Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

sábado, 30 de abril de 2011

SUA OBEDIÊNCIA A DEUS ABENÇOA VOCÊ E AS PESSOAS AO SEU REDOR.

A nossa obediência abençoa a nós e aos nossos. Já a desobediência pode bloquear gravemente a ação do Senhor.


"E creu ele (Abraão) no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça." Gênesis 15:6



Abraão creu, confiou totalmente em Deus e declarou sua confiança e pronta obediência.



Aliás algo que salta aos olhos na leitura das Escrituras é o fato de que Abraão nunca tardava em fazer o que Deus lhe ordenava. Estava sempre com o "eis-me aqui" nos lábios e a pronta atitude em atendê-lO.



Mesmo quando Deus lhe pediu seu único filho em sacrifício, as palavras do patriarca eram sempre de confiança plena em Deus.



"Disse ele (Abraão) a seus servos: fiquem aqui com o jumento enquanto eu e o rapaz vamos até lá. Depois de adorarmos, voltaremos." Gênesis 22:5 (NVI)



Convicção na bondade divina, mesmo sendo colocado à prova, Abraão teve fé e ela lhe foi imputada como justiça.



"Isaque perguntou: As brasas e a lenha estão aqui, mas onde está o cordeiro para o holocausto? Respondeu Abraão: Deus mesmo há de prover o cordeiro para o holocausto, meu filho." Gênesis 22:7b e 8 (NVI)



Por não ter negado seu único filho, Isaque, e ter prontamente obedecido a Deus, Abraão foi abençoado e teve a sua descendência infinitamente multiplicada pelo Eterno.



Esta passagem bíblica além de prefigurar o sacrifício vicário, nos leva a refletir sobre a nossa própria atitude de confiança no Pai e as suas consequências diretas sobre nós e sobre as pessoas ao nosso redor.



Parecia loucura entregar sua maior preciosidade em sacrifício, mas ele colocou a Deus acima de tudo, até do imenso amor que nutria pelo próprio filho.



"Não toque no rapaz", disse o Anjo. "Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho." Gênesis 22:12 (NVI)



E conforme as declarações da sua confiança, acima descritas, assim ocorreu: Deus proveu o carneiro para o sacrifício e Abraão e Isaque adoraram a Deus e voltaram.



A bênção recebida da parte de Deus era extensiva a toda a descendência de Abraão (Gênesis 22:15 a 18). Sua desobediência poderia ter impedido que ela chegasse a nós (Gálatas 3:6 a 8).



A nossa obediência abençoa a nós e aos nossos. Já a desobediência pode bloquear gravemente a ação do Senhor.



Não relute mais em abrir mão do que lhe parece mais querido, este apego está impedindo a operação de Deus porque Ele não está sendo o primeiro em sua vida.



Se Deus não for o mais precioso da sua vida, você estará automaticamente colocando outras prioridades em Seu lugar e impedindo-O de abençoar a você mesmo e aos seus. Estará na porta bloqueando a passagem dos que querem adentrar ao Reino dos Céus. Não entra e não permite que os demais ingressem por causa da sua desobediência.



Não é por acaso que o Evangelho entrou na sua família por seu intermédio. É para que você estenda as bênçãos sobre todos os que estão ao seu redor.



Abraão não colocou obstáculos à obra de Deus que estava sendo realizada através dele a seus descendentes.



Mesmo quando o pedido do Criador foi seu bem maior ele continuou expressando sua sincera fé em Deus e obteve muito mais do que a vida do filho: garantiu bênçãos eternas e a herança de filhos a todos nós que cremos em Jesus! Aleluia!



Oro a Deus (por mim e por você) como fez o apóstolo Paulo em Efésios 1:18 e 19:

Que os olhos do nosso coração sejam iluminados para:

1) Conhecer o propósito do nosso chamado

2) Conhecer a riqueza da nossa herança em Cristo

3) Conhecer a grandeza do poder de Deus que atua para com todos os que nEle crêem.



Sua obediência e confiança em Deus trazem resultados duradouros que se estendem infinitamente: é uma bênção e também uma grande responsabilidade. Não tarde em obedecer.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gouvêa Sgarbi Gazzarrini

"Jesus Cristo é o Senhor"

SAIA AO ENCONTRO DE DEUS

Apresentemo-nos ante a sua face com louvores e celebremo-lo com salmos.”  Salmo 95.2



Jesus nos orientou a buscarmos primeiro o Reino de Deus e a Sua justiça (Lc 13.31). Então, antes de enfrentarmos o inimigo, devemos procurar a orientação segura na Palavra do Senhor, pois, se Lhe pedirmos, Ele nos ensinará a maneira certa de encararmos o problema. Às vezes, teremos de buscar o perdão de alguma coisa errada que tenhamos feito, da qual nem nos damos conta de que seja um pecado e, por isso, ficamos impedidos de chegarmos até o Pai. No entanto, todo aquele que se predispuser a buscar a vontade do Altíssimo irá encontrá-la.

Tendo recebido a orientação divina, não temos de esperar para agir. Porém, antes de orarmos, precisamos sair ao encontro do Senhor, pois Ele é quem irá conosco. Agora, tudo isso se faz pela fé. Quando encontramos a orientação de como devemos proceder, nosso coração se alegra e, assim, estamos prontos para encontrar Aquele que lutará por nós.

Não se apresente diante do Todo-Poderoso com incertezas, pois, sem estar certo de que conseguirá aquilo que deseja, você não estará em plenas condições para o combate. Ora, ninguém agradará ao Senhor se não estiver agindo por fé. Contudo, se o seu coração se tornou convicto de que obterá o que pede, saia ao encontro de Deus com alegria, louvores e salmos, e festeje a vitória que você conseguirá.

O louvor faz muito mais bem a quem o dá do que ao Senhor, pois ele prepara nosso coração para a operação divina. Ao louvar, a pessoa consegue ligar-se ao Pai celeste e, com isso, ela se torna uma só com Ele. É evidente que o louvor não é produto de lábios humanos, mas, sim, uma unção concedida a nós. Começamos com o que já temos aprendido a respeito de Deus e, logo a seguir, somos inspirados a enaltecê-lO de um modo que o homem natural não conseguiria.

O que conta é o louvor no qual se recebe dos Céus a capacidade para louvar o Senhor com salmos e hinos que falam da grandeza do Altíssimo e do Seu poder. O rei Davi disse que o seu louvor viria do próprio Deus na grande congregação (Sl 22.25). Quando estamos em Espírito, debaixo de inspiração, nosso coração se abre para que o próprio Senhor nos encha com uma unção tal que O louvamos como é devido.

Louvar o Senhor significa colocar em palavras a nossa convicção de que Ele não somente é poderoso para nos ajudar, como também está pronto e decidido a operar em nosso favor. O louvor surge quando estamos convictos de que Deus nos concederá a vitória.


Quem louva mostra que não confia em seus próprios méritos nem possui capacidade alguma – ainda que as tenha aparentemente –, mas, sim, no infinito amor do Senhor. O louvor é um agradecimento pelo que Ele tem feito e fará por nós.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

terça-feira, 19 de abril de 2011

O QUE OS GREGOS DESCOBRIRAM

E a mão do Senhor era com eles; e grande número creu e se converteu ao Senhor.” Atos 11.21




A perseguição que se seguiu à morte de Estêvão fez muita gente de Deus se dispersar, mas nem todos o fizeram por covardia. Há quem diga que o Senhor fez com que eles não ficassem em Jerusalém “bordando as vestes dos santos”. Muitas coisas são permitidas que ocorram conosco, para que não fazermos sempre a nossa vontade. Na verdade, tudo o que o Altíssimo permite que nos suceda tem em si uma mensagem. Quem vive na presença divina descobre por que Ele assim o trata.

Alguns foram para longe de Jerusalém, chegando até a Fenícia, atual Líbano; outros, para Chipre e Antioquia, bem mais distante. No entanto, o triste é que eles não falaram a ninguém a respeito de Jesus, a não ser a judeus. Provavelmente, ainda não tinham entendido que os gentios também deveriam ouvir a mensagem. Quem sabe, teriam obtido mais sucesso se tivessem ido aos não israelitas? Será que perguntaram ao Senhor se deveriam ou não levar a Palavra para os não descendentes de Abraão?

Dentre eles, havia alguns varões de Chipre e Cirene, os quais foram mais sábios, pois tão logo chegaram a Antioquia, anunciaram aos gregos a fé em Jesus (At 11.20). Os que fizeram isso descobriram algo tremendo: a mão do Senhor era com eles. Isso significa que o poder de Deus operou maravilhas no meio deles. Hoje, a mesma coisa acontecerá com todo aquele que acreditar, de fato, na Palavra que Deus o manda anunciar. O verdadeiro servo verá que, por seu intermédio, Ela trará o poder milagroso do Senhor para curar enfermos, expulsar demônios e operar prodígios. O que falta é tão somente crer no que está escrito e pregar a Verdade aos perdidos.

A Igreja que estava em Jerusalém passava por maus momentos. De repente, chegaram até os irmãos essas boas notícias. A fama dessa façanha moveu o coração dos apóstolos, que logo enviaram Barnabé a Antioquia. Ao chegar lá, Barnabé se alegrou. Quando qualquer filho de Deus arregaça as mangas e se põe a trabalhar, ele descobre que perdeu muito tempo. Ah! Se o nosso povo passasse a cumprir o mandamento do Senhor! Se todos abrissem a boca e anunciassem que, em Jesus, existe solução para os problemas da humanidade, ouviríamos relatos de maravilhas.

A estada de Barnabé em Antioquia foi muito útil. Sendo homem de bem, cheio do Espírito Santo, ele exortou os que naquela cidade haviam ficado interessados no Evangelho a se firmarem em Cristo de todo coração.

Essa deve ser a nossa preocupação também. As pessoas tocadas pelo Senhor precisam ser incentivadas a não saírem da proteção da mão divina, pois Aquele que começou a boa obra nelas haverá de terminá-la. Ninguém tem o coração aberto para o Evangelho por acaso. Na verdade, Deus tem um propósito para aquela vida e, se ela continuar firme na graça divina, que a alcançou com a Verdade, ela será muito abençoada.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

domingo, 17 de abril de 2011

ADENTRE À TERRA DE PROMESSAS DE DEUS PARA VOCÊ.

Receba ao entrar na terra de Deus tudo aquilo que Ele já projetou em lhe conceder desde a época dos seus pais!


E o SENHOR te dará abundância de bens no fruto do teu ventre, e no fruto dos teus animais, e no fruto do teu solo, sobre a terra que o SENHOR jurou a teus pais te dar. O SENHOR te abrirá o seu bom tesouro, o céu, para dar chuva à tua terra no seu tempo, e para abençoar toda a obra das tuas mãos; e emprestarás a muitas nações, porém tu não tomarás emprestado. E o SENHOR te porá por cabeça, e não por cauda; e só estarás em cima, e não debaixo, se obedeceres aos mandamentos do SENHOR teu Deus, que hoje te ordeno, para os guardar e cumprir. E não te desviarás de todas as palavras que hoje te ordeno, nem para a direita nem para a esquerda, andando após outros deuses, para os servires.” Deuteronômio 28:11-14


Por vezes pensamos: porque é que Deus não me atende? Minha vida está parada, nada de bom acontece. Pura cegueira espiritual!

Ele nos chamou para nos abençoar, muito mais do que pedimos ou pensamos, Deus tem para nos dar, mas ficamos encravados nas nossas limitações mentais e também ficamos limitados aos nossos braços curtos, por mais produtivos que imaginemos ser e, na prática, estamos, sim, priorizando o que nós mesmos achamos bom, mas não estamos ouvindo aquilo tudo que Deus já nos reservou !

Você está se sentido parado ou vazio? Está constatando no seu dia-a-dia que nada de novo lhe acontece? Simples: você não está entrando na terra de promessas que o Senhor já lhe preparou!

A partir de hoje, ore a Deus e peça: Senhor, eu quero entrar na sua terra de promessas e usufruir de tudo aquilo que o Senhor já me preparou, pois sei que não estou no Evangelho por acaso e também que não obtive o entendimento do sacrifício do seu Filho Jesus por acaso e tampouco sou ungida pelo poder do Espírito Santo à toa.

Determine-se a descartar, de uma vez por todas, os seus planos e viva os projetos que Deus tem para você, pois Ele vê muito mais longe que nós e capacita a cada um para que seja um excelente executor dos Seus Planos!

Está doente? Trancado em casa por este motivo? Nenhum dos seus aceitou a Jesus ainda, apesar de todo o tempo que você já está seguindo o caminho de Deus? Continua com os bolsos vazios e com os cobradores batendo à sua porta diariamente? Tudo isto que está lhe acontecendo é um reflexo de dois fatos: não aplicação daquilo que Deus nos diz na Palavra e desobediência em seguir as promessas que Deus já preparou para sua vida!

Tome coragem hoje: ore e peça a Deus para obter o entendimento a fim de eliminar todos estes males da sua vida. Peça para abrir as Sagradas Escrituras, tomar posse da solução que Deus já nos preparou e permanecer firme nela.

Peça também para colocar os seus pés firmemente nas promessas que o Senhor já lhe reservou, pois você não quer mais ficar marcando passo no mesmo ligar, não é?


Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte.” João 8:51

Muitos ouvem aquilo que o Senhor lhes diz e até por um tempo colocam aquilo em ação, mas poucos são os que insistem em permanecer na Palavra de Deus! O segredo para adentrar a terra de Deus é ouvir, praticar e permanecer na Palavra.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini



“Jesus Cristo é o Senhor”

sábado, 16 de abril de 2011

DEUS JULGARÁ O MUNDO COM JUSTIÇA.

Não se iluda mais: não há pessoas especiais, Deus é justo em tudo e Ele fez justiça a todos nós, a humanidade toda, entregando Seu Filho Jesus. A justiça de Deus nos libertou de todo o mal!


“...grande é o Senhor...todos os deuses dos povos são cousas vãs; mas o Senhor fez os céus...o Senhor reina...julgará o mundo com justiça e os povos com sua verdade. “ Salmo 46 (partes v.4,5,10 e 13)

O mais importante é entender e aceitar a justiça de Deus através de Jesus! Ele nos salvou e um dia nos julgará!

Deus julgará os povos com a sua verdade. O que quer dizer esta frase? Simples: verdade é a Palavra de Deus, que nos ensina tudo. Se você está fora da verdade, você está fora da presença de Deus. Praticar a verdade é agradar a Deus e para conhecer a verdade é imprescindível ler e ouvir a Palavra de Deus. A verdade nos liberta do mal porque nos mostra todos os atos de justiça de Deus para conosco.

A lei de Deus é a verdade, seremos julgados no juízo através da verdade! Por isso é importante: conhecer e praticar a verdade! Entender o ato de justiça de Deus através de Jesus, a nossa redenção e livramento eterno de todo o mal.


Ai dos filhos rebeldes, diz o Senhor, que tomam conselho, mas não de mim; descem ao Egito, sem perguntarem à minha boca, para se fortificarem com a força de faraó, e para confiarem na sombra do Egito. a força de faraó se vos tornará em vergonha e a confiança na sombra do Egito em confusão. os embaixadores dos judeus se envergonharão de um povo que nada lhe servirá (será enganado) nem de ajuda, nem de proveito, antes de vergonha, e de opróbrio (decepção). Terra de aflição e angustia. Um povo que de nada lhes aproveitará. No estarem quietos estará a sua força. Povo rebelde é este, filhos mentirosos, filhos que não querem ouvir a lei do Senhor. Em vos converterdes, e em repousardes, estará a vossa salvação, no sossego e na confiança estaria a vossa força, mas não quisestes. O Senhor esperará, para ter misericórdia de vós, porque o Senhor é um Deus de equidade (retidão, igualdade): bem-aventurados todos os que nele esperam.“  Isaías capítulos 30 e 31 (partes) 

O Senhor está desejoso de nos perdoar. É por isso que Ele se ergue para nos poupar. Deus é justo, felizes daqueles que nEle esperam!

Ao ouvir a voz das nossas súplicas, Deus nos fará misericórdia, assim que ouvir as nossas vozes dirigidas a Ele, Deus nos atenderá e perdoará, desta forma: aquele que te instruiu não se esconderá mais; verás com os teus próprios olhos aquele que te ensina; ouvirás com teus ouvidos estas palavras que ecoam atrás de ti. É aqui o caminho, anda por ele, sem se desviar nem para a direita, nem para a esquerda.

Não desça ao Egito para buscar socorro, nem se sinta fortalecido em cavalos e tampouco deposite a sua confiança em carros... continue atentando para o Senhor e busque-o de todo o seu ser !

Os povos do mundo são homens e não Deus e os seus cavalos são carne e não Espírito, volte imediatamente a Deus de quem estás tão profundamente separado!

Resumo: você está sendo rebelde? Nem sequer consulta a Deus quanto aos seus projetos?Você não está buscando a sua direção nas áreas da sua vida? Volte para Deus correndo !!! De outra forma vai se dar mal por não querer ouvi-lo e também por querer tomar todas as suas decisões sozinho.

Espere em Deus, pois aí está a sua força!  Deus quer te perdoar, abra a sua boca e Ele, misericordiosamente, te perdoará e te atenderá ! Na prática, você verá quem te instrui, Deus não se esconderá mais de você, que ouvirá o caminho que terá de seguir , sem se desviar mais. Aproveite para pedir perdão ao Criador por confiar em homens e na carne e não em Deus e no Seu Santo Espírito.


Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

sexta-feira, 15 de abril de 2011

TUDO VEM DO SENHOR DEUS

Porém não vos tem dado o SENHOR um coração para entender, nem olhos para ver, nem ouvidos para ouvir, até ao dia de hoje.” Deuteronômio 29.4




O que temos recebido de Deus não é tudo o que poderíamos obter. Aos israelitas – os quais foram agraciados com muitas revelações e viram a mão bendita do Senhor operar livramentos maravilhosos – não foi concedida a capacidade de entender, ver e ouvir até o dia de hoje, como disse Moisés. A Igreja de Cristo tem uma posição bem superior à Igreja do Antigo Testamento, pois ela possui o Santo Espírito de Deus, o qual veio nos ensinar tudo o que foi escrito e nos dizer o que tiver sido falado nos Céus.

As pessoas que tentam igualar-se aos servos do Altíssimo que viveram antes da vinda de Jesus colocam-se sob o mesmo tratamento. Aqueles que faziam parte da Antiga Aliança não tinham a remoção dos pecados, não entendiam plenamente as Escrituras e, por isso, viviam aquém da nossa posição em Cristo, nosso Senhor. Falar disso não é fazer mero uso de palavras, mas, sim, dizer a verdade. Infinitamente, somos mais bem-aventurados do que os irmãos do Antigo Concerto, pois a Nova Aliança foi estabelecida em superiores promessas (Hb 8.6).

O fato importante a notar é que Deus não havia dado a eles um coração para entender isso, mas Ele colocou essa dádiva à nossa disposição. Portanto, não há coisa alguma que poderíamos necessitar para viver a plenitude da Sua vontade que não nos tenha sido concedida. Hoje, se algum irmão em Cristo não compreende o que a Palavra declara, precisa orar pedindo a ajuda do Senhor, pois, provavelmente, há uma força maligna que o impede de entender. Nenhum cristão deve aceitar ser uma exceção, pois isso não existe.

Deus não deu olhos aos israelitas para ver a grandeza de Sua obra. O próprio Jesus falou a esse respeito, mas, desde quando Ele começou a anunciar o Evangelho, os olhos dos que presenciavam a operação divina eram abertos. Não aceite ficar sem entender o que o Senhor tem feito no meio da humanidade. Grandes coisas Ele tem preparado para dar a todo aquele que faz a Sua vontade. A pessoa que não consegue vislumbrar o que o Todo-Poderoso deseja realizar por ela e por intermédio dela, sem dúvida, precisa de libertação.

Aqueles que não conseguem escutar a suave voz divina não conseguem a fé necessária para fazer a obra do Pai. A fórmula bíblica para se receber fé é pelo ouvir (Rm 10.17). Como, então, alguém irá recebê-la se não tiver a capacidade de discerni-la. Em meus anos de ministério, tenho visto muita gente oprimida pelo espírito da surdez espiritual, o qual age igual aos demônios causadores da surdez física. Do mesmo modo como expulsamos estes, devemos expulsar aqueles que fecham o entendimento.

Hoje, nos dias do Novo Testamento, nenhum impedimento deve existir em quem é de Deus, por isso não deixe o inimigo impedi-lo de ser uma bênção. Compreenda o que o Altíssimo tem para você, para vê-lO operando em sua vida e escutar o que Ele está falando, pois, só assim, será bem-sucedido.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

NÃO DÊ MAIS NENHUM PASSO SEM DEUS.

Consagre-se a Deus: ore e se entregue ao Senhor em comunhão plena com Ele.


Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua.“ Lucas 22:42

Que seja feita a vontade de Deus e não mais a minha, pois ela é bem melhor do que eu posso fazer por mim mesmo.

Aprender a ter uma vida de oração, resultados:
Vence a si mesmo
Não se engana mais
E ainda se supera !

Teve que vencer a si mesmo em oração:
Nos negócios
Nos relacionamentos
No casamento, etc...

Orai, para que não entreis em tentação e não faça a minha vontade, mas a Sua. Porque estais dormindo? Levantai-vos, e orai, para que não entreis em tentação. (Lucas 22:40, Lucas 24:42b e Lucas 22:46)

Quem ora, se levanta! (Lucas 22:45a)

Dormiram os discípulos de tristeza, apesar de Cristo ter-lhes dito para não o fazerem, mas eles deprimiram-se !!!

A oração costumeira é bem diferente daquela em que você se consagra, pois no primeiro caso não busca a Deus com intensidade, mas no segundo caso busca a Deus e tem prazer e dedicação intensa em falar com Ele !

No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.” Efésios 6:10-13


Consagrar-se é receber em si a força e o poder de Deus, para ter sabedoria em cada uma das situações que surgirem na sua vida.

Prove isto na prática e você vai constatar pessoalmente o que digo e vai perceber, na prática, que este hábito é bem diferente de interceder pelas outras pessoas.

Não há nada melhor do que se fortalecer em Deus.



Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini


“Jesus Cristo é o Senhor”

O SENHOR VAI COM VOCÊ

Pois o SENHOR, vosso Deus, é o que vai convosco, a pelejar contra os vossos inimigos, para salvar-vos.” Deuteronômio 20.4

    Os israelitas – apesar de constituírem o povo escolhido do Senhor – não receberam a promessa de que somente viveriam em paz e jamais enfrentariam guerras. Nós, cristãos, também fomos avisados por Jesus de que, no mundo, teríamos aflições (Jo 16.33). Sem dúvida, atrás de qualquer animosidade ou sofrimento está a mão do diabo, por isso temos de entrar na batalha e vencê-la, pois, do contrário, seremos vencidos por Satanás, o qual não vem contra nós para fazer somente graça.

    Deus sabe de todas as coisas e tudo vê. De fato, não há nada encoberto aos Seus olhos. Quando dá permissão ao inimigo para nos atacar, o próprio Senhor está pronto para batalhar em nosso favor. Na realidade, Ele permite que lutas venham à nossa vida a fim de que nos fortaleçamos e, assim, cada vez mais provemos o Seu amor.

    O Altíssimo Se identificou como o Deus do Seu povo e lhe prometeu que estaria com ele na batalha. Com isso, os israelitas podiam estar certos de que não seriam derrotados; então, não deveriam temer, mesmo que a luta lhes parecesse desfavorável. Meu irmão, o mesmo deve ocorrer com você: independentemente do que o inimigo esteja usando para derrotá-lo – seja uma tentação ou uma doença incurável –, confie no Todo-Poderoso, pois a mão dEle sempre estará sobre a sua vida, protegendo-o a fim de que não seja atingido.

           Sempre que Israel confiava no Senhor e marchava firme para enfrentar o desafiador adversário, tinha o Altíssimo como Seu Deus. Houve vezes em que o Onipotente realizou obras espantosas para ajudar os que confiavam nEle – como, por exemplo, quando lançou pedras do céu com uma pontaria certeira que destruiu os inimigos do Seu povo (Js 10.11), ou quando atendeu à determinação de Josué para que o sol se detivesse e não se apressasse a se pôr (v. 12-14). Ainda hoje, Deus age de modo especial para todos os que depositam sua confiança em Sua Palavra.

    Deus não ficaria apenas assistindo à luta dos filhos de Israel; tampouco faria o mesmo hoje! Ele marchava firme para pelejar contra os opositores do Seu povo. Portanto, nós, membros do Corpo de Cristo, não temos de temer nada que o inferno lance contra a nossa vida. Os que foram vítimas de enfermidades incuráveis devem levantar-se agora na fé e partir para o combate em Nome de Jesus. Desse modo, o próprio Senhor lutará por eles.

    O Todo-Poderoso guerreia pelos Seus para salvá-los. Sendo assim, você não deve temer nenhuma luta que surja em seu caminho. Partindo para o combate, o Senhor irá com você para derrotar seus adversários. Ele é invencível, varão de guerra e, melhor do que ninguém, sabe exatamente o que fazer para dar aos Seus filhos a vitória. Não tenha nenhum receio nem se apavore, ainda que o maligno tenha vindo com forças superiores às suas. Não desista, pois você vencerá; afinal, quem está lutando pela sua vida é Todo-Poderoso, o seu Deus!

    Em Cristo, com amor,

    R. R. Soares

quarta-feira, 13 de abril de 2011

COMO LEVANTAR-SE FIRME COM DEUS?

Ao ler as Sagradas Escrituras o que nós aprendemos com os relatos sobre como andar com Deus, sobre como manter-nos guiados por Ele e como permanecermos firmes nas suas instruções.



Tinha Uzias dezesseis anos quando começou a reinar, e cinqüenta e cinco anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Jecolia, de Jerusalém. E fez o que era reto aos olhos do SENHOR; conforme a tudo o que fizera Amazias seu pai.“ 2 Crônicas 26:3-4



Ao lermos as passagens bíblicas que falam sobre o rei Uzias e sobre seu filho Jotão (2 Crônicas 26:1 a 27:9) podemos concluir alguns pontos que refletem as atitudes deles perante Deus.



O rei Uzias era filho do rei Amazias, que não agradava a Deus. Ele, em sua trajetória, agradava a Deus, mas depois caiu.



Nesta passagem bíblica citada, vemos os seguintes fatos que ocorreram na jornada do rei Uzias:

- edificou e restituiu,

- teve um longo reinado em paz (ele reinou por 55 anos)

- o reinado longo se deveu a ele ter feito o que era reto aos olhos de Deus

- Uzias deu-se a buscar a Deus e nos dias em que O buscou, Deus o fez prosperar

- Uzias saiu, guerreou contra o mal, quebrou os muros inimigos, ele edificou-se e Deus o ajudou contra todo o mal

- Uzias se fortificou altamente

- Uzias edificou torres (via do alto, ou seja, tinha a visão de Deus em tudo) e as fortificou !

- Uzias tinha de tudo (torres até no deserto, poços, gado, empregados, etc.) e era amigo da agricultura (plantio e colheitas)

- Tinha gente capacitada que guerreava por ele

- os anjos de Deus, muitos, muitos, muitos, que guerreavam e ajudavam a Uzias contra os inimigos

- Uzias preparava seu exército para o combate: escudos, lanças, capacetes, couraças, arcos, fundas, instrumentos de proteção: escudos, capacetes, couraças; instrumentos de ataque: lanças, arcos, fundas.

- máquinas de defesa: atirar flechas e grandes pedras.

- Uzias ficou muito famoso e Deus o ajudou maravilhosamente até que se tornou forte.



Vemos a evolução muito significativa do rei Uzias, que colocou todo o seu empenho e a sua força em Deus, mas ele acabou desagradando a Deus:



- Uzias já estava fortificado porque Deus o ajudou, mas exaltou-se o seu coração: ficou convencido, achou que ele é quem tinha feito tudo aquilo sozinhos, sem a ajuda de Deus e se corrompeu: se estragou e transgrediu contra Deus: teve a ousadia de desobedecer a Deus, fazendo o que não era da alçada dele, fazendo as funções cabíveis apenas aos sacerdotes !



Uzias, em vez de arrepender-se e aceitar que estava desobedecendo a Deus, ao contrário, ele se indignou contra os sacerdotes, se revoltou, se irou, se zangou e colerizou contra aqueles homens que haviam sido designados pelo próprio Deus para as funções de sacerdotes, assim como ele mesmo, havia sido designado para rei.



Uzias recebeu a resposta de Deus pela sua desobediência: Deus o feriu de lepra e ele foi lançado fora e foi excluído da presença de Deus!



Uzias começou bem, mas acabou mal porque se esqueceu de Deus e saiu fora da presença dEle!



Uzias começo bem: agradando a Deus, fazendo tudo o que era reto aos olhos de Deus, edificando-se e lutando contra todo o mal, restituindo-se de Deus, buscava ainda mais ao Criador, com isto Deus o preparou, grandemente o fortificou e concedeu-lhe tudo do bom e do melhor. Uzias continuava combatendo firme, vigiando se protegendo e atacando a todo o mal que se levantava, criou uma fama muito grande até que resolveu esquecer-se de Deus , pois ficou convencido, achou que ele é que havia feito tudo aquilo sozinho, se esqueceu que Deus sempre o ajudara, começou a desobedecer a Deus, não se arrependeu dos seus erros, em vez disso ainda se zangou, se irou, se revoltou contra Deus e Deus o feriu e ele foi lançado fora pelo povo, foi excluído da presença de Deus e ele acabou por morrer leproso.



A chave para Uzias voltar a Deus era: arrependimento e humilhar-se perante Deus, mas Uzias não fez isso e acabou morrendo fora da presença de Deus que o ajudara o reinado todo!



Jotão era o filho de Uzias e tornou-se rei no seu lugar. A passagem bíblica que fala sobre este rei está em 2 Crônicas 27:1-9.



Jotão fez o que era reto aos olhos de Deus, do mesmo jeito que seu pai, Uzias, o fizera e não cometeu os erros do seu pai, ou seja, ele não entrou no templo de Deus e não quis dar uma de sacerdote, ao contrário, Jotão continuou obedecendo a Deus.



Jotão edificou porta alta na casa de Deus para evitar que o povo seguisse o mau exemplo de Uzias, seu pai. Edificou muros bem altos e também edificou cidades, castelos nos bosques e torres. Guerreou contra o mal (representado pelos amonitas) e prevaleceu sobre o mal e o mal se sujeito a ele!



Jotão se fortificou, porque dirigiu os seus caminhos na presença de Deus, teve sucessos, venceu guerras, seus caminhos foram abençoados por Deus. (2 Reis 15:32-38)



Jotão não errou e não permitiu que o povo errasse. Ele prosperou e teve sucesso e não caiu porque dirigiu todos os seus caminhos na presença de Deus. Ele buscava a Deus, vigiava, combatia o mal, edificando-se e não fez o que não lhe era atribuído pelo próprio Deus, como fizera erroneamente seu pai Uzias.



Conclusões que estas passagens bíblicas nos concedem ao refletirmos a respeito dos reinos de Uzias e de seu filho Jotão:



- andar com Deus = sucesso, vitória, poder.

- como andar com Deus? Fazendo o que O agrada, buscar a Deus, vigiar, guerrear contra o mal que se levanta, não permitir que outras pessoas caiam no mal, arrepender-se e humilhar-se perante Deus quando errar e se exceder e não se revoltar contra Deus.

- manter-se firme com Deus: não deixar que nada abale a sua confiança e a sua fidelidade a Deus.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com




“Jesus Cristo é o Senhor”

Quando a dor de ser obeso é maior do que o prazer de comer

Patricia decidiu se livrar da obesidade e já perdeu, sem cirurgia, 50 quilos em um ano
Chris Bertelli, iG São Paulo
Patricia exibe foto de quando estava com obesidade mórbida

Na contramão dos mais de 150 mil brasileiros que optaram pela cirurgia de estômago ou daqueles que lotam os consultórios médicos em busca de uma fórmula para emagrecer, Patricia Faccio Marques, 37 anos, decidiu encarar a luta contra a obesidade não com o bisturi, mas com duas armas há tempos recomendadas pelos médicos: reeducação alimentar e exercícios.
Foi desta forma, e com muita força de vontade, que a professora de química de sorriso fácil e voz suave conseguiu perder 50 quilos em um ano. Para chegar à meta ainda faltam mais 30 quilos.
No auge da obesidade, há dois anos, a balança alcançou os 147 quilos e seu Índice de Massa Corporal (IMC) era 41. A cirurgia bariátrica é recomendada para obesos com IMC de 40. Mas não foram os números que a assustaram.
“Eu estava no banheiro de um shopping, e vi uma criança me olhando. Eu sorri e ela me perguntou: ‘Tia, por que você é assim?’ O que você responde para uma criança nessa hora?”, relembra.
A pergunta ecoou com mais força ao ver-se em uma foto, durante uma viagem à Paranapiacaba. “Eu vi o meu tamanho. Não cabia mais nos lugares, ficava apertada na poltrona do cinema. Deixei de ir a parques de diversão porque não cabia em nenhum brinquedo, não passava a catraca do ônibus. Quando ia sair, pensava ‘será que vou caber na cadeira?’”, relata.
Vestir-se também passou a ser um problema. Usando número 62 de calça, nem nas lojas especializadas para tamanhos grandes ela encontrava roupas que lhe servissem. Qualquer peça nova tinha de ser feita sob medida. “A obesidade começou a me incomodar pela primeira vez na vida”, relata.

Patricia nunca foi uma criança magra. Fez seu primeiro regime aos 5 anos, quando chegou a tomar remédios. Foi engordando mais em cada fase da vida, mas sente que perdeu o controle com a separação dos pais, aos 11 anos. Na época, além da nova situação, teve de assumir os cuidados com a casa e com os irmãos e a falta de tempo para cuidar de si resultou em quilos a mais. Durante toda a vida, tentou dietas da moda, remédios, fórmulas manipuladas, academia de ginástica, caminhadas no parque. O resultado foi o famoso efeito sanfona (engorda-emagrece).
As formas arredondadas, porém, nunca a incomodaram. “Sempre fui gordinha, sempre fui feliz, tive namorado, casei. Eu ia à praia e usava biquíni porque aquela era eu, não estava preocupada se as pessoas achavam bonito ou não”, afirma.
No entanto, a foto e a criança trouxeram à tona o descontentamento com a figura que naquele momento estava refletida no espelho. “Passei a não gostar do que via, não me sentia confortável nas minhas roupas. Foi então que decidi mudar.”
A virada
Aos 35 anos, Patricia foi demitida da empresa onde trabalhava há 10 anos. O que era para ser um revés virou uma oportunidade para finalmente olhar para si. Apoiada pelo marido, decidiu parar de trabalhar para colocar em prática o que sempre não passou de um projeto: emagrecer. O momento coincidiu com o emagrecimento de uma amiga, que passou a “fórmula”: alimentação regrada, atividade física intensa e muita dedicação. Nada de remédios ou dietas milagrosas.

Empolgada com o exemplo e cheia de força de vontade, matriculou-se em uma academia próxima de casa. Com a ajuda de uma professora de educação física e uma nutricionista montou uma rotina de treino de seis horas diárias de exercícios e um cardápio de 1600 calorias.
Pela manhã, dividia as quatro horas de ginástica entre alongamento, musculação, hidroginástica e caminhada na esteira. À noite, acompanhada pelo marido, passava mais duas horas entre a piscina e a esteira.
No cardápio, arroz, feijão, salada, carnes, pães, quase nada foi cortado. O que mudou foi a quantidade. Até doce de leite entra na dieta. “Eu posso comer doces, mas me preocupo com quanto. Se fosse a comida que engordasse, não ia ter gente magra no mundo. Eu fui aprendendo a ter bom senso na hora de comer. Minha porção semanal, por exemplo, é de seis brigadeiros pequenos, ou duas colheres de doce de leite, que eu adoro”, conta. Além disso, ela prefere consumi-los aos finais de semana ou depois do almoço, por exemplo.
Na geladeira, alimentos saudáveis como legumes, frutas e verduras ganharam mais espaço. A pimenta e o gengibre, que ajudam o metabolismo, foram inclusos no dia a dia. A única coisa banida foi a fritura.
“Não faz sentido colocar gordura para dentro se o objetivo é colocá-la para fora”, reflete. O óleo não é usado nem para refogar o arroz ou o feijão.
Quando sai com os amigos, resiste às porções de batata-frita e outras frituras e procura no cardápio o que parece menos calórico. Ao viajar, leva na mala o liquidificador, gengibre e salada. “Como nem todo mundo tem o hábito de comer salada, eu sempre levo. E meu suco com gengibre não pode faltar, então eu me garanto”, ri.
O desânimo não teve tempo nem espaço nessa nova rotina, já que tanto sacrifício é, desde o início, rapidamente recompensado. A cada semana, Patricia perde em torno de um quilo, somando uma média de 4 quilos ou até 6 quilos por mês. As roupas, que antes não cabiam, passaram a ficar folgadas e ela já consegue encontrar algumas peças em lojas no shopping. Andar de ônibus não é mais um problema e a cadeira do cinema passou a acomodá-la sem grandes preocupações.
Metade do caminho
Hoje, 50 quilos mais magra e 10 manequins a menos, a química voltou ao mercado de trabalho, e se esforça para manter na agenda pelo menos quatro horas de exercícios diárias. O objetivo é alcançar os 70kg, menos da metade do seu peso inicial, até o fim deste ano. “Mas não sei se é o ideal porque nunca fui magra, não sei como vou ficar”, diz. O caminho até agora foi árduo, não só pela rotina puxada. A batalha mais complexa ela ainda está travando: precisa aprender a controlar a compulsão alimentar.
“Assim como um drogado busca a droga, ou um alcoólatra busca a bebida, o obeso busca a comida. Sou igual a um drogado. Eu passei por perdas grandes nos últimos meses e muitas vezes busquei a comida como solução para aquela tristeza. A comida é uma droga, se usar muito posso ter uma ‘overdose’, que se reflete no meu corpo”, relata. Para ela, a sociedade encara o gordo como um “folgado e preguiçoso” e não consegue enxergar que obesidade é uma doença.
“As pessoas entendem quando alguém tira licença do trabalho para cuidar de uma dor nas costas, ou qualquer outro problema de saúde. Eu tinha IMC de obesidade mórbida, que poderia me levar à morte. Mas ninguém compreendeu quando eu parei de trabalhar para cuidar da alimentação e fazer exercícios. E nenhum médico pensou em me dar um atestado para que eu pudesse passar um tempo me tratando”, reflete.
Ao ser perguntada de onde tira tanta determinação para resistir firme às tentações, ela fala com tristeza. “Quando a dor de ser obesa é maior do que o prazer de comer, você emagrece.”

O DESTINO DOS SOBERBOS

O homem, pois, que se houver soberbamente, não dando ouvidos ao sacerdote, que está ali para servir ao SENHOR, teu Deus, nem ao juiz, o tal homem morrerá; e tirarás o mal de Israel, para que todo o povo o ouça, e tema, e nunca mais se ensoberbeça.”  Deuteronômio 17.12,13



A soberba é uma ação do diabo na vida do homem, e esse sentimento o Senhor não suportará. No tempo da Lei, o Altíssimo havia estabelecido os sacerdotes a fim de Lhe servirem, os quais ouviriam o recado divino e o interpretariam para o povo. Além deles, Deus também havia levantado juízes para que julgassem o povo. Assim, tanto os sacerdotes quanto os juízes receberiam a direção dos Céus e a transmitiriam às pessoas; porém quem, por soberba, não desse crédito ao que lhe fosse ensinado deveria morrer.

Tudo o que foi escrito no Antigo Testamento tipifica o que acontece em nossos dias. Mas, infelizmente, conhecemos pessoas que, por pura soberba, ainda se recusam a dar ouvidos ao que o Senhor lhes diz. Elas não têm noção do mal que fazem a si mesmas, pois o inimigo, sabendo que não atenderam à voz divina, parte com toda a fúria na direção delas. Não é pequeno o número dos que têm sofrido os ataques do maligno pelo fato de não darem atenção ao que lhes é dito pelo Todo-Poderoso. Quem, porém, age dessa forma, além de se prejudicar, faz com que seu exemplo leve outras pessoas a também desprezarem a advertência dos Céus. Por isso, nos tempos bíblicos, elas deveriam ser mortas, a fim de que o mal fosse erradicado no meio do povo de Deus. Hoje, muitas pessoas também estão caminhando para perder a vida. Ora, o Senhor, por amor aos que irão imitá-las, não poderá deixá-las impunes; afinal, Ele não quer que Seus amados sigam o mau exemplo daqueles que não ouvem a Sua voz. Portanto, cuide para que isso não ocorra com você!

Levar alguém a perder o temor do Senhor é muito sério, pois quem tomar tal atitude, se não se acertar com o Altíssimo, irá para a perdição eterna. Aquele que causa escândalos que levem os pequeninos a se desviarem deve corrigir sua conduta, pois a sentença divina poderá vir sobre a vida dele, e, desse modo, nenhuma oração irá segurá-lo vivo. Há muitos que partiram cedo justamente por terem dado lugar à soberba, em vez de obedecerem ao que o Espírito de Deus falou por intermédio dos Seus servos.

Deus deseja que Seu povo viva respeitando as Suas direções. Para isso, Ele não hesitará em cortar a árvore que dá mau fruto; já a que der bom fruto Ele limpará para que frutifique ainda mais (Mt 7.17-20). Os que servirem ao Senhor de coração serão recompensados, pois o seu bom exemplo levará muitas vidas ao Caminho do Pai.

Vale observar que o demônio o qual levava uma pessoa à soberba faria dela a sua serva e, por isso, ela deveria morrer. Por essa razão, aqueles que, hoje, têm esse tipo de procedimento devem urgentemente pedir o perdão ao Todo-Poderoso e buscar a sua libertação completa, pois Deus não permitirá que essa pessoa desvie outras. O Senhor tem o perdão e a libertação para que os soberbos sejam libertos e continuem a viver.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

terça-feira, 12 de abril de 2011

A NOSSA SANTIFICAÇÃO

E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.”  João 17.19



Sabemos que a santificação é da máxima importância para a nossa vida, pois, sem ela, nunca veremos o nosso Deus (Hb 12.14). Porém, mesmo tendo conhecimento do que ela representa para a nossa felicidade eterna, tentamos, às vezes, pagar algum preço para consegui-la. Ora, aqueles que vivem tentados pelo maligno, com pensamentos sujos e desejos errados, não devem lutar com os próprios meios para conseguir santificar-se; afinal, como Jesus orou, a santificação vem pela verdade! É lógico que devemos ter uma vida de oração e jejum, mas, ainda que sejamos os mais dedicados, somente o conhecimento da Verdade nos santificará.

O Senhor já Se santificou em nosso lugar. O que Ele fez por nós garante-nos uma vida de sucesso em todos os sentidos. Então, para alcançarmos essa graça divina, não precisamos acrescentar nada do que o homem cria a fim de nos santificarmos. Na realidade, para usufruirmos do perdão divino, ou de qualquer outra bênção, basta crermos no que as Escrituras declaram. O maior pecador dentre os homens se santificará se somente crer.

Os que não conseguem deixar os maus pensamentos e os desejos lascivos – e, por isso, vivem sempre caindo no erro –, se quiserem ser libertos dessas práticas, devem urgentemente olhar para que não sejam desclassificados e prestar atenção à Palavra de Deus, pois é dessa maneira que Ele irá santificá-los.

Se você teve a infelicidade de cair em transgressão, não se desespere, achando que a sua salvação foi perdida. Confesse os seus pecados, peça com fé o perdão deles enquanto toma a decisão de não mais praticá-los, e veja a vida mudar por completo. Fique atento, pois o inimigo é quem lhe traz a tentação e, depois, tenta fazer você crer que cometeu um erro do qual não será perdoado.

Davi, o homem segundo o coração de Deus, praticou adultério e, além disso, foi mandante de homicídio (2 Sm 11.2ss), mas pagou um preço caríssimo. Ele não deveria ter feito nada disso, porém, quando caiu em si e confessou o seu erro, o Senhor lhe perdoou. Meu irmão, não importa a transgressão que tenha cometido; se você se colocá-la diante do Altíssimo e confessá-la, o perdão lhe será dado. No entanto, para todo aquele que pensar em brincar com o erro vai esta advertência: o pecado intencional é mais difícil de ser perdoado. Portanto, é melhor – muito melhor – ser santo e esquivar-se do mal!

Tudo o que está contido na Bíblia foi escrito para o nosso ensino. Não deixe que seu coração se corrompa e, assim, você caia no erro. Quem acha que, depois, basta confessar e será perdoado pode se dar muito mal. É verdade que o Pai perdoa, mas não brinque com fogo, porque poderá se queimar. Sirva ao Todo-Poderoso com inteireza de coração, pois, assim, além da paz, você terá a garantia de que será guardado do maligno.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

segunda-feira, 11 de abril de 2011

QUEM FOI LÚCIFER ?

QUEM O CRIOU?

Lúcifer : Fui criado pelo próprio Deus, bem antes da existência do homem. [Ezequiel 28:15]



COMO VOCÊ ERA QUANDO FOI CRIADO?

Lúcifer : Vim à existência já na forma adulta e, como Adão, não tive infância. Eu era um símbolo de perfeição, cheio de sabedoria e formosura e minhas vestes foram preparadas com pedras preciosas. [Ezequiel 28:12,13]



ONDE VOCÊ MORAVA?

Lúcifer : No Jardim do Éden eu caminhava no brilho das pedras preciosas do monte Santo de Deus. [Ezequiel 28:13]



QUAL ERA SUA FUNÇÃO NO REINO DE DEUS?

Lúcifer : Como querubim da guarda, ungido e estabelecido por Deus, minha função era guardar a Glória de Deus e conduzir os louvores dos anjos. Um terço deles estava sob o meu comando. [Ezequiel 28:14; Apocalipse 12:4]



ALGUMA COISA FALTAVA A VOCÊ?

Lúcifer : (reflexivo, diminuiu o tom de voz) Não, nada. [Ezequiel 28:13]



O QUE ACONTECEU QUE O AFASTOU DA FUNÇÃO DE MAIOR HONRA QUE UM SER VIVO PODERIA TER?

Lúcifer : Isso não aconteceu de repente. Um dia eu me vi nas pedras (como espelho) e percebi que sobrepujava os outros anjos (talvez não a Miguel ou Gabriel) em beleza, força e inteligência. Comecei então a pensar como seria ser adorado como deus e passei a desejar isto no meu coração. Do desejo passei para o planejamento, estudando como firmar o meu trono acima das estrelas de Deus e ser semelhante a Ele. Num determinado dia tentei realizar meu desejo, mas acabei expulso do Santo Monte de Deus. [Isaías 14:13,14; Ezequiel 28: 15-17]



O QUE DETONOU FINALMENTE A SUA REBELIÃO?

Lúcifer : Quando percebi que Deus estava para criar alguém semelhante a Ele e, por conseqüência, superior a mim, não consegui aceitar o fato. Manifestei então os verdadeiros propósitos do meu coração. [Isaías 14:12-14]



O QUE ACONTECEU COM OS ANJOS QUE ESTAVAM SOB O SEU COMANDO?

Lúcifer : Eles me seguiram e também foram expulsos. Formamos juntos o império das trevas. [Apocalipse 12:3,4]



COMO VOCÊ ENCARA O HOMEM?

Lúcifer : (com raiva) Tenho ódio da raça humana e faço tudo para destruí-la, pois eu a invejo. Eu é que deveria ser semelhante a Deus. [1Pedro 5:8]



QUAIS SÃO SUAS ESTRATÉGIAS PARA DESTRUIR O HOMEM?

Lúcifer : Meu objetivo maior é afastá-los de Deus. Eu os estimulo a praticar o mal e confundo suas idéias com um mar de filosofias, pensamentos e religiões cheias de mentiras, misturadas com algumas verdades. Envio meus mensageiros travestidos, para confundir aqueles que querem buscar a Deus. Torno a mentira parecida com a verdade, induzindo o homem ao engano e a ficar longe de Deus, achando que está perto. E tem mais. Faço com que a mensagem de Jesus pareça uma tolice anacrônica, tento estimular o orgulho, a soberba, o egoísmo, a inimizade e o ódio dos homens. Trabalho arduamente com o meu séquito para enfraquecer as igrejas, lançando divisões, desânimo, críticas aos líderes, adultério, mágoas, friezas espirituais, avareza e falta de compromisso (ri às escaras). Tento destruir a vida dos pastores, principalmente com o sexo, ingratidão, falta de tempo para Deus e orgulho. [1Pedro 5:8; Tiago 4:7; Gálatas 5:19-21; 1 corintios 3:3; 2 Pedro 2:1; 2 Timóteo 3:1-8; Apocalipse 12:9]



E SOBRE O FUTURO?

Lúcifer : (com o semblante de ódio) Eu sei que não posso vencer a Deus e me resta pouco tempo para ir ao lago de fogo, minha prisão eterna. Eu e meus anjos trabalharemos com afinco para levarmos o maior número possível de pessoas conosco. [Ezequiel 28:19; Judas 1:6; Apocalipse 20:10,15]



MEDITE NESSA MENSAGEM. VEJAM QUE FOI ELABORADA COM BASE NOS VERSÍCULOS BÍBLICOS, POR ISSO É UMA ILUSTRAÇÃO DA MAIS PURA VERDADE.






"PORTANTO, COMO DIZ O ESPÍRITO SANTO, SE OUVIRDES HOJE A SUA VOZ, NÃO ENDUREÇAIS OS VOSSOS CORAÇÕES, COMO NA PROVOCAÇÃO, NO DIA DA TENTAÇÃO NO DESERTO". HEBREUS 3:7,8



"Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a Sua Vida pelos seus amigos".   João 15:13


Que Deus possa os abençoar, que cada um venha meditar nesta mensagem.


Deus o ama muito.................... Pense nisso!!!



Mensagem enviada por: Luciana Levita
e-mail: lua-nic@hotmail.com

sábado, 9 de abril de 2011

EMAGRECIMENTO: COMBATE ESPIRITUAL AO VÍCIO DA COMIDA.

Como contornar estes problemas:excesso de comida, compulsão alimentar, ansiedade, medo de passar fome, culpa, etc..?




Porque as obras da carne são manifestas, as quais são... glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que comentem tais coisas não herdarão o reino de Deus.“ Gálatas 5:19-21 (partes)



O que é a glutonaria? É a gula, caracterizada pelo excesso de comida e bebida, gulodice, grande amor às boas iguarias, que tem o vício da gula, comilão, viciado em excesso de comida.



Não estejas entre os beberrões de vinho, nem entre os comilões de carne. Porque o beberrão e o comilão cairão em pobreza; e a sonolência faz trazer os vestidos rotos.” Provérbios 23:20-12



A Palavra de Deus diz que quem tem vício em comer fuça sujeito às seguintes conseqüências:

1) não herda o reino de Deus, porque ama mais a comida do que a Deus, ficamos fora da lei de Deus: amar primeiramente a Deus sobre todas as coisas;

2) empobrece, pois fica mole, preguiçoso !



Nosso corpo é o templo do Espírito Santo.



Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei e eu serie o seu Deus e eles serão o meu povo.” 2 Coríntios 6:16b



Deus habita em mim, habita em você, Deus habita em todos nós!





Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento, reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.” Provérbios 3:5-6



Deus me guia em todos os pormenores da minha vida! Para permitir que isto aconteça, basta que eu deixe!



E tudo quanto pedirdes em meu nome (em Nome de Jesus) eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.” João 14:13



Podemos pedir tudo para Jesus e Ele realizará, para a glória de Deus!



Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.” Salmo 32:8

Porque este Deus é o nosso Deus para sempre; ele será nosso guia até a morte.” Salmo 48:14

Guiar-me-ás com o teu conselho, e depois me receberás em glória.” Salmo 73:24



Somos orientados por Deus, portanto, não podemos tomar decisões erradas, mas como contornar estes problemas alimentares, então? Lançar sobre Deus todas as nossas ansiedades alimentares, pois Deus é força inabalável.





Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres porque eu sou teu Deus: eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.” Isaías 41:10



Deus é conosco, Ele nos ajudará a emagrecer! O Espírito Santo nos guia.



“...Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade...” João 16:13 b



Viemos para vencer em Cristo Jesus.



“...desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde...” 3 João 1:2a



Deus é e sempre foi o mesmo e Ele quer que cada um de nós vá bem em tudo e que nós tenhamos saúde!



Guardai pois as palavras deste concerto, e cumpri-as para que prosperes em tudo quanto fizerdes.” Deuteronômio 29:9



Deus quer que prosperemos em tudo, que sejamos bem sucedidos nos nossos intentos, inclusive no nosso emagrecimento!




Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com






“Jesus Cristo é o Senhor”

sexta-feira, 8 de abril de 2011

O CHAMADO DA SABEDORIA.

Muitos confundem esta passagem abaixo como se fosse um chamado de Deus, mas sabemos que Deus ama a todos nós e que não existe uma hora determinada para busca-Lo a fim de encontra-Lo.




Eu amo aos que me amam, e os que cedo me buscarem, me acharão.” Provérbios 8 : 17


Muitos confundem esta passagem como se fosse um chamado do próprio Deus, mas Deus ama a todos, não somente aos que O amam e sabemos que O podemos buscar em qualquer fase da nossa vida, não somente quando crianças e nem somente bem cedinho, só de madrugada...


Já a sabedoria e o discernimento das coisas é que nos chama, para que tenhamos bom senso, prudência e experiência.



A sabedoria sempre tem coisas muito importantes a nos dizer e ela nos diz somente o que é certo, livrando-nos do engano e dos erros.



Verdade e justiça são as bases da sabedoria, que nos concede instrução e conhecimento, que são jóias divinas.



Deus criou a sabedoria como o princípio do Seu Santo caminho e ela nasceu com o Criador antes mesmo da formação da terra.



A promessa do Senhor é conceder felicidade para todos aqueles que têm o cuidado de guardar a sabedoria (PV 8:32), priorizando as suas instruções, não a desprezando, pois a sabedoria odeia o orgulho e a arrogância.



Todos aqueles que encontram a sabedoria vigiam diariamente e encontram também a vida e recebem o favor do Senhor, não se afastando dEle e não se agredindo, pois todos aqueles que odeiam a sabedoria, amam a morte!



Segundo Tiago 1:5 a sabedoria capacita a pessoa a enfrentar as provações. A sabedoria não é apenas a informação adquirida, mas o entendimento prático com implicações espirituais. Se você sente que não tem sabedoria suficiente ainda, peça-a a Deus que a concede livremente e de boa vontade a quem a pede.


Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com




“Jesus Cristo é o Senhor”

TENDO O SENHOR COMO AJUDADOR

Eis que Deus é o meu ajudador; o SENHOR está com aqueles que sustêm a minha alma.”  Salmo 54.4



Que confiança o salmista tinha no Senhor! Todo aquele que, verdadeiramente, crê no Senhor pode ter a mesma fé, pois Ele não faz acepção de pessoas (Rm 2.11). Podemos considerar todo aquele que entende a mensagem do Evangelho como um escolhido, e, se lhe for ensinado a respeito dos seus direitos em Cristo, teremos um vencedor. O amor de Deus derramado em nosso coração é o mesmo derramado sobre quem entrega sua vida a Ele. Para tal indivíduo, a porta dos Céus nunca estará fechada, pois foi aberta por Jesus.

Os filhos de Deus precisam ler mais a Bíblia e dar ouvidos ao que está sendo pregado, pois, nesses momentos, o Altíssimo fala com Seu povo e distribui os Seus dons. Quem não presta atenção ao que o Pai está falando jamais obtém uma fé inabalável. As pessoas que não conseguem crescer no entendimento ficam tateando na obra de Deus, pois não conseguem o poder necessário para vencer. Com isso, o diabo as perturba como quer, e elas não conseguem livrar-se dele.

O salmista revela um fato interessante: muitas pessoas estavam sustentando a alma dele. Todo aquele que é maduro na caminhada com Cristo deveria fazer isso sempre em favor daqueles que são fracos. Assim como na vida natural um recém-nascido precisa de cuidados especiais, também na espiritual sucede o mesmo. O novo convertido pode ser alguém de sucesso no âmbito empresarial, juiz de Direito, médico ou professor universitário de renome e reputado como inteligente, mas, no Reino de Deus, ele precisa ser tratado com um “bebê” em Cristo, porque ainda não tem maturidade espiritual suficiente.

Bom seria que os maduros na fé fossem sustentadores daqueles que estão desviando-se, e não acusadores. Nenhum pai jogaria na lata do lixo o seu neném que caiu e se sujou. Por que costumamos fazer isso com os recém-nascidos no Senhor, que cometem pecado? A Igreja não deve desprezar as suas tenras ovelhinhas, pois, um dia, elas também crescerão e darão alegrias ao Reino de Deus. Se há uma festa por um pecador que se arrepende, quanto mais por um cristão que ajuda o outro a voltar para o Caminho (Lc 15.7)!

Em oração, temos grande poder e capacidade espiritual. Se usarmos essas prerrogativas com fé, veremos muitas pessoas serem poupadas de quedas. Sem dúvida, a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos (Tg 5.16). O outro lado dessa declaração também é verdadeiro: o cristão que condena algum irmão pode estar lançando-o ao inferno.

Deus deseja estar com Seu povo hoje da mesma maneira que esteve com os filhos de Israel. Ele é o mesmo e jamais mudará (Hb 13.8) e, por ser o bom Pastor, irá pelos montes em busca da ovelha que se extraviou (Mt 18.12).



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

quinta-feira, 7 de abril de 2011

EVOLUÇÃO HUMANA.

Ao lermos as Sagradas Escrituras podemos constatar esta pronunciada evolução humana e também constatamos como surge a semente de Deus em nós.




Abraão tinha total confiança em Deus (movimento humano interno), Moisés tinha bom senso e discernimento (movimento humano externo), Davi tinha a sabedoria humana do proceder em Deus (sabedoria humana = confiança + bom senso; movimento interno + externo), Jesus Cristo reflete a perfeição da ligação com Deus, união total com o Criador => sabedoria máxima = confiança máxima + discernimento máximo, é o símbolo do crescimento humano interno e externo máximos.



Evolução: como surge a semente de Deus em cada um de nós?

1) Evoluir é a única certeza

2) A evolução se dá através de exemplos práticos

3) A evolução leva tempo, no início atingimos a compreensão da Verdade através de nossas tentativas e erros

4) A evolução cria a experiência com Deus



Como evoluir ? (Isto não é linear, ocorre em paralelo)

1) Confiança total em Deus, sentimento certo, inteiro, sabedoria total

2) Bom senso, discernimento, ação certa, externo, prudência

3) Sentimento + ação certa, interno + externo

4) Aperfeiçoamento diário anterior



É certo que existem outras opiniões e também outros princípios de análise da fé em Deus, isto é a Soteriologia. O tema da soteriologia é a área da Teologia Sistemática que trata da doutrina da salvação humana. A soteriologia é o estudo da salvação humana.

A soteriologia no cristianismo estuda como Deus separa as pessoas condenadas pelo pecado e os reconcilia com Deus.

Existe um conflito entre a visão arminiana e a calvinista, princípios do protestantismo.


Visão arminiana: Arminianos crêem que Deus, em seu infinito amor e misericórdia, destinou todos os homens à salvação.

Visão calvinista: Calvinistas crêem que Deus não destinou todos os homens à salvação, visto que é fato nem todos se salvarem. Neste caso Cristo morreu apenas pelos seus eleitos. Estes ouvirão o chamado irresistível do Espírito Santo e se renderão a Cristo, sendo então justificados tão somente pela graça de Deus. Em virtude do pecado de Adão a condição de pecador se estendeu a toda raça humana (depravação total). Portanto, o Homem peca porque é pecador (tem a natureza do pecado) e não é pecador porque peca (ato do pecado). Sendo assim a partir desse momento, o homem necessitava de um plano de salvação para que pudesse ser restaurado à imagem e semelhança de Deus. O Plano da Salvação, consistiu em Cristo morrer pelos eleitos, para que por sua graça, houvesse remissão dos pecados.



Guardadas as diferenças filosóficas e respeitando-as, cada um de nós deve buscar a sua própria evolução junto ao Criador.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com



“Jesus Cristo é o Senhor”

NÃO DESPERDICE ESSA OPORTUNIDADE

“SENHOR, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração.”   Salmo 90.1



Há dois que são fiéis em tudo o que fazem: o nosso Deus, por sempre realizar o bem e cumprir o que promete, e o diabo, que, sendo mau e perverso, faz a maldade na vida daquele que não se refugia no Altíssimo – não assume o que a Palavra fala ao seu coração. Quem se veste do que o Senhor declara a seu respeito fica fora do alcance do maligno. Por outro lado, quem não dá importância ao que lhe é dito pela pregação ou pela leitura das Escrituras, quando for atacado, pagará a conta, pois desprezou o abrigo que podia perfeitamente guardá-lo.

Os israelitas, apesar de formarem uma nação pequena e quase sem recursos, descobriram que, de geração em geração, podiam fazer do Senhor o Refúgio deles. Houve época, como no reinado de Davi, que o povo de Israel era o mais importante da face da Terra. As nações ao redor, uma a uma, tornaram-se tributárias dos filhos de Abraão. Naquela época, os filhos de Deus não perdiam uma guerra sequer. Hoje, a mesma coisa acontece, pois, quando uma pessoa decide crer no que a Escritura diz, passa a se refugiar em Deus e, com isso, torna-se vencedora.

Naquele tempo, apesar de o diabo ainda não ter sido despojado da sua posição de usurpador da autoridade que o Senhor dera ao homem e, por isso, ter condição de oprimir quem quisesse, ele não conseguia pôr a mão nos descendentes de Jacó por causa da fé dos israelitas no Altíssimo. Hoje, as coisas mudaram para melhor. Qualquer um pode tornar-se, da noite para o dia, senhor da sua vida, vivendo livre dos ataques do maligno e, ainda, sendo usado para libertar outros das garras de Satanás.

O triste é que, mesmo tendo perdido a batalha para Jesus, que, com Seu sangue, comprou-nos de suas mãos, a antiga serpente continua oprimindo muitas pessoas que desconhecem sua posição em Cristo. Por isso temos de pregar a Verdade não somente para os perdidos, mas também para os salvos, porque muitos vivem longe dEla. Está escrito que a falta de conhecimento faz com que as pessoas sofram (Is 5.13).

Não se deixe vencer. A qualquer sinal de alguma investida do inimigo, seja firme e forte, resistindo com sua fé e impedindo que ele invada o seu território. Se você resistir-lhe na fé, ele baterá em retirada. O diabo não aguenta quem vai contra ele em o Nome de Jesus. Sob essa autoridade, sempre faremos proezas (Sl 60.12).

Deus continua sendo o Refúgio para aqueles que nEle creem, os quais não mais precisam temer o inimigo, pois a todo aquele que crê em Jesus foi dada autoridade sobre o poder do mal. Que tal acreditar no Senhor e viver de modo vitorioso? Somos nós que fazemos a diferença. Quem acredita no Mestre e usa Seu Nome, sem dúvida, é vitorioso em tudo. Deixe as suas dúvidas, os seus temores e seja ousado em assumir o que é seu, pois isso agrada ao Senhor.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

quarta-feira, 6 de abril de 2011

DUAS ATITUDES SENSATAS

Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre as nações; serei exaltado sobre a terra.”   Salmo 46.10



A pessoa que nasceu de novo tem de aquietar-se e saber que o Senhor é Deus, pois, sendo recriada em Cristo Jesus, ela não pode desesperar-se em razão das pressões da vida. Fazer o cristão ficar inquieto é uma das estratégias diabólicas, pois, assim, ele se desligará do Pai e dará ouvidos ao que o sujo tentador diz. Nas horas de provação, o indivíduo que não estiver firmado e enraizado em Cristo será capaz de agir como os perdidos. Por outro lado, aquele que estiver firme na fé de modo algum deixará o inimigo afastá-lo da presença divina.

O nosso velho homem não tinha paz, vivia perturbado e afligia-se com todas as insinuações do maligno. Por natureza, éramos submissos às forças infernais que faziam de tudo para nos levar cada vez mais à destruição. No entanto, quando ouvimos a mensagem mais doce do mundo, o santo Evangelho, passamos por um processo de transformação completa. O nosso espírito nasceu de novo, e o velho homem foi sepultado no batismo. Então não podemos deixar que ele ressuscite e volte a nos dirigir, pois, se isso ocorrer, de nada terá valido a nossa conversão.

Por sermos novas criaturas, não podemos deixar o nosso coração perder a paz, mas, em tudo, devemos ser exemplos de quem confia no Senhor. Ora, Jesus é a verdade (Jo 14.6), Ele disse a verdade e, por isso, Sua Palavra deve ter o lugar de senhorio em nossa vida. Não é admissível afirmarmos ser membros do Corpo de Cristo e, quando a tentação chegar, voltarmos a agir como no passado. Jamais podemos aceitar que a inquietação tome conta da nossa vida. O diabo pode tentar levar-nos a crer que o Pai nos abandonou, que o nosso caso não será solucionado e, dessa vez, não teremos ajuda divina – portanto, não passaremos ilesos pela crise. Ora, não devemos acreditar no adversário, pois ele é mentiroso e pai da mentira (Jo 8.44), mas, sim, crer em Quem jamais mentiu e nunca foi infiel ao que prometeu.

Não importa a crise que se abateu sobre você. O Altíssimo operará em seu favor para que você e outros saibam que Ele verdadeiramente é Deus. Leve agora o seu problema ao trono da Graça e, em Nome de Jesus, fale tudo com o Senhor, sem esconder nada. Então, verá o que Ele fará. Essa situação não aguentará a manifestação dAquele que é fogo consumidor (Hb 12.29). Ele virá em seu socorro tão logo você ore e creia.

O inimigo pode pintar um quadro bem sombrio, mas para quem crê isso não representa nada. O cristão fiel sabe que o Senhor não mente, não tarda nem abandona aquele que coloca a sua confiança nEle. Portanto, não olhe para o que aparentemente é, mas para o que verdadeiramente é. O Senhor é o seu socorro, refúgio e fortaleza (Sl 18.2).

Pelo que Deus fará em seu favor, Ele será exaltado entre as nações e por toda a Terra. Então, tome a decisão certa e seja bem-sucedido.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

terça-feira, 5 de abril de 2011

NUNCA TENHA MEDO

Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares.” Salmo 46.2



Jamais deveria haver medo no coração dos servos de Deus. Ainda que tudo provasse que não há razão para continuar confiando nas promessas divinas, isso seria mais uma das mentiras do diabo, por isso nunca aceite sugestão alguma que venha dele. Esteja certo de que o Senhor jamais sofrerá qualquer sombra de variação (Tg 1.7). Além disso, por sermos filhos do Altíssimo, devemos ser intrépidos diante de qualquer situação adversa, pois, se formos medrosos, estaremos dizendo, em outras palavras, que não cremos no Pai e, consequentemente, estaremos perdidos.

Quando tememos ou ficamos apavorados e, com isso, confessamos não haver saída, descumprimos uma das ordenanças que Jesus repetia continuamente, dizendo às pessoas: “Não temas” (Mc 5.36). Então, se, algum dia, tudo parecer impossível, não confesse a derrota, pois seria o mesmo que expulsar o próprio Deus do seu coração. Se não souber o que fazer, simplesmente, peça orientação a Ele. Então, acontecerá como se você acordasse de um pesadelo. Ademais, crendo no Senhor, o socorro virá.

Muitas vezes, o Altíssimo nos permite passar por situações adversas, para que mostremos o tipo de pessoa que somos. Quando tudo está bem, é fácil dizermos da boca para fora que cremos em Deus, mas, quando a situação fica difícil e parece não existir solução, os verdadeiros crentes no Senhor aparecem. Eles não se desesperam, mas, confiando na divina Palavra, firmam-se no Verbo divino e fazem a declaração de fé.

Quando a situação se torna tremendamente caótica, aquele que, de fato, faz parte do povo de Deus não deixa o inimigo apavorá-lo. As pessoas que se afligem, gritam e pedem a todos que orem por elas mostram não possuir a confiança completa no Pai. As que creem quando tudo está às mil maravilhas, ao primeiro sinal de algo ameaçador, demonstram que creem mais no inimigo do que no Todo-Poderoso. Ora, Aquele que, a partir do nada, criou os Céus e a Terra não teria poder de guardar os Seus?

Esteja sempre preparado para não mudar de senhor quando a provação chegar. Está escrito que você se torna servo daquele a quem você obedece (Rm 6.16). A pessoa que serve a Deus nunca muda de atitude, mesmo que a terra se mude e os montes sejam transportados para o meio do mar. Se isso ocorrer, use firmemente o poder do Nome de Jesus para que tudo volte ao lugar original. É diante de um problema sério, de uma forte ameaça infernal ou do pior diagnóstico que você prova em quem, verdadeiramente, acredita. Os que confiam no Senhor devem ser mais firmes do que o monte de Sião, o qual nunca se abala (Sl 125.1).

Quando os filhos de Deus mostram que nada os fará deixar de crer em Deus, os fracos se animam, os incrédulos ficam boquiabertos, e os pecadores se convertem.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

segunda-feira, 4 de abril de 2011

CUIDADO COM A PRECIPITAÇÃO.

Fale tudo com Deus, coloque tudo em oração antes de tomar suas decisões. Evite a precipitação.




Melhor é o pobre que anda na sua sinceridade do que o perverso de lábios e tolo. Assim também ficar a alma sem conhecimento não é bom; e o que se apressa com seus pés peca.“ Provérbios 19:1-2



Aquilo que surgir: viagem, sociedade, compromissos, convites, tudo, tudo, tudo mesmo, coloque diante de Deus antes de tomar suas atitudes. Pode até parecer um evento inofensivo ou muito compensador, mas somente Deus é quem pode nos guiar, pois Ele vê muito além de nós.



Acostume-se a consultar a Deus em tudo, seja naquela oferta de emprego, seja na mudança de casa, em qualquer assunto, não deixe a opinião de Deus de fora !





Laço é para o homem dizer precipitadamente: É santo; e, feitos os votos, então, inquirir.” Provérbios 20:25



Não diga mais, precipitadamente, que algo é de Deus! Será que foi mesmo Deus que te deu aquilo?



Coloque Deus em primeiro lugar, em tudo, se eu recebi esta proposta: Me ajude, me dê a direção: faço ou não faço?? Qual deve ser a minha atitude??



Expulse todos os males da sua vida, agora mesmo! Determine a saída do demônio da precipitação, mande embora também o demônio da impaciência e diga ao demônio da teimosia, que ele está expulso agora, para nunca mais voltar !!!



Deus está no controle ! Dê um tempo para a sua língua, pois ela é uma navalha afiada e ela corta as bênçãos e atrai os espíritos de miséria!!



Andar por fé é o caminho que trilhamos diante da solução em Cristo !



Os discípulos, por mais dedicados que sejam, por serem homens, tem uma visão natural, humana e limitada, mas Jesus tem a visão de Deus, que é ilimitada, onde tudo é possível e nos faz abundantes, creia !!



Não retire mais a sua oração, faz assim quem ora de novo e de novo e de novo todos os dias. Ele não percebe mas com esta ação faz com os anjos virem e irem, sem trazerem as resposta de Deus. Misericórdia, Senhor !!



A partir de agora mantenha as suas orações e creia firmemente em Deus, o Criador, pois é Ele quem permanece no controle.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com





“Jesus Cristo é o Senhor”

MESMO TENDO CARACTERÍSTICAS BEM DIFERENTES, NÓS AINDA FAZENOS PARTE DO CORPO DE CRISTO.

Não permita mais que as suas avaliações e julgamentos reduzam a sua visão a respeito da amplitude do poder de Deus através de Jesus Cristo e do Evangelho.





Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.” 1 Coríntios 12:12



Não caia neste erro: discriminar pessoas que fazem parte de outras denominações e nem se dê ao trabalho de julgá-las, pois cada um de nós, independente da igreja que façamos parte, somos integrantes do Corpo de Cristo, pois seguimos o que Ele nos orienta através do Evangelho.



Muitos ficam horrorizados com os louvores que outros cristãos entoam, pois nas suas igrejas eles são somente cânticos ou hinos tradicionais, já em outras eles são rock e samba... Será que Deus não é capaz de falar aos nossos corações através de qualquer ritmo? Será que esta atitude não é puro preconceito cultural ? Sinceramente ela acaba desmembrando o Corpo de Cristo e desrespeita as suas diferenças.





Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.” 1 Coríntios 12:13



A diferença básica entre aqueles que assumiram a Cristo frente aos que ainda estão pelo mundo, buscando-O, é o batismo no Espírito Santo, não importando as suas origens raciais, culturais e de pensamento. O Espírito de Deus é único e tem a capacidade de envolver a todos os idiomas, todas as cores, todas as regiões. É tarefa nossa fazer esta integração cristã.





Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo? E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo? Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis.” 1 Coríntios 12:14-18



Alguns ainda confundem com único Corpo de Cristo, se todos os membros fizerem parte dos mesmos usos e costumes. Mais um ledo engano, pois até mesmo o batismo no Espírito Santo é um procedimento válido se ele for feito dentro de uma piscina, numa fonte natural de água ou num rio.



Da mesma forma temos habilidades distintas: pregadores, intercessores, cantores...entre outras. Imagine se nós quiséssemos, na nossa ignorância, que todos os membros do Corpo de Cristo tivessem os nove dons do Espírito Santo...



Assim como cada uma das partes do nosso corpo humano tem uma função: ouvir, andar, falar, sorrir, chorar, também cada um dos seres humanos tem suas atribuições no Reino de Deus.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com



“Jesus Cristo é o Senhor”

domingo, 3 de abril de 2011

OS RISCOS DA OBRA DE DEUS

Pois, estando ainda convosco, vos predizíamos que havíamos de ser afligidos, como sucedeu, e vós o sabeis.”  1 Tessalonicenses 3.4



O Senhor não oferece um mar de rosas a quem Ele chama para pregar a Palavra, pois sabe que tal pessoa tem de participar dos sofrimentos de Jesus. É aconselhável que aquele que for chamado prepare-se para ser usado pelo poder de Deus, pois muitas angústias seriam evitadas se o cristão soubesse o que fazer diante de uma perseguição. É fato que muitos irmãos passarão por momentos dificílimos ao levar a Preciosa Semente aos perdidos. Isso já tem acontecido em toda a história da Igreja e continuará ocorrendo.

Quem vive em terras onde há liberdade completa de culto não imagina o quanto padecem os nossos irmãos que residem em lugares tenebrosos, onde as forças infernais tentam barrar, a qualquer custo, o progresso da obra divina. Em 2009, no Estado de Orissa, na Índia, muitas igrejas evangélicas foram queimadas, dezenas de cristãos perderam a vida por serem servos do Senhor Jesus.

Os apóstolos foram avisados do que lhes aconteceria, mas não se acovardaram, deixando-nos o exemplo de que alguns, por vezes, terão de pagar com sofrimentos e, em alguns casos, com a própria vida para que a mensagem chegue a todos (At 20.22-24). Isso choca os que não conhecem a história da Igreja nem o que nos ensinou Jesus. A pregação das Boas-Novas é diferente de uma ideia política ou o ensino de uma filosofia religiosa. O Evangelho luta contra as forças das trevas que se esforçam para manter os seus súditos.

Felizmente, haverá recompensa para toda obra que fazemos no Evangelho: desde uma pequena oferta dada apenas para comprar um copo de água fria até sofrimentos físicos pelos quais teremos de passar. Então, o melhor é sermos servos do Senhor. Se o Pai nos colocar em lugares aprazíveis, glória a Deus; mas, se Ele nos enviar a locais turbulentos, também devemos dar glórias a Ele. Em tempos de paz ou de guerra, é necessário sermos fiéis ao chamado, pois, um dia, prestaremos contas da nossa chamada.

Nunca fuja do que está programado para acontecer com você, pois, se o Senhor o permitiu, Ele irá recompensá-lo na eternidade. Os perdidos precisam ouvir e, em muitos casos, o que nos sucede fortalece a mensagem, despertando vidas para a salvação eterna. A preservação física da vida é muito boa, porém a salvação eterna de uma pessoa é infinitamente mais preciosa. Vive-se na Terra cerca de 70, 80 ou alguns anos a mais, mas os que forem salvos ficarão bilhões de anos vezes bilhões de anos para sempre com o Senhor.

Aqueles que, verdadeiramente, são de Deus não recuam nunca. Já os que querem ser fazer do Evangelho, mas não têm compromisso com a Verdade, quando veem as situações difíceis, dão um passo para trás, desistem e, assim, não percebem que as suas atitudes os levarão à perdição eterna (Hb 10.38,39). Que o Senhor o faça fiel é a minha oração.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares