Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

NÓS TEMOS QUE SER EXEMPLOS NAS MÃOS DE DEUS.

Eu e você somos representantes do Deus Vivo, onde quer que coloquemos os nossos pés. Isto é mais que apenas um dever, é um compromisso que firmamos com o Reino de Deus.


E conheceu Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz a Caim, e disse: Alcancei do SENHOR um homem. E deu à luz mais a seu irmão Abel; e Abel foi pastor de ovelhas, e Caim foi lavrador da terra. E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao SENHOR. E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o SENHOR para Abel e para a sua oferta. Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante. ” Gênesis 4:1-5

Caim era agricultor, já Abel era pastor de ovelhas, cada qual tem o seu chamado para Deus, estabeleça o compromisso de fazê-lo bem feito.

Um outro desígnio que o Senhor nos orienta é em relação às ofertas, dar o nosso melhor na Casa de Deus. Será que você está se chegando a Deus para ofertar?

Deus rejeitou a oferta de Caim e aceitou a de Abel, o seu louvor a Ele, mas Deus não faz diferença entre as pessoas? Deus não negou que ambos se chegaram a Ele, pois Deus é amor e justiça. Deus analisa os nossos comportamentos e, em especial, o nosso coração!

Tudo está mais fácil, até para buscar a Deus hoje, está muito mais fácil, o que representa as felicidades modernas. Não podemos mais nos deixar influenciar pelas facilidades com Deus.

Caim fez de qualquer jeito a sua oferta a Deus. Ele não respeitou a Deus. Dê somente o seu melhor! Perseverando em Deus, você cresce. Com Deus não se brinca, não se zomba, não se escarnece.

Se você se chega de qualquer jeito a Deus, cuidado!

Caim acabou por se irar e deixou cair o seu semblante diante de Deus! (v.6)

A sua oferta a Deus não pode ser feita de qualquer forma!

- Se bem fizeres não haverá de ser oculto? Faça bem feito e corretamente para Deus e Ele te recompensará!


Perfil das mulheres virtuosas


Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.” Provérbios 31:10

A melhor maneira de uma mulher seguir os seus dias, certamente, é sendo virtuosa. Esta atitude a faz muito preciosa, pois é um excelente exemplo em Deus.

“O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo. Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.” Provérbios 31:111-12

A mulher virtuosa gera confiança do seu marido, pois ele sabe que ela faz somente o bem, todos os dias!


Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado.” Provérbios 31:20

A mulher virtuosa também é misericordiosa e ajuda aos que precisam, não se fazendo indiferente e nem ignorando-os.


Não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata. Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura. “ Provérbios 31:21-22

A mulher virtuosa concede aconchego e conforto para a família dentro do seu lar.

A força e a honra são seu vestido, e se alegrará com o dia futuro. Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.” Provérbios 31:25-26

Esta mulher é firme e forte, planejando os dias seguintes. E tem a sabedoria de não abrir a boca para falar besteiras.

Em resumo, a mulher virtuosa é um excelente exemplo das prática que precisamos ter, para honrar a Deus em nossas vidas e conceder alegria, realização e conforto para as pessoas que estão ao nosso redor.

Assim como é ilustrado na parábola da figueira (Marcos 11:13), Jesus vê de longe quem tem se preparado para ser um bom exemplo.

Jesus também vem para ver se nós já estamos dando frutos para o Reino de Deus e se Ele encontra mesmo alguém que já está se preparando. Tudo tem o seu tempo, até de dar frutos!

Jesus é contigo, vê de longe que você está se preparando e no tempo certo produzirá os resultados! Todas as coisas foram feitas por Ele e sem Ele nada do que foi feito se fez. (João 1:3)

Fica claro e transparente para o mundo quando nós realmente somos fiéis a Deus, pois as nossas atitudes refletem esta nossa postura e só ressaltam positivamente o poder de Deus em ação!

Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

ESTUDO A RESPEITO DO DÍZIMO.

Você é daqueles que diz que o dízimo é somente para enriquecer economicamente as igrejas? Ou você acha que é pura exploração econômica do povo de Deus? Pare agora com isso e compreenda a real importância e significado da entrega dos dízimos.

Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.
E, perante o SENHOR teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR teu Deus todos os dias. E quando o caminho te for tão comprido que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que escolher o SENHOR teu Deus para ali pôr o seu nome, quando o SENHOR teu Deus te tiver abençoado; Então vende-os, e ata o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que escolher o SENHOR teu Deus; E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; come-o ali perante o SENHOR teu Deus, e alegra-te, tu e a tua casa; Porém não desampararás o levita que está dentro das tuas portas; pois não tem parte nem herança contigo. Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas; Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o SENHOR teu Deus te abençoe em toda a obra que as tuas mãos fizerem.” Deuteronômio 14:22-29

Os dízimos, imposto, ordenados, as décimas partes, são para o serviço do Senhor Deus, são função obrigatória, trabalho, obrigação, obséquio (graça de Deus), um ato de fé que sustenta a sua congregação religiosa.  Afinal de contas, como faríamos para sustentar a administração religiosa, os levitas, os diáconos e sacerdotes? Como é que o Evangelho poderia ser difundido mundialmente e de uma forma estruturada e sistemática?


Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.” Deuteronômio 14:22


Como dar os seus dízimos: dar o dízimo com convicção, certeza adquirida pela demonstração, fato que deixa você plenamente convencido de que aquilo é certo, fato que o leva a crer que ele está sendo bem direcionado para fazer a obra de Deus.

Do quê devemos dar os nossos dízimos: da novidades da tua semente, da coisa nova, daquilo que você semeou e recebeu uma colheita de volta. O trabalho, os lucros, os rendimentos... de tudo que Deus nos deu e que é novo e que foi produzido dos resultados obtidos.

Quando devemos dar os nossos dízimos: cada vez que recolhemos os frutos do campo da nossa vida, cada vez que recebemos, todas as vezes que obtivermos resultados, que formos recompensados e reconhecidos, quando recebermos as bênçãos econômico-financeiras de Deus!

Onde devemos entregar os nossos dízimos: onde habita o Nome de Deus e Ele ali escolher para que façamos isto, perante Deus e em respeito a Deus.  Se estiver longe, vá e faça a entrega do seu dízimo onde Deus designar!


Dê o dinheiro como um empréstimo definido:
- dar o dízimo com a certeza de ser abençoado e plenamente atendido em todas as suas necessidades
- ajudar os que estão à sua volta, na administração religiosa
- entregar tudo o que pedir a sua alma, perante Deus
- não entregar os dízimos bravo, nervoso ou sentindo-se explorado, mas alegrando-se em Deus, pois você entrega somente 10% dos 100% que Deus lhe concedeu!
- não se esqueça dos seus, para que eles também sejam abençoados, explique corretamente a função dos dízimos, tanto para a propagação do Evangelho pelos quatro cantos do mundo, como para a própria prosperidade deles.


“E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; come-o ali perante o SENHOR teu Deus, e alegra-te, tu e a tua casa;” Deuteronômio 14:26

O dizimo é uma graça que Deus nos concede, para que, com certeza, nós possamos:
  1. receber de Deus o provimento de todas as nossas necessidades e vontades
  2. poder abençoar as pessoas que estão a nossa volta também, com a graça de Deus

A entrega do seu dízimo tem que ser feita com consciência, no local onde Deus está!

Esta é a forma de Deus nos abençoar sem fim!


Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

DEUS NÃO É DE MORTOS, MAS SIM DE VIVOS.

Qual é o significado prático desta afirmação espiritual que foi feita pelo Senhor Jesus ao povo dos saduceus, que não criam em Deus?

E, acerca dos mortos que houverem de ressuscitar, não tendes lido no livro de Moisés como Deus lhe falou na sarça, dizendo: Eu sou o Deus de Abraão, e o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito.” Marcos 12:26-27

Conheça agora as diferenças que existem entre os mortos e os vivos espirituais, mas com este contexto colocado em prática nas suas vidas:

MORTOS: DEUS NÃO OS CONHECE
Andam sem Deus
Não são anjos de Deus
Perdedores
Egito (representa, biblicamente, o “mundão”)
Não ressuscitam
Não temem/respeitam a Deus
Negar a Deus

VIVOS: DEUS OS CONHECE
Caminham com Deus
São os anjos de Deus
Vitoriosos
Canaã (representa, biblicamente, a “terra prometida de Deus”)
Ressuscitam
Temem/respeitam a Deus
Aceitar a Deus


Se não crê na ressurreição está morto para Deus. Os saduceus não eram de Deus, não criam naquilo que Deus faz!


E pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque eu sou contigo, diz o SENHOR, para te livrar. ” Jeremias 1:19

Como saber se somos vivos em Deus?
Se Deus é conosco e nos livra, então é um sinal de que somos vivos para Deus. Glórias a Deus por isso!

Deus é vivo para quem crê na ressurreição!
Deus é para os que crêem nEle!
Deus não é para os que não crêem nEle!

Quem não crê em Deus, em Jesus e na ressurreição já está morto para Deus!

Cristo foi claro com aquele povo: Vocês, saduceus, não precisam nem se preocupar com esta questão da ressurreição, porque Deus nem sequer conhece vocês!

