e usufruem da paz com Deus.

Para que não haja tropeços em sua vida, o segredo é esquivar-se das armadilhas do diabo. Dessa maneira, você não dará ao inimigo nenhuma entrada em sua vida. Agora, caso ele consiga penetrar em alguma parte do seu viver, virão com ele todos os males. Se tem caído em alguma tentação, aproxime-se de Deus agora confessando seu pecado. Ao ser perdoado, você obtém a purificação de todos os erros e, por isso, tem condições de cumprir o plano divino. Afinal, Jesus afirmou que os libertos por Ele são livres de verdade (Jo 8.36).

Procure fazer cada vez mais firme a sua vocação e eleição, pois você foi chamado para participar da obra eterna do Senhor na Terra. Não deixe para amanhã nem para outro dia, faça hoje mesmo o que Deus lhe ordenou. Você foi nomeado para ser uma bênção. Obedeça ao recado que o Espírito Santo lhe dá pelo apóstolo Pedro, sabendo que aprouve a Deus conferir a você esta posição em Cristo Jesus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quinta-feira, 17 de maio de 2012

AQUIETA-TE, MINHA ALMA

Senhor, o sofrimento no mundo está espalhado por toda parte e esse sofrimento é grande demais!


Tem misericórdia e desperta as almas de milhões de sofredores, proporcionado-lhes alívio agora e uma alegria incomparável na vida futura.

Concede à tua igreja, ó Deus, o alívio e a palavra do evangelho de que existe perdão de pecados mediante a fé em Cristo e faze-a entender que nenhum sofrimento aqui, por maior que seja, é comparável à glória que será revelada aos filhos de Deus.

Protege-nos de críticas ameaçadoras, diante de tragédias inexplicáveis.

Aumenta-nos a fé.

Inclina nossos corações para a tua palavra e para as promessas que fazes "todas as coisas conforme o conselho da tua vontade", e que "nenhum dos teus propósitos pode ser impedido" e que estás agindo corretamente e com sabedoria, embora não saibamos sequer imaginar os meios utilizados por ti.

Preserva-nos a paz, ó Senhor, e afasta de nós murmurações e queixas.

Que nossos corações sejam humildes e submissos sob tu mão poderosa.

Ensina-nos a esperar e contemplar teus propósitos finais e santos em tudo o que existe.

Que possamos nos "regozijar na esperança", mesmo quando as circunstâncias nos fizerem derramar lágrimas.

Ilumina os olhos de nossos corações para que vejam a gradeza de nossa herança em Cristo e dá-nos mãos ternas para que possamos tocar, com misericórdia, as misérias do mundo.

Em nome de Jesus, oro.

Amém

PC

DEUS IRÁ RESGATA-LO

O SENHOR resgata a alma dos seus servos, e nenhum dos que nele confiam será condenado.

Salmo 34.22

Eis uma boa notícia para os servos do Senhor que caíram em pecado: sua queda pode não ser para sempre; afinal, Deus promete resgatá-los das mãos do inimigo. Bom seria que o cristão nunca atendesse à tentação!
Rúben, o primogênito de Jacó, herdeiro natural da bênção, foi preterido por ter subido ao leito de seu pai (Gn 49.3,4). De igual modo, muitos salvos também ficarão sem herança por terem subido ao leito de um irmão na fé, ou natural, e de outras pessoas.

Há servos que, infelizmente, deixam-se levar pelas tentações e caem em transgressão. No entanto, a atitude do apóstolo Paulo foi diferente: ele afirmou que havia combatido o bom combate, acabado a carreira e guardado a fé com toda a pureza e fidelidade, por isso a coroa da justiça estava guardada para ele (2 Tm 4.7,8). Lute e se esforce para não cair em tentação; afinal, foi planejado que passemos por elas de cabeça erguida, como louvando ao Senhor, que nos fez parte do Corpo de Cristo.

O Senhor não quer perdê-lo para o maligno. Ele o refez em Cristo para as boas obras, que, de antemão, o próprio Deus preparou para que você andasse nelas. Ao ver algum dos Seus no erro, Seu coração Se entristece, e logo o Espírito Santo entra em ação. No versículo que abre esta mensagem, a palavra que Ele usa é resgatar, tomar de volta o que é Seu. Existem, porém, muitos filhos do Senhor que não sabem do interesse divino neles.

A libertação de Ló, realizada por Abraão com seus 318 servos que haviam nascido em sua casa (Gn 14.12-14), é o tipo de atitude que Deus tem em relação a quem foi aprisionado pelos reis do pecado. Ele sai em busca da ovelha perdida e, quando a encontra, carrega-a nos ombros cheio de júbilo (Lc 15.4,5). Se for preciso, Ele luta com o leão e o urso para tirar Sua ovelhinha da boca das feras, pois não deseja perder nenhum dos Seus.

O segredo é confiar no Senhor mesmo que você tenha caído em transgressão. O Altíssimo não passará a mão na sua cabeça nem fingirá que você não se separou dEle pelo pecado, mas, com amor, Ele lhe mostrará que não vale a pena continuar no erro. A tristeza que Ele faz você sentir por ter transgredido o mandamento é um sinal do que você sentirá, por toda a eternidade, caso não se arrependa e assim se perca para sempre.
A condenação não é para os salvos, mas para os ímpios – aqueles que deixaram de temer o Senhor. Quem resistir à voz do Espírito Santo, um dia, chorará desesperadamente, mas será tarde demais. Quem caiu no conto do diabo deve aproveitar a oferta divina e buscar o perdão urgentemente, pois não é possível viver longe do Pai agora nem no porvir.

Os resgatados do Senhor virão a Sião, à comunhão. Aqueles que continuam frequentando a casa do Senhor, mas não sentem mais a presença divina, ainda não foram resgatados e, portanto, estão correndo perigo eterno. A Igreja deve sempre interceder em favor desses, pois, sem dúvida, eles precisam libertar-se de quem voltou a dominá-los.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sábado, 12 de maio de 2012

REPREENDA O PREGUIÇOSO QUE MORA EM VOCÊ!!

Devocional para você
 
"Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio. Pois ela, não tendo chefe, nem guarda, nem dominador. Prepara no verão o seu pão; na sega ajunta o seu mantimento. O preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono? Um pouco a dormir, um pouco a tosquenejar; um pouco a repousar de braços cruzados; Assim sobrevirá a tua pobreza como o meliante, e a tua necessidade como um homem armado." Provérbios 6:6-11


Pensamento:
 Com estas palavras Salomão condenou a preguiça e repreendeu o preguiçoso.
A preguiça não é apenas uma atitude; é a falta de ação.
É escolher negligenciar questões importantes. Nem sempre os resultados desta falta de atitude são evidentes, mas com o passar do tempo, os resultados desta inércia são perda e derrota.


Oração:
Querido Pai Celestial, incite em mim uma paixão para fazer o que é verdadeiro e bom e justo. Toque em meu coração quando eu negligenciar o que é importante.
Por favor, ajude-me a discernir a diferença entre a preguiça e a genuína necessidade de descansar e equilibrando minha vida entre as responsabilidades que tenho assumido.
No nome de Jesus eu oro.
Amém.



Pedido de oração pela igreja perseguida. Oferte ao Senhor 2 minutos de uma oração silenciosa pelos cristãos que não têm liberdade de culto como você:

Coreia do Norte (1º)

Peça a Deus que continue abençoando as reuniões secretas nas casas-culto.
Deus o abençoePr Paulo

fonte: Grupo Cristocentro3 - Google

DEUS É CONOSCO!


Precisamos conhecer cada vez mais a Palavra de Deus para obter certeza, firmeza e confiança no poder de Deus agindo em nossas vidas e para resolver as questões que ainda permanecem pendentes.



Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” Mateus 22:29

Em outra passagem bíblica, no salmo 23, também está escrito que Deus está conosco, pois a vara e o cajado nos consolam.  Vara significa a Sagrada Escritura, a Palavra de Deus, enquanto que cajado nos remete ao poder de Deus, já o termo nos consolam quer dizer que resolvem tudo!

Jesus nos alerta que precisamos ter cada vez mais experiência com o poder de Deus agindo em nossas questões.



E era viúva, de quase oitenta e quatro anos, e não se afastava do templo, servindo a Deus em jejuns e orações, de noite e de dia.” Lucas 2:37

Permaneça fiel à Palavra de Deus onde quer que você esteja, no trabalho, em casa, num divertimento, etc...

Mantenha-se agindo na fé, ou seja, faça as coisas de acordo com aquilo que creu que Deus fará.



Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.” Salmos 37:3

Deus é sempre conosco. Mais um ponto central para sermos emissários de coisas boas, não nos importando a quem fizermos, mas façamos! Isto certamente nos fortalece perante Deus e nos supre de cada vez mais compreensão sobre os caminhos divinos.



Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo. O maior dentre vós será vosso servo. E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.” Mateus 23:10-12

Abra o seu coração inteiro diante de Deus, revele a Ele, em detalhes, todas as suas questões, pensamentos e sentimentos.

Por mais confiáveis que sejam parentes e amigos, esta ação só deve ser feita perante o Criador, nosso Mestre!



Naqueles dias adoeceu Ezequias mortalmente; e o profeta Isaías, filho de Amós, veio a ele e lhe disse: Assim diz o SENHOR: Põe em ordem a tua casa, porque morrerás, e não viverás. Então virou o rosto para a parede, e orou ao SENHOR, dizendo: Ah, SENHOR! Suplico-te lembrar de que andei diante de ti em verdade, com o coração perfeito, e fiz o que era bom aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo. Sucedeu, pois, que, não havendo Isaías ainda saído do meio do pátio, veio a ele a palavra do SENHOR dizendo: Volta, e dize a Ezequias, capitão do meu povo: Assim diz o SENHOR, o Deus de Davi, teu pai: Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas; eis que eu te sararei; ao terceiro dia subirás à casa do SENHOR.” 2 Reis 20:1-5

Faça como o Rei Ezequias na passagem bíblica acima: derrame-se diante de Deus!



E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder.” Lucas 24:49

Ficar em Jerusalém significa manter-se em paz, tranquilo, mas atento para perceber quando somos revestidos do supremo poder de Deus. Quando este momento ocorre? Ocorre quando ouvimos a Palavra de Deus e Ele nos concede revelações financeiras, profissionais, de saúde, entre outras... Quando obtemos este entendimento, aí sim, é hora de agir conforme Deus nos orientou. Aguarde em Deus e siga somente quando Ele o dirigir.



Contudo o SENHOR tinha feito uma aliança com eles, e lhes ordenara, dizendo: Não temereis a outros deuses, nem vos inclinareis diante deles, nem os servireis, nem lhes sacrificareis.” 2 Reis 17:35

Guarde a sua aliança que você já firmou com Deus, não obedeça a outros e tampouco a outras direções que lhe são dadas, mas completamente diferentes daquelas que Deus lhe dá.



Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado.” 1 Pedro 4:14

Não reclame e nem se entristeça mesmo quando enfrentam contratempos e tragédias, às quais todos nós estamos sujeitos pelo mundo a fora, sendo cristãos ou não.

Deus mantém seguros e firmes todos aqueles que lhe são fiéis.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini

“Jesus Cristo é o Senhor”

sexta-feira, 11 de maio de 2012

APRENDIZADOS BÍBLICOS SOBRE A ORAÇÃO (parte 7 de 7)


ESTUDO SOBRE JESUS E A ORAÇÃO



João:

1.       ““Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.” João 17:9

ORAR É PEDIR A DEUS POR AQUELAS PESSOAS QUE ELE COLOCA NO NOSSO CAMINHO E NÃO É UM ATO QUE FAZEMOS INDIFERENTEMENTE E DE MODO EGOÍSTA SOMENTE POR NÓS MESMOS.



2.       “E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim;”  João 17:20



ORAR TAMBÉM É ANTECIPAR A ABERTURA DE COMPREENSÃO DAQUELES QUE AINDA ESTÃO DANDO OS PRIMEIROS PASSOS PARA CONHECER JESUS CRISTO NA PRÁTICA DE SUAS VIDAS.

Fonte dos versículos estudados:

LIVRO: FAÇA A VIDA VALER A PENA - MAX LUCADO - CAPÍTULO 15: ORE PRIMEIRO, DEPOIS ORE MAIS.

A SUA GLÓRIA NÃO PODE SER IMPEDIDA

Como a verdade de Cristo está em mim, esta glória não me será impedida nas regiões da Acaia.

2 Coríntios 11.10

Temos a glória, a verdade e a virtude de Jesus habitando em nós, por isso não deixe de fazer brilhar a luz de Cristo em todos os lugares e em diversas situações. Como servo de Deus, jamais aja como as pessoas que não conhecem o Salvador. Aonde for, você deve esforçar-se para exalar o aroma de Cristo (2 Co 2.15). Independentemente do local para onde o Senhor o levar, deixe atrás de si um rastro de boas obras. Um dia, o próprio Deus o recompensará.

O seu ministério tem de ser honroso para quem o comissionou a pregar o Evangelho. Não importa a situação em que você se encontre, pois ela foi preparada pelo Senhor da seara. Ande de cabeça erguida e, como servo de Deus, anuncie a Verdade de tal forma que nada ofusque o brilho da santa Palavra de Deus. Como enviado do Senhor, jamais se queixe das condições ao seu redor.

O importante é levar a mensagem, porque essa é sua obrigação. Quem deixa de servir a Deus por causa de privação econômica, falta de conforto moderno, ameaças dos inimigos do Evangelho, tristeza de ter sido traído pelos amigos ou até mesmo por seu cônjuge não serve para o Reino de Deus. Você não pode deixar que seta alguma do inimigo lhe roube o privilégio de ser ministro do Rei dos reis.

Nunca se iguale às pessoas que não conhecem Jesus. Por não terem nascido de novo, tanto os religiosos como os perdidos revoltam-se contra as dificuldades que passam. No entanto, sua atitude deve ser outra, pois sabe que você e Deus fazem parte da Nova Aliança. O Senhor já fez o que Lhe cabia; agora, faça a sua. Seja firme no que Ele já lhe revelou e, ao receber novas revelações, cumpra-as com alegria.

Em qualquer situação e diante de qualquer pessoa, dê testemunho da verdade, com todas as suas forças. O seu objetivo deve ser executar a obra para a qual Ele o chamou. Ao obedecer com fidelidade ao mandamento, você exala o aroma de Cristo. É muito importante observar as respostas que você dá a quem o ofende, ou lhe faz alguma proposta indecorosa, ou espalha um falso testemunho a seu respeito.

Lembre-se de que, como membro do Corpo de Cristo, você será julgado pelo que fizer ou pelo que deixou de fazer como enviado de Deus. O importante é jamais deixar de anunciar todo o conselho divino e usar o poder que lhe foi conferido no batismo no Espírito Santo. Aja sempre na fé concedida a você.

Haverá um dia em que o Senhor irá recompensá-lo por tudo o que tiver feito em Seu Nome. Ainda que você tenha dado somente um copo de água fria a alguém por ser servo do Senhor, a sua recompensa é certa (Mt 10.42). A fidelidade à Palavra o fará desviar-se dos erros que se lhe apresentarem. A sua firmeza na santidade lhe garantirá a coroa da justiça (2 Tm 4.8).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quinta-feira, 10 de maio de 2012

A MANEIRA CORRETA DE OFERTAR

Cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

2 Coríntios 9.7

Desde o início, o homem foi ensinado sobre a importância de ofertar algo a Deus. Os dois primeiros filhos de Adão e Eva apresentaram-se com uma oferta diante do Altíssimo. Abel trouxe um cordeiro, o que alegrou o coração de Deus. Já Caim, o qual se deu ao maligno, não pensou no que fazia e não teve a aprovação divina para seu ato. Por isso, busque a direção do Senhor para que sua oferta seja aceita.

O pecado afastou o homem da presença divina, e ele perdeu todos os atributos que o tornavam agradável aos Céus. Em si e de si mesmo, o homem não tem nada que o recomende ao Criador. Jesus foi claro ao dizer que não aceita humano testemunho (Jo 5.34) nem recebe glória dos homens (Jo 5.41). Então, para louvar, ofertar ou fazer qualquer serviço para o Altíssimo, a inspiração e a capacidade têm de vir dEle.

Por meio da pregação do Evangelho ou da leitura bíblica, Deus fala ao seu coração sobre o que deve fazer, que atitude tomar e o que mais se faz necessário. Se você atender a Deus, irá agradar a Ele, fazendo-O feliz. Porém, se não der a devida atenção ao que Ele fala e, mesmo cheio de boas intenções, fizer o que Ele não lhe ordenou, você Lhe desagradará. Ora, a alegria do Senhor é a sua Força (Ne 8.10).

Jamais corra dos desafios que o Altíssimo traçar para sua vida. Se Ele mandar que você faça algo grande, ponha-se a caminho e lute para cumprir tal alvo. Se Deus o chamar para ser semeador, Ele lhe dará a semente e, ao plantá-la, você receberá dEle o pão para comer. Por isso, não caia no erro de ofertar com tristeza, pois será como se tivesse chamando-O de mau caráter por ter dado a você tal carga para suportar.

Outro erro considerável é ofertar com o propósito de receber mais. A ganância nunca deve habitar o coração de um filho de Deus. É claro que existem promessas que o Senhor fez para quem Lhe obedecer. Os que dão com alegria haverão de receber muito mais do que a quantia que entregaram; porém, o que conta é a obediência, não o espírito interesseiro.

Ao dar a sua oferta, tenha em mente que não há nada mais que agrade a Deus do que cumprir o que você propôs em seu coração. Não mude a sua decisão por nada. Seja firme e obedeça às ordens do Pai. Um filho disse que iria trabalhar, e não foi; o outro disse que não iria, mas, depois, arrependido, resolveu ir. Este agradou ao Senhor. Seja como ele!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

terça-feira, 8 de maio de 2012

Porque Ainda Não Recebi A Resposta De Deus Que Eu Tanto Preciso?

Certo dia, num determinado ponto da nossa caminhada com Deus, paramos para pensar em tudo o que já aprendemos do Senhor, lembramos das coisas que já mudaram e, principalmente, o que ainda precisa ser renovado.

Um pensamento surge: qual é o motivo de ainda não termos recebido de Deus aquilo que buscamos há tanto tempo? Refletindo, você (e eu também) chega à várias conclusões:

• Você já aceitou Jesus Cristo como seu Salvador
• Você crê completamente de Cristo vive e que intercede por você junto ao Pai
• Você já se batizou nas águas
• Você já se batizou no Espírito Santo
• Você é dizimista fiel
• Você é ofertante fiel
• Você é freqüente na igreja
• Você não se droga
• Você não rouba (nem a Deus e nem às pessoas)
• Você não se prostitui
• Você não se magoa mais com as pessoas
• Você já perdoou aos outros com sinceridade
• Você ama ao seu próximo
• Você se observa e se corrige de imediato quando percebe que está fora da Palavra
• Você já se perdoou também pelas nódoas que ficaram da “velha criatura”
• Você ora com fervor
• Você medita na Palavra diariamente...

Então porque será que continua sem aquela resposta de Deus que você tanto precisa?

Uma coisa é certa: o erro não está em Deus... (um bom exemplo está na história de Nabucodonosor, descrita no livro de Daniel capítulo 4, ao final o rei faz uma declaração importante: “Agora, pois, eu, Nabucodonosor, louvo, exalço e glorifico ao Rei do céu; porque todas as suas obras são verdade, e os seus caminhos juízo, e pode humilhar aos que andam na soberba.” )

Cabe aqui o exame de alguns pontos que acontecem com freqüência e que podem ajudar muito na sua reflexão e transformação da situação:

A) Desobediência à direção que lhe é dada por Deus através da Palavra. (“é difícil demais”)
B) Rebeldia quanto àquilo que Deus lhe fala. (pensa consigo “não é bem assim”, “não concordo com isso”)
C) Ser muito “religioso” fazendo tudo o que sabe ser bom, mas crendo muito pouco e tendo raras experiências práticas com Deus. (“Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem” Jó 42:5)
D) Falta fé em Deus (A nossa fé tem que estar em Deus, só nEle. Ele não aceita dividir a Sua glória com nenhum outro. Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória pois a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura (Is 42.8).
E) Falta falar ao problema, mandando-o embora, em O nome de Jesus
G) Dúvida em seu coração quanto à concretização do que pediu
H) Falta firmeza de continuar crendo e lutando contra as evidências contrárias
I) Fala ao contrário aquilo que pediu (creu que já recebeu a restauração da saúde, mas quando perguntada fala “essa minha doença não vai embora mesmo”)

Faltam os cinco passos da vitória descritos em Marcos 11:22 a 24 “E Jesus, respondendo, disse-lhes: Tende fé em Deus; Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito. Por isso vos digo que todas as coisas que pedirdes, orando, crede receber, e tê-las-eis.” (Veja mais detalhes que vão ajudar muito na lição nº 2 do curso fé em www.ongrace.com/cursofe)


Pondere mais um pouco:
• Você escuta, mas não ouve (“entra por um ouvido e sai pelo outro”)?
• Você até ouve, mas não aceita (é bom demais para ser verdade ou tem outros planos bem diferentes)?
• Você até aceita, mas não medita (não se deixa orientar pelo Senhor no passo a passo, não coloca suas questões diante do Senhor, prefere seguir por vista a andar por fé)?
• Você até medita, mas não acredita que aquilo é possível de acontecer (ainda não confia no poder realizador do Senhor)?
• Você até acredita, mas não faz o que Deus te fala para fazer (teimosia, preguiça, fica protelando)?
• Você até faz por um tempo, mas logo desiste, só que Deus não se agrada dos desistentes. (guarda a Palavra que recebeu, mas acha que está demorando tanto...)? “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra. Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.” Apocalipse 3:10 e 11

O dom de Deus está aí para ser desfrutado e para que você o viva em plenitude, fazendo aquilo que Ele lhe diz para fazer, no tempo indicado. (“O coração sábio, sabe o tempo e o modo” Eclesiastes 8:5)

Ser perseverante é muito importante. Ao ler o significado da palavra no dicionário você vai perceber que a perseverança é um conjunto de três atributos-chave: firmeza, constância e persistência.

Reivindique em oração aquilo que é seu e faça aquilo que a Palavra te abre.

Pare de querer fazer o que “dá na sua cabeça” ou o que até é bom, dentro da lei, digno e honesto, mas que não é plano de Deus para você.

Dedique tempo para ouvir a direção que a Palavra te dá para agir e não caia na armadilha de fazer sempre do mesmo jeito.

Mesmo que seja um problema parecido, busque novamente a orientação para agir na Palavra revelada.

Não peça a Deus aquilo que Ele já te deu através do sacrifício de Cristo na cruz.
Não peça a Deus aquilo que Ele não falou para você fazer.

Exemplos:
Deus eu quero...
“Ser um médico de sucesso, dono do maior hospital do meu país”
“Ser um empresário de sucesso”
“Ser um pregador do Evangelho”... Enfim, o que você puder imaginar...

Será que isto é o que Deus te falou para fazer? Se sim, ore, reivindique, caso contrário é teimosia pura: a revelação de Deus é um caminho seguro e abençoador. Estrada plana e vereda reta para cada um de nós.

Lembre-se que a teimosia e a reclamação fizeram o povo de Israel (escolhido por Deus) andar pelo deserto por 40 anos, num caminho que poderiam ter feito em cerca de 11 dias...

Acredite: você já recebeu a resposta de Deus para o seu caso desde a primeira vez em que ouviu a Palavra. Você pode pensar com os seus botões “comigo ainda não...”, “não sei”, “não entendo”, “nem sequer imagino o que seja”. Mas o Espírito Santo vai te rememorar do que se trata e a “sua ficha vai cair”.

Por acaso ainda está teimando em resolver a questão com a força do seu braço e sem a direção de Deus? O Pai é paciente e espera que nós esgotemos todas as nossas alternativas humanas.

Quando não há mais saída humana costumamos correr para o Pai em desespero. Pode parecer um absurdo, mas isso é bom, porque nesse momento Ele pode nos ajudar, porque estamos abertos a ouvir e fazer o que Ele nos diz.

Ao final percebemos que aquilo que Deus nos revela pela Palavra era o melhor a ser feito, mas ficamos perdendo tempo com os nossos “achismos”...

O que fazemos apenas por nossa conta e risco, sem Deus, pode até dar certo por um tempo, mas certamente não é o melhor de Deus para nós.

O melhor vem para a nossa vida quando aceitamos fazer aquilo que Deus espera de nós. Ele sabe todas as coisas e quer o nosso bem maior. Isto é o centro da vontade do Pai para nós.

Aquilo que Deus revelou ser Sua vontade para você continua à sua espera, pronto a ser feito por você, não perca nem mais um minuto!

Passe a fazer o que Deus lhe falou pela Palavra e se realize, pois a porta da bênção está aberta esperando por você.

São os meus votos,

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com


"Jesus Cristo é o Senhor"