Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

NÃO USE DE FALSA HUMILDADE

Também falou das árvores, desde o cedro que está no Líbano até ao hissopo que nasce na parede; também falou dos animais, e das aves, e dos répteis, e dos peixes.” 1 Reis 4.33


Um dos erros cometidos por muitos filhos de Deus é usar de falsa humildade. Quem tem a unção deve dar o que recebeu. Erra muito quem se deixa levar por qualquer atitude, e não por aquelas que o Espírito Santo lhe dá. Salomão mostrou que a sabedoria a qual recebeu do Senhor era maior do que a de todos do Oriente (1 Rs 4.30). Se ele tivesse deixado de escrever os três mil provérbios e os mil e cinco cânticos (v. 32), teria pecado.

Uma palavra vinda do coração de Deus pode mudar por completo a vida de alguém. Do mesmo modo, uma atitude de fé pode levar a direção divina para um coração que está prestes a cometer uma loucura. O Altíssimo nos unge a fim de que deixemos que Ele faça Sua obra por nosso intermédio. Quem deixa de dar o recado divino pode ser responsável pelo prejuízo que alguém possa vir a ter. O que diz a verdade sempre manifesta a justiça (Pv 12.17).

Fomos ungidos para representar o Altíssimo. É verdade que não devemos ser esnobes, mas, diferente disso, precisamos pregar o Evangelho sempre que uma oportunidade surgir. Uma palavra dada, sob a unção do Alto, é tão ou mais importante do que a assistência do médico a um moribundo. O Senhor jamais nos guiaria a falar o que Ele não faria. No entanto, a fé é imprescindível em todos os atos para que o poder divino entre em ação.

Seja qual for o seu ministério, por ter sido dado pelo Pai, ele é necessário para muita gente. O que seria do mundo se os sábios de Deus fechassem a boca? Como os perdidos seriam salvos se os filhos do Altíssimo não falassem do amor que lhes foi dado por meio da vinda de Jesus? O segredo é falar sobre o que temos aprendido nas Escrituras.

Pedro disse ao paralítico, o qual lhe pediu uma esmola, que não tinha prata nem ouro, no entanto, iria dar-lhe o que possuía. O apóstolo tinha a Palavra da fé e, com essa autoridade, o aleijado foi curado (At 3.6). Agora, o pobre homem, que antes mendigava, poderia trabalhar, sem precisar esperar pela caridade alheia. Quando os servos de Deus assumem seu lugar em Cristo, muitas pessoas são ajudadas.

A palavra que o Senhor coloca em nosso coração tem a missão de ajudar os perdidos a encontrarem o caminho do Céu. Também serve para levar os doentes a serem curados de seus males, além de ajudar todos os necessitados a se livrarem de suas adversidades. Por que, então, o cristão fica mudo e não fala a todos o que Deus pode fazer por eles?

Abra sua boca e deixe a unção fluir. Deus lhe deu talentos para que você os negocie e consiga outros. O que você fará no Dia da prestação de contas? Não esconda seu talento, mas tente ganhar outros. Então, sua recompensa será muito grande. Jamais use de falsa humildade; todavia, faça o que Ele lhe ordena.


Em Cristo, com amor,

R. R. Soares


terça-feira, 27 de dezembro de 2011

CONFIANÇA PLENA

Não te espantes diante deles, porque o SENHOR, teu Deus, está no meio de ti, Deus grande e terrível.” Deuteronômio 7.21


O Senhor Deus não é um mau estrategista; ao contrário, Ele é o melhor. Ao projetar a saída dos filhos de Israel do Egito, por exemplo, o Todo-Poderoso fez o melhor planejamento. Do mesmo modo, Ele procedeu conosco ao nos tirar do império das trevas e nos transportar para o Reino do Senhor Jesus (Cl 1.13). Entretanto, há muitas atitudes que precisamos ter para assumir o que é nosso nesse novo Reino. Assim, se seguirmos Seus planos, jamais seremos derrotados.

Ao tirar os israelitas da terra de Faraó, o Senhor sabia do que eles necessitariam e o que Ele precisaria fazer para que a Terra Prometida fosse alcançada. Ora, entre nós também não há um só filho de quem o Pai celeste Se esqueça. Ele nos chamou para alcançarmos a Nova Terra. Em razão disso, não podemos desistir diante das tentações que surgem durante a nossa caminhada, visto que elas já estavam previstas. Basta aguentarmos firmes e não darmos lugar ao diabo (Ef 4.27); assim, não erraremos o caminho.

Para que não temessem as dificuldades que viriam, Deus prometeu abençoar o alimento, a saúde e até os animais do Seu povo. Ora, será que temos promessas iguais a essas em nossa vida? Não! Isso era para os israelitas. As dádivas garantidas a nós não só chegam “aos pés” daquelas, mas também superam, já que a Nova Aliança está firmada em melhores promessas (Hb 8.6). Por essa razão, hoje, tudo o que determinarmos em Nome de Jesus nos será feito pelo próprio Senhor.

As nações que habitavam a Terra Prometida eram grandes, numerosas e bem armadas; porém, ainda assim, o povo de Israel não deveria temê-las. A nossa luta não é contra carne e sangue, mas, sim, contra as forças das trevas (Ef 6.12). No entanto, não devemos sentir medo delas, pois já foram derrotadas por Jesus no momento da Sua morte. Hoje, mediante qualquer sinal de investida do inimigo contra nós, basta determinarmos a derrota dele para que o poder divino entre em ação.

Tudo o que acontecia com os israelitas era símbolo do que sucederia conosco tempos depois. Por isso, devemos buscar as estratégias do Altíssimo, a fim de ocupar as posições-chaves da nação, do mundo empresarial e da fé dos povos, aos quais Ele nos envia. Os membros do Corpo de Cristo são vitoriosos sobre todas as coisas e, seguindo a orientação do Todo-Poderoso, jamais serão confundidos. Desse modo, entramos na batalha sabendo que sairemos vencedores.

Para desfrutar da vida abundante na Nova Terra – o Evangelho –, precisamos somente crer no que nos é mostrado como missão divina, executando-a. Podemos tudo nAquele que nos fortalece (Fp 4.13); afinal, em Cristo, não há nem haverá um “não” para aquilo que Ele nos manda fazer. Por isso, sem dúvida, somos mais que vencedores.

Além disso, o Senhor prometeu aos israelitas que faria de novo os mesmos milagres que realizou no Egito quando os tirou de lá. Para nós, no entanto, a promessa é ainda maior, uma vez que todas as obras que Deus fez e estão registradas nas Escrituras serão cumpridas quantas vezes forem necessárias. Portanto, seja firme na fé e faça a obra divina sem medo algum.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

QUANDO AS COISAS COMEÇAM A DAR ERRADO

Todavia, os edomitas se revoltaram contra o domínio de Judá até ao dia de hoje; então, no mesmo tempo, Libna se revoltou de debaixo de seu mando, porque deixara ao SENHOR, Deus de seus pais.” 2 Crônicas 21.10


O erro de Jeorão foi ter deixado o Senhor. Tenho visto esse equívoco ser cometido por muita gente. Há pessoas que se deixam levar facilmente pelas coisas do mundo. Elas preferem morar em lugares deliciosos, ter boas casas, boas roupas, bons carros, o que não é errado; porém, não buscam em primeiro lugar o Reino de Deus e Sua justiça. Exatamente por causa disso, o diabo as tem em suas mãos e as oprime.

Nos dias de Jeorão, os edomitas se revoltaram contra o poder de Judá e constituíram para si um rei. Jeorão deveria ter aberto os olhos e visto que alguma coisa estava errada. O fato é que o pecado cega, e quem está nele vê até justificativa para seu equívoco. No entanto, ao primeiro sinal de que algo não está bem, os sábios entram em oração para que o Senhor lhe mostre o que precisa ser feito.

Confirmando o que a Bíblia afirma: Um abismo chama outro abismo (Sl 42.7), foi a vez de o reino de Libna revoltar-se e não querer mais o governo de Jeorão, o qual, de novo, não buscou o Senhor e fez o que as pessoas do mundo fazem. Ora, os problemas que surgem nos mostram que não estamos andando na luz, pois quem anda de dia não tropeça (Jo 11.9). O inimigo atacará ao perceber que, por causa do pecado, o Senhor não nos guardará.

Jeorão errou por ter abandonado o Altíssimo. Uma pessoa deixa o Senhor quando não mais lê a Palavra, não se consagra nem busca a direção divina. Isso acontece com uma facilidade tremenda, pois o maligno até ajuda o indivíduo a melhorar de vida, se isso afastá-lo de Deus. Então, para não cair em tentação, é preciso estar vigilante e em oração. A pessoa pode ser tentada a cometer adultério, ser desonesto e, dentre outros pecados, a não buscar o Pai.

Se as situações estão dando errado em sua vida, provavelmente, sua fé anda caída. Quem para de clamar ao Senhor fica parado na estrada da fé, sem receber as revelações que Ele concede, as quais iluminam o caminho para segui-lO. Deus sabe os planos que têm para nós; porém, nem sempre permitimos que Ele opere a vontade dEle em nosso viver.

Em vez de buscar o Altíssimo, Jeorão fez altares de idolatria nos altos e, desse modo, seduziu Jerusalém para se afastar do Deus vivo. Ora, também temos construído esses altares ao fixarmos a nossa atenção em uma casa bonita, em um belo carro, barco, nas próximas férias em algum país etc. A verdade é que quem busca encontra; quem bate a porta lhe é aberta, e quem procura acha (Lc 11.9). Deus é com aquele que segue Suas orientações.

Jeorão só conseguiu permanecer por oito anos no reinado, porque Deus não quis destruir a casa de Davi, por causa da Aliança que fizera com ele. O Senhor havia prometido dar a Davi e a seus filhos uma lâmpada. Portanto, não abuse da paciência divina.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

domingo, 25 de dezembro de 2011

DEUS À FRENTE VAI.

Deus está sempre nos abençoando, mesmo que não percebamos isso.


Porque dele disse Davi: Sempre via diante de mim o Senhor, Porque está à minha direita, para que eu não seja comovido;” Atos 2:25

O Rei Davi sentia que Deus ia sempre à frente dele, apoiando-o, para que ele jamais fosse abalado.

“Tenho posto o SENHOR continuamente diante de mim; por isso que ele está à minha mão direita, nunca vacilarei. Portanto está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura. Pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção. Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente.” Salmo 16:8-11

O diferencial é nós colocarmos Deus sempre à nossa frente, pois desta forma não vacilamos. Nosso coração fica pleno e nos sentimos seguros.

Não se deixe mais influenciar pelos apelos do mundo e tire os seus olhos da corrupção!

Desta forma, na presença de Deus, temos olhos abertos para perceber e vivenciar a presença de Deus no nosso cotidiano e isto nos concede felicidade sempre!


E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por ele na sua vinda.” 1 João 2:28

Outra questão importante, além da alegria, segurança e proteção que recebemos quando permitimos que Deus vá à nossa frente, é mantermos a nossa confiança somente no Senhor, prevenindo-nos da confusão que a Sua volta causará ao redor do mundo!

Deus está no controle nos abençoando! Jacó acordou e sentiu a presença de Deus ali naquele lugar onde estava e antes ainda não havia percebido isto! Deus está sempre no controle, mesmo que nós, assim como Jacó, ainda não tenhamos percebido isto!


Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.” João 14:21

Permaneça em Jesus, siga confiando em Deus e anda na fé!

Andemos com Jesus, pois Ele é diferente dos religiosos, pois nos faz andar com autoridade espiritual: competentes, vendo bem as situações que surgem, sendo idôneos, sendo produtores de efeitos,  mantendo a fineza, sendo astutos, satisfazendo as solicitações que chegam a nós e sendo úteis ao Reino de Deus.

Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.” Mateus 6:20-21

Quem permanece fiel, amando a Jesus, salta aos olhos de Deus-Pai, é amado e constatará a manifestação da volta de Jesus!

O nosso tesouro incorruptível está no céu!

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

NEM SEMPRE FILHO DE PEIXE É PEIXINHO

E, subindo Jeorão ao reino de seu pai e havendo-se fortificado, matou todos os seus irmãos à espada, como também alguns dos príncipes de Israel.” 2 Crônicas 21.4


Josafá foi um grande homem de Deus, que soube escutar a voz do Senhor e obedecer a Ele. Porém, esse rei não conseguiu fazer com que seu primogênito, Jeorão, além de herdeiro, fosse um bem-sucedido sucessor. Infelizmente, muitos servos do Altíssimo não abrem os olhos para ver se a família está ou não na fé. Com isso, são surpreendidos com atitudes descontroladas dos seus, que lhes trazem dor, sofrimento e vergonha.

Esse governante se preocupou com o futuro material de seus filhos; porém, o mais importante – o temor do Senhor – foi deixado de lado. Se a Boa Semente não for plantada, o inimigo semeará sua imundície e, com isso, não nascerá bom fruto. Não é por acaso que escutamos que familiares do povo de Deus são surpreendidos nos caminhos do mal. Por isso, é preciso que vigiemos e oremos para que os nossos não entrem em tentação (Mc 14.38).

Josafá determinou que Jeorão fosse seu sucessor. Provavelmente, a escolha se deu por vontade dele, e não de Deus, pois seu filho se mostrou uma pessoa de péssimo procedimento. Erra muito quem toma decisões segundo o que parece ser certo, e não pela direção divina. Na casa de Jessé, o profeta Samuel ficou impressionado com o filho mais velho daquele homem, porém ele não era o escolhido do Senhor, mas, sim, o jovem Davi.

Cedo, o rei Jeorão mostrou que era mau. Tão logo o reino lhe foi confirmado, ele, tendo-se fortalecido, fez o que já tinha premeditado: matou todos os seus irmãos. A pessoa mal-intencionada deve ser evitada, pois, quando as condições forem propícias, ela não hesitará em executar sua loucura. O homem criminoso não descansa, enquanto não vir cumprido seu perverso intento.

Não é à toa que a Palavra declara que Jeorão havia-se casado com a filha de Acabe, o perverso idólatra e feiticeiro rei de Israel. Mais uma vez, o rei Josafá errou, pois, ao permitir tal casamento, entregou o filho para ser contaminado pela louca família, a qual havia feito com que Israel se distanciasse do seu Deus.

Os que amam o Senhor não devem aceitar a companhia dos que não O temem. O fim de Jeorão foi trágico. Saiba que não há paz nem futuro para os que se dão ao pecado. Pelo seu mau comportamento, ele só reinou oito anos e, depois, entrou para a eternidade para aguardar o julgamento final. Infelizmente, fatos semelhantes têm-se repetido ao longo dos séculos, e não tem sido diferente em nossos dias. Ai de quem se vende ao diabo!

É bom verificar qual tem sido sua conduta diante dos seus familiares. Esforce-se para não ser o responsável por alguma loucura que alguém cometa. Em todos os tempos, suas vestes devem ser limpas, e, ao mesmo tempo, a unção não deve faltar sobre sua cabeça (Ec 9.8). Com isso, sua linhagem será bem-sucedida em todos os sentidos.


Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sábado, 24 de dezembro de 2011

DESEJAR ALGO É BEM DIFERENTE DE CRER.

Descubra as diferenças básicas entre as duas situações e reposicione-se para receber as respostas tão esperadas de Deus que você precisa.


Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. E quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão. E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias.” Atos 12:5-7

Todos os cristãos oravam incessantemente pela liberdade de Pedro da prisão.

Orar a Deus continuamente trás respostas surpreendentes.

Neste caso, Pedro estava dormindo, mesmo estando preso e algemado e sendo fortemente vigiado pelos carcereiros, ele se mantinha tranqüilo, apesar da situação tumultuada que estava enfrentando. Pedro confiou me Deus, creu e ficou tranqüilo, tão sereno, que ele até pegou no sono!

O anjo do Senhor lhe deu o entendimento, tocou-o, despertando-o.  Ele se levantou e se libertou!

Desejar é o mesmo que não crer! Ore e depois permaneça crendo na Obra de Deus!

Estando eu ainda falando e orando, e confessando o meu pecado, e o pecado do meu povo Israel, e lançando a minha súplica perante a face do SENHOR, meu Deus, pelo monte santo do meu Deus,” Daniel 9:20

Para crermos é preciso fazer a oração eficiente e manter-se ligado em Deus, mas tranqüilo, nada de ficar todo agitado, pois esta atitude reflete somente a ansiedade e não a fé!

Suplique a Deus, fale abertamente com Ele, não esconda nada! Muito menos os seus pecados!

Estando eu, digo, ainda falando na oração, o homem Gabriel, que eu tinha visto na minha visão ao princípio, veio, voando rapidamente, e tocou-me, à hora do sacrifício da tarde. Ele me instruiu, e falou comigo, dizendo: Daniel, agora saí para fazer-te entender o sentido.” Daniel 9:21-22

Recebemos os toques de Deus através dos Seus Santos anjos, que vem até nós através de homens e mulheres que falam conosco e nos instruem, nos fazendo entender plenamente a resposta, mesmo que não tenhamos sequer aberto a boca para eles, relatando a nossa questão! É o surpreendente poder de Deus em ação quando cremos!


No princípio das tuas súplicas, saiu a ordem, e eu vim, para to declarar, porque és mui amado; considera, pois, a palavra, e entende a visão.” Daniel 9:23

Daniel tinha fé ativa, foi tocado por Deus e sentiu o imenso amor divino que pairava sobre sua vida!

Da mesma forma ocorre conosco quando mantemos a nossa fé em alta! Compreendemos a Palavra de Deus e Ele restaura a nossa visão do caminho que Ele já nos preparou !

Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras.” Daniel 10:12

A oração eficiente, em resumo, é aquela na qual colocamos o nosso coração com sinceridade perante Deus e nos humilhamos, abrindo-nos completamente a Ele. Deus nos ouve e nos responde!

Esta é a principal diferença entre querer as coisas, deseja-las intensamente e verdadeiramente crer, pois na segunda situação recebemos as portas abertas diretamente de Deus, já quando ficamos somente querendo, querendo, querendo, não saímos do lugar e ficamos frustrados e até alguns esfriam na fé!

Nas suas próximas ações empenhe-se em crer mais e não se limite somente a desejar! Esta atitude vai fazer com que você mude completamente seu modo de orar e receba respostas inimagináveis diretamente do Senhor!

São os meus votos!


Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

DIGNOS DA SUA VOCAÇÃO

Pelo que também rogamos sempre por vós, para que o nosso Deus vos faça dignos da sua vocação e cumpra todo desejo da sua bondade e a obra da fé com poder.” 2 Tessalonicenses 1.11


Nas mensagens anteriores, estudamos um pouco sobre a intercessão, que deve ser feita em favor de todos, inclusive dos irmãos em Cristo. Temos certa autoridade sobre a pessoa a quem apresentamos o Evangelho, pois nos tornamos responsáveis por ela. Por isso, podemos abençoá-la e, ao vermos que está em perigo, devemos orar com determinação para que o mal não a domine ou destrua. Não deixe de orar por aqueles que você evangelizou.

Uma coisa a observar é que Paulo não rogava por coisa incerta, pedindo ao Senhor que, simplesmente, abençoasse os irmãos de Tessalônica. Ele era claro e objetivo em seus pedidos. Desta vez, ele enumerou três pontos pelos quais suplicava por aqueles irmãos. Seja sempre claro e preciso em seus pedidos, pois quem não sabe pedir nem sempre conseguirá o que deseja.

Para Paulo, era de suma importância que seus filhos na fé fossem dignos da chamada que tiveram. Imagine alguém não corresponder ao perdão, à cura e à libertação que recebeu. Como dói ver alguns irmãos agindo como incrédulos. Deus não nos chamou para a impureza, para o pecado, mas, sim, para participarmos de Sua natureza, santidade e de Seu poder.

Faça um autoexame e veja se você tem cumprido o que o Senhor lhe tem dito. Um dia, seremos chamados perante Sua santa presença e, então, daremos conta do que fizemos ou deixamos de fazer com os talentos que nos foram confiados (Rm 14.12). Ninguém poderá responder por nós. Se tivermos desperdiçado o ministério a nós outorgado, poderemos ser lançados nas trevas exteriores (Mt 25.30).

Se você for digno da chamada que o Altíssimo lhe fez, Ele cumprirá tudo aquilo que lhe tem prometido; afinal, a bondade divina tirou você do império da morte e o transportou para o Reino dos Céus (1 Pe 2.9). Com as condições propícias, a benignidade dEle operará maravilhas em seu benefício. 

Os planos do Onipotente para você são muitos. Na verdade, não há uma só pessoa a quem Ele recebeu por filho para a qual não tenha planejado boas coisas. Não seja o responsável por algum desejo do Senhor não se cumprir, como aconteceu com o rei Saul (1 Sm 15.11). Deus Se alegrará com seu sucesso.

Tendo o caminho aberto, o Todo-Poderoso cumprirá a obra da fé com poder em sua vida. Ele é tremendo em todas as Suas operações e só precisa que o homem creia a fim de operar o que for necessário. Busque na Palavra o que Ele tem a dizer e, então, creia. Dessa forma, você colocará o poder do Alto em operação.


Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

DEUS CONVERTE A MALDIÇÃO EM BÊNÇÃO

Naquele dia, leu-se no livro de Moisés aos ouvidos do povo; e achou-se escrito nele que os amonitas e os moabitas não entrassem jamais na congregação de Deus, porquanto não tinham saído ao encontro dos filhos de Israel com pão e água; antes, assalariaram contra eles a Balaão para os amaldiçoar, ainda que o nosso Deus converteu a maldição em bênção.” Neemias 13.1,2


Os filhos de Amom e Moabe eram parentes dos israelitas; porém, por causa da maldade do coração deles, foram proibidos de entrar na congregação do Senhor. Essa é a pior parte da história: um povo inteiro proibido de entrar na casa de Deus.

Essa proibição não se deu pelo fato de eles terem sido gerados por incesto, pois eram descendentes dos filhos de Ló, sobrinho de Abraão, com suas duas filhas. O erro deles foi não ter saído com pão e água para se encontrar com os filhos de Jacó; mas, em vez disso, assalariaram Balaão para amaldiçoar o povo de Deus (Nm 22.4-6). Sempre deixe o Espírito de Deus dirigir você e não faça uso do medo para tomar decisões, pois, dessa forma, isso se tornará laço para sua vida.

Os amonitas e os moabitas sabiam que Deus estava com os filhos de Israel e, em vez de louvar o Senhor com boa atitude, optaram pelo caminho do mal. Contudo, eles não tinham noção de que o plano maligno nunca prevaleceria contra a sorte do povo santo, uma vez que Balaão não podia atender-lhes o pedido. Com a operação divina, esse profeta revelou um decreto de Deus, que diz: Pois contra Jacó não vale encantamento, nem adivinhação contra Israel (Nm 23.23).

O que parecia ser maldição tornou-se bênção, pois, desde então, as tentativas do inimigo de amaldiçoar os que são do Pai não têm logrado êxito. Veja como o Altíssimo é amigo de quem faz parte do Seu povo, pois Ele converteu a maldição em bênção. Esse é um recado para todos os que fazem parte do povo do Senhor: qualquer maldição lançada contra aqueles que temem o Altíssimo será em vão; além disso, ela irá tornar-se bênção, e fará os servos de Deus mais felizes.

Agora, entenda a mensagem do nosso Pai: Ele transforma a maldade, os desejos malignos e as maldições que lançaram sobre sua vida em bênçãos. A intervenção do Senhor é tão grande e operante, que os membros da família divina os quais foram amaldiçoados sairão muito mais abençoados do que antes.



Ninguém deve brincar com o Senhor. Sem dúvida, Ele falou ao coração daqueles povos para que fossem ao encontro de Israel com pão e água, mas eles deram ouvidos ao diabo. Quem sabe qual é a vontade do Altíssimo e não Lhe dá ouvidos, sem dúvida, perde muito. A história dos amonitas e dos moabitas está na Bíblia para nos servir de exemplo.



Veja o que o Senhor tem falado a você e coloque-se em ação. Deixar de dar ouvidos ao Altíssimo pode passar de privilégio a castigo. Ele quer usar sua vida para seu benefício eterno. Deus pensa em seu futuro, no que lhe acontecerá após a morte.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O que as Sagradas Escrituras registram através do Profeta Isaías, cerca de 700 anos antes da vinda de Jesus para a terra, a respeito do Divino Espírito Consolador?


Até que se derrame sobre nós o espírito lá do alto; então o deserto se tornará em campo fértil, e o campo fértil será reputado por um bosque.” Isaías 32:15

O Profeta Isaías, principal narrador da vinda de Cristo ao planeta, mas cerca de 700 ano antes de ocorrer, também ressaltou que a unção do Espirito Santo estaria banhando a humanidade, provendo-nos sabedoria, vida e entendimento.

Isaías também associou profeticamente a vinda do Espirito Santo com fertilidade e multiplicação.


“E o juízo habitará no deserto, e a justiça morará no campo fértil.”  Isaías 32:16

O nosso julgamento na eternidade será pessoal, particular e intransferível, características que estão associadas ao deserto, já a justiça divina diária está associada ao campo fértil, pois ela nos é concedida hoje para que conquistemos vida e plenitude. 


“E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e segurança para sempre.”  Isaías 32:17

Outros efeitos da justiça divina através da concessão do Espirito Santo a nós são ressaltados por Isaías: paz, justiça e segurança, pois Ele nos concede entendimento para trilharmos nossos caminhos e sermos felizes em tudo aquilo que colocarmos nossas mãos.


“E o meu povo habitará em morada de paz, e em moradas bem seguras, e em lugares quietos de descanso.” Isaías 32:18

O povo de Deus tem a promessa, já citada por Isaías, de habitar em paz, ser extremamente seguros e viverem em descanso, contrariando em muito todas aquelas tragédias que costumamos saber através dos jornais e que ocorrem ao redor do mundo todo. Ser de Deus e permanecer nEle é garantia de viver melhores dias.


“Mas, descendo ao bosque, cairá saraiva e a cidade será inteiramente abatida.”  Isaías 32:19

Não deixe jamais a sua posição em Deus e nem ignore as orientações que lhe são concedidas através do Espirito Consolador, em especial quando você está lendo ou ouvindo a Palavra de Deus, pois Ele nos dá compreensão daquela mensagem através do Espirito Santo.


“Bem-aventurados vós os que semeais junto a todas as águas; e deixais livres os pés do boi e do jumento.” Isaías 32:20

Evangelho é escolha pessoal e intransferível, por mais que você ame a pessoa em questão, ela é que segue esta direção e é abençoada por esta experiência vital com Deus-Pai, com o Senhor Jesus e com o Divino Espirito Santo!

Nós podemos levar a boa notícia, mas jamais vamos poder forçar ninguém a seguir os caminhos de Deus!

Ser chamado para o Evangelho é obra de Deus que é realizada em nossa vidas!


Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

GERAÇÃO PERFEITA

Vós sois os filhos dos profetas e do concerto que Deus fez com nossos pais, dizendo a Abraão: Na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra.” Atos 3.25

A nossa fé em Cristo nos fez especiais em todos os sentidos. Somos filhos de Deus e, por isso, quando precisamos, podemos entrar na presença divina e reivindicar a ajuda da qual precisamos. Temos o direito de usar o Nome de Jesus, a quem foi dada a autoridade plena sobre o poder do maligno. O acesso ao Pai nos foi concedido a fim de que supríssemos todas as nossas necessidades e fôssemos guardados pelo amor de Deus.

A Palavra declara que somos filhos dos profetas e da Aliança que o Senhor fez com os patriarcas, e isso é muito esclarecedor para nós. Em Romanos, o apóstolo Paulo declara que somos mais que vencedores em todas as situações (Rm 8.37). O melhor é que não há a menor hipótese de essa bênção ser revogada, pois tudo o que a Escritura revela ser nosso em Cristo está garantido no “pacote” da salvação.

Ao dizer que somos filhos dos profetas, a Palavra informa que temos direitos inalienáveis. Qualquer pessoa que descende de outra não tem de fazer nada para ser seu herdeiro, pois já o é desde o nascimento. O mesmo ocorre em relação a nós: somos filhos daqueles que foram usados pelo Senhor no cumprimento do Seu plano e, pela obediência deles, conquistaram promessas. Nós somos proprietários de todas elas.

Somos também filhos do Concerto que o Senhor fez com o homem na cruz do Calvário, realizado por meio do sangue de Jesus. A Nova Aliança é uma obra completa em todos os sentidos; estando nEla, jamais seremos separados do Altíssimo. Os nossos pecados foram colocados em Cristo e, por isso, não há mais nenhuma condenação em nossa ficha (2 Co 5.21; Rm 8.1). A nossa união com o Pai é eterna e irrevogável.

Os salvos devem crer que são herdeiros de todas as promessas que Deus fez com Abraão, Isaque e Jacó, os quais as conquistaram, para que, hoje, fôssemos mais do que vencedores. Se você crer, de fato, no que dizem as Escrituras, não haverá uma só batalha perdida. O cristão que conhece seus direitos já entra na luta sabendo que será vitorioso. Para alcançar o sucesso, basta crer, pois ele já foi conquistado.

Somos benditos como descendência espiritual dos patriarcas dos hebreus, e até mesmo aqueles que descendem deles pelo sangue são sua descendência espiritual. Veja nas Escrituras o que foi prometido à descendência de Abraão e considere aquela promessa como sua, pois é isso o que diz a Palavra que estamos estudando.

Perceba que o texto está no presente: Vós sois. A Bíblia não diz que, um dia, seremos filhos dos profetas e da Aliança. Já o somos agora. Então, por que não começar a desfrutar dos seus direitos em Cristo? Aquilo que a mente humana nunca entendeu, os ouvidos nunca ouviram e os olhos nunca viram é o que está preparado para nós (1 Co 2.9).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares


domingo, 18 de dezembro de 2011

NOSSOS DONS E OS TIPOS DE RESSURREIÇÃO.

Prepare-se com intensiva dedicação diária para o vestibular da vida e passe para a vitória eterna no Reino de Deus!


Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente.” 1 Corintios 12:31

Recebemos uma gama de dons concedidos por Deus, tanto dons espirituais como dons humanos. Descobrir e cuidar deles é nossa tarefa. A nossa vida é sobremaneira excelente quando descobrimos e desfrutamos destes dons, seja na nossa profissão, seja na nossa família, seja em qualquer área de nossas vidas.

Não é o suficiente só saber quais são estas características pessoais, também precisamos compreender como Deus espera que nós façamos uso delas.

Esta compreensão Deus nos provê quando Ele nos fala através de nossas meditações na Palavra, quando ouvimos uma pregação num culto, quando oramos pedindo esta diretriz, em resumo quando nós temos contato com a Verdade divina, expressa somente através das Sagradas Escrituras.

Em resumo, o que é importante é sabermos quais são os nossos dons e que os estamos aplicando e que somos úteis ao Reino de Deus com eles, seja em que área for, não somente na assistência espiritual.

Esta consciência e exercício pleno destes dons individuais recebidos por Deus certamente influenciará a nossa avaliação no Juízo Final. 


As Escrituras destacam que existem 2 tipos de ressurreição.

E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação.“ João 5:29

Na ressurreição para a vida, onde o nosso lugar reservado é ao lado de Deus, já na ressurreição onde fomos julgados e culpados, não vamos ao mesmo privilegiado lugar espiritual eterno. Mais uma questão importante para darmos atenção agora, quando podemos reverter esta situação.


Porque dominava sobre tudo quanto havia do lado de cá do rio, Tifsa até Gaza, sobre todos os reis do lado de cá do rio; e tinha paz de todos os lados em redor dele. E Judá e Israel habitavam seguros, cada um debaixo da sua videira, e debaixo da sua figueira, desde Dã até Berseba, todos os dias de Salomão.“ 1 Reis 4:24-25

Recebemos proteção divina quando há o domínio do Senhor em nós, pois somos livres e temos paz reinando ao nosso redor, além de segurança, todos os dias.


O anjo do SENHOR acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra.“ Salmo 34:7

Respeitar a Deus é vital para sermos assistidos por Ele nesta jornada que enfrentamos, pois assim somos intensamente protegidos, além de, no futuro, sermos julgados e aprovados para viver eternamente com o Criador.


Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas para contigo, benignidade, se permaneceres na sua benignidade; de outra maneira também tu serás cortado.“ Romanos 11:22

Não se deixe mais levar pela maldade do mundo, que só relata violência, crime, doença e desânimos diversos, além de serem portadores de más notícias aterrorizantes!

É muito melhor, com certeza, viver sendo abraçados pela benignidade de Deus, mas ela só permanece em nossa vida mediante a nossa obediência e sob a misericórdia divina.

Agora é o tempo de refletir se estamos seguindo os caminhos de Deus, não depois da nossa morte, pois somente hoje ainda podemos fazer algo para mudar o que é irregular.

Prepare-se com intensiva dedicação diária para o vestibular da vida e passe para a vitória eterna no Reino de Deus!






Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

É PRECISO DESVIAR-SE DA MALDADE

Ressuscitando Deus a seu Filho Jesus, primeiro o enviou a vós, para que nisso vos abençoasse, e vos desviasse, a cada um, das vossas maldades.” Atos 3.26

Entender a ressurreição de Cristo é fundamental para o nosso sucesso na fé. Sabemos que Ele morreu em nosso favor, carregando os nossos pecados, as nossas doenças e o castigo que nos traz a paz (Is 53.5). Porém, se Ele não tivesse ressuscitado, a nossa fé seria vã. A Sua ressurreição, realizada pelo próprio Espírito de Deus, selou para sempre a derrota de Satanás, pois, ao sair do reino das trevas, o Salvador trouxe Consigo as chaves da morte e do Inferno (Ap 1.18).

A morte não pôde segurá-lO em suas garras; ela foi derrotada para sempre quando Ele tomou a autoridade que ela possuía. O Senhor fez tudo isso em nosso benefício, de modo que vencemos aquele que tinha poder sobre nós. A obra foi perfeita em todos os sentidos, por isso nada precisa ser feito para melhorá-la.

Pregar a mensagem do Evangelho é muito importante, e, ao fazermos isso, levamos Jesus ao coração de quem nos ouve. Pela santidade desse ato, não podemos estar em pecado nem realizar a obra de qualquer jeito (Jr 48.10). Por isso, procure sempre estar em consagração, consciente de que será usado pelo Altíssimo para a execução de Seu plano. Evite usar exemplo pessoal para que a obra não seja de algum modo viciada.

O propósito da pregação da Boa Notícia é abençoar as pessoas. Ao anunciar o Filho de Deus aos perdidos, você está levando a melhor e maior de todas as bênçãos, pois, ao ouvirem a pregação do Evangelho, muitos podem ser salvos. Então, fundamente-se na Palavra e não insira regras ou conceitos inventados pelo homem. Não use nada que possa servir de obstáculo para a operação divina.

A Palavra de Deus tem a capacidade de nos desviar das maldades que praticamos, as quais nos fazem sofrer; além disso, limpa o homem de todos os erros existentes na vida dele. Ao ministrar a Palavra, o homem se qualifica como obreiro de primeira grandeza, pois a mensagem que ele transmite, por ser sem igual, capacita-o naquele momento.

Quem não der ouvidos aos mensageiros divinos não poderá ser incluído no grupo dos salvos. Não há outro meio de alcançar a vida eterna, a não ser crer no Evangelho. Aqueles que, por alguma razão, decidem não atentar para aquilo que o Senhor lhes diz perdem a oportunidade de receber a salvação e, desse modo, nunca serão feitos filhos de Deus (Jo 1.12).

Tendo em vista o que o Evangelho representa, a nossa responsabilidade em ministrá-lO é gigantesca. Se você estiver fechando o maior negócio da sua vida e, naquele instante, o Altíssimo começar a usá-lo como mensageiro das Boas-Novas, deixe de lado o que lhe daria um grande lucro e fale do amor divino, pois o Senhor o colocou na melhor posição.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

JESUS FOI TENTADO COMO NÓS SOMOS TENTADOS!

Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados.” Hebreus 2:18


Pensamento:

Jesus foi tentado como nós somos tentados! Ele sofreu como nós! Deus, na sua graça, assegurou que tivéssemos alguém no céu que entendesse como encarar sofrimento e mortalidade. Este conhecimento não é somente sabedoria onisciente. Jesus também garante que o conhecimento do céu inclui experiência humana. Devemos ser gratos porque Jesus conheceu sofrimento e mortalidade e porque Ele agora vive para redimir, abençoar e ajudar-nos, nós, mortais.


Oração:

Amoroso e Todo Poderoso Deus, eu sei que o Senhor me conhece e sabe o que é melhor para mim.
Mas, Pai, tenho mais confiança ainda no seu cuidado e entendimento porque Jesus compartilhou na nossa luta com sofrimento e mortalidade.
Obrigado, Jesus, por advogar minha causa ao lado direito do Pai. Peço pela graça continua do Pai em seu nome, Senhor Jesus. Amém.


PC

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

LEMBRE-SE SEMPRE DE DEUS.

Obtendo aquilo que foi conquistar ou não, olhe para Deus e agradeça, pois nós não temos uma visão tão ampla do mundo como Ele.


E te esqueces do SENHOR que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra, e temes continuamente todo o dia o furor do angustiador, quando se prepara para destruir; pois onde está o furor do que te atribulava?” Isaías 51:13

Deus está no comando. Ele não é chamado de Criador por acaso, pois concebeu tudo o que existe, os céus, a terra... não se deixe levar pela “conversinha” do inimigo, que só quer colocar em você angústia, medo e quer te destruir, dando a certeza de que você, em Deus, só perde! Ledo engano que o diabo insiste em nos mentir, pois ele é o pai da mentira, não se pode esperar nada além disto das hostes do mal.


Não temas, porque não serás envergonhada; e não te envergonhes, porque não serás humilhada; antes te esquecerás da vergonha da tua mocidade, e não te lembrarás mais do opróbrio da tua viuvez.” Isaías 54:4

O Senhor nos renova a cada dia, retirando a vergonha e a humilhação que o inimigo insiste em dizer, nas entrelinhas e mesmo abertamente através das pessoas com quem convivemos, que é nossa sina...  Deis nos fortalece e retira das nossas mentes tal engano, que baixa a nossa auto estima e nos faz sentir um zero à esquerda!

Deus nos fortalece e restabelece a nossa confiança, bloqueando os sentimentos negativos que o opositor insiste em dizer que são nossos e que não podemos ser felizes...

Pense sempre em Deus e não tenha mais qualquer medo do que o inimigo possa lhe fazer.


E todos os teus filhos serão ensinados do SENHOR; e a paz de teus filhos será abundante. Com justiça serás estabelecida; estarás longe da opressão, porque já não temerás; e também do terror, porque não chegará a ti. Eis que seguramente poderão vir a juntar-se contra ti, mas não será por mim; quem se ajuntar contra ti cairá por causa de ti.“ Isaías 54:13-15

Deus tem o papel de ensinar aos nossos e lhes conceder extrema paz. Ele elimina toda a opressão e não permite jamais que qualquer pânico chegue até nós.

As emboscadas que o inimigo insiste em armar caem por terra, antes mesmo de ter qualquer efeito nocivo contra nós e nossos projetos.


Com justiça serás estabelecida; estarás longe da opressão, porque já não temerás; e também do terror, porque não chegará a ti.“ Isaias 54:14

Não precisa ficar tremendo de medo dos panos do inimigo, pois Deus é justo e nos afasta completamente do medo de sermos oprimidos, mantendo-nos alegres, felizes e de olhos bem abertos!


Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura. Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências de Davi. Eis que eu o dei por testemunha aos povos, como líder e governador dos povos. Eis que chamarás a uma nação que não conheces, e uma nação que nunca te conheceu correrá para ti, por amor do SENHOR teu Deus, e do Santo de Israel; porque ele te glorificou.“ Isaías 55:2-5

Deus concede sabedoria nos nossos investimentos, para que todos os nossos esforços e empenhos sejam produtivos, não só hoje e agora, mas por um longo período.

Lembre-se sempre de Deus e não deixe de ir a Ele, que firmou um pacto eterno com todos aqueles que Lhe são firmemente fiéis.

A liderança que Deus concede aos seus filhos é reconhecida até por aqueles que nem sequer conhecemos. Esta é a prova que trás as pessoas, seja de que país e cultura elas sejam, a conhecer o amor de Deus e também elas O poder glorificar e guardar as suas obras nos seus corações!


Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

domingo, 11 de dezembro de 2011

CONDIÇÕES PARA TER SUCESSO EM DEUS.

O que as Sagradas Escrituras nos ensinam para que nós sejamos bem sucedidos.


Aceita, peço-te, a lei da sua boca, e põe as suas palavras no teu coração. Se te voltares ao Todo-Poderoso, serás edificado; se afastares a iniqüidade da tua tenda, E deitares o teu tesouro no pó, e o ouro de Ofir nas pedras dos ribeiros, Então o Todo-Poderoso será o teu tesouro, e a tua prata acumulada. Porque então te deleitarás no Todo-Poderoso, e levantarás o teu rosto para Deus. Orarás a ele, e ele te ouvirá, e pagarás os teus votos. Determinarás tu algum negócio, e ser-te-á firme, e a luz brilhará em teus caminhos. Quando te abaterem, então tu dirás: Haja exaltação! E Deus salvará ao humilde. E livrará até ao que não é inocente; porque será libertado pela pureza de tuas mãos.” Jó 22:22-30

  1. aceitar a Lei de Deus
  2. colocar as palavras de Deus no coração
  3. afastar de si todas as iniqüidades (corrigir-se: ato, pensamento, sentimento e palavras que diz)

Seguindo estes três passos acima você se converte a Deus. Você é edificado por Deus (cresce) e amontoa riquezas, pois Deus lhe será fonte de ouro, prata, alegria e união.

Estando nesta condição você ora e Deus te ouve, cumprindo o que você quer.


Determinarás tu algum negócio, e ser-te-á firme, e a luz brilhará em teus caminhos.“ Jó 22:28

Você determina um negócio e Deus te faz firme e você brilha, até quando te desvalorizarem e rebaixarem, te depreciando, Deus vai te salvar.

Deus vai te livrar até naquilo em que você não é inocente, pela pureza de Suas mãos!

Converter-se é viver para Deus e afastar tudo o que desagrada a Ele na sua vida!

Aí você tem sucesso e fica protegido por Deus para sempre e prospera em tudo!


Porque o SENHOR Deus é um sol e escudo; o SENHOR dará graça e glória; não retirará bem algum aos que andam na retidão.” Salmos 84:11

Quanto aos bens, Deus não nega nada àqueles que andam na Sua retidão, ou seja, que obedecem aquilo que Ele lhes ensina.


PORQUE AS PESSOAS NÃO PROSPERAM?

Os filhos de Efraim, armados e trazendo arcos, viraram as costas no dia da peleja. Não guardaram a aliança de Deus, e recusaram andar na sua lei; E esqueceram-se das suas obras e das maravilhas que lhes fizera ver. “ Salmos 78:9-11

  1. porque elas se recusam a guardar a aliança que fizeram com Deus
  2. porque elas se recusam a andar na lei de Deus, ou seja, não querem obedecer àquilo que Deus lhes ensina
  3. porque elas se esquecem do que Deus já fez por elas.

Abra os seus olhos, vença e prospere em Deus, obedecendo-O !

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

ORE E MANTENHA-SE FIRME NA ORAÇÃO QUE VOCÊ JÁ FEZ, MAS CONCENTRE SUAS REQUISIÇÕES NAQUILO QUE DEUS LHE ENSINA ATRAVÉS DAS SAGRADAS ESCRITURAS.

Deus quer nos dar todas as estrelas do céu, ou seja, Ele quer te abençoar muito, mas muito mais do que você pensa, pede ou imagina.

Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do SENHOR, e a sua justiça que de mim procede, diz o SENHOR.” Isaías 54:17

Expulse todos os empecilhos da sua vida: as dívidas, a miséria, a doença, a amarração financeira, o insucesso profissional, o desemprego, o coração afetivamente vazio, etc... para nunca mais voltar pois a Palavra de Deus nos garante que:

- Deus, com as Suas riquezas, supre a todas as nossas necessidades
- Deus é o dono do ouro e da prata e que nós somos herdeiros de Deus em Cristo Jesus
- aqueles que amam a Deus, de nada tem falta
- os que se agradam de Deus, tem todos os desejos do seu coração realizados!

Em suas orações, entre na presença de Deus e repita diante dEle tudo o que você já conhece da Palavra de Deus, reforçando a sua aliança com o Criador e mande embora todo o mal, toda a amarração, toda a irregularidade, tudo o que não presta, para nunca mais voltar à sua vida, Em Nome de Jesus!

Tome posse das bênçãos que você já conhece através da Palavra: sua riqueza financeira, quitação total das dívidas e conquista do emprego dos seus sonhos, Em Nome de Jesus! Foi para a liberdade que Cristo nos libertou!

Mande embora da sua vida também o espírito de infidelidade conjugal porque a Palavra de Deus diz que o corpo do marido é da sua mulher e que o corpo da mulher é do marido.

Expulse também as brigas conjugais, pois a Palavra de Deus diz que Deus é Deus de paz e não de confusão.

Não aceite a sua separação porque a Palavra de Deus diz que o que Deus uniu, o homem não separa.

Ordene também que saia da sua vida todo o ódio religioso e a rejeição a Deus, a Jesus Cristo e ao Espírito Santo, pois a Palavra de Deus diz que quando a mulher se santifica, ela santifica o seu esposo!

Em resumo:

Mande embora todas as armações do diabo, para nunca mais voltarem. Resista a toda a má noticia que ele vai tentar te trazer, amaldiçoando a satanás, mande que ele fuja e que não volte mais para os seus assuntos.

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

A CURA DE ENÉIAS.

Este relato bíblico nos mostra que a cura de Enéias foi um exemplo par a conversão de todos os que estavam ao seu redor.


E aconteceu que, passando Pedro por toda a parte, veio também aos santos que habitavam em Lida. E achou ali certo homem, chamado Enéias, jazendo numa cama havia oito anos, o qual era paralítico. E disse-lhe Pedro: Enéias, Jesus Cristo te dá saúde; levanta-te e faze a tua cama. E logo se levantou.” Atos 9:32-34

Leia a Palavra de Deus, ouça a mensagem e, assim como Enéias, decida-se mudar e assumir aquilo tudo que você é, Se crermos, veremos a glória de Deus!


E saberás que a tua tenda está em paz; e visitarás a tua habitação, e não pecarás.” Jó 5:24

A situação só muda quando você crê no que Deus já fez por você!

Quem ouve a Palavra de Deus e quem crê em Jesus, crendo em Deus tem a vida eterna! Então, creia que Eu, Jesus Cristo, o Filho nascido da essência de Deus-Pai, já te curei e não foi agora, não, isto já faz mais de 2.000 anos!

Pare de falar de desgraças, roubos, mortes violência, entre outras tragédias. Não podemos mais ser condenados pelo mal. Fale aquilo que Deus fala, medite no que Deus diz ao seu coração e você prosperará.


Pois o SENHOR, por causa do seu grande nome não desamparará o seu povo; porque aprouve ao SENHOR fazer-vos o seu povo.” 1 Samuel 12:22

Deus não deixa o seu povo sem auxiliá-lo por causa do Seu grande Nome! Mesmo escorregando, você continua sendo olhado por Deus, mesmo caindo, não acabou!

Deus tem um grande Nome e jamais nos desampara, mesmo caídos, Ele nos segura pela mão e nós não perdemos a batalha. Deus nos fez povo dEle porque Ele quis, não é pelo nosso valor, não!


Nossos pais não entenderam as tuas maravilhas no Egito; não se lembraram da multidão das tuas misericórdias; antes o provocaram no mar, sim no Mar Vermelho.” Salmos 106:7

Não prestar atenção ao que Deus já lhe fez em dias passados é não se lembrar da misericórdia de Deus! O Nome de Jesus é muito importante, pos Ele devolveu a ligação espiritual que a humanidade perdeu, lá nos idos de Adão. Jesus nos concede mais oportunidades e chances: Jesus nos salva por amor do Seu Santo Nome!

O Senhor te restaura, pois Ele te ama e jamais retira o Seu Santo Nome de você. Para fazer conhecido o Seu Nome, Deus faz conhecido o Seu Poder através da sua vida!

Se uma pessoa não quer vir a Deus, ore, humilhe-se perante Deus e uma palavra bem colocada vale muito mais do que inúmeros convites insistentes.


Não obstante, ele os salvou por amor do seu nome, para fazer conhecido o seu poder.” Salmos 106:8

Quando Deus nos chamou, Ele conhecia o nosso interior e Ele sabe que vamos glorificar o Seu Nome! Ele nos salvou para fazer conhecido o Seu Nome.

O povo de Deus é destemido, firme, ousado para fazer conhecido ao mundo o poder de Deus e para que eles saibam, na prática de suas vidas, quem é Deus!

Atente para as maravilhas de Deus, lembre-se das Suas misericórdias. Ele ainda tem tudo isso para você, ativo, hoje, não foi só na época dos relatos bíblicos, não!

O Nome de Deus está sobre a sua vida. Fomos chamados para fazer a obra de Deus, cada um nos seus ministérios. Ele se agradou de nos chamar e de nos libertar do mundo! Reivindique a sua restauração e perdão completo.

Deus confirma o seu ministério, você não precisa se preocupar, pois é reconhecido em casa, na cidade, no País!

Jesus é a Palavra de Deus que veio, em forma humana para o planeta. Cada um dos autores do Novo Testamento O relata sob uma visão: Mateus relatou Jesus como Rei, já Marcos o descreveu como homem, enquanto que o médico Lucas referiu-se a Jesus como santidade.

João, no Novo Testamento e Daniel no Velho Testamento, descreveram a Jesus como Espírito, unção, vida espiritual.

Jesus é o nosso Salvador, messias, ungido de Deus. Entregue sua vida a Deus através de Jesus, Ele concede perdão dos pecados e libertação das suas conseqüências.

Jesus é o sacrifício perfeito por nós perante Deus e santidade na nossa intimidade, somos separados do pecado, da inveja, do ódio e de tudo o mais que não presta!

O caráter de Jesus é simples assim: cura, multiplica, transforma para melhor a situação de todos os que dEle se aproximam.


Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”