Deus só repara e só reconhece os que são dEle, a exemplo de Abraão, Isaque e Jacó! Vocês, saduceus, precisam mesmo é se preocupar em conhecer mais as Sagradas Escrituras e o poder de Deus!


E ouviu Deus o seu gemido, e lembrou-se Deus da sua aliança com Abraão, com Isaque, e com Jacó; E viu Deus os filhos de Israel, e atentou Deus para a sua condição.  ” Êxodo 2:24-25

Deus reparou na dor e no clamor do povo de Deus que estava na escravidão do Egito.


E Moisés disse: Agora me virarei para lá, e verei esta grande visão, porque a sarça não se queima.” Êxodo 3:3

Aqui uma curiosidade, pois a sarça não se consumia! Onde Deus está a terra é santa. Respeite! Fique no seu lugar!


Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó. E Moisés encobriu o seu rosto, porque temeu olhar para Deus.” Êxodo 3:6

- Deus repara e conhece a cada um dos Seus filhos e atende aos seus clamores.

- Deus quer que nós respeitemos a Ele, ou seja, que cumpramos a Sua Palavra e não que nos aproximemos dela só por mera curiosidade!

- Vocês, saduceus, erram porque não conhecem as Escrituras e nem o poder de Deus. Por este motivo estão mortos para Deus, ou seja, não escolheram ser de Deus.

- Vocês estão perdendo muito por não andar com Deus!

Deus é para aqueles que são conhecidos pelo Criador!
Deus conhece aqueles que são dEle!
Deus repara naqueles que são dEle!

Quem não é de Deus, como é o caso dos saduceus, que não criam em Deus, também pode ser de Deus se conhecer a Sua Palavra e o Seu poder!

Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

A TENTAÇÃO É BEM DIFERENTE DO PECADO.

Restaure-se compreendendo que tentados, todos somos, mas pecar é uma ação bem diferente e que gera conseqüências perigosas. Faça sua carne forte em Jesus!


Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.” 1 Coríntios 10:13

Fiel é Deus, que não permite que sejamos tentados além daquilo que podemos suportar. Deus nos dá o escape. Glória a Deus por isso!

O mal nos faz deseja e cobiçar coisas que não são fundamentais para nós.

Exemplos citados na Bíblia:

ð     de cobiça: Eva fez cobiçar um fruto (viu nele um valor que não tinha) e ela deixou-se levar por aquela situação e as conseqüências, todos sabemos, foi a nossa perda de conexão com Deus.

ð     de fome: Esaú, tentado pela fome, por um prato de lentilhas, trocou a benção divina que era concedida a ele por sua primogenitura, foi indiferente ao valor deste fato e perdeu-se.

ð     de riqueza: Aça, tentado em pegar uma capa babilônica, ouro e prata para ficar rico, acabou sendo pego e morto por sua atitude completamente fora daquilo que Deus havia orientado o povo.

ð     de mulheres: Salomão, foi tentado pela sedução de ter mulheres e teve 700 esposas e 300 concubinas, uma  vaidade que lhe causou aflição de espírito. Ele havia sido avisado por Deus para não faze-lo, em especial quando elas fossem de fora do povo de Deus, mas ele não resistiu.

A tentação fica dizendo que nós precisamos ter, ser, usar, daquilo para sermos os melhores frente ao mundo.

É sempre assim, o mal coloca um pensamento, um desejo (se eu tiver X, eu serei uma pessoa mais realizada). Isto é pura tentação e você encara, vai e faz, para “quebrar a cara” e se acabar!

A tentação vem para nos destruir, ela trás decepção e através da aceitação dela, a nossa comunhão com Deus é quebrada.

As ofertas do mal são humanas em nossa mente: comida, poder, riqueza, etc...

Tentação = destruição! Não se deixe levar, pois isso não é solução e isso surge só com um único objetivo: afastar-nos de Deus, pois quando obedecemos à tentação, caímos em pecado e ficamos completamente longe do Criador.


Agora, alguns exemplos bíblicos daqueles que venceram a tentação:

E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar.” Daniel 1:8

Diante dos “gostosos manjares do rei”, Daniel agüentou firme, resistindo àquele banquete, para que o seu coração não se contaminasse e para que ele não perdesse a sua ligação com Deus.


Mas disse-lhe Pedro: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro.” Atos 8:20

Pedro rejeitou o suborno ao qual estava sendo submetido por um mágico, que queria, de toda forma, corrompe-lo, pois assim ele achava que ia receber o Espírito Santo. O don de Deus não se alcança por dinheiro algum, recebemos de graça as bênçãos de Deus.


Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.” Apocalipse 3:10

Guarde a Palavra de Deus na hora da tentação! Resista a ela com a Palavra e diga ao mal que está rondando naquele momento: está escrito... (diga algo bíblico pertinente ao caso) ou a Palavra de Deus diz...; ou: não, eu não vou...(cite a tentação) Deus quer que...

Livre-se das tentações do mundo para jamais comprometer-se com o pecado, que é o selo do mal !


Em Nome de Jesus.


Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

domingo, 27 de novembro de 2011

A VERDADE BROTARÁ

A verdade brotará da terra, e a justiça olhará desde os céus. Também o SENHOR dará o bem, e a nossa terra dará o seu fruto. A justiça irá adiante dele, e ele nos fará andar no caminho aberto pelos seus passos.”  Salmo 85.11-13



Assim como, no passado, os filhos de Israel foram tirados do Egito e levados para uma terra rica de bens naturais, chamada Canaã, também fomos resgatados do império das trevas (Cl 1.13) e conduzidos para o mundo das promessas de Deus, as Boas-Novas de Cristo. Por isso, Canaã simboliza o Evangelho – a terra espiritual onde fomos colocados, a qual é muito melhor do que a física. Devemos ocupá-la, pois, no Evangelho, além de não termos falta de nada, descobrimos a justiça divina.



Pela pregação do Evangelho, a verdade brota por si mesma. Isso significa que não precisamos fazer promessas, sacrifícios nem penitências para conseguirmos a vitória; somente temos de crer no que o Espírito de Deus nos fala pela Sua Palavra, pois, para quem o fizer, o Senhor tem preparado muitas bênçãos.



Ao confiarmos no Senhor, colocamos o poder divino agindo em nosso benefício. De fato, é desde os céus que a justiça de Deus nos vê. Por isso, podemos caminhar tranquilos; afinal, nenhum dardo enviado pelo diabo nos atingirá, e o que ele planeja fazer contra nós cairá por terra. Em Cristo, nós nos tornamos mais do que vencedores ao crermos em Suas palavras, pois o poder do Alto é capaz de operar em nosso favor. Mas, se não cremos, as mãos do Senhor ficam “amarradas”, não conseguindo fazer nada pela nossa vida.



Além de a verdade brotar do Evangelho e a justiça divina nos acompanhar, o Senhor Deus promete-nos o bem. Do que mais precisamos, se temos o bem como dádiva celeste? Por confiarmos no Altíssimo, as bênçãos virão a nós, até mesmo quando não as pedimos; isso acontece pelo simples fato de darmos crédito ao que o Todo-Poderoso nos fala pela Sua Palavra.



A sua terra lhe dará seu fruto. Há muita virtude no Evangelho que você pode desfrutar. Deus tem prometido fazer mais por nós do que jamais pensamos. A própria terra das promessas divinas – a Canaã celestial, o Reino de Deus, para o qual formos transportados – produzirá aquilo de que precisamos para executar o plano divino. Portanto, nunca deixe de cumprir o ensinamento que você aprendeu no Evangelho, pois, assim, será bem-sucedido.



A justiça sempre vai adiante de Deus. Por isso, não haverá portas fechadas para você. Além disso, o inimigo também não conseguirá resistir ao seu avanço em possuir a terra e os bens existentes nela. O Senhor Se alegrará com sua intrepidez e determinação, e, com isso, Satanás não conseguirá impedi-lo de ter êxito em todas as áreas.



Cada pegada do Mestre é uma estrada que Ele abre para você. Portanto, ande no caminho aberto pelos passos do Senhor, o qual deseja fazer grandes obras em sua vida, pois esse é o meio de alcançar o sucesso.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares


quinta-feira, 24 de novembro de 2011

ATITUDES A SEREM BUSCADAS

Fogem os ímpios, sem que ninguém os persiga; mas qualquer justo está confiado como o filho do leão.”  Provérbios 28.1



Não há por que o crente fiel a Deus angustiar-se quando algum ímpio decide atacá-lo. Ora, o Senhor vela pelo Seu povo com poder e está sempre pronto para ouvir os pedidos de Seus filhos. Portanto, se o diabo tem usado uma pessoa para afligir você – apesar de ela ser ou ter sido membro do Corpo de Cristo –, tão somente ore e peça ao Pai que envie o desespero para ela, a qual o persegue. O resultado será além do que pedimos ou pensamos.



A Escritura não afirma que os pecadores fugirão, pois eles sequer têm capacidade de nos amedrontar; afinal, não têm fundamento para se firmar nas batalhas a travar contra nós. Já os ímpios – dentre os quais, muitos faziam parte do povo de Deus e, por isso, conhecem a bendita Palavra –, por algum tempo, conseguem ameaçar-nos e se firmar em suas posições. Mas, se pedirmos que lhes seja dado o desespero, eles fugirão.



