Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

O PEDIDO DE SALOMÃO A DEUS.

Como agiríamos se tivéssemos o próprio Criador nos perguntando agora: 'Pede o que queres que eu te dê.'


"Dá-me pois agora sabedoria e conhecimento" 2 Crônicas 1.10a

Deus havia prometido o reino de Jerusalém a Salomão, e assim ocorreu, sucedendo a Davi, seu pai.

Salomão sabia que estava dentro do caminho de Deus para ele, se esforçou no seu reino, Deus era com ele e Deus o engrandeceu sobremaneira. (2 Crônicas 1.1)

O filho de Davi não tinha dúvidas dos sonhos de Deus a respeito dele. Sabia o que Deus esperava dele e esforçou-se em sua meta divina: ser rei.

A obediência às expectativas de Deus a nosso respeito tem como resultado a atração da presença divina para nós e como resultado somos exaltados e engrandecidos por Ele nestas atribuições.

Quando obedecemos Deus vem para ficar conosco e nos levantar e foi o que Salomão fez. Não ficou com medo do irmão, rival ameaçador ao trono, e nem assumiu o seu posto de qualquer jeito: Salomão se esforçou para reinar para Deus e também reconheceu que era Deus quem o firmara como soberano do povo de Israel.

Como conseqüência à sua obediência, esforço dentro do ministério que Deus lhe dera e fidelidade ao Pai, ele atraiu ao próprio Deus, que lhe apareceu perguntando-lhe o que queria que Ele lhe desse.

Como agiríamos se tivéssemos o próprio Criador nos perguntando agora: "Pede o que queres que eu te dê."

O que haveria de fato no nosso coração? riquezas? bens? honra? a morte dos que nos odeiam? muitos dias de vida?

Não foi o que Deus encontrou ao sondar o coração de Salomão. Ele encontrou um pedido sincero de capacidades para levar a bom termo o seu reinado, ou seja, pediu dentro daquilo que Deus já havia prometido a ele através de Davi.

"Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento, para que possa sair e entrar perante este povo; pois quem poderia julgar a este tão grande povo?"

O pedido de Salomão a Deus estava de acordo com aquilo que Deus lhe comissionara a fazer e, assim, foi atendido. "E deu Deus a Salomão sabedoria, e muitíssimo entendimento, e largueza de coração, como a areia que {está} na praia do mar." 1 Reis 4.29

Mas Deus sempre nos dá muito mais do que pedimos ou pensamos e com Salomão ocorreu o mesmo: Deus além de fazê-lo o homem mais sábio de todos os tempos, também o fez riquíssimo materialmente, com paz e habitava seguro!

Quando estamos empenhados em concretizar os sonhos de Deus para cada um de nós, Ele mesmo vê o nosso esforço, vem para estar ao nosso lado e nos exaltar, se há sinceridade de propósito no nosso coração.

É dentro deste cenário espiritual que Deus vem a nós e fala amorosamente: "Pede o que queres que eu te dê." porque Ele sabe que nosso pedido será exclusivamente para cumprirmos com êxito o que Ele nos comissiona a fazer e não para outras finalidades.

Minha oração é que você não tenha mais dúvidas dos sonhos que Deus tem a seu respeito. Que você saiba o que Deus espera de você e que se esforce de todo o seu coração em sua meta divina.

Em Nome de Jesus.

 zzarrini


Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, autora dos livros "Como conhecer Deus na prática - Tudo o que você queria saber sobre a caminhada com Deus" Volume 1, Volume 2 e Volume 3.

Copyright 2009 © – by Mônica Gouvêa Sgarbi Gazzarrini


Mônica Ga

Nenhum comentário: