Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, 31 de março de 2011

A ATITUDE DE UM VERDADEIRO HOMEM DE DEUS

"Vós, montes de Gilboa, nem orvalho, nem chuva caia sobre vós nem sobre vós, campos de ofertas alçadas, pois aí desprezivelmente foi arrojado o escudo dos valentes, o escudo de Saul, como se não fora ungido com óleo.”   2 Samuel 1.21



Saul agia com ódio mortal a Davi. O rei de Israel queria exterminar aquele que, em um pouco mais de tempo, seria seu sucessor. Mas Davi, por respeitar a Palavra de Deus, tinha outro sentimento. Apesar de ter tido a oportunidade de matar Saul, preferiu respeitar a unção existente sobre aquele rei. Nunca se apresse em tomar o lugar que você crê que será seu. Se o Senhor lhe revelou algo, o dia do cumprimento da promessa chegará. Ainda que você seja humilhado, ou pareça impossível aquilo vir a se realizar, creia no que lhe tem sido dito, pois quem crer verá a glória de Deus.

O dia chegou, quando Saul foi batido pelo inimigo. Ao saber dessa notícia, o filho de Jessé não se alegrou com a informação e, bem ao contrário disso, foi usado para compor um cântico profético. Era dia de tristeza para o povo de Deus, pois o seu rei havia sido morto pelas forças inimigas. Só mesmo quem não conhece o temor do Senhor se alegra com a queda dos Seus santos. Aqueles que servem ao Criador devem sempre ser respeitados, e se, por acaso, algum deles estiver em pecado, não temos de levantar a mão para condená-lo, pois é servo alheio (Rm 14.4).

Como a atitude do verdadeiro filho de Deus é diferente da postura daquele que se faz ou locupleta da fé alheia! Davi foi tomado pelo Santo Espírito e proferiu uma maldição para o local em que o rei de Israel tombou, dizendo: “Vós, montes de Gilboa, nem orvalho, nem chuva caia sobre vós nem sobre vós, campos de ofertas alçadas”. Aquela cordilheira foi amaldiçoada pelo fato de o ungido do Senhor ter sido derrotado sobre seus montes. Sem dúvida, o salmista não falou por si mesmo, mas, sim, pelo Espírito do Altíssimo. Antes, era campo de oferta, mas, naquele momento, seria terra onde nem orvalho e chuva molhariam o solo.

Ao vermos o restante do seu cântico, percebemos a indignação que tomou conta do servo do Senhor. Ele falou que a queda de Saul foi uma profanação do escudo dos valentes. Para ele, o escudo que Saul possuía, sua unção, a qual era a proteção dos valentes existentes em Israel, jamais voltaria a ser ungido com óleo.

Quanta revelação! Com Saul vivo, os soldados eram protegidos pelo escudo do rei, o qual deveria sempre ser ungido com óleo. Da mesma forma, os que estão na liderança do povo de Deus devem sempre buscar a unção divina sobre o entendimento que possuem na fé. Em nossa missão, levamos a proteção para todos aqueles intrépidos no serviço a Deus – somente em favor dos corajosos, pois os tímidos não têm parte na obra do Senhor.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

quarta-feira, 30 de março de 2011

A RECOMPENSA DE SABER OUVIR

Então, Davi disse a Abigail: Bendito o SENHOR, Deus de Israel, que hoje te enviou ao meu encontro.”  1 Samuel 25.32



Há coisas que nos aborrecem e nos fazem decidir executar uma vingança. Nabal não somente recusou atender Davi, como também o humilhou perante seus homens. O guerreiro de Deus havia tomado uma séria decisão em seu coração, a qual culminaria com a morte daquele homem que não o ajudou quando precisava, ainda que soubesse que Davi e seus comandados haviam protegido seus servos e bens. Naquele tempo, nada teria sucedido a Davi se ele tivesse acabado com esse próspero agropecuarista de coração ruim. Contudo, a intercessão de uma mulher mudou a história.

Abigail, a esposa de Nabal, quando soube do acontecido, pegou pães, ovelhas preparadas, passas e mais algumas coisas e foi ao encontro de Davi. Quando ela o encontrou, não usou palavras de persuasão humana para tirar do coração do servo de Deus seu intento de vingança. Mas, mostrando-se como serva verdadeira do Senhor, ela profetizou para o pastor de Israel. Assim, Davi atendeu ao pedido de Abigail, a qual, depois, tornou-se esposa dele. Você não sabe o que lhe pode acontecer quando se deixa ser usado por Deus. A recompensa virá na mesma medida que você se comprometer com o Senhor.

Preste sempre atenção em quem o Altíssimo lhe envia; ele poderá ser alguém que necessita da sua ajuda ou lhe trará uma bênção. Saiba que, em todo o tempo, sua roupa deve ser alva, e o seu pensamento santo (Ec 9.8). A disposição do coração de quem serve ao Senhor precisa ser aquela que dá ouvidos ao Espírito de Deus. O Pai pode usar alguém para lhe dar uma repreensão, abrir-lhe os olhos em relação a alguma de Suas promessas ou trazer-lhe direção em algum negócio. Em todo o tempo, seja servo de Deus.

Ao reconhecer que fora o Senhor quem tinha enviado Abigail ao seu encontro, Davi mudou de decisão. Os que servem a Ele jamais marcharão para realizar algo se sentirem uma advertência dos Céus mostrando que façam o contrário. Não é errado pedir perdão, por exemplo, reconhecer que errou e estava tomado por alguma emoção. O melhor sempre é curvar-se ante a direção do Santo Espírito.

Se você for sempre servo de Deus, verá que Ele será sempre seu Senhor, e você será capaz de se esquivar das coisas desagradáveis que possam surgir em sua vida. Aqueles que têm o Altíssimo no controle jamais deixarão de seguir Seus santos conselhos e, por isso, em tempo algum, serão usados pelo espírito da desobediência.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

segunda-feira, 28 de março de 2011

FIEL E PRUDENTE OU MAL E NEGLIGENTE ?

Antes de julgar os outros, que aliás é muito contra indicado pelo Senhor Jesus, pare, pense e se auto avalie com toda a sinceridade.



Sabemos que o cristão fiel agrada a Deus e busca fazer a Sua vontade, já o cristão prudente tem sede em encontrar e se firma em Deus, mas será que existem as categorias de cristão que são maus e negligentes? Por mais surpreendente que este fato possa parecer, existe sim!!!


O mal cristão é aquele desleal, traidor, fraco na fé que antes havia se comprometido com Deus, é maldoso, não honra a confiança do Reino de Deus que já foi depositada nele. Ele fica protelando em fazer as coisas que compreendeu que Deus espera dele pela Palavra, é violento, se puder espanca, em resumo, faz tudo errado e acaba não agradando a Deus e ele vive por conta do atraso de vida.


Que diferenças há entre o cristão prudente e aquele que é louco?

Ambos foram chamados por Deus para ser lâmpadas nas mãos dEle, mas diferente do louco, o prudente busca a unção no Espírito Santo, aumentando a sua percepção dos atos que são esperados dele, encontra-se preparado e é conhecido por Deus, já o louco não!!! O louco não se prepara para Deus, é tudo de improviso...


Pare, pense e reflita com toda a sua sinceridade: que tipo de cristão você tem sido? Praticante? Sedento em saber o que Deus espera de você? É ativo em realizar as orientações de Deus? Tem buscado a unção do Espírito Santo em seu viver? Ou está todo perdido? Desanimado? E ainda por cima, reclamando...



Nossas ações práticas é que refletem aquilo que está mesmo no nosso coração.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com



“Jesus Cristo é o Senhor”

domingo, 27 de março de 2011

ADVERTÊNCIAS E CONSELHOS QUE JESUS DEIXOU REGITRADOS NAS SAGRADAS ESCRITURAS SOBRE A VIGILÂNCIA QUE TEMOS QUE TER ATÉ O MOMENTO DA SUA VOLTA.

Leia a passagem bíblica de Mateus 24:36 a 25:46, reflita, entenda e faça a sua auto-avaliação.



O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar. Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.” Mateus 24:36-37

Não caia mais na “conversinha dos espertinhos” que dizem que sabem quando será o dia e a hora da volta do Senhor Jesus aqui para a terra. Temos visto muitos se enganarem e iludirem as pessoas também, pois diziam que isto ocorreria no ano 2.000 e não ocorreu.

A vida de Jesus, o Filho do Homem, ninguém sabe, nem ele mesmo, somente Deus-Pai.

Assim como foi nos dias de Noé, as pessoas estarão ocupadas com o seu cotidiano (comendo, bebendo, casando-se e dando-se em casamento) e não perceberão a vinda do Filho do Homem e quando a perceberem, pois ela será resplandecente pelos céus e visível para todos, aí não será possível fazer mais nada...um será levado e outro será deixado, os anjos ajuntarão aos seus escolhidos.

É inevitável que a humanidade passe por estes acontecimentos.

Solução: Vigiar, ou seja, manter-se firme olhando para Jesus e praticando aquilo que nos é orientado pelas Sagradas Escrituras, pois não se sabe quando Ele virá. Não deixe o mal minar a sua casa.

Será surpresa para muitos, prepare-se sem distração porque Jesus, o Filho do Homem, virá quando você menos pensar !!!




Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com


“Jesus Cristo é o Senhor”

COMO CONHECER OS MORTOS ESPIRITUAIS

Os mortos não louvam ao SENHOR, nem os que descem ao silêncio.” Salmo 115.17



Os salvos têm a obrigação de louvar o Senhor, pois sabem o que se passou com eles. A sua entrada no Reino de Jesus não foi uma mera troca de religião, mas, sim, uma obra grandiosa que o Altíssimo fez em sua vida. Sem a salvação, todos os homens são iguais. Muitos praticam o que é errado e não são descobertos, por isso passam por boa gente. No entanto, os que experimentaram a salvação viram o poder de Deus tirá-los da perdição e, por esse motivo, hoje já não fazem mais as obras que faziam. Agora, eles devem louvá-lO, pois ser liberto do pecado é uma maravilha. Não há ninguém que viva em pecado e ainda desfrute de paz e segurança.

Os que ainda não foram salvos estão mortos espiritualmente. Muitos deles são nossos amigos, colegas de trabalho ou profissionais liberais, dos quais utilizamos os serviços, como médicos, advogados, dentistas e demais pessoas que nos ajudam e servem. Por não terem a vida espiritual, eles não conseguem louvar a Deus nem reconhecer a Sua existência e soberania. Em caso de morto, o remédio não é o mesmo usado para os moribundos; mas, se você apresentar o problema ao Senhor, Ele lhe dará a melhor solução.

Os perdidos que já conseguem falar um pouco de Deus e reconhecer o que Ele faz ou é capaz de fazer estão começando a ressuscitar. Para esses, o remédio é diferente, porém, em ambos os casos, é preciso pedir ao Senhor que nos dirija em tudo. Como sabemos que Ele não fará nada fora da Sua Palavra, precisamos ministrar aquilo que aprendemos pelas Escrituras e, sob inspiração divina, outras passagens bíblicas virão. O Altíssimo declara que, se formos sábios, alegraremos o Seu coração (Pv 27.11).

É preciso notar aquele familiar, amigo ou conhecido que está na igreja conosco, mas já não ora como antes, não tem mais ânimo para evangelizar ou ajudar a obra de Deus. Pode ser que aquela pessoa esteja morrendo ou já tenha morrido espiritualmente. Se estiver morrendo, o Senhor pode curá-la e devolvê-la ao nosso convívio; contudo, se estiver morta, Ele pode dar vida de novo a ela. Jesus disse que aquele que nEle cresse, ainda que estivesse morto, viveria (Jo 11.25). Se essa for a sua condição, seja ressuscitado agora, em Nome de Jesus.

Há casos em que a família inteira está morta espiritualmente. Um membro começou a fazer negócios e a ganhar um pouco mais de dinheiro, contaminando todos. Em pouco tempo, os outros já não iam à igreja com alegria nem oravam com determinação. Jesus avisou que a fascinação das riquezas, os cuidados da vida e a ambição de outras coisas fariam a Palavra ficar infrutífera (Mc 4.19). Cuidado! Não caia nessa armadilha, pois essas coisas levam os mais santos ao pecado.

Talvez, você não esteja morto ainda, mas esteja descendo para a região do silêncio. Quando foi a última vez que você orou mesmo, com fé?



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

sábado, 26 de março de 2011

A VIGILÂNCIA.

Quais são as orientações que Jesus nos dá a respeito deste tão importante tema ?




“E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia. Porque virá como um laço sobre todos os que habitam na face de toda a terra. Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem.“ Lucas 21:34-36



Seguir confiando em Deus e permanecer em Jesus, desta forma, recebemos o melhor: a manifestação das bênçãos em nossos assuntos, que é a melhor pregação que pode existir !!!



O próprio Senhor Jesus diz nestes versículos sobre os aspectos que todos nós devemos prestar atenção, pois a volta dEle, quando assim ocorrer, será repentina e pegará de surpresa aqueles que não estiverem atentos a estes pontos e em vigilância:



1) OLHAI POR VÓS: olhar por vocês, primeiro e também pelas pessoas que estão ao seu redor, sem ser bisbilhoteiro ou invasivo, mas prestando bastante atenção, inicialmente em nós mesmo e depois naqueles que são do nosso convívio nas nossas atividades cotidianas, pois Evangelho não significa egoísmo, não é mesmo.



2) COLOCAR O NOSSO CORAÇÃO EM DEUS: não encham os corações de vocês com comilanças, bebedeiras e tampouco somente com os cuidados da vida. Retirem tudo isto dos seus corações e pensamentos, pois estes fatos rotineiros costumam desviar-nos de Deus como prioridade e estas ações mundanas também acabam tirando a nossa atenção do principal, que é o momento da volta do Senhor Jesus. Então, encha plenamente o seu coração de Deus para não ser pego desprevenido.



3) A VOLTA DE JESUS SERÁ UM LAÇO: o dia da volta de Jesus, o Filho do Homem, virá como um laço, ou seja, será uma surpresa para todos os que habitam na face da terra. Em outras palavras laço significa: nó que se desata facilmente, armadilha... Mas também quer dizer união, vínculo, casamento. É exatamente o que ocorrerá conosco na volta do Senhor Jesus, muitos vão se sentir predados, pois não aceitam a Jesus, mas outros vão se sentir aliviados devido à aliança que já fizeram com Cristo.



4) VIGIAR O TEMPO TODO: tomar conta da nossa posição que já foi conquistada por Cristo no Calvário e manter-se firme nas promessas que Deus já disse que nos pertencem através da Verdade, que somente é expressa através das Sagradas Escrituras.



5) ORAR: muitos acham que orar é a mesma coisa que rezar, mas é um ledo engano. Rezar é pegar uma oração que já foi produzida e escrita, sabe-se lá por quem, e somente dar-se ao trabalho de lê-la, repetindo o seu conteúdo...puro trabalho de papagaio. Já orar é colocar-se diante de Deus e abrir-se totalmente com Ele, usando suas próprias palavras sinceramente e clamar a Ele pelas respostas e soluções que necessitamos e também louva-lo agradecendo com toda a alegria as bênçãos já recebidas do Seu Reino.



6) MANTER A NOSSA DIGNIDADE PERANTE DEUS: continuarmos sendo merecedores de habitar com Deus, agora e na eternidade, evitando todas as tentações que ainda ocorrerão e que infelizmente arrastarão muitos daqueles irmãos que eram tidos pela comunidade como cristãos fiéis.



7) MANTER-SE FIRME EM CRISTO: todas estas advertências que nos são dadas pela narrativa do próprio Senhor Jesus são para que possamos continuar a nos manter em pé, ou seja, para que não sejamos derrubados pelas preocupações e ciladas do mundo e para que nos mantenhamos atentos quanto aos nossos pensamentos, sentimentos, ações e atitudes, perante nós mesmos, perante os outros, sejam eles cristãos ou não, mas principalmente perante Deus, que conhece o mais íntimo que há em cada um de nós.



Em suma, Jesus jamais falaria estas coisas todas com este nível de detalhes que foram mencionados por acaso. Tratam-se de advertências e conselhos relevantes sobre os pontos que devemos ter vigilância. Estes são os aspectos essenciais para que invistamos tempo e façamos a nossa reflexão pessoal e intransferível a respeito de como nós temos nos comportado em relação a cada um deles, para estamos preparados e conscientes e para que na eternidade possamos habitar com o Criador.



Em Nome de Jesus.




Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com


“Jesus Cristo é o Senhor”

HERANÇA MARAVILHOSA

Louvai ao SENHOR! Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR, que em seus mandamentos tem grande prazer.” Salmo 112.1



Deus deve ser louvado por tudo: pela nossa vida, pelo ar que respiramos, pela mente que temos, enfim, por todas as boas coisas que Ele preparou para nós. Somos o sonho dEle, e nós, que somos convertidos, alcançamos a posição de Seus filhos. Esse posto não foi conquistado por um decreto nem porque o Senhor viu que precisava de nós, mas, sim, pelo fato de Ele nos amar de tal maneira que deu o Seu único Filho para morrer em nosso lugar (Jo 3.16). Então, quem aceita Jesus como Salvador fica livre para sempre da perdição eterna e passa a fazer parte da família divina.

Agora, assumindo tal posição, não devemos deixar o diabo encher o nosso coração de orgulho e, assim, passarmos a desprezar os não salvos. Precisamos ter cuidado para não evitarmos as pessoas perdidas que Deus coloca à nossa frente! Ele faz isso porque ama o pecador e nos ama. Ao perdido Ele dará a salvação e a nós, a recompensa. O Altíssimo tem um carinho muito grande pelos perdidos, senão eles não subsistiriam. Por esse motivo, nós, salvos, temos a obrigação de buscar do Senhor a sabedoria para levarmos o conhecimento do Altíssimo aos que jazem nas trevas.

A maior bênção que recebemos dos Céus, depois da salvação, foi a de temer o Senhor. Isso nos faz evitar o pecado, desprezar as ofertas do maligno e amar o Senhor de todo o coração. Amar a Deus é ter os Seus mandamentos e guardá-los (Jo 14.21). Quem recebe as ordens divinas e obedece a elas descobre que os celeiros do Senhor estão abarrotados de bênçãos infindáveis à espera dos fiéis. Aquele que O temer será bem-sucedido em tudo o que empreender.

Não basta apenas ter os mandamentos e cumpri-los. Na verdade, a pessoa que deseja realmente ser feliz precisa orar e esforçar-se para ter grande prazer no que o Senhor manda que ela faça. Quem executa a obra de Deus de qualquer maneira e se deixa levar por interesses mesquinhos na realização do que o Pai ordena descobre que serviu ao diabo, e não a Deus.

Como uma pessoa, com algum propósito sujo em mente, pode falar de Deus para alguém? Está escrito que maldito é aquele que faz a obra do Senhor relaxadamente (Jr 48.10). Os que temem o Senhor obtêm muito sucesso, pois eles se consagram ao Pai, vivem com a Palavra no coração, esforçando-se para agradar em tudo ao Altíssimo. Jamais são abandonados e, quando oram, são atendidos.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soare

sexta-feira, 25 de março de 2011

A LIBERTAÇÃO SÓ OCORRE QUANDO CONHECEMOS A VERDADE.

Conhecer e fazer valer aquilo que Deus fielmente nos ensina através das Sagradas Escrituras nos concede a paz e também ficamos de bem com a vida.




Sujeite-se a Deus,fique em paz com ele, e a prosperidade virá a você. Aceite a instrução que vem da sua boca e ponha no coração as suas palavras.“ Jó 22:21 NVI (*)




A alegria e bom ânimo vêm, sem dúvida, quando nós nos unimos sinceramente a Deus, pois os efeitos recebidos a partir desta acertada decisão são a paz e o bem em nossas vidas.



Mas, você deve estar se perguntando, como fazer para ter e garantir esta união com Deus todos os dias?



É fácil esta resposta: através das orientações que o próprio Deus nos concede individualmente através das Sagradas Escrituras, a única fonte de Verdade. Crer naquilo que é dito possibilita a Deus/Jesus aliviar-nos.



Os ditos “espertinhos” que estão aí pelo mundo tentam armar golpes e ciladas para enganar aqueles que estão o seu redor, achando que com isto estão “cortando caminho” para serem livres, prósperos e tranqüilos... Ledo engano, pois eles acabam muito enrolados !!! Por este motivo, diga “não” aos atalhos para o abismo !!!



Leia a Bíblia diariamente. Ela é a voz de Deus que fala diretamente para você. Sucesso !!!


Em Nome de Jesus.




Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com



(*) NVI = Nova Versão Internacional – Bíblia de Estudo – Editora Vida.



“Jesus Cristo é o Senhor”

quinta-feira, 24 de março de 2011

NÃO SE ACHE INFERIOR A NINGUÉM !!!

"Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; " João 5:39


Que diferença fez a vinda de Jesus Cristo, tanto para os judeus como para os não-judeus?



Ao lermos na íntegra esta passagem bíblica fica claro que os judeus conheciam até os detalhes das Sagradas Escrituras, mas não ligavam e tampouco observavam os acontecimentos ao seu redor e não aceitaram a Jesus Cristo !!!

Em especial aqueles fatos que Moisés já havia completamente profetizado a respeito da vinda do próprio filho de Deus, aqui para a terra. !!! Isto há mais de 700 anos antes de ocorrer.

Muitas pessoas falam enganosamente que o povo judeu foi escolhido por Deus, mas foi ao contrário disto, ou seja, eles é que escolheram a Deus e fielmente se dedicaram somente a Ele. Por este motivo sabiam, criam e ouviam sempre as direções que Deus lhes concedia, apesar de todos os altos e baixos nesta atitude deles.

Em resumo: os judeus escolheram a Deus, não foi um povo que Deus escolheu aleatoriamente, como muito confundem. Mas eles viram a Jesus apenas como mais um profeta e não como o Filho nascido diretamente de Deus (unigênito) !!!

Mesmo se dedicando única e exclusivamente a Deus, eles ignoraram o que as Sagradas Escrituras discorrem e evidenciam sobre Jesus Cristo !!!

Hoje, após a vida de Jesus, não há mais diferença entre a visão de Deus frente aos judeus e aos não-judeus, pois Jesus veio em carne e osso para cá a fim de restabelecer nossa ligação direta com Deus, independentemente de nossa origem, cultura, língua, região onde moramos ou tribo.

Jesus veio unificar o nosso contato direto com Deus-Pai e nos concedeu o Espírito Santo para que possamos abrir as Escrituras e compreender tudo aquilo que Deus nos diz e seguir obedecendo-O, em todas as nossas decisões e áreas do nosso viver.

O que faz realmente a diferença é compreendermos e principalmente, praticarmos tudo aquilo que Deus nos ensina pela Palavra, sejamos nós asiáticos, europeus, latinos, africanos...

Não se ache mais inferior, não !!!!! 




Em Nome de Jesus.




Monica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com



"Jesus Cristo é o Senhor"

domingo, 20 de março de 2011

RESPEITO E ADMIRAÇÃO SINCERA NAS QUALIDADES CULTURAIS AO LONGO DO MUNDO.

Não “esmague” mais as culturas que você desconhece e nem se ache superior a ninguém por você já ter aceito a Jesus Cristo. Quando obtemos o entendimento sobre Jesus Cristo há uma transformação que jamais homem algum poderia fazer em nossas vidas. Cada um de nós é somente um emissário das boas notícias do reino dos céus, não somos melhores e tampouco superiores a qualquer outra comunidade, por mais primitiva ou diferente que julguemos que ela seja.




"E disse-lhes (Jesus): Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." Marcos 16:15


O próprio Senhor Jesus nos incumbiu de fazer esta tarefa: falar da Palavra de Deus a todos.


Mas um ponto de atenção, mais que importante, não pode ser ignorado: cada um dos povos e culturas que temos na terra tem suas particularidades, que edificam aos outros e dão exemplos muito valiosos que precisam ser aprendidos e praticados.

Daí, mais um importante fator que precisamos considerar, antes de falarmos na Palavra de Deus pelo mundo afora, pois os nossos antecessores, europeus e americanos em especial, cometeram um erro básico ao realizarem esta atitude vital: foram pelo mundo e impuseram a sua mentalidade, sua cultura, suas prioridades, desconsiderando a preciosidade cultural que caracteriza cada tribo espalhada por este mundo. Erroneamente eles se achavam superiores aos demais povos.  Os primeiros colonizadores e missionários guardavam a perigosa ilusão de que eram especiais e superiores e que somente eles estavam certos e que os demais eram menores e precisavam ser domesticados...ledo engano!! Pura estratégia de domínio, que nada tem a ver com a liberdade em Cristo.

E como resultado, esta atitude os fazia ignorar os pontos-chave destes povos e criava uma lacuna difícil de ser transposta pelo evangelho de Jesus Cristo, que é pertencente a todos nós, independente de onde moremos ou de onde estejamos ou da forma pela qual vivamos, pois quando obtemos o entendimento sobre Jesus Cristo há uma transformação que jamais homem algum poderia fazer em nossas vidas.

Cada um de nós é somente um emissário das boas notícias do reino dos céus, não somos melhores e tampouco superiores a qualquer outra comunidade, por mais primitiva ou diferente que julguemos que ela seja.


Mas, em compensação, há alguns eventos, diante de situações conturbadas e trágicas mesmo, que nos mostram exemplos de vida em comunidade e o que mora realmente dentro do coração das pessoas envolvidas.

Um aspecto cultural que me saltou aos olhos e ao coração nos últimos dias, sem dúvida, é a solidariedade coletiva dos japoneses.

Este fato me fez chorar de tanta emoção no momento em que eu estava acompanhando um jornal na TV aberta, onde os jornalistas relatavam as atitudes práticas que só são pertencentes àquela cultura.

Um dos fatos que me tocou profundamente foi que mesmo vendo carros e casas serem arrastados pelas ondas gigantes eles não se deixaram abater e relataram que a cultura oriental não é de gritar e nem de se descabelar, mas que eles estão guardando suas forças e emoções para reconstruírem o Japão, após viverem a maior tragédia de todos os tempos.

Em especial, muito me tocou a atitude de 50 homens por turno (170 homens no total entre funcionários e habitantes locais que se revezam) que estão dentro da usina nuclear fazendo de tudo para resfriar os reatores radioativos para conter os efeitos nocivos e mortais da energia atômica que saiu do controle deles neste evento. Eles nem sequer pensam nas suas próprias vidas, mas no bem estar de toda a comunidade !!!

É um exemplo de atitudes práticas para todos e também traços culturais que não podem ser ignorados, pois eles só acrescentam poder ao Evangelho !!!




Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com





“Jesus Cristo é o Senhor”







QUEM CONFIA TEM AUXÍLIO E ESCUDO

Confia, ó Israel, no SENHOR; ele é teu auxílio e teu escudo. Casa de Arão, confia no SENHOR; ele é teu auxílio e teu escudo. Vós, os que temeis ao SENHOR, confiai no SENHOR; ele é vosso auxílio e vosso escudo”.   Salmo 115.9-11



Israel foi orientado a confiar no Senhor, mas, quando Deus cumpriu Sua Palavra, enviando Seu Filho para dar solução a todos os problemas do Seu povo, as autoridades judaicas cometeram o maior pecado: rejeitaram Jesus, o qual era e seria para sempre seu Auxílio e Escudo. Precisamos ter cuidado para que o nosso coração não fique sobrecarregado com os afazeres dessa vida e, assim, desprezemos a Palavra que o nosso Pai nos envia.

A casa de Arão – a família sacerdotal – deveria confiar no Senhor, mas não o fez, pois justamente os sacerdotes desprezaram o Filho do Altíssimo. Isso nos mostra que não adianta uma pessoa ser religiosa, dedicar toda a sua vida e mocidade no serviço ao Senhor, se ela não crê no Todo-Poderoso nem no que Sua Palavra declara. Os filhos de Arão tinham a obrigação de cumprir o que estava escrito, o qual, nos seus mínimos detalhes, foi cumprido por Deus. Se tivessem agido corretamente, teriam tido o Senhor como Escudo.

Todos aqueles que dizem temer o Nome do Senhor são exortados a confiar nEle. Mesmo assim, a multidão em Jerusalém mudou radicalmente de pensamento. Antes, estavam todos gritando: “Hosana ao Filho de Davi!”. Porém, uma semana depois, o grito deles era este: Crucifica-o! Crucifica-o! (Lc 23.21b). Quantos ali juravam estar respeitando a Palavra de Deus? Provavelmente, todos. Mas, na realidade, tem temor ao Senhor quem respeita o que está escrito na Bíblia. Todos aqueles que não confiam nEle verdadeiramente perdem o auxílio e o escudo que o Todo-Poderoso poderia ser para eles.

Os que ainda não têm Deus como auxílio e escudo precisam rever se, de fato, confiam nEle. Muitos se tornaram religiosos ao extremo, mas, apesar dos sacrifícios que os seus votos fizeram com que praticassem, não estão agradando a Deus – e o pior é que passarão a eternidade longe do Salvador. Só quem, de fato, confiar no Altíssimo, cumprindo o que diz a Sua Palavra, terá o auxílio divino e a proteção dos Céus. É bom pensar nisso!

Quanto você tem alcançado do Senhor? Ele tem o auxiliado em seu dia a dia? Como anda o seu casamento? E a sua consciência? Se passar a confiar verdadeiramente no Pai, você O terá como o seu Auxílio e Proteção.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

sábado, 19 de março de 2011

DINHEIRO NÃO COMPRA BÊNÇÃOS.

Não confunda 'compra da bênção' com fidelidade a Deus nos dízimos e nas ofertas alçadas.




"Porque assim diz o SENHOR: Por nada fostes vendidos; também sem dinheiro sereis resgatados." Isaías 52:3



Você tem feito promessas para Deus te abençoar? Está seguindo os mesmos costumes dos pagãos. Deus não precisa de nada disso para honrá-lo, pois em Cristo tudo já é nosso!



Não confunda "compra da bênção" com fidelidade a Deus nos dízimos e nas ofertas alçadas. A primeira atitude Deus abomina porque é fruto da ganância, já a segunda está de acordo com as Sagradas Escrituras e reflete a sua obediência à Palavra de Deus. (Leia mais sobre dízimo 1 2 3 e ofertas)



E os votos? Você não é obrigado a fazê-los, mas se os fizer não deixe de cumpri-los. "Melhor é que não votes do que votares e não cumprires." Eclesiastes 5:5



Geralmente o Senhor toca o nosso coração para realizá-los e não tem qualquer interesse de troca mercantil com Deus.



O triste é ver cristãos caindo no engano e fazendo tratos ofensivos ao nome do Senhor, do tipo "se o Senhor me der tal coisa, eu prometo dar tanto de oferta"... esta atitude reflete falta de conhecimento e de entendimento dos seus direitos já conquistados na cruz do Calvário.


Não se engane: Deus conhece todas as intenções do nosso coração.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com


"Jesus Cristo é o Senhor"

A GRANDE DIFERENÇA

Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo”. João 17.14



Os cristãos não são do mundo nem têm nada a ver com o sistema que domina a Terra e escraviza milhões de pessoas com todo tipo de pecado. Por isso não devemos colocar o coração naquilo que existe por aqui. Ora, não há nada errado em desfrutar das boas coisas, mas não podemos amá-las a ponto de fazermos delas o centro da nossa vida; afinal, a nossa atenção deve ser sempre focada no que sabemos ser a vontade divina para nós.

É importante também fugirmos das mentiras de Satanás, pois, de outra forma, não agradaremos ao Senhor. A Palavra que nos foi dirigida por Deus tirou-nos de toda e qualquer submissão ao poder do diabo. Agora, somos filhos do Altíssimo, concidadãos dos Céus, por isso o mundo nos odeia. Mas isso pouco importa para nós – até porque, se ele nos amasse, algo errado estaria acontecendo. Quanto mais nos rendermos ao nosso Deus, mais claramente veremos a diferença que há em nosso favor por não estarmos debaixo do jugo mundano, mas, sim, sob o amor do Pai.

Algo importante a ser considerado é o fato de o menor dos filhos de Deus ser tão membro do Seu Reino eterno quanto nós. Ele também foi desligado do mundo e, para sempre, está ligado com o nosso Pai. Se procurarmos bem, veremos que todos os membros do bendito Corpo de Cristo possuem dons que nos ajudariam muito se fossem colocados em ação. Por essa razão, temos de orar por todos os salvos e colaborar para que nenhum deles se perca. Firmar um irmão em Cristo nos seus direitos é uma atitude que deve praticar.

A posição que temos em Jesus é de completa segurança. Portanto, meu irmão, toda vez que o inimigo for tentá-lo, mostrando que não há diferença entre a sua vida e a de qualquer outra pessoa, lembre-se de que, assim como Cristo, você não é do mundo. Se Satanás insistir em perturbá-lo, use o Nome de Jesus para repreender todo o mal. Jamais dê lugar ao maligno algum lugar em seu viver, mas, se, por acaso, você cair em transgressão, busque o perdão divino imediatamente. Não viva longe do Senhor nem por um segundo!

Não temos de praticar nenhum sacrifício para deixarmos de ser do mundo, pois é gratuitamente que alcançamos a nossa posição em Cristo. É preciso tão somente que permaneçamos firmes nela, crendo que Jesus nunca diria algo que não fosse a plena verdade. Não somos do mundo. Aleluia!

Ande de modo digno da sua posição em Jesus, como superior a todas as forças do mal. Dessa forma, para sempre você terá autoridade sobre o inimigo. Ao nascermos de novo (Jo 3.3) – o que ocorre no momento em que aceitamos Jesus como Salvador –, passamos a ter a mesma autoridade que Ele possui. Então, jamais perdemos essa posição de supremacia sobre o adversário e suas obras, pois os dons divinos são irrevogáveis. A nossa salvação já está decidida!



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

quinta-feira, 17 de março de 2011

PREGAÇÃO E PREGAÇÕES DA PALAVRA DE DEUS

O que fazer com as Promessas de Deus - Palavra de Deus ?



Jesus diz nas Escrituras que conhece tudo sobre cada um de nós, todos os nossos pensamentos e também as intenções do coração e que as nossas bênçãos estão dentro da porta.

Em apocalipse 3 versículo 7 Jesus diz que coloca uma porta aberta diante de cada um de nós e que ninguém pode fechá-la.

Porta é a palavra pregada que se revelou a mim ou a você, ou seja, é aquilo que compreendemos que nos pertence através da Palavra e a porta permanece aberta e ninguém a pode tirar de nossas mãos.

A palavra revelada é a sua porta aberta para a paz, felicidade e sucesso em qualquer área de sua vida. É o próprio Deus contando os Seus segredos para você progredir.

Deus revela Sua maravilhosa vontade para nós porque fomos feitos por Ele para dominar e para sermos ponte diante de Deus para os homens, é por isso que nos constitui reis e sacerdotes para Ele e para honrar o Seu Reino. (Apocalipse 5:10).

Deus tem um plano para você e este se revela pela porta que Deus abre no seu entendimento particular concedido pelo Espírito Santo através da Palavra.

Jesus conhece as nossas obras (Apocalipse 3:8), nada está encoberto diante dEle a nosso respeito, por isso não convém que adiemos mais: é preciso abrir mão de algo, tirar o que não presta, renunciar ao pecado pois ele é incompatível com a santidade de Deus.

Descobrimos facilmente o pecado porque ele nos pesa no coração.

Precisamos buscar o maná todos os dias, o alimento espiritual que vem de Deus. Aquela palavra que fala em particular ao coração, a profecia vinda das Escrituras. Pois sem profecia, nos corrompemos e Deus sabe que não podemos fazer nada direito sem Ele.

Para ser abençoados por Deus precisamos segurar a mensagem que recebemos, manter viva dentro de nós a porta de Deus que nos é aberta, olhar sempre para a revelação de Deus para o nosso caso e deixar que Ele a renove em nós, conduzindo-nos para frente na nossa caminhada.

Se seguimos a revelação, temos o melhor de Deus e nos realizamos.

Deus tem sido o meu refúgio? (salmo 11:1), Davi foi um vencedor porque confiava e se entregava somente a Deus.

Se não tem vencido é porque não tem confiado em Deus, ou seja, duvida da revelação recebida, fica na incerteza se aquela direção tão boa veio mesmo de Deus, em vez disso confia na força do braço, na capacidade própria, na persistência, nos conhecidos.

Pare de confiar na sua inteligência e capacidade, faça como os vencedores ao longo da Bíblia, coloque a sua confiança em Deus, como fez o salmista, deixe Deus fazer através de você, deixe em Deus a sua confiança e nada mais vai te abalar, vá mas antes saiba se Deus está com você naquele objetivo. Porque Ele honra a Sua palavra e não a imaginação da nossa cabeça!

Confie em Deus, ou seja, siga os passos da revelação de Deus para você contidas na Palavra, e você vencerá qualquer coisa, quando estiver perdido, Deus te tira do labirinto e da confusão e te coloca no melhor lugar, digno de um legítimo filho de Deus em Cristo Jesus.

Espere com paciência, firme na fé e não perca de vista a Palavra que Deus te dá.

Não caia na tentação de sair da revelação dada, continue na fidelidade que Deus vai te honrar.

A porta já está aberta, guarde a Palavra dada porque ela é a resposta para a sua vida, acredite no poder de Deus.

Permita que a revelação da promessa vá crescendo até a sua perfeita concretização, esta atitude vai retirar de você a sensação de demora e lhe trará uma profunda (mas muito agradável) experiência com Deus no rumo à conquista prometida por Ele.

Se você confiar em Deus, ou seja, se mantiver firme dentro de você aquelas revelações da palavra para a sua vida, você alcança o melhor, não importa a sua situação atual.

Você tem promessas de Deus? Acreditou nelas? Está demorando? Não se desespere, porque Ele é fiel e justo para cumprir todas e cada uma delas em nossas vidas, conduzindo-nos passo a passo com Sua mãos poderosas, nos ajudando, nos esforçando.

O tempo para o Senhor cumprir o que Ele te prometeu já está reservado na agenda divina. Creia!

A espera com certeza valerá a pena.

Fique tranqüilo: o Senhor sabe o que é melhor pra nós e o tempo propício das promessas se cumprirem.

A promessa é nossa, mas, o tempo da realização das promessas pertence a Deus.

Em Nome de Jesus.




Mônica Gazzarrini

"Jesus Cristo é o Senhor"

O CRENTE MENTIROSO!!!

Deus odeia que tenhamos a língua mentirosa.




Estas seis coisas o SENHOR odeia, e a sétima a sua alma abomina: Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal, A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos.” Provérbios 6:16 a 19



O que é a mentira bíblica?



Mentir no sentido bíblico é distorcer as situações, faltar com a Verdade já expressa nas Escrituras, ou seja, é contradizer o que Deus diz na Palavra.



Entramos em estado de mentira bíblica e condenação quando rejeitamos aquilo que Deus diz em sua palavra já nos pertencer.



Quem confia na Palavra de Deus, crê no próprio Filho e sabe que Deus tudo pode fazer: unir novamente o casal, enriquecer, dar filhos, etc.



Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso o fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu.” 1 João 5:10



O modo mais eficaz de atrair as bênçãos de Deus é crer na Palavra e falar de acordo com ela em todas as situações da sua vida.



Quer saber se uma pessoa vai bem? Passe a prestar atenção no que ela fala. A forma pela qual ela fala compõe um bom retrato das suas reais condições e do que ela vem semeando em sua vida através da sua própria boca.



Quem não crê em Deus, e consequentemente na Sua palavra, já fez a Ele mentiroso.



São aqueles que só fazem declarações destrutivas, murmuram, reclamam: estão mentindo e ainda por cima está fazendo Deus um mentiroso!



A tendência dos mal sucedidos é colocar a culpa nos outros, mas no íntimo sabem que não foram prosperados porque são relaxados e não tem se mantido firmes no caminho. Dizem até que são de Deus, mas não acontece nada de bom em suas trajetórias porque são displicentes na prática cotidiana da Verdade!



A própria vida do crente displicente está fazendo de Deus mentiroso e afastando os demais à sua volta da porta do Evangelho de Cristo!



Aquele que se diz do Senhor e colhe apenas insucessos, miséria, brigas e doenças está tirando a esperança humana, os colegas e familiares ao redor se questionam: “Cadê o Deus de Fulano? Ele se diz tão fiel e vive nessa aflição tremenda! Eu não quero saber disso, não!”



Não conhecemos o íntimo de uma pessoa mesmo que com ela convivamos há anos, o único que tem o poder de penetrar nas profundezas do nosso ser é o Pai.



O crente de língua mentirosa sabe que está em falta na fé, que ele não tem buscado a Deus sinceramente, não tem praticado a fé com freqüência, que não está resistindo aos assédios do mal com a palavra, em resumo, o cristão fracassado sabe que tem sido relaxado na comunhão com Deus apesar da sua aparência ser tão santa!



Mentir é falar algo contrário ao que diz a Palavra atitude que aborrece a Deus, fazendo-O mentiroso e passando a própria pessoa por mentirosa também, motivo da vergonha de muitos.



No fundo o crente fracassado sabe que não acreditou de verdade no que diz a Bíblia, que ele foi negligente e que ele não teve paciência em busca o entendimento completo para a sua situação.



Houve um povo riscado do mapa por causa da língua mentirosa.



Em números capítulo 13:17 a 20 Moises envia os homens mais iminentes de cada tribo do povo de Deus para que fossem ver e avaliar a terra já entregue a eles em promessa por Deus.



Moises instrui-os quanto aos aspectos aos quais deveriam estar atentos em sua jornada: Como é a terra? É fértil? Há árvores? Tragam o fruto da terra. Há muitos habitantes por lá? São fortes ou fracos? Em que cidades e condições eles habitam? Possuem edificações que os protegem dos ataques inimigos ou não?



E vede que terra é, e o povo que nela habita; se é forte ou fraco; se pouco ou muito. E como é a terra em que habita, se boa ou má; e quais são as cidades em que eles habitam; se em arraiais, ou em fortalezas. Também como é a terra, se fértil ou estéril; se nela há árvores, ou não; e esforçai-vos, e tomai do fruto da terra. E eram aqueles dias os dias das primícias das uvas.” Números 13:18 a 20



A bênção de Deus já pertencia àquele povo, sua tarefa era ir até lá e conhecê-la para conquistá-la conforme Deus já lhes havia assegurado.



Esses líderes do povo deveriam chegar naquela terra e constatar tudo de bom que já lhes pertencia, animando-se com as grandezas entregues a eles. Deus os levou para que pudessem planejar a sua vitória.



Em vez disso, dez entre doze chefes retornados reclamaram, murmuraram e aumentaram o problema, diminuindo a dádiva divina já concedida a eles. “Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós. E infamaram a terra que tinham espiado”. Números 13:31



Quantos se dizem crentes na Palavra não estão tomando as mesmas atitudes destes dez espias? Exaltam ao diabo e reduzem o poder de Deus em suas vidas!



Você está enganando-se amargamente quando diz que não pode, que não tem mais jeito! Você está mentindo a si e fazendo a Deus mentiroso perante o mundo!



Vida que está em farrapos é resultado da língua mentirosa que fala ao contrário das Escrituras!



Resultado daqueles que proferiram todo tipo de declaração contrária à promessa de Deus: não entraram na terra prometida. Aqueles que possuíam de vinte anos para cima não viram a glória de Deus.



Não verão a terra de que a seus pais jurei, e nenhum daqueles que me provocaram a verá.” Números 14:23



O futuro daquele que tem a língua mentirosa é ser riscado do mapa das bênçãos divinas porque ele está difamando o próprio Evangelho de Cristo.



Você não tem entrado na abastança de Deus que já lhe foi prometida há tempos porque duvida do poder do Senhor e acaba ficando de fora!



Somente dois líderes não tiveram essa atitude derrotada dos demais: Calebe e Josué “Certamente subiremos e a possuiremos em herança; porque seguramente prevaleceremos contra ela.” Números 13:30



Deus sustentou e levantou o povo que acreditou nEle de verdade.



O resultado de quem fala a verdade bíblica é a bênção divina.



Porém o meu servo Calebe, porquanto nele houve outro espírito, e perseverou em seguir-me, eu o levarei à terra em que entrou, e a sua descendência a possuirá em herança.” Números 14:24



Passe a falar o que Deus fala, pare de mentir agora mesmo!



É vontade de Deus o seu sofrer? Claro que não!



É querer divino que você esteja doente? Também não!



Pare de justificar suas derrotas somente para não ficar feio para você “isso não é a vontade de Deus”; “Deus não quis assim”. Que deus é esse que planeja deixar alguém na sarjeta? Certamente não é o Deus da Bíblia.



Quem profere a mentira espiritual, ou seja, fala ao contrário daquilo que Deus garante em Sua palavra para todos nós, profere a mentira espiritual: fraude que aborrece a Deus. “Destruirás aqueles que proferem a mentira; o Senhor aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento.” Salmo 5:6



A língua mentirosa rebaixa ao próprio Deus e exalta ao diabo!



Deus nunca perdeu uma queda de braço com o mal e jamais perderá. Aprenda mais sobre a caminhada com Deus.



Quem fala a verdade trás para a sua vida as respostas divinas. “Quem fala a verdade manifesta a justiça; porém a testemunha falsa produz a fraude.” Provérbios 12:17



A partir de hoje mostre através do seu viver que Deus é verdadeiro! Que Deus é, foi e sempre será extraordinário!



Não desista, insista, fale conforme o que Deus ensina nas Escrituras e Ele fará a obra por completo em você!



Abandone o hábito de ficar explicando a razão do seu insucesso. Pare de mentir, enfrente o mal com o poder de Deus e ganhe!



Fale de acordo com a palavra e trará bênçãos inimagináveis de Deus para você!



Em Nome de Jesus.







Mônica Gazzarrini.

"Jesus Cristo é o Senhor"

terça-feira, 15 de março de 2011

A QUE DEUS VOCÊ TEM SERVIDO ?

Você está mesmo servindo a Deus? Ou está obedecendo a outras pessoas e situações ao seu redor?



Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo?” Daniel 3:24b

Eu, porém vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto e semelhante ao filho dos deuses.” Daniel 3:25b



Sadraque, Mesaque e Abede-Nego eram jovens judeus e fiéis a Deus, juntamente com Daniel foram levados para a Babilônia, pelo rei Nabucodonosor que havia dominado e sitiado Jerusalém.



O rei, determinado tempo, levantou uma estátua de ouro dele e queria que todos a reverenciassem, quem não cumprisse aquela ordem real seria lançado no fogo ardente, mas ss três jovens não fizeram isto. Então o rei irou-se com a atitude deles e foi tirar satisfação junto aos jovens, que sem medo algum lhe responderam:



“...Não necessitamos de te responder sobre este negócio. Eis que o nosso Deus a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará do forno de fogo ardente e da tua mão, ó rei.” Daniel 3:16b e 17



A quem você está servindo, irmão? À preocupação com as dívidas? Ao desemprego? À infelicidade conjugal? À doença? Afinal de contas: quem tem sido o seu senhor? As atribulações e reveses do mundo ou Deus?



Os jovens não tiveram qualquer medo e continuaram olhando somente para Deus. Recusaram-se a adorar a imagem de ouro daquele rei, pois mantinham plena confiança em Deus.



Devido à sua atitude de fidelidade unicamente a Deus, eles foram acorrentados e lançados na fornalha, que foi aquecida sete vezes mais e tão intensas eram as chamas do fogo que até os forneiros morreram queimados.



O que aconteceu com os jovens de Deus?



Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo?” Daniel 3:24b

Eu, porém vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto e semelhante ao filho dos deuses.” Daniel 3:25b



Aos olhos de todos, inclusive do rei, eles nem sequer ficaram com cheiro do fogo e ainda por cima Jesus estava lá com eles, saíram ilesos deste episódio.



Eles deram um exemplo extremo de coragem e de fidelidade a Deus e o rei os reconheceu verdadeiramente como servos do Deus altíssimo. (Daniel 3:26)



Mais um exemplo bíblico que nos faz refletir e avaliar: Estamos tendo medo de ser completamente fiel a Deus mesmo nas situações ameaçadoras? Só louvamos a Ele quando tudo em nossas vidas vai bem? Trocamos nossa visão espiritual pelos desafios deste mundo para nos comandar?



Não tenha mais medo de se assumir como servo e filho de Deus, mesmo que o fato ocorrido esteja ameaçando sua vida.



Não permita mais que os problemas do mundo “sejam o seu deus e comandem o seu crer”, pior de tudo, que eles ainda nublem a sua fidelidade, amor e louvor a Deus. Mesmo que as pessoas ao seu redor pensem que você é desmedido e que certamente este será o seu fim, como ocorreu com aqueles corajosos jovens, você também só tem a ganhar com esta atitude, pois Deus é fiel e jamais vai te abandonar !!!





Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com


“Jesus Cristo é o Senhor”

domingo, 13 de março de 2011

DEUS QUER CONTINUAR TE MOSTRANDO AS SUAS SANTAS MARAVILHAS.

Você já entregou a sua vida ao Senhor Jesus, mas está se sentindo ameaçado no seu ambiente de trabalho, na sua faculdade e na sua família ou inseguro no seu coração?



Pastoreia o teu povo com o teu cajado, o rebanho da tua herança que vive à parte numa floresta, em férteis pastagens. Deixa-o pastar em Basã e em Gileade, como antigamente.” Miquéias 7:14 NVI (*)

Historicamente, ao longo da sua vida você sempre foi corajoso, um verdadeiro líder, formador de opinião, a sua alegria sempre contagiou aos seus amigos, familiares e colegas de trabalho e com estas atitudes você levantava o ânimo deles. Em resumo, as pessoas chegavam tristes e cabisbaixas até a sua presença e saíam esperançosas e positivas após terem contato contigo.



Agora, que você aceitou a Jesus Cristo como seu Salvador, começou a ter receio da inveja das pessoas, frente às suas características vencedoras de personalidade que você sempre teve, mesmo quando era do mundo e andava sem Jesus?



Saiba que você precisa fortalecer o seu crer (que é a sua fé posta em ação) no seu cotidiano, ou seja, colocar os seus olhos em Deus e seguir em frente realizando os seus intentos, em vez de temer mais as ameaças que você recebe, seja no trabalho, nos estudos, na família, no amor...



Este versículo não fala por acaso de Basã e de Gileade, estas regiões não foram citadas só para encher espaço nas Sagradas Escrituras. Trata-se de terras férteis e a segunda, montanhosa e fértil também, sabemos que onde há fertilidade e produtividade existe uma vida abençoada.



Basã, a região nordeste do mar da Galiléia, caracterizada como uma faixa territorial de imensa fertilidade e composta de florestas intensas, destacando-se as árvores de carvalho. Gileade, a região montanhosa fértil a sudeste do mar da Galiléia.



No que esta citação pode nos edificar, nos nossos dias de hoje, se não moramos perto delas e nem as conhecemos profundamente? Esta fertilidade simboliza o que nós já dispomos nos brancos do Pai para sermos bem sucedidos em todos os nossos projetos e planos, pois Deus já nos colocou numa região fértil e muito produtiva: o Evangelho, que quando praticado e colocado em ação, nos trás respostas surpreendentes, muito melhores até do que poderíamos imaginar ou fazer somente com os nossos braços e inteligência !!!




Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estas comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.” Salmo 23:4 NVI



Mesmo quando você for literalmente amaldiçoado pelas pessoas, lembre-se que você tem algo muito superior a isto e a estes também: a Palavra e o poder de Deus agindo em sua vida e Ele, Deus mesmo, te protege e te livra de todas as ansiedades e medos que surgem perante os desafios e te dá sucesso nos seus assuntos.




Como nos dias em que você saiu do Egito, ali mostrarei as minhas maravilhas.” Miquéias 7:15 NVI


Não se deixe mais levar pela inveja alheia, nem pelo medo e muito menos pela ansiedade ou desânimo. Aqueles projetos que estão pendentes no seu trabalho, no seu curso universitário e no seu coração vão se realizar!


Não tenha mais medo de não ter o dinheiro suficiente e muito menos o empenho e dedicação necessários para desempenhar suas atividades e vencer os desafios que surgem, pois Deus quer abençoá-lo e fazer maravilhas em você, muito maiores do que você pede, pensa ou imagina.



Deus não te chamou para o Evangelho à toa, mas Ele te apresentou o entendimento do sacrifício de Cristo, Seu filho unigênito, para que você continue experimentando, na prática dos seus dias, todas as maravilhas que Ele já tem reservadas para cada um de nós, pois agora somos propriedade particular de Deus.



Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com


(*) NVI = Nova Versão Internacional – Bíblia de Estudo – Editora Vida.



“Jesus Cristo é o Senhor”

AS PROMESSAS QUE DEUS NOS FAZ SE CUMPREM MESMO?

Muitos cristãos já receberam algumas promessas de Deus através das Sagradas Escrituras, única fonte da sua suprema verdade, mas ainda estão se questionando: Como isto vai me acontecer? Devido à grandeza da mesma ou por não verem a chance atual delas se cumprirem.




Dá-me sabedoria e conhecimento, para que eu possa liderar esta nação, pois quem pode governar este teu grande povo? Deus disse a Salomão: “Já que este é o desejo do seu coração e você não pediu riqueza, nem bens, nem honra, nem a morte dos teus inimigos , nem vida longa, mas sabedoria e conhecimento para governar o meu povo, sobre o qual o fiz rei, você receberá o que pediu, mas também lhe darei riquezas, bens e honra, como nenhum rei antes de você teve e nenhum depois de você terá.” 2 Crônicas 1:10-12 NVI (*)



Salomão foi o filho de Davi que o substitui como rei após a sua morte. Ao lermos na íntegra esta passagem bíblica acima, constatamos que Deus apareceu a ele e falou para que ele pedisse aquilo que bem quisesse, que Deus lhe concederia.



Naquela época, o povo de Israel foi escolhido como povo de Deus, não aleatoriamente, mas pelo fato de eles se dedicarem unicamente ao Deus verdadeiro, atitude, que ao lermos outras passagens da Bíblia, constatamos que nem todos os povos da terra o faziam.



Salomão abriu o seu coração a Deus, pois havia vivenciado, na prática, as atitudes de seu pai como rei e estava decidido e empenhado a ser um bom rei para todos e esta questão era central para ele: honrar a Deus e à sua descendência desempenhando bem suas atividades como rei, e assim, superar a disputa que havia pelo reino entre ele e os seus irmãos, que também queriam a posição, mas ele sabia através do pai que Deus o havia escolhido para tal.



Então vemos o pedido de Salomão a Deus: sabedoria e conhecimento para ser um bom rei, ou seja, entendimento e direção divina para cumprir a vontade que Deus havia designado para ele.



Como sabemos do cumprimento desta promessa de Deus na vida de Salomão?



Uma passagem bíblica que nos confirma a realização das promessas de Deus na vida de Salomão é a visita da rainha de Sabá, descrita em 2 Crônicas 9:1-12. Onde ela reconhece e até muito se surpreende com o reino dele, com os seus oficiais, criados e copeiros, com a qualidade do seu palácio, com as vestes, tudo saltou positivamente aos seus olhos e até ultrapassou aquilo que lhe haviam informado.



Disse ela então ao rei: ‘Tudo o que ouvi em meu país acerca de tuas realizações e de tua sabedoria era verdade. Mas eu não acreditava no que diziam, até ver com os meus próprios olhos. Na realidade, não me contaram nem a metade da grandeza de tua sabedoria; tu ultrapassas em muito o que ouvi.” 2 Crônicas 9:5-6 (NVI)



E nós, irmão, que lição tiramos desta passagem? Buscamos, aceitamos e nos empenhamos integralmente para saber e desempenhar a vontade de Deus para nós? Ou ficamos pedindo aquilo que nos vem à cabeça?



Constatamos que quando nos abrimos plenamente para cumprir a vontade de Deus, Ele mesmo nos concede muito mais do que pedimos ou poderíamos pensar. No caso de Salomão, ele pediu para ser capaz de fazer aquilo que Deus queria e Deus, além disto, lhe deu riqueza, bens,e honra e destaque que nem um outro rei jamais teve ou terá !!!


Em Nome de Jesus.




Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com



(*) NVI = Nova Versão Internacional – Bíblia de Estudo – Editora Vida.



“Jesus Cristo é o Senhor”

quarta-feira, 9 de março de 2011

PENSE, AJA E FALE CONFORME A PALAVRA DE DEUS.

Como permanecer no Espírito Santo após o batismo nas águas, recebendo as direções abençoadas do Senhor em nossas vidas?


Como permanecer no Espírito Santo após o batismo nas águas, recebendo as direções abençoadas do Senhor em nossas vidas?



“Estes são os nomes dos homens que Moisés enviou a espiar aquela terra; e a Oséias, filho de Num, Moisés chamou Josué.” Números 13:16



“Ela (Maria) dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados” Mateus 1:21 (NVI)



Oséias = Salvador É Deus; sua marca no mundo: AMOROSA,RESPONSABILIDADE, FRANQUEZA, FACILIDADE DE ADAPTAÇÃO, SERENIDADE



Josué = A Salvação É Deus; sua marca no mundo: OUSADIA,ESPÍRITO COMPETITIVO,INDEPENDÊNCIA,FORÇA DE VONTADE,ORIGINALIDADE



Jesus = Redentor, sua marca no mundo: OUSADIA,ESPÍRITO COMPETITIVO,INDEPENDÊNCIA,FORÇA DE VONTADE,ORIGINALIDADE



Josué foi o sucessor de Moisés, este nome tem a mesma origem da palavra Jesus, que significa “O SENHOR SALVA” e foi o próprio Moisés quem o deu a Josué.



Este homem de Deus teve uma mudança significativa em seu nome, pois o nome dele era Oséias, cuja marca no mundo era bem mais moderada, quando comparada á do nome Josué.



“E sucedeu depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, que o SENHOR falou a Josué, filho de Num, servo de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel.” Josué 1:1-2



Levanta-te e passa pelo Jordão, em outras palavras: permanece no Espírito Santo após o sei batismo nas águas.



Sepulte o velho homem que estava no mundo, para ser dirigido somente pelo Espírito Santo.



Tome esta decisão nas suas atividades diárias também após o batismo, pois “como fui com Moisés, assim serei contigo”.



Onde Deus te coloca, seja na família, no trabalho, em qualquer lugar, aqueles seres são seus para que você os leve a Cristo. Deus já os concedeu a você e “Deus nunca te deixará e jamais te desamparará”, ou seja, onde você estiver, Deus estará contigo.



Não é por acaso que Ele disse a Josué “esforça-te e tem mui com ânimo”, isto significa nem fanatismo e muito menos esfriamento. Apenas esforce-se para viver em harmonia com a Palavra de Deus!



“Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.” Josué 1:8



Mas como fazer isto? Deus deu a dica de como fazer isto: aprenda a falar conforme a Palavra de Deus.



Quanto à doença,o que Deus nos ensina a falar? Que eu já fui curado pelas feridas de Jesus, é citado em Isaías. Então não confesse nunca mais que você está doente, mas também não deixe de fazer os seus tratamentos médicos.



Fale de acordo com a Palavra de Deus e não aceite o contrário. Medite de dia e de noite nas Escrituras e pense conforme a Palavra de Deus.



O homem é livre para pensar, pois os outros não podem ler os seus pensamentos e nem suas intenções que estão no coração, só Deus é capaz de fazer isto!



Quem pensa no adultério e não o expulsa, fica tão vendido ao inimigo quanto o praticante de tal ato. E suas orações não são atendidas, se o seu pensamento é contrário à Palavra de Deus.



PENSE, AJA E FALE SOMENTE CONFORME A PALAVRA: É DIRIGIDA A TODOS ESTA ATITUDE!



Examine-se todos os dias e consagre-se, para você ser terreno fértil para a glória de Deus!



“Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.” Josué 1:9



Os meus pensamentos devem ser agradáveis ao Senhor, assim como minhas ações e as minhas palavras que digo. Agindo assim, a vitória é sua, pois você é luz do Senhor, que vive em harmonia completa com o Senhor.



Chame as coisas que não são, como se todas elas já fossem abençoadas por Deus, pela fé que você tem!



Livre-se de tudo aquilo que está te separando de Deus!



Jesus designou que os discípulos atravessariam o mar, todos eles! Os discípulos de Jesus foram designados a atravessar para o outro lado do mar, não para chorar de medo e nem para ficar parados naquela grande tempestade que se armou!



Da mesma forma acontece, com cada um de nós, que já O aceitamos. As oposições, os problemas e os infortúnios tentam nos ameaçar, como forma de nos intimidar. Mas Deus não quer isto para nós, de forma algumas, pois Ele não nos vê brigando com os maremotos, Ele nos vê seguros em terra firme, naquela que Ele já planejou para o nosso sucesso.



Portanto, não tenha mais vergonha, nem descaso e tampouco se importe com o julgamento dos outros, mude a partir de agora: PENSE, AJA E FALE CONFORME A PALAVRA DE DEUS!



Em Nome de Jesus.




Mônica Gazzarrini
E mail: mogazzar@hotmail.com



“Jesus Cristo é o Senhor”

segunda-feira, 7 de março de 2011

SEJA COMPLTAMENTE REVIVIFICADO POR DEUS.

As tribulações e situações que vemos serem intransponíveis somente pelas nossas forças humanas surgem e até nos desanimam e pensamos que aquilo não tem mais jeito. O que Deus fala e nos faz para que as vençamos definitivamente ?



Os apertos surgem, as situações que nos ferem também, assim como os desafios na área financeira, afetiva, profissional, física e da família, entre outras. Como lidar com estas ocasiões nada boas que aparecem no nosso caminho?



Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos.” 1 TIMÓTEO 6:17



A Palavra de Deus é bastante clara neste sentido: Tudo depende de onde estamos nos apoiando.



Muitos de nós, mesmo já sendo de Jesus há tempos, acabamos nos apoiando nas incertezas do mundo, como se elas pudessem nos garantir alívio. Puro engano.



Ou então ficamos tristes, arrasados mesmo, quando demora para obtermos uma resposta do Senhor ao nosso clamor desesperado.



Isto reflete insegurança e também que os nossos olhos estão mais fixados no problema do que no poder de Deus para resolver a questão que nos corrói e nos leva às lágrimas.



Mas, o que Deus fala? Que Ele nos nega algo? Não!!!! Ele diz que nos dá abundantemente todas as coisas para delas usufruirmos.



Então paramos e pensamos: “isto não está acontecendo na minha vida! Senhor, eu ainda não casei e já estou passando da idade; ou ainda não tenho um emprego que me garanta suprir todas as coisas no meu lar; ou estou com muitas dores insuportáveis que não me permitem ter vida normal e independente.” entre outras questões...



Como fazer para encarar os desafios da vida? Fazer de conta que eles não existem, não é possível!! Então como Deus nos fala deles? A Palavra de Deus também nos orienta sobre isto.



Andando eu no meio da angústia, tu me revivificarás; estenderás a mão contra a ira dos meus inimigos, e a tua destra me salvará.” SALMO 138:7



Deus quer e pode nos revivificar!!! Ou seja, Deus nos reabastece da Sua Santa Vida em cada um de nós e isto nos fortalece.



Seja qual for a questão que o está incomodando, você deve clamar a vida do Senhor dentro do seu ser, pois ela te faz mais do que abundante e vencedor em todas os desafios e situações, além de combater e eliminar todas as armadilhas que o inimigo insiste em querer colocar nas áreas do seu viver.



O que ocorre após esta atitude sua, irmão? Simples: surgem pessoas, situações e sentimentos que não existiam antes dentro e nem ao redor de você. É um ganho de criatividade espiritual para superar todas as dores que o estavam afligindo, tanto físicas como emocionais.



Surge aquele amigo de longa data que você não via há tempos e que te renova o bom ânimo, você recebe uma recomendação médica que trás toda a diferença nas suas dores, há uma proposta profissional que você sempre esperou, entre outros fatos edificantes e surpreendentes!!! Isto ocorre porque colocamos a nossa fé em ação, olhando para aquilo que Deus nos garante que já é nosso pelas Sagradas Escrituras.



Estes são os efeitos práticos quando somos verdadeiramente revivificados pelo Senhor.




Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com



“Jesus Cristo é o Senhor”

sábado, 5 de março de 2011

O ESPÍRITO DE DEUS ESTÁ AGINDO EM VOCÊ?

Como está o seu empenho em fazer aquilo que Deus lhe fala ?
Faz de boa vontade ? Não faz ? Ou faz só por obrigação ?



A sua motivação em ouvir, compreender e as suas atitudes dependentes dela ou não, fazem toda a diferença nas respostas do Senhor para você.



A salvação nos é proclamada pelo chamado do Senhor, caracterizando o tempo de bondade de Deus para conosco.

Ele é específico para as atividades de cada um dos seus filhos.

Ele nos dá os propósitos e deles temos o entendimento através do Espírito Santo.

Cabe a nós fazer aquilo que Deus já nos vê realizando.



Da mesma forma ocorreu com nosso Senhor Jesus Cristo, que ao ler na sinagoga os versículos de Isaías, que estão abaixo, sentiu de Deus as suas responsabilidades a serem cumpridas. Ele foi ungido por Deus a fim de pregar as boas notícias, restaurar a vida das pessoas e proclamar a nossa liberdade em Deus.

Segundo os estudiosos das Escrituras o dia da vingança de Deus só ocorrerá no dia da volta de Cristo à terra.



“O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;

A apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;” Isaías 61:1-2



Quando aceitamos ao Senhor Jesus recebemos glória, alegria, louvores a Deus, pois glorificamos a Deus pela transformação que Ele faz em nossa vida e na vida dos nossos, quando nos chama para integrar o corpo de Cristo.



“A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do SENHOR, para que ele seja glorificado.” Isaías 61:3



Nós, cristãos, também temos a mesma responsabilidade de levantar as pessoas ao nosso redor, que andam pelo mundo e não conhecem ainda os milagres que Jesus já nos realizou. Depois que eles se abrem para ter esta experiência renovadora, eles também precisam cumprir este chamado de salvação dos que ainda não tem consciência e viver em Cristo Jesus.



“E edificarão os lugares antigamente assolados, e restaurarão os anteriormente destruídos, e renovarão as cidades assoladas, destruídas de geração em geração.

E haverá estrangeiros, que apascentarão os vossos rebanhos; e estranhos serão os vossos lavradores e os vossos vinhateiros.

Porém vós sereis chamados sacerdotes do SENHOR, e vos chamarão ministros de nosso Deus; comereis a riqueza dos gentios, e na sua glória vos gloriareis.” Isaías 4-6



Com esta atitude de aceitação e de viver em Cristo, segundo Seus ensinos, o Senhor garante uma mudança muito significativa: extinção da vergonha, da afronta e da miséria.



No lugar destes infortúnios que o diabo, comandante destas coisas indesejáveis do mundo, coloca para aqueles que não vivem em Jesus, o Senhor coloca tudo de excelente, ou seja, Ele nos concede conduta pessoal baseado na ética, honestidade, coragem, pureza, virtude. Um lugar de relevo, de importância redobrada, muita alegria, multiplicando tudo aquilo que já possuímos.



“Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.” Isaías 61:7





Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini.


"Jesus Cristo é o Senhor"

quinta-feira, 3 de março de 2011

A DIFERENÇA ENTRE OBEDECER OU IGNORAR O QUE DEUS DIZ.

Exemplos bíblicos falam muito mais do que nós poderíamos imaginar.



Amanhã, em aquecendo o sol, vos virá livramento. ...se alegraram.” 1 Samuel 11:9 b

Amanhã sairemos a vós; então nos fareis conforme a tudo o que parecer bem aos vossos olhos.” 1 Samuel 11:10 b

e vieram ao meio do arraial pela vigília da manhã, e feriram aos amonitas até que o dia aqueceu; e sucedeu que os restantes se espalharam, de modo que não ficaram dois deles juntos.” 1 Samuel 11:11 b

Hoje não morrerá nenhum, pois hoje tem feito o SENHOR um livramento” 1 Samuel 11:13 b


O povo de Israel, na passagem acima, creu naquilo que Deus havia lhes revelado e não ficou parado, agiu e entraram em confronto com os amonitas e venceram-nos, pois seguiram exatamente o que Deus já havia lhes orientado.

O povo sabia que poderia entrar em confronto com seus opositores que Deus lhes daria o livramento, a vida e a vitória. Eles somente seguiram em frente e fizeram o que era esperado, pois confiaram naquilo que Deus lhes garantiu.

Bem diferente do ocorrido com eles quando Deus os enviou para espiar a terra de Canaã.



E falou o SENHOR a Moisés, dizendo:
Envia homens que espiem a terra de Canaã, que eu hei de dar aos filhos de Israel; de cada tribo de seus pais enviareis um homem, sendo cada um príncipe entre eles.
E enviou-os Moisés do deserto de Parã, segundo a ordem do SENHOR; todos aqueles homens eram cabeças dos filhos de Israel.” Números 13:1-3

E eles voltaram de espiar a terra, ao fim de quarenta dias.
E caminharam, e vieram a Moisés e a Arão, e a toda a congregação dos filhos de Israel no deserto de Parã, em Cades; e deram-lhes notícias, a eles, e a toda a congregação, e mostraram-lhes o fruto da terra.
E contaram-lhe, e disseram: Fomos à terra a que nos enviaste; e verdadeiramente mana leite e mel, e este é o seu fruto.
O povo, porém, que habita nessa terra é poderoso, e as cidades fortificadas e mui grandes; e também ali vimos os filhos de Enaque.” Números 13:25-28



Deus também garantiu ao povo que lhes daria a terra de Canaã, para tal bastaria que os líderes fossem até lá para verificar, mas eles foram e voltaram reclamando e desconsiderando a terra que Deus já havia lhes concedido.

Dos doze líderes, dez deles voltaram assim, somente Josué e Calebe é que ficaram firmes olhando somente para aquilo que Deus já havia garantido como bênção para eles.

E como conseqüência somente os dois puderam entrar na terra de Canaã, os jovens acima de 20 anos não !!!

E você, irmão? Quando ouve alguma diretriz de Deus, que fala pela Sua Santa Palavra, como age?

Muitos reclamam de derrota, tem desanimo e ficam enfraquecidos, conseqüência de não dar ouvidos e não fazer tudo aquilo que Deus espera deles.

Desafios todos nós temos, mas alguns buscam ao Senhor e crêem naquilo que Ele lhes direciona a fazer, pensar e sentir, já outros não !!!!

Pare, pense e responda: como tem sido sua jornada? De vida e vitória ou não...

Tudo depende da forma pela qual você crê, ou seja, coloca a sua fé em ação ou não. Se for contra aquilo que Deus lhe diz, vai ser mal surpreendido, mas se ousar fazer o que Deus lhe ensina, você é mais do que vencedor!


Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini
E-mail: mogazzar@hotmail.com

“Jesus Cristo é o Senhor”

NÃO ACEITE AS PROPOSTAS DO INIMIGO

E digo isto para que ninguém vos engane com palavras persuasivas” (Colossenses 2.4).




O diabo é enganador, por isso precisamos ter cuidado com ele. O maligno é capaz de levar um cristão a pensar diferente da Palavra de Deus. Por exemplo: consegue fazer com que alguém ache que não se casou bem e, por isso, deveria procurar outra pessoa que o completasse. Ele faz também com que muitas pessoas se percam na vaidade, procurando em roupas, sapatos, joias e nas demais coisas materiais a sua realização. Há aqueles enviados por Satanás com um único propósito: tirar-nos da fé e levar-nos à perdição.

Os servos do inferno têm uma lábia tremenda. Como o seu chefe, eles são mestres em palavras com grande poder de persuasão. Se possível fosse, enganariam até os próprios escolhidos. Cuidado! Sua salvação é o dom mais precioso recebido de Deus. Com ela, seu futuro eterno está garantido; contudo, se você vier a perdê-la, por toda a eternidade experimentará sofrimento e dor (Apocalipse 3.11).

Se o diabo tentou o próprio Senhor, conosco ele não será bonzinho. Definitivamente, não somos exceção. Sem dúvida, ele irá tentá-lo tantas vezes quanto puder e, talvez, já o tenha feito, e você caiu em suas proposições. Quantos foram chamados pelo Senhor para uma obra específica, mas não Lhe atenderam? O que fez com que deixassem de cumprir a divina ordem foi uma sugestão do inimigo, a qual foi aceita. Será que Deus não levou isso em conta? Seria possível dizer “não” a alguma de Suas revelações, sem termos de pagar pela negativa? O diabo faz muitos ficarem fascinados com as riquezas, para, então, dar o golpe mortal. Há, ainda, outros artifícios usados pelo adversário, os quais derrubam muitos.

Como um cristão pode se preocupar com as coisas deste mundo? Alguns nem tempo encontram para ir à igreja, pois precisam ganhar dinheiro. Outros só pensam na casa própria quando a Palavra manda pensar nas coisas do Alto (Colossenses 3.1-3). Para muitos, o alvo é a formação universitária dos filhos e, por isso, não contribuem com a evangelização dos perdidos. São muitos os cuidados do mundo que enganam os cristãos.

Um dos fatores que mais derrubam o povo de Deus é a ambição por outras coisas. Talvez alguns pensem: “Se ele pode comprar aquela roupa, por que eu não?”. “Se meus amigos podem passar as férias em outro continente, por que eu e a minha família não podemos?”. Tudo isso tem sido usado pelo diabo para tirar a parte de muitos na recompensa que aguarda os fiéis.

Jesus declarou que tais coisas são como espinhos que sufocam a Palavra de Deus (Mateus 13.22). Quando a semente cai entre espinhos, ela não consegue as condições para produzir um fruto com perfeição. As pessoas que não têm produzido os frutos do Espírito, ou não têm levado ninguém ao encontro do Senhor, precisam se cuidar, pois o inimigo as tem enganado. Tudo o que você conseguir no campo material, ficará por aqui. No entanto, quem conseguir a verdadeira riqueza ou gastar os dias fazendo o que agrada a Deus será recompensado no grande Dia (Mateus 6.19,20).



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

terça-feira, 1 de março de 2011

OBTENDO DE DEUS O APOIO PARA VENCER

Conheça quais são as características que você deve cultivar junto a Deus para ter vitórias, muito maiores do que você pede, pensa ou imagina que sejam possíveis ocorrer.


Deus ama a cada um de nós, Ele nos chama e faz com que sejamos o melhor dEle, para que possamos dar continuidade ao Seu principal objetivo: gerar frutos para Ele no Reino de Deus. (leia João 15)



Mas quais são as características pessoais que as Sagradas Escrituras enfatizam para que possamos desempenhar cada uma das ações que Deus conta conosco para que as façamos e para que Ele obtenha a multiplicação da fé do Seu Santo povo nEle?



Em Provérbios 4, Deus detalha as atitudes que Ele edifica em nós: prudência, sabedoria, inteligência, entendimento.

"1. Ouvi, filhos, a instrução do pai, e estai atentos para conhecerdes a prudência.
2. Pois dou-vos boa doutrina; não deixeis a minha lei.
3. Porque eu era filho tenro na companhia de meu pai, e único diante de minha mãe.
4. E ele me ensinava e me dizia: Retenha o teu coração as minhas palavras; guarda os meus mandamentos, e vive.
5. Adquire sabedoria, adquire inteligência, e não te esqueças nem te apartes das palavras da minha boca.
6. Não a abandones e ela te guardará; ama-a, e ela te protegerá.
7. A sabedoria é a coisa principal; adquire pois a sabedoria, emprega tudo o que possuis na aquisição de entendimento.
8. Exalta-a, e ela te exaltará; e, abraçando-a tu, ela te honrará.
9. Dará à tua cabeça um diadema de graça e uma coroa de glória te entregará.
10. Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, e se multiplicarão os anos da tua vida.
11. No caminho da sabedoria te ensinei, e por veredas de retidão te fiz andar.
12. Por elas andando, não se embaraçarão os teus passos; e se correres não tropeçarás.
13. Apega-te à instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida.
14. Não entres pela vereda dos ímpios, nem andes no caminho dos maus.
15. Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo.
16. Pois não dormem, se não fizerem mal, e foge deles o sono se não fizerem alguém tropeçar.
17. Porque comem o pão da impiedade, e bebem o vinho da violência.
18. Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.
19. O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem sabem em que tropeçam.
20. Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido.
21. Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no íntimo do teu coração.
22. Porque são vida para os que as acham, e saúde para todo o seu corpo.
23. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.
24. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios.
25. Os teus olhos olhem para a frente, e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti.
26. Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam bem ordenados!
27. Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal." Provérbios 4


Prudência: andar conforme Deus fala detalhadamente nas Sagradas Escrituras, em todas as áreas da nossa existência, superando, com vantagem e firmeza, as tentações do maligno para que nós tropecemos e coloquemos “os pés, pelas mãos”.

Em outras palavras, o prudente sabe dirigir-se adequadamente em todas as situações e se compromete interiormente e externamente também a fazer o melhor, segundo o aprendizado que ganha a cada dia com o Senhor.


Inteligência: para manter-se dentro das ordenanças de Deus e ganhar “jogo de cintura” para não perverter os Seus Santos ensinamentos, tem a capacidade de questionar e avaliar os prós e contras resultantes que se encontram submersos em quaisquer situações, eventos ou pessoas que surjam na sua frente.


Entendimento: é a mola mestra para que possamos ter a principal característica que Deus concede. É a capacidade de compreender espiritualmente em Deus todas as questões que nos cercam, ou seja, a profundidade surpreendentemente simples de tirar as conclusões e atitudes corretas, vendo a realidade divina dos fatos, pessoas e situações que nos envolvem e demandam de nós um posicionamento santificado. (Jesus, ao nascer e viver como homem aqui na terra, é nosso exemplo supremo desta prática, bem como das demais também.)



Sabedoria: A principal destas características divina em nós é a sabedoria, pois ela é capaz até de nos destacar perante os que nos contatam, mesmo aqueles que nunca antes nos conheceram.

Esta característica tem a capacidade de nos ressaltar como filhos de Deus, onde espontaneamente damos excelentes exemplos, atitudes e testemunhos práticos em nossas vidas.

Imagino que não foi a toa e muito menos por acaso que Salomão pediu exatamente esta característica quando Deus o chamou.

E também sabemos que Deus avalia o coração de todos, se Ele encontra sinceridade e interesse em obtê-la para ser um realizador eficiente do ministério que Ele nos concedeu, Ele nos dá não somente a sabedoria, mas destaque, alegria e tranqüilidade financeira também, além de muitos outros inimagináveis benefícios, que nós não poderiamos obter através de mais ninguém!




“E não escutei a voz dos que me ensinavam, nem aos meus mestres inclinei o meu ouvido!” Provérbios 5:13

Um erro que deve ser fortemente combatido é a teimosia e o desprezo pelas características que nos capacitam a ser orientados por Deus todos os dias e em todas as situações e áreas.



Pare de imaginar que você já sabe de tudo, pois tem muitos anos no Evangelho.

Mesmo com esta imaginável vantagem, você sofre o risco de fechar os ouvidos e, consequentemente, parar de ter conhecimentos dos passos seguintes que Deus desenha e que espera que você continue a dar ao longo de cada um dos seus dias por aqui.





Mantenha-se iluminado pelo Senhor e garanta, deste modo, que não vai tropeçar.



Quer queira, quer não, você é um exemplo do Evangelho e assim deve permanecer !

Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini

"Jesus Cristo é o Senhor"

UM PEQUENO DETALHE

A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade. Amém!” (Efésios 6.24).




Nos países em que o cristianismo é difundido, é difícil encontrar alguém que não garanta amar ao Senhor Jesus. Até as pessoas que estão no erro afirmam amar a Deus. Elas não entendem que esse ato só é praticado por quem tem e guarda os mandamentos divinos (João 14.21). É bom examinar a si mesmo, pois é responsabilidade sua saber o que o Pai quer que você faça. Quem não observa as proibições e as ordens escritas na Palavra de Deus jamais O amará. A graça somente será sobre quem ama a Jesus em sinceridade.

Ser sincero em tudo é muito importante. Os que pensam que podem cumprir a missão de qualquer jeito estão bem enganados. A Palavra chama de malditos os que fazem a obra relaxadamente (Jeremias 48.10). Ora, o Senhor quer santidade, respeito e dedicação de todos aqueles que O representam. Não se pode servir ao Deus santo com pensamentos e propósitos impuros, porque Ele não Se deixará representar por quem servir ao maligno.

Se a pessoa que se acha esperta, introduz alguma forma de “malandragem” no serviço a Deus, está apenas e tão somente perdendo tempo. Agindo dessa maneira em relação ao Senhor, ela é abandonada por Ele. A Palavra do Altíssimo dá uma dica, ao perguntar se dois andarão juntos, se entre eles não houver mútuo consentimento (Amós 3.3). Todos aqueles que não têm sido sinceros em cumprir a missão que lhes foi confiada devem se emendar com urgência, confessando este e outros pecados a Deus.

Há pessoas que creem que os fins justificam os meios, mas isso é doutrina diabólica; jamais vemos isso na Santa Palavra. A obra tem de ser feita com sinceridade, ou, então, não será obra de Deus (Mateus 5.37). Onde há mentira ou algum outro engano, há demônio em operação, e o melhor que se tem a fazer, então, é sair de tal situação. Nunca fique onde Deus não esteja. Ele disse que devemos ser santos, porque Ele é santo (1 Pedro 1.16).

Todo obreiro deve ter cuidado com seu procedimento no Evangelho. Quem trouxer fogo estranho ao altar do Senhor pagará um alto preço por tal maldade (Números 26.61). Deus não é como um daqueles empresários gulosos, que, para conseguirem ganhar mais um pouco, contratam malandros e bandidos para cuidarem da Sua casa. Deus é santo e, sem dúvida alguma, julgará os adúlteros, os mentirosos e demais obreiros fraudulentos.

Agir de modo escuso, sem sinceridade, a fim de fazer a vontade divina levará você à condenação. Lembremos o exemplo de pessoas que pagaram um preço tremendo por servirem ao Senhor de fato. Teria sido fácil para elas caso tivessem se unido às autoridades de sua época, dando uma declaração dúbia, não falando a verdade, a fim de salvar a própria vida. No entanto, se tivessem agido assim, teriam perdido o tempo gasto no que chamariam de obra de Deus e, por fim, seriam condenadas como falsas testemunhas da verdade. João Batista não teria perdido a cabeça, se não tivesse falado a verdade para Herodes (Marcos 6.17-29). Um pequeno detalhe pode causar-lhe um grande prejuízo.




Em Cristo, com amor,


R. R. Soares