Diante dessa declaração, por que temer os que se desviam e insistem em nos fazer mal? A receita divina nos garante sucesso sem que precisemos usar meios escusos para nos proteger. Tais meios não significam que temos de pedir a ajuda de bandidos, mas, sim, que não é necessário fazer o que o homem normal faria, pois a nossa defesa está na Palavra do nosso Deus.



Ai daquele que se levanta contra o filho de Deus, que conhece seus direitos no Senhor e faz uso deles! Não há quem se sustenha diante dos servos do Altíssimo, os quais lutam com as armas que não são carnais, mas poderosíssimas (2 Co 10.4). No entanto, para que sejam usadas, basta o servo fiel crer no que o Pai fala em Sua Palavra. Então, fique atento e, quando houver necessidade, clame o que lhe tem sido revelado.



A obra é feita invisivelmente. O desespero vem ao coração daquele que se desviou da Verdade e, por isso, ele não aguentará mais nos atacar. Até o pensamento que tem a nosso respeito fará com que ele sinta algo tão estranho que sua única alternativa será fugir. O modo como Deus nos conduz à vitória é a mais segura e produtiva. Ademais, usando o meio bíblico, não seremos atingidos nem derrotados por nada.



Quem confia se torna intrépido como o leão. Se o seu coração não tem essa atitude, busque de Deus a confiança que o fará desprezar a ameaça do ímpio, por mais real e perigosa que seja. Não tome atitude diferente dessa para enfrentar aquele que o persegue.



O sinal de que você confia no Altíssimo se dá pela intrepidez, a ausência de medo. É assim que o Senhor quer que todos os Seus filhos vivam. Portanto, examine-se e, se notar que essa confiança não existe em seu coração, busque-a, pois, sem ela, você não agradará a Deus. Ser ousado diante do ímpio, ou do homem maligno, é nosso dever!



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares


NA CASA DE DEUS HÁ MUITAS MORADAS.

Não é por acaso que a humanidade é constituída de inúmeras culturas. Muitos tentam impor as suas idéias e características culturais oriundas de sues paises, como se fossem as únicas que Deus aceita...respeito é bom e a gente gosta, viu!


E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo. ” Mateus 2:1-2

Os que buscam a Deus, O encontram, tem experiências com Deus, conhecem como Ele opera e se submetem às instruções que recebem da própria Palavra.

Os que buscam a Deus se consagram a Ele e dizem à maldade do coração: nós queremos salvação e liberdade, viemos buscar a Deus. Onde está Deus? Sim, nós sabemos que Ele existe porque experimentamos a Ele (tivemos uma experiência com Deus), ou seja, nós O conhecemos, já sabemos como Ele é! Já sabemos, na prática, que Ele existe!

Nós conhecemos a Deus quando ficamos firmes na posição que determinamos e obedecemos às instruções da Palavra!


E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalém com ele.  Mateus 2:3

O rei Herodes representa a maldade do nosso coração. Ouvindo isto, ou seja, entendeu, sentiu-se repreendido. Perturbou-se, ou seja, alterou-se, agitou-se, confundiu-se, embaraçou-se, perdeu a sanidade de espírito. Toda a comunidade perturbou-se junto com o rei, pois a paz altera-se com a maldade do coração.

Ao ser repreendida por nós, a maldade do nosso coração se agita, se intimida, altera-se, sai e toda a Jerusalém ouve isto também e atende à mesma ordem e se perturba igualmente com a maldade do coração, se agita e se move também.

A paz atende à nossa ordem que foi dada à maldade do coração e se agita, se move também. A paz ocupa o lugar que era da maldade de coração.


E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo.   Mateus 2:4

Consagrados = reunidos
Príncipes dos sacerdotes = chefes dos principados que também se consagram
Escribas do povo = os que transcrevem a Lei de Deus (teóricos)

Eles perguntaram aos magos do oriente: Quando a Paz de Jesus vem? Reúnem-se os chefes dos principados do mal e as pessoas teóricas, sem experiências com Deus e perguntam onde Cristo entrou naquela vida.  O mal se move, se reúne, usa as pessoas e os bichos também e começam a buscar por onde é que Cristo entra na sua vida... mas para bloquear de vez esta entrada!


E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia; porque assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém, terra de Judá, De modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá; Porque de ti sairá o Guia Que há de apascentar o meu povo de Israel. Então Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela lhes aparecera.   Mateus 2:5-7

Os que se consagram a Deus, usam a Palavra de Deus para confrontar todo o mal.  Orando e meditando na Palavra, falam a Verdade a todo o mal reunido: nós sabemos onde está Deus, que é na Palavra. Nós sabemos quem é Deus, Deus é paz. Assim diz a Palavra de Deus!

A casa do pão (Palavra) de modo nenhum é menor do que o Pai e o Espírito Santo, pois a Palavra será seu guia que dá paz aos que buscam a Deus!


Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

VENÇA OS SEUS INIMIGOS.

Deus nos concede vitória sobre todos os nossos inimigos. Dê a Ele o seu melhor em atos, atitudes, palavras, pensamentos, louvores, amor. Isto derruba de vez o inimigo que, ainda mais depois que compreendemos a obra em nosso favor que foi realizada em Cristo, fica nos rondando e busca sempre uma brecha para entrar...


E vieram Jeosafá e o seu povo para saquear os seus despojos, e acharam entre eles riquezas e cadáveres em abundância, assim como objetos preciosos; e tomaram para si tanto, que não podiam levar; e três dias saquearam o despojo, porque era muito. “ 2 Crônicas 20:25

Deus concedeu vitória a Josafá sobre os seus inimigos e ainda concedeu, a ele e ao seu povo, riquezas, objetos preciosos e era tanta quantidade que eles demoraram três dias para conseguir levar tudo !

Eles arrasaram, destruíram a presa e levaram as heranças, mas demoraram três dias para levar tudo, mas no quarto dia, louvaram ao Senhor pela vitória obtida!

Aniquilaram o mal, que foi 100% liquidado e, após isso, foram agradecer a Deus pelo ocorrido !

A nossa benção está no Evangelho (boas notícias): Jesus já nos salvou e seu sacrifício e sangue já amarraram todo o mal ! Coloque-se em pé novamente, pois Cristo é o nosso escudo que expulsou todo o mal e que cura os enfermos.

De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor; Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” Filipenses 2:12-13


Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas; Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;” Filipenses 2:14-15

Você pode olhar a Palavra de Deus de dois modos: negativo e positivo.  Olhe-a sempre pelo lado positivo, pois ele faz você crescer em Deus!

Nós temos que operar nossa salvação, espantar o mal, que insiste em nos rondar e não permitir que ele nos leve para o buraco.

O principal para vencermos as investidas do inimigo é o temor a Deus, que significa respeito a Deus, crer na Palavra e saber bem o que você está fazendo. Você não sabe o que está fazendo? Cuidado, pois está sem Deus. Mande o diabo sair agora mesmo, Em Nome de Jesus!

Sinta que vem o Poder de Deus para você: entre na presença de Deus e mande todo e qualquer mal embora! Peça a Deus: Senhor, abra os meus olhos para que eu veja as janelas abertas para mim !

Assuma aquilo que você quer e parta para a ação, Deus efetua! Ele opera o querer e o realizar em nós! Ouça a Deus! Opere a sua salvação e todo o poder de Jesus está ao seu lado, esperando para agir em você! Glórias a Deus por isso !

Não murmure ou reclame mais, não brigue mais com as outras pessoas, em vez disso, resolva o seu problema com Deus! Como? Busque o entendimento de se realizar nEle! Você resplandece no mundo e satanás não tem mais onde nos pegar assim, irrepreensíveis e sinceros, Filhos de Deus inculpáveis !


E o holocausto, que o príncipe oferecer ao SENHOR, será, no dia de sábado, seis cordeiros sem mancha e um carneiro sem mancha.” Ezequiel 46:4

Assim como no passado o povo de Israel oferecia os melhores animais que possuía em sacrifícios a Deus, hoje nós também temos que fazer isto, mas não mais com bichos, mas dando a Ele o nosso melhor em atos, atitudes, palavras, pensamentos, louvores, amor. Isto derruba de vez o inimigo que, ainda mais depois que compreendemos a obra em nosso favor que foi realizada com Cristo, fica nos rondando e busca sempre uma brecha para entrar...


Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

VOCÊ ANDA EM COMUNHÃO COM DEUS?

Se dissermos que temos comunhão com ele e andarmos em trevas, mentimos e não praticamos a verdade.”  1 João 1.6



O que conta diante do Senhor é o modo como andamos e o que se passa em nosso coração. Há pessoas as quais confessam que estão na presença do Altíssimo, mas, apesar de passarem o tempo todo citando a Palavra de Deus, em seu interior, têm caminhado com o inimigo.



É bom verificar o que tem ocupado sua mente, bem como o seu coração, pois, se permitir que maus pensamentos o dominem, você não ficará bem. De fato, o que há em seu interior é o que importa.



Existe um grupo de demônios que trabalha na vida de muitos servos de Deus, convencendo-os de que não há problema em abrigar na mente ou no coração certas práticas proibidas pelo Senhor. No entanto, quem acredita neles perde a comunhão com o Altíssimo e, mais cedo ou mais tarde, torna-se habitação desses espíritos malignos.



Na verdade, quando temos comunhão com o Pai, nossos pensamentos e desejos mais íntimos são sempre puros. Quando, porém, permitimos que coisas imundas ocupem o nosso ser, Ele tem de nos deixar a sós, pois não convive com o pecado.



Ser tentado não significa cair na tentação. No entanto, ao se deixar levar por ela, o homem não só cai, mas também se torna moradia das forças das trevas.



Não basta afirmar que você é de Deus; é necessário provar isso. Não interessa o que você diz, mas, sim, aquilo que o Senhor fala a seu respeito. Se algo errado tem ocupado seu coração, você já caiu em transgressão. Nesse caso, arrependa-se o mais depressa possível e não dê mais guarida a práticas imundas e perigosas. Veja bem, a santidade – a justiça do Reino de Deus – deve ser buscada em primeiro lugar (Mt 6.33).



Verifique, agora, se há imundícias ocupando sua mente. Em que você tem colocado os olhos? Quando você se deita, o que se passa em seu coração? Se forem pensamentos pecaminosos, tome cuidado, pois o Espírito Santo não contenderá para sempre com o homem (Gn 6.3).



Obrigatoriamente, nosso testemunho tem de ser verdadeiro. Entretanto, quando deixamos que o erro ocupe nossa mente ou passamos a levar em consideração determinadas atitudes, as quais nos levam ao pecado, andamos em trevas e, então, o pior acontece, pois começamos a mentir. De fato, ao deixarmos o erro invadir alguma parte de nosso ser, mentimos contra a declaração do Senhor de que somos a nação santa de propriedade particular dEle (1 Pe 2.9). Por isso, não mais praticamos a verdade.



Aqui está o perigo: deixar de praticar a Verdade. O inimigo, sabendo que estamos sem condições de lhe resistir, traz seus males e os lança sobre nós. Então, mesmo conhecendo o que as Escrituras dizem ser nosso direito, ficamos impotentes para não cedermos aos ataques do Inferno, pois, assim, é tirada a coroa de nossa cabeça (Lm 5.16). Que horror, não é mesmo?



Que o irmão sempre tenha comunhão com Deus e pratique a verdade é a minha oração.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares


terça-feira, 22 de novembro de 2011

DEIXE DEUS AGIR NA SUA VIDA.

Você se sente todo enrolado? Não consegue realizar seus projetos e nem ter uma vida de realizações? Tudo onde coloca as suas mãos dá para trás? Está desanimado, desmotivado e se sentindo a última das pessoas? Deixe Deus agir na sua vida!


Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. 2 Timóteo 3:16-17

Ore a Deus, se não consegue ouvi-LO falar de paz ou se percebe que, de vez em quando, some este sentimento: Senhor, perdoa-me, eu preciso de transformação! Eu não quero mais estas loucuras na minha vida, Pai. O meu braço não pode tira-las, mas o Senhor, que peleja por mim, pode. Peço, transforma-me como Te agrada. Em Nome de Jesus.

Ore também para que Jesus não suma. Para crer em Cristo e ter experiências práticas e bastante próximas, a fim de sentir que Jesus ainda está com você. Entregue sua vida a Jesus logo cedo, veja e siga o caminho que Ele já te deixou. Determine e busque o que havia perdido, Deus te dá o crescimento e creia: Eu creio que o Senhor prepara um excelente caminho para minhas conquistas! Meu maior ganho, certamente é viver a Palavra que o Senhor vai me abrindo.


Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.” Mateus 4:8-10

Peça a Deus para quebrar as cadeias que ainda remanesceram na sua vida! Não permita mais que essa amarração toda de projetos continue imperando na sua vida...

Deixe Deus agir na sua vida profissional e econômica.



E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas. Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.” 1 João 5:7

Deus, Jesus e o Espírito Santo são uma única pessoa.

O Pai, Deus criador dos céus e da terra; a Palavra de Deus, o Senhor Jesus, que desde o início está conosco, pois é o vento que se fez carne; o Espírito Santo, purificação através de Jesus na cruz do Calvário que tirou todos os pecados do mundo, são um só!

Permanecem na terra para que a obra seja feita, por este motivo o Espírito, a água e o sangue concordam entre si, num só!  O espírito para que conheçamos a obra de Deus e quando a conhecemos de coração, acontece! A água que representa o nosso arrependimento, através do batismo e o sangue que é a purificação através de Jesus no seu sacrifício na cruz, que nos levou todos os nossos pecados!



Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim; Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado.  João 16:7-11

O consolador, que quer dizer o Espírito Santo, se manifesta para nos convencer do juízo, do pecado e da justiça. O juízo, pois o inimigo, que era príncipe deste mundo até antes da vida de Jesus, agora já está julgado e foi abominado e subjugado, pois o pecado nos afastava de Deus. O pecado, não crer em Jesus, quando longe de Jesus não liga e vive de qualquer jeito.  A justiça: Jesus foi de volta para Deus-Pai e não O vemos mais até a Sua triunfante volta, que o Criador definirá quando vai ocorrer.

Para a obra acontecer três coisas precisam concordar: o Espírito, a Água e o Sangue, pois o Espírito Santo nos convence do pecado; a Água nos faz ter certeza de que Jesus habitou entre nós e agir de acordo com a Palavra, que é nossa direção e o Sangue, pois na cruz Jesus nos incluiu na sua morte e ressurreição para vivermos novamente com Deus, mandando toda a amarração do inimigo embora de vez!


Como está escrito nos profetas: Eis que eu envio o meu anjo ante a tua face, o qual preparará o teu caminho diante de ti. Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas. Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados. Marcos 1:2-4

Arrependimento representa o sepultamente, para nascermos para uma vida completamente nova, plena da presença de Deus.


Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus.”  Efésios 2:4-7

Obra do sangue de Jesus em nossas vidas: nos purificar, para nos mostrar todos os nossos pecados! Dos quais temos que nos arrepender e abandonar de vez!


Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

JUSTOS E MALFEITORES

Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos, atentos às suas orações; mas o rosto do Senhor é contra os que fazem males.”  1 Pedro 3.12



Os justos sempre se destacam por serem zelosos. Eles nunca são capazes de fazer o mal, ainda que seja àqueles que os fazem padecer por amor à justiça. Para eles, sofrer por amor a Cristo e à Sua obra sempre será um prazer do qual não abrem mão. Se você treme ao pensar no que faria se vivesse em uma terra onde há perseguição aos que servem a Deus, provavelmente, não se classifica como justo.



Quem teme o que lhe pode acontecer por servir a Deus ainda não é completo na fé. Ora, o justo não tem noção de medo. Para ele, o que interessa é obedecer a Cristo, sem se importar com o preço a pagar por isso. Já os que não são completos na fé ficam turbados com o pensamento do que lhes poderia suceder por causa da fé que dizem ter no Senhor. A verdade é que o Pai cuida daqueles que são dEle verdadeiramente.



Perde muito o cristão que responde com agressividade ao ser ofendido. A verdade é que não importa o que falem de nós, pois já fomos alertados de que isso ocorreria (2 Tm 3.12). O Senhor Jesus nos advertiu de que, se falaram mal dEle e O perseguiram, quanto mais a nós, Seus servos (Jo 15.20). Contudo, ser caluniado, injuriado e difamado por amor a Cristo é prerrogativa de todos os que têm um grande galardão à sua espera.



O filho de Deus jamais deve pagar o mal com o mal; antes, precisa bendizer os que são usados pelo inimigo para afrontá-lo. Fomos chamados para pregar em todas as situações, inclusive em momentos difíceis e perigosos. Existem pessoas que só se converterão quando a medida da maldade que existe nelas esgotar-se. Quem for usado para ganhá-las, certamente, receberá uma enorme recompensa.



O nosso alvo deve ser alcançar a bênção. Se agüentarmos o que o Senhor permitir que venha contra nós, sem dúvida, seremos recompensados. Todavia, se fugirmos diante da ameaça de perseguição, seremos comparados a mercenários, que, por não serem pastores, fogem diante do lobo. Há várias maneiras de glorificar o Senhor com a nossa morte. Se Ele escolheu alguma da qual não gostaríamos, devemos aceitá-la com alegria.



Os servos de Deus devem apartar-se do mal; com isso, eles não se submeterão aos reclames do maligno. Quem permite que o diabo o use fica nas mãos dele. Por outro lado, os filhos do Altíssimo devem procurar fazer o bem, o que significa levar a boa Palavra do Senhor aos perdidos, ajudando-os com fé e oração.



Buscar a paz é de muito lucro para quem é de Deus. Para consegui-la, eles deve consagrar-se com jejum e oração, se for necessário. Depois que encontrar a direção divina, precisa segui-la, o que agradará de modo pleno a Deus. Não nos podemos esquecer de que a alegria do Senhor é a nossa força (Ne 8.10b).



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares