Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

O APÓSTOLO PEDRO E O ORGULHO ESPIRITUAL.

O que acontece quando ultrapassamos a

 Palavra de Deus?


Os olhos altivos a aborrecem a Deus (Provérbios 6:17) e criam uma lacuna entre você e a graça do Pai.

Ter esta atitude espiritual significa soberba, orgulho, vaidade, achar-se uma pessoa que é mais de Deus do que as demais, sentir-se muito especial, achar-se uma verdadeira estrela do Senhor!

A altivez faz com que o cristão acabe perdendo o juízo, pois se sente tão usado por Deus, afinal de contas ele ora e Deus responde, que acaba achando que é um privilegiado na fé.

Mal sabe o orgulhoso espiritual que está a um passo do abismo: o Senhor não faz diferenças entre nós (Deuteronômio 10:17; Atos 10:34 e Colossenses 3:25).

Pregadores ungidos de Deus caíram na condenação de satanás acreditando-se especiais, e que por essa razão Deus lhes concederia prerrogativas especiais em detrimentos dos outros "pobres mortais". Pensavam "modéstia a parte, eu sou muito usado por Deus" e tiveram trágica derrocada.

A altivez espiritual não é exclusiva dos ministros de Deus, muitos crentes acreditam ser mais santos, mais usados e mais especiais do que os demais e saem por aí "soltando rojões" por isso.

Outros não percebem a estratégia do demônio em querer envergonhá-los e acreditam que o Senhor fala com eles de modo especial, por sonhos, visões, etc.

No passado o Senhor falou pelos profetas e hoje primordialmente Ele alcança a nossa vida através da Palavra contida nas Escrituras Sagradas.

Veja: Deus pode falar conosco esporadicamente por sonhos ou visões, mas tudo o que Ele diz deve se confirmar na Bíblia. Caso contrário, não aceite, pois satanás pode se fazer passar até por um anjo de luz e tentar enganar você!

Se o lema "eu faço, eu vou, eu resolvo" entrou em cena, você já perdeu porque foi sem Deus!
Quando Deus te usa para abençoar alguém, lhe prospera no ministério ou responde às suas orações é conveniente ter calma, parar e ter cautela: foi Deus quem fez a obra e não você! O Pai é o dono da bênção e você é apenas o emissário usado por Ele.

O seu caso não é diferente do de ninguém, você não é uma exceção.

Saiba que os olhos altivos acabam em pecado, transgressão, sujeira e desonra ao Nome do Senhor e os Seu Reino!

Todo aquele que quer ser mais santo do que os outros peca, acaba ultrapassando a palavra: saia do fanatismo!

Um triste exemplo das conseqüências do orgulho espiritual está na atitude de Pedro logo após este ter confessado a Jesus como o Cristo de Deus (Mateus 16:16).

O apóstolo recebeu de Deus a revelação de que Jesus é o Filho de Deus (Mateus 16:18). Um entendimento tão poderoso que seria a base para edificação da igreja do Senhor.

Logo em seguida o Senhor Jesus revela o plano de Deus para si, a missão pela qual Ele havia sido enviado a nós. ("Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia." Mateus 16:20)

Ciente do que ocorreria, Pedro achou-se tão especial que passou a repreender o próprio Senhor Jesus! Ele foi usado por satanás devido à porta de entrada aberta pela sua altivez espiritual.

("E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso. Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens." Mateus 16:22 e 23)

A soberba espiritual abre a porta para o diabo nos destruir.

Pare de forçar a santidade, seja normal, fale de futebol, de comida, de política, tempo, mercado de trabalho, ginástica, etc, seja natural, fale de outros assuntos também!

Logicamente deve ficar atento para fugir de assuntos pecaminosos.

O crente é extremamente preocupado em não pecar, mas pode não estar abrindo os olhos e rumando para o outro extremo, o fanatismo. Pensa com ele "Deus me usa do jeito que eu sou!"

Deus foi transparente com Josué "nem para a direita e nem para a esquerda", ou seja, nem para o pecad

O fanático é alienado a cerca do que ocorre ao seu redor, não convive com todos harmoniosamente e não consegue ser amigo de ninguém. Perdeu a alegria, não é ajudador, virou um bicho enjaulado do qual ninguém quer se aproximar. Ele afasta as pessoas e perde até a sua própria família. Será que é isto que Jesus requer daqueles que levam o Seu Santo Nome?

Se você já conhece Jesus tem algo muito especial para dar às pessoas, com atos de amor e com sabedoria, não com fanatismo!

A raiz do fanatismo e da queda é o orgulho espiritual. O crente vira um verdadeiro extraterrestre, acredita que só ele é um ser especial.

A palavra é clara: a soberba precede a ruína, o espírito altivo está a um passo de cair. ("A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda" Provérbios 16:18)

Olhar os outros "de cima" não é um bom sinal, se estiver sentindo-se melhor e mais santo do que os demais é bom dar um passo atrás agora mesmo, pedir misericórdia a Jesus para não cair no abismo!

Antes de qualquer prerrogativa você é um ser humano, seja normal, ligado com Deus, animado, alegre, doce, amigável, inclua-se no mundo em que vive, pratique esportes, fale bons assuntos (tudo o que é útil, necessário, verdadeiro, agradável, que seja proveitoso para si e para os demais) e tenha sincero interesse pela vida.

Vivendo em equilíbrio espiritual honramos ao Reino de Deus onde quer que estejamos.


Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini.

Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, autora dos livros "Como conhecer Deus na prática - Tudo o que você queria saber sobre a caminhada com Deus" Volume 1 e Volume 2


Copyright 2008 © – by Mônica Gouvêa Sgarbi Gazzarrini.


Nenhum comentário: