Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

NÃO ENDUREÇA O SEU CORAÇÃO A DEUS.

Senhor, ensina-me a aceitar de coração (pois dele advêm as saídas da vida). Ensina-me também a ter cada vez mais conhecimento dos teus caminhos. Em Nome de Jesus.





“...se ouvirdes, a sua voz (de Deus)... não endureçais os vossos corações...no dia da tentação. E (Deus) disse: é um povo que erra de coração e não tem conhecimento dos meus caminhos” – Salmo 95:7-10 partes

A luz semeia-se para o justo,; e a alegria para os retos de coração” salmo 97:11

A luz brota, ou seja, o entendimento vem, para aquele que ouve e obedece a Palavra De Deus.

A alegria, ou seja, a resposta favorável vem, para aquele que limpa o seu coração de todo o mal.



Então:

- o ímpio está na escuridão (tanto aquele que não ouve a Palavra de Deus como aquele que até a ouve, mas não a obedece, está perdido, desorientado.

- O erro de coração acarreta tristeza. Ter um coração impuro nos trás tristeza.



Portar-me-ei com inteligência no caminho reto...Andarei em minha casa com um coração sincero” Salmo 101:2 (partes)

Não porei cousa má diante dos meus olhos:... nada se me pegará” Salmo 101:3 (partes)



Fora os:

- de coração perverso

- que difamam o próximo

- de olhar altivo

- de coração soberbo

- que usam de engano

- que preferem a mentira

- ímpios

- que praticam iniqüidades



Pois estes já têm o coração endurecido para Deus!!!!



A base da oração para aprender a obedecer a Deus com exatidão:

- fazer o que Deus quer X fazer o que nós queremos

- aprender a fazer a perfeita vontade de Deus em tudo o que fizermos

- iluminar a mente para acertar o alvo que Deus nos impôs

- - ficar no alvo de Deus (não sair do alvo => não pecar)

- ficar dentro da vontade de Deus para cada um de nós

- aceitar o que nos pertence: salvação integral, cura. Prosperidade, saúde, família...)



Senhor, revela-nos os nossos dons e os nosso talentos!!



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
e-mail: mogazzar@hotmail.com


Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.


Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://campolimpopaulistanagracadedeus.blogspot.com/
http://aceiteajesuscristo.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://artigosgospel.com/



“Jesus Cristo é o Senhor”

O MODO DE ANDAR DO CRISTÃO

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados” (Efésios 4.1).




Fomos chamados para, de fato, sermos livres; afinal, Jesus garantiu isso (João 8.36). Apesar disso, dói muito ver filhos de Deus presos a pecados, pois esse não é o plano do Altíssimo para a vida deles. Temos de andar de modo digno da vocação para a qual fomos chamados, em vez de sermos dominados pelas ações do inimigo. A desonestidade, a mentira, o adultério, os vícios e as demais ações malignas não podem existir na vida de quem foi escolhido a dedo para ser eternamente do Senhor.

A nossa chamada é para sermos testemunhas de Cristo. Isso significa que não somente as nossas palavras devem estar em consonância com as Escrituras, mas também o nosso comportamento deve ser puro e santo. É infinitamente melhor viver de modo simples, sem luxo – sendo, inclusive, taxado por muitos como um bobo –, do que ter a marca do pecado em nossa vida, pois quem está no erro não pode testemunhar do Senhor, o qual é santo, puro e perfeito.

O que agrada ao Todo-Poderoso é andarmos como Cristo andou (1 João 2.6), o qual não era um esnobe espiritual, mas alguém que seguiu a direção divina exatamente como Lhe havia sido prescrita. Ele caminhou por toda parte fazendo o bem, sem nunca deixar um rastro de sujeira por onde quer que passasse. Logo, ninguém podia acusá-lO de, por exemplo, ter desonrado o lar de alguém ou tomado algo que não Lhe pertencesse. Ao contrário, as pessoas viam no Filho de Deus a extensão de Seu Pai. É justamente esse o significado de andar como Jesus andou: quando as pessoas nos virem, também verão o Senhor.

Não devemos dar lugar ao diabo (Efésios 4.27), pois, além de nos tentar, ele nos faz ofertas promissoras – as quais, na realidade, não passam de mentiras – e incute em nosso coração maus sentimentos, como, por exemplo, o ódio de alguém que esteja no erro. Às vezes, não pensamos na inconsequente decisão que tomamos. De fato, até nos esforçamos ao máximo para ganharmos um perdido para o Senhor, mas, quando um irmão cai em transgressão, quase sempre fechamos o coração e o expulsamos da casa do Pai. Será que, com esse tipo de atitude, estamos dando lugar a Deus ou ao demônio da maldade?

O Altíssimo não confiou Sua Palavra a nenhum grupo religioso, mas, sim, aos Seus discípulos. Portanto, temos a chave do Reino dos Céus, com a qual podemos levar muitas pessoas ou ao paraíso eterno, ou à destruição. Que Deus nos ajude a não sermos a causa de tropeço de quem quer que seja! Para isso, devemos pedir ao Senhor que, no abrir da nossa boca, sejam pronunciadas as palavras de cura, libertação e salvação. Com isso, agradaremos ao nosso Pai.

Ai daquele que causa escândalos (Mateus 18.7)! Seu péssimo testemunho não ficará impune, pois poderá levar mais pessoas ao inferno do que as que levou aos Céus por meio de toda uma vida de pregação e demonstração do poder divino. Por isso fuja das armadilhas do maligno! Viva aos pés do Senhor e cuide-se para que você não caia e, assim, leve vidas preciosas a sofrerem por toda a eternidade. Não vale a pena deixar-se levar pelos estratagemas de Satanás!



Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

COMO SER E COMO AGIR PARA SER ESCOLHIDO POR DEUS?

Ser fiel e prudente, este perfil nos permite ter tudo com Deus. Serão bem sucedidos os que forem encontrados fazendo as coisas assim, agindo assim. Ele será posto sobre todos os bens de Deus.



Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o Senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo? “ Mateus 24:25

Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. E irão estes para o tormento eterno, mas os justos, para a vida eterna. “ Mateus 25:45-46

as prudentes levaram o azeite em suas vasilhas , com as suas lâmpadas,... estavam preparadas entraram com ele para as bodas” Mateus 25:4 e 10b



Deus conhece os que são seus, os que buscam o entendimento e a unção dEle e se preparam para Ele sempre.



As pessoas que se preparam para Deus , levam em seu ser a unção de Deus e seu entendimento se prepara para ter conhecimento. Tem a unção de Deus conservada, entendimento renovado e continuam buscando a unção de Deus.



Ser fiel e prudente para com Deus é suprir as necessidades do seu próximo e amar a Deus sobre todas as coisas e também ao seu próximo. .




EM RESUMO, O QUE É SER FIEL PARA COM DEUS E PARA COM O PRÓXIMO?

Ser fiel é ser bom, leal, aquele que não trai (nem a Deus e nem ao seu próximo), é bondoso (nos seus atos e no seu coração), honra a confiança depositada em si, é diligente (esforçado, cuidadoso, zeloso, firme), granjeador (obtém com esforço), corajoso, dá para confiar nele, é útil a Deus (cumpre as incumbências que lhe são dadas). Por estas características, o fiel se mantém em Deus.





EM RESUMO, O QUE É O OPOSTO DE SER FIEL PARA COM DEUS E PARA COM O PRÓXIMO?

É ser mau, infiel, desleal, traidor (tanto de Deus como dos homens), faltar com a fé jurada, ser maldoso (maldade nos atos e no coração), não honrar a confiança depositada nele, ser negligente (preguiçoso, descuidado, desleixado, frouxo), esconder-se, atemorizar-se, nele não dá para confiar, é inútil a Deus (não cumpre as incumbências dadas por Deus e nem por ninguém).



EM RESUMO, O QUE É SER PRUDENTE?

É a pessoa que se prepara para Deus, aquela que leva em seu ser a unção de Deus, que busca aumentar o seu entendimento para ter comunhão com Deus. Aquela que busca a Deus e quer ter uma experiência com Ele. O prudente se prepara para Deus.





EM RESUMO, O QUE É O OPOSTO DE SER PRUDENTE?

É ser louco. O típico perfil daquela pessoa que também quer ter comunhão com Deus e quer ter a Sua unção, mas não se prepara para Ele, não o busca.





EM RESUMO, O QUE SIGNIFICA SUPRIR AS NECESSIDADES DO MEU PRÓXIMO?

Se ele tem fome -> comida

Se ele tem sede -> bebida

Se ele é estrangeiro -> hospedá-lo

Se ele estiver nu -> vesti-lo

Se ele estiver doente ou preso -> visitá-lo.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
e-mail: mogazzar@hotmail.com




Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.





Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://campolimpopaulistanagracadedeus.blogspot.com/
http://aceiteajesuscristo.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://artigosgospel.com/



“Jesus Cristo é o Senhor”

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

REENCARNAÇÃO NÃO EXISTE.

Não se iluda e nem caia nesta conversa, pois Deus é bastante claro neste assunto através daquilo que Ele nos orienta claramente através da Verdade.






porque se lembrou de que eram carne, um vento que passa e não volta.” Salmo 78:39



E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo” Hebreus 9:27



Deus se lembra que somos carne e que estamos aqui, vivendo, mas de forma alguma voltamos e após a nossa morte, vem o julgamento daquilo que desempenhamos e também o que não realizamos nesta nossa estada por aqui na terra.



Aqueles que não buscam a Deus, algumas advertências:

- não adianta orar, buscar a Deus “só de boca”, pois é o nosso coração, ou seja, o íntimo do nosso ser que tem de busca-LO ao orar. (Salmo 78:36)

- eles precisam estabelecer a firmeza na fé, pois duvidam de Deus e caem nesta conversa de que vão voltar em outra vida... (salmo 78:42)

- não se lembram e nem tem em mente, com gratidão, aquilo que Deus já lhes fez (salmo 78:42)





Como conseqüência destes pensamentos e atitudes, os incrédulos recebem de Deus estas respostas:

- Deus retira-lhes o entendimento (salmo 78:44)

- Os incrédulos são consumidos e destruídos (salmo 78:45)

- Aqueles que não levam Deus a sério, ficam sem dinheiro e sem reconhecimento (salmo 78:46)

- Os indiferentes ao Senhor destroem sua fonte de renda (salmo 78:47)

- Pelo seu despreparo e falta de confiança no Todo-Poderoso, deixam que o mal os alcance (salmo 78:49)



Deus protege aos que O buscam de verdade, com todo o seu coração, com todo o seu entendimento e com toda a sua vontade!



Deus busca integridade de coração e perícia de mãos, ou seja, habilidade nossa em fazer. (salmo 78:72)





Assim os apascentou, segundo a integridade do seu coração, e os guiou com a perícia de suas mãos” salmo 78:72



Integridade significa retidão de coração, ter Deus sempre no seu coração.



Perícia é habilidade em fazer, ou seja, ter Deus nos seus atos, sempre!



Esses pontos geram a paz!



Primeiro lute para ter e manter Deus no seu coração: busque, conheça, entenda o que Deus quer e reveja seus conceitos.



A habilidade em fazer é conseqüência do coração reto, que olha para Deus! Assim temos e geramos paz!



Liderança de Davi!



Quando nos sujeitamos a Deus: recebemos a vida eterna e o melhor da vida. (salmo 81:15-16)



Midiã, Sisera e Jabim receberam o livramento e a defesa de Deus.



Reveja os seus conceitos e alinhe-os com a Verdade que está somente no Livro de Deus, ou seja, as Sagradas Escrituras, é vitória na certa!



“(Deus) ele nos fará andar no caminho aberto pelos seus passos” – salmo 85:13



O homem que coloca a sua confiança em Deus é bem-sucedido. (salmo 84:12)



Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e andarei na tua verdade; une o meu coração ao temor do teu nome” – salmo 86:11



Que o nosso coração possa respeitar a Deus, que possamos respeitar a Deus no nosso íntimo.



Mostra-me um sinal para bem,... quando tu, Senhor, me ajudares e consolares.” – salmo 86:17



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
e-mail: mogazzar@hotmail.com



Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://campolimpopaulistanagracadedeus.blogspot.com/
http://aceiteajesuscristo.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html



“Jesus Cristo é o Senhor”

domingo, 23 de janeiro de 2011

DESEJAR ALGO É BEM DIFERENTE DE CRER!

Desejar algo ardentemente, não tem nada a ver com ter fé, definitivamente são sentimentos muito diferentes!




Ficar desejando algo é bem diferente da atitude plena de crer. Alguns, depois que oram, ficam somente desejando, enquanto outros crêem. Temos que ter fé, confiar em Deus e, por isso, crer!


E, quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite, estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com suas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão.” Atos 12:6

Mesmo estando preso, vigiando, algemado, Pedro dormia, ou seja, confiava totalmente em Deus.



E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro no lado, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa! E caíram-lhe das mãos as cadeias.” Atos 12:7



Deus ouvia o seu anjo, a luz (entendimento) vem, somos tocados, despertamos com a revelação e duas coisas acontecem:

1) depressa nos levantamos

2) caem todos os bloqueios que impedem de tomarmos posse da nossa bênção!



Você é quem tem que querer se levantar!



SEGREDO PARA A BÊNÇÃO: DESCANSE EM DEUS, CREIA QUE ELE JÁ ESTÁ AGINDO!



Obedeça a Deus: aos impulsos que Ele lhe dá. Quando obedecemos a Deus, aquilo que nos atormenta há muito tempo, se acaba, vai-se embora! Cai toda a amarração para recebermos o sucesso!



Ø quando você não perdoa, fica impedido de ser abençoado por Deus

Ø quando não se humilha ao Senhor também ocorre o bloqueio das suas bênção

Ø quando não pede perdão àqueles que você ofendeu, também não recebe as suas bênçãos



Mas quando nós perdoamos, somos promovidos por Deus!



Muitos pedem a Deus que querem crer, pois crêem pouco ou não crêem nada! Em oração até pedem para que Deus lhes abra o entendimento na Palavra, porque crer vem pelo ouvir, e ouvir pela Palavra de Deus.





A ORAÇÃO DE DANIEL



Descrita nas Sagradas Escrituras no livro de Daniel: a partir do capítulo 9:5.



“Pecamos, obramos impiamente, cometemos iniqüidade, procedemos impiamente, fomos rebeldes, pois apartamo-nos dos teus mandamentos e dos teus juízos. Não demos ouvidos aos teus profetas, prevaricamos (não demos ouvidos à Palavra e nem O obedecemos, recebemos maldição, pois desviamo-nos por não obedecer a voz do Senhor)”



A solução para voltar a Deus foi suplicar à face do Senhor, converter-se das suas iniqüidades e aplicar-se à verdade de Deus. Senão, justo é o Senhor: cerca-nos com o mal que criamos.



Daniel, na sua oração, refletiu sobre todos os erros (que o povo fez); reconheceu a justiça, misericórdia e poder de Deus; se acertou com Deus; clamou a Deus e suplicou ao Senhor para voltar aos braços de Deus em perdão e misericórdia!



De hoje em diante torne-se um filho de Deus, não só da boca para fora, mas nas suas atitudes e orações a Ele!



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
e-mail: mogazzar@hotmail.com




Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.





Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://campolimpopaulistanagracadedeus.blogspot.com/
http://aceiteajesuscristo.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html






“Jesus Cristo é o Senhor”

ASSIM É O SENHOR, NOSSO DEUS

Grande é o nosso SENHOR e de grande poder; o seu entendimento é infinito” (Salmo 147.5).




A nossa situação é a mais privilegiada possível; afinal, o Criador dos Céus e da Terra é o nosso Senhor. Então, em vez de nos desesperarmos quando as forças das trevas investirem contra nós, precisamos enfrentá-las com a certeza de que sairemos vitoriosos.

Meu irmão, se, neste momento, o diabo se lançou contra a sua vida, não tema, pois você tem um Deus que prometeu nunca abandoná-lo (1 Reis 6.13). Se o inferno decidiu acabar com a sua felicidade, e, por isso, você tem passado momentos de aflição, alegre-se, porque o Senhor, Aquele que nos possui, não permitirá que você caia nas mãos do inimigo. O Todo-Poderoso está ao seu lado para libertá-lo de toda opressão. Portanto, não importa se as forças das trevas se lançarem contra o seu viver, pois o seu Dono, que jamais dorme (Salmo 121.4), não deixará que nem um fio de seu cabelo caia por terra.

Deus Se declara como Senhor de grande poder. Isso significa que devemos levantar a cabeça e nunca nos submetermos às forças infernais. O que há de errado em sua vida? Se estiver em pecado, não deixe que a situação continue assim. Agora mesmo, achegue-se ao Senhor de todo o Universo e coloque um ponto final no ataque maligno. O Altíssimo é o que a Sua Palavra diz a Seu respeito: o Deus de grande poder!

É impossível medir o entendimento do Todo-Poderoso. Tão logo o adversário começa a planejar uma cilada a um dos filhos do Altíssimo, o Senhor já sabe o que vem a caminho e Se põe a trabalhar para ajudar os Seus, pois tem prazer em livrar todos os que Lhe pertencem. Neste momento, Ele está esperando que você tome a decisão de se livrar completamente das garras de Satanás, pois não há por que continuar preso a ele.

Não se curve diante de nada. Tudo o que era preciso já foi feito para que tivéssemos poder sobre as forças das trevas; portanto, Deus não tem de criar algo novo para nos proteger do diabo, pois Ele garante que a obra concluída no Calvário por Jesus nos fez mais que vencedores (Romanos 8.37). Tome a decisão correta agora: veja tudo de errado que tem atormentado o seu coração e parta para a vitória completa!

O nosso Senhor é grande – como também devem ser os Seus servos. Sendo assim, não seja limitado no crer nem aceite que, no seu caso, Deus tenha perdido a batalha. Ao contrário, Ele venceu todo o mal e revestiu a sua vida com Seu grande poder. Pense nas grandiosas revelações das Escrituras e não deixe o inimigo roubar-lhe as bênçãos. Cristo nos escolheu a fim de que O sigamos e demos muitos frutos (João 15.16). Então, seja a alegria do seu Senhor!



Em Cristo, com amor,



R.R. Soares

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

OS PASTORES DEVEM RECEBER SALÁRIO ?

Afinal de contas devemos considerar que o ministério divino de ser pastor é uma profissão?




Na passagem bíblica relatada Números 18, entre outros textos, ensina que os dízimos e ofertas servem para custear a obra de Deus e para sustentar seus obreiros, que recebiam o dízimo dos dízimos.



Também falarás aos levitas, e dir-lhes-ás: Quando receberdes os dízimos dos filhos de Israel, que eu deles vos tenho dado por vossa herança, deles oferecereis uma oferta alçada ao SENHOR, os dízimos dos dízimos.” Números 18:20



Assim também oferecereis ao SENHOR uma oferta alçada de todos os vossos dízimos, que receberdes dos filhos de Israel, e deles dareis a oferta alçada do SENHOR a Arão, o sacerdote.” Números 18:28



Embora a Palavra de Deus diga expressamente que aquele que prega o Evangelho deve viver do Evangelho (1Co 9.14),



Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho.” 1 Corintios 9:14



Tiro meu sustento integralmente do meu trabalho na empresa em que trabalho. Não recebo salário ou provento da igreja. Os recursos obtidos como escritora de Jesus são todos dedicados à Obra de Deus para que integrem o envio de pregadores da Palavra pelo mundo. Esta é uma opção minha, pessoal e particular, que não significa que eu condene os pregadores que são sustentados pela igreja.




O que é um Pastor?

Para definir o que seja o cargo de “pastor”, essa palavra aparece várias vezes no Novo Testamento, quase sempre referindo-se ao pastor das ovelhas. Algumas vezes, Cristo serve-se dessa alegoria para expressar o que deve ser o crente com responsabilidade nas igrejas.



Mateus 9:36 É uma alegoria em que se compara o pastor das ovelhas à ação do pastor na igreja.



João 10:1-16 Esta é a principal passagem, em que Cristo se identifica como o Pastor das ovelhas e a Porta do aprisco das ovelhas. Enquanto o verdadeiro pastor dá a sua vida pelas ovelhas, o mercenário foge quando há perigo, ou como diríamos nos nossos dias, quando o dinheiro da igreja se acaba, ou outra igreja que lhe oferece melhor salário.



Mateus 25:32, Mateus 26:31, Hebreus 13:20, I Pedro 2:25, I Pedro 5:4 Onde vemos Cristo como o Pastor da Igreja



Efésios 4:11 Esta passagem refere-se nitidamente ao cargo de pastor na Igreja.



Judas 1:12 Refere-se aos falsos pastores.

Podemos também examinar o que as Escrituras nos dizem sobre “pastorear” ou “apascentar”.



Mateus 2:6 Refere-se a Cristo como Pastor do povo de Israel.



I Pedro 5:1/2 Pedro incentiva os anciãos como ele, a apascentar o rebanho do Senhor.



Já durante época dos apóstolos, o termo “pastor”, foi aplicado aos dirigentes das igrejas, mas certamente sem a pesada carga teológica que adquiriu através dos tempos.



Os pastores e líderes do povo de Deus não levarão NENHUMA vantagem no Juízo Final, pelo contrário, serão julgados com muito maior rigor (Ezequiel 34; 1 Corintios 3.10--4.5). As parábolas dos talentos e das minas (Mateus 25.14ss; Lucas 19.11ss) ensinam claramente que aquele que recebe mais oportunidades de servir a Deus será cobrado na proporção do que recebeu, ou seja, quem ensina é porque sabe mais, então sua vida e seus frutos têm de refletir isso.



Quanto aos dízimos e ofertas, eles servem para financiar a obra de Deus no mundo e para sustentar os obreiros e isso foi instituído pelo próprio Deus (1Co 9.13-14), não consistindo vantagem alguma em comparação com os demais trabalhadores, ao contrário, é uma coisa a mais da qual os líderes darão contas ao Senhor pela sua administração econômico-financeira destes recursos.



Num contexto de teologia bíblica, há dois pontos de vista opostos. No Velho Testamento, o sacerdócio era hereditário e exclusivo da tribo de Levi. Os levitas viviam do dízimo dos produtos do trabalho das outras onze tribos de Israel. O Novo Testamento não apresenta nenhuma tabela salarial, dos pastores, como acontecia no Velho Testamento. No entanto, temos algumas passagens onde o pastor pode ser incluído, como Lucas 10:7 e 1 Timóteo 5:17-18 que estão em sintonia com a afirmação do desembargador Heriberto de Castro.



Jesus Cristo era um Pastor de Ovelhas pobre?



Se o Senhor Jesus era pobre então por que “cargas d´água” tinha um tesoureiro? E por que os soldados que o crucificaram sortearam as roupas que Ele vestia entre si?


Analise, pense e Deus, não este escrito, vai lhe conceder o entendimento necessário.



São os meus sinceros votos.





Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini



Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://campolimpopaulistanagracadedeus.blogspot.com/
http://aceiteajesuscristo.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html





“Jesus Cristo é o Senhor”

RAZÃO PARA ORAR SEMPRE

Porque inclinou para mim os seus ouvidos; portanto, invocá-lo-ei enquanto viver” (Salmo 116.2).




Deus inclina Seus ouvidos a qualquer um que O busque de todo o coração. Ele não tem preferidos, mas só pode atender aquele que entra no Caminho. Agora, de nada adianta ficar orando o tempo todo se você não faz o que está escrito nas Escrituras; dessa forma, não será atendido. Além disso, precisa amar a Deus – ter os Seus mandamentos e os guardar (João 14.21) –, pois Ele só pode amar aquele que O ama. Meu irmão, você não terá a companhia ou o auxílio do Senhor se, para satisfazer um desejo pessoal, fingir não saber que algo é errado, desligar-se de Deus e, depois, ainda pedir perdão sem que haja um arrependimento sincero.

O fato de o salmista provar e ver que o Senhor lhe dava ouvidos serve de direção para nós. Deus atende todos aqueles que fazem o que está registrado em Sua Palavra, uma vez que as direções bíblicas sempre são de grande valia para quem as assume. Os que trilham seus próprios caminhos descobrirão mais cedo, ou mais tarde, que agiram como tolos. Por que deixar de andar na vereda que leva ao sucesso, para tentar outra que, fatalmente, não chegará à parte alguma, a não ser ao erro?

Então, com a certeza de que encontrará o caminho verdadeiro, o salmista decidiu que, em qualquer necessidade, invocaria o Senhor. Faça o mesmo! Se for necessário, invoque-O todas as vezes que precisar. Jesus ensinou que, se um irmão pecar contra nós e vier nos procurar pedindo perdão, devemos perdoar-lhe, ainda que façamos isso 490 vezes ao dia. Ora, se nós, sendo humanos, temos de conceder o perdão a cada 20 minutos em média, quanto mais o Senhor, que é amoroso, paciente e perfeito. Tenha esse tipo de fé.

Meu irmão, nunca desanime de provar e ver que o Senhor é bom, nem se canse de fazer o bem a quem quer que seja. O Todo-Poderoso Se colocou ao seu dispor para responder às suas necessidades. Não tenha a mão preguiçosa e jamais desista, pois Deus é fiel em cumprir as Suas santas promessas. Tudo o que Ele precisa é que exerçamos a fé, por isso seja ousado ao entrar na presença dEle e ao reivindicar seus direitos em Cristo.

O servo do Senhor deve confiar em Sua Palavra até o último momento, pois o Altíssimo honrará o que tem prometido, desde que ele não desista. A demora de Deus em responder à nossa petição pode ser porque ainda não estamos crendo como deveríamos. Ora, os assuntos espirituais são muito retos e justos. Um pouco de descuido na fé, uma sujeira nos pensamentos, um cochilo na santidade já nos separam dEle. Por exemplo, o adultério é consumado mesmo antes do ato físico (Mateus 5.28). No entanto, seguindo as orientações divinas, você descobrirá o prazer de viver pela fé e, então, observará que sua trajetória na Terra foi uma trilha de sucesso.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

ONDE ESTÃO OS HERÓIS DO ANTIGO TESTAMENTO?

Eles foram salvos e estão nos céus ??? Ou estão onde ???E nós, para onde iremos depois da morte???



Uma questão fica em aberto: onde estão aqueles homens e mulheres de Deus de quem nós lemos a respeito nas Sagradas Escrituras? Eles eram tementes a Deus, como Moisés, Noé, João Batista, Jó, Maria mãe de Jesus, mas onde eles estão nos dias de hoje, no paraíso ou no céu?

O Paraíso é o lugar onde os que morreram em Cristo estão aguardando a ressurreição de que tratam 1 Corintios 15 e 1 Tessalonicenses 4. Todos os que viveram antes da primeira vinda do Senhor Jesus e morreram na esperança de sua redenção foram alcançados pelo sacrifício do Salvador e certamente estão, com os outros crentes que já partiram deste mundo, esperando pela ressurreição.



Ouvimos dizer que após a nossa morte dormimos até a chegada do dua da nossa ressurreição em Cristo, daí mais um questionamento surge: quem morre fica adormecido ou permanece consciente?

Em Lucas 16.19-31, o Senhor Jesus foi muito claro, é só ler o texto. Tanto o rico quanto Lázaro estavam bem conscientes, cada qual no lugar devido. O rico em tormentos e Lázaro no Paraíso. Mesmo que fosse uma parábola (pode não ser, pois nenhuma parábola usa nomes próprios e nesta há o de Lázaro e o de Abraão), o Senhor Jesus não iria inventar uma história mentirosa ou sem base em fatos. Portanto, é muito claro que não existe essa coisa de sono da alma. Para mais sobre o assunto, além de outras perguntas já respondidas sobre ele aqui, há também meu livro Morte: Para Onde Iremos?

Lendo sobre a crucificação de Jesus, ficamos curiosos em saber o que aconteceu com Ele naquele intervalo de 3 dias entre a sua morte e a sua ressurreição, será que exite alguma passagem bíblica que nos evidencie o que aconteceu neste período, antes da ressurreição de Cristo e após a sua morte?

Há pelo menos duas passagens Efésios 4:7-10 e Lucas 16:22. Por elas, aprendemos que o Senhor Jesus desceu ao Hades, o mundo dos mortos, proclamou ali Sua vitória e resgatou os que haviam morrido na esperança de salvação, levando-os do Seio de Abraão). Mais detalhes, também podemos encontrar no meu livro: Morte: Para Onde Iremos? Escrito pelo Missionário R R Soares e publicado pela Graça Editoral.



Onde viveremos após a nossa ressurreição em Cristo? Todos ressuscitaremos independente da nossa fé? Moraremos aqui na Terra? No Reino dos Céus? Ou em outro lugar? A Terra será convertida em paraíso ou não?



A ressurreição dos mortos está descrita de forma mais abrangente em 1 Coríntios 15 e em Apocalipse 20.4 em diante. Examine os textos e verá que os mortos que ressuscitam não são todos, mas apenas os salvos em Cristo (1Ts 4.13-18). Estes reinarão com o Senhor Jesus por mil anos, aqui, nesta Terra. Depois do reinado milenar, virá o fim dos tempos. Aí, uma NOVA Terra será criada, onde viverão os salvos eternamente, na presença de Deus e das criaturas celestes. Os perdidos ressuscitarão para receberem a condenação eterna no Juízo Final e serão banidos para sempre da presença de Deus. Portanto, esta Terra NÃO será transformada em Paraíso, mas sim destruída com fogo (2Pe 3.10).



Será que já houve alguma outra ressurreição, além da que ocorreu com o Senhor Jesus ? Se não ocorreu, como interpretar a passagem bíblica descrita em MATEUS 27:51,52 ,53? “E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras; E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados; E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos.” ?

Do mesmíssimo modo que se explicam as ressurreições de Lázaro, do filho da viúva de Naim e da filha de Jairo. A questão é que todas essas pessoas voltaram a morrer, pois sua ressurreição foi a suspensão temporária do poder da morte sobre elas, e não a ressurreição final, que introduz a Eternidade, como ensina Apocalipse 20.



O que aconteceu com aquele ladrão que estava ao lado do Senhor Jesus no momento da crucificação e que o reconheceu como Filho de Deus? Jesus disse que hoje mesmo ele estaria com Ele no paraíso, mas será que foi assim mesmo que ocorreu ou as Sagradas Escrituras dizem de outra forma?

O Paraíso é o terceiro céu (2Co 12.2-4), para onde foi o espírito do Senhor Jesus no momento da Sua morte (Lc 23.46).. Seu corpo ficou na sepultura por três dias e, depois de ressuscitado, foi para o céu na ascensão, que se deu cerca de 40 dias após a ressurreição. Ou seja, no momento em que morreu, o Senhor Jesus e o ladrão salvo foram para o Paraíso, que não tem nada de figurado, é o estado intermediário em que o espírito dos mostos em Cristo aguardam a ressurreição (1Co 15)

Não há confusão alguma, a vitória suprema do Senhor Jesus sobre o pecado se dá com Seu sacrifício na cruz, não depois, no inferno. No exato momento de Sua morte, Ele esmaga a cabeça da serpente e toma as chaves do inferno das mãos do inimigo. Ele mesmo declara que entregava Seu espírito nas mãos de Deus, como poderia ir sofrer as agruras do inferno? (Lc 23.46). Sim, a Palavra diz que o Senhor pregou aos espíritos em prisão (1Pe 3.18s), mas como vencedor, não como integrante daquele mundo (Sl 16.10); (At 2.27). Isso aconteceu NO MESMO DIA em que Ele morreu, ou seja, o Senhor Jesus vai para o Paraíso, atravessa o grande abismo (Lc 16.26) triunfantemente, pois Sua morte já lhe dera as chaves do cativeiro. Depois de apregoar Sua vitória sobre o pecado, Ele volta ao Paraíso até o momento de Sua ressurreição.



Deus continue abençoando sua vida e intensificando o seu entendimento.



São os meus sinceros votos.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E mail: mogazzar@hotmail.com




Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://campolimpopaulistanagracadedeus.blogspot.com/
http://aceiteajesuscristo.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html





“Jesus Cristo é o Senhor”

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

PARE DE SER RELIGIOSO.

Uma das estratégias mais bem sucedidas de nosso adversário é a de nos fazer religiosos em vez de praticantes da Palavra de Deus.




O que o inimigo de nossas almas mais gosta é de gente religiosa.



Já sabemos que o inimigo não anda por aí de tridente na mão dizendo que ele é o diabo.



Uma das estratégias mais bem sucedidas de nosso adversário é a de nos fazer religiosos em vez de praticantes da Palavra de Deus.Desta forma ele escraviza a muitos daqueles que estão por aí nas mais diversas igrejas!



O primeiro truque é o de nos convencer que não temos valor algum, mas será que Deus enviaria seu Filho Unigênito, Jesus Cristo, para morrer por nós se não tivéssemos nenhum valor?? (Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. João 3:16 a 18) Tão alto valor só pode ser pago por quem tem algum valor.É o espírito do engano que toma conta, alienando as pessoas sinceras de coração, mas que estão sendo mal orientadas.



Tenha certeza de que nós temos um valor imenso para Deus.



Outros truques são as penitências, as promessas e outros ritos do gênero, como se o sacrifício de Cristo já não fora suficiente para nos colocar nas mãos todas as bênçãos de que necessitamos, tudo já é nosso! ("seja Paulo, seja Apolo, seja Cefas, seja o mundo, seja a vida, seja a morte, sejam as coisas presentes, sejam as futuras, tudo é vosso" 1 Coríntios 3:22").



O Senhor já nos garantiu nos dar tudo o que precisamos por causa do que Cristo fez pela humanidade. ("O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus." Filipenses 4:19)



As coisas que Deus são simples e descomplicadas, aquilo que você já sabe que lhe pertence através da Palavra é seu e ponto final. Este é o poder de Deus contido na Palavra que entra em ação e te abençoa quando você crê firmemente que é direito seu, adquirido por Jesus na cruz do Calvário.



Você acha que Deus quer a sua saúde ou doença? O entendimento ou as brigas? A sua prosperidade ou miséria? A sua felicidade conjugal ou a separação? Uma família feliz, saudável e unida ou infelicidade e desunião?Claro que Ele quer a nossa felicidade, claro que Ele quer que obtenhamos o melhor em tudo.



É justamente esta simplicidade do Evangelho que atinge a todas as pessoas independentemente de raça, cor, religião, nível de instrução, capacidade intelectual, enfim, todas as pessoas podem ser abençoadas por Deus agora mesmo, desde que creiam naquilo que a Palavra lhes revela.



O religioso é um sujeito muito dedicado, ele até ora muito, lê muito a Palavra, conhece bem a Bíblia, vai à igreja frequentemente, mas, o principal, que o acaba afastando do mover de Deus é que ele crê muito pouco.



Não é por muito falar que seremos ouvidos, não adianta multiplicar as nossas orações se não temos fé!



Jesus disse que se crêssemos veríamos a glória de Deus e não se orássemos muito. Por favor, entenda bem, esta colocação não nos exime da responsabilidade de orar insistentemente e sem desfalecer, mas ressalta a maneira de orar, ou seja, que devemos orar crendo para manifestar as bênçãos de Deus em nossas vidas.



Onde quer que estejamos, em tudo aquilo a que nos dedicamos, devemos fazer a diferença para melhor a fim de honrar ao Nome de Jesus que de está sobre nós que nEle cremos. Senão não passamos de meros "religiosos".



Uma situação simples: você tem um colega de trabalho que diz crer na Palavra de Deus, que freqüenta assiduamente a igreja, mas ele vive triste, descontente, reclamando, é pesado, você percebe que ele não tem alegria de viver.Você acha que ele é um praticante da palavra ou um "esquenta banco de igreja"??Acertou, é só ouvinte da Palavra e o pior de tudo, está agradando ao senhor errado, ou seja, o inimigo...



Jesus nos diz na Palavra que "devemos ser praticantes da palavra e não apenas ouvintes" e que "somos a luz do mundo, o sal da terra"; "a alegria do Senhor é a nossa força", somos diferentes porque sabemos para quem olhamos e a quem nos colocamos a servir.



Quando sabemos aquilo que a palavra nos diz, devemos pautar a nossa vida e ações nela: ganharemos força para vencer e para mudar, assim nos livramos do "religiosismo" para efetivamente viver com Jesus todo o tempo.



Determine-se no seu coração a mudar, a seguir com sinceridade e determinação naquilo que o Senhor mostra em Sua Palavra, isto faz com que a estratégia maligna perca totalmente a sua eficácia e que você entre mais e mais no campo de proteção de Deus.



Não se deixe mais levar pelo desânimo, pela tristeza e pelas mazelas da vida. Expulse todo o mal em Nome de Jesus e conquiste pela fé.



De nada adianta ser fiel, freqüente na igreja, na leitura da Palavra, ter o entendimento bíblico e ser muito aplicado nas orações se você não tem agido de acordo com aquilo que a Palavra está lhe ensinando. ("as nossas iniqüidades fazem divisão entre Deus e nós." Isaías 59:1 e 2; "Se eu atender a iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá" Salmo 66:18)



O sucesso de Deus está nas mãos daqueles que crêem e praticam a sua Palavra.



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini

E mail: mogazzar@hotmail.com



Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://campolimpopaulistanagracadedeus.blogspot.com/
http://aceiteajesuscristo.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html



“Jesus Cristo é o Senhor”

JÁ DEVÍAMOS SER MESTRES

Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite e não de sólido mantimento” (Hebreus 5.12).




Ao nascermos, somos bebês totalmente indefesos, até que, com o tempo e o cuidado dispensado pelos nossos pais, crescemos e nos tornamos adultos. Em certo sentido, a vida espiritual imita a natural: desde o momento do nosso nascimento em Cristo Jesus, como os recém-nascidos que precisam de leite – um alimento que, para nós, pode até parecer fraco, mas, para eles, é de suma importância –, Deus alimenta-nos com aquilo que é chamado de leite espiritual. No entanto, com o passar do tempo, o nosso organismo necessita de algo mais consistente para saciar a nossa fome espiritual.

Passamos por fases distintas em nossa caminhada com Cristo: há aquela do aprendizado, em que somos alimentados com o leite racional da Palavra de Deus, e outra em que o Todo-Poderoso nos concede um diferente tipo de alimento, a fim de que o nosso entendimento seja amadurecido.

É óbvio, pela passagem bíblica estudada, que o plano do Senhor para todos nós é que nos tornemos mestres e transmitamos aos demais o entendimento alcançado em Jesus. Deus deseja que sejamos maduros, preparados para assumirmos o nosso lugar como representantes de Cristo. De fato, assim como o Mestre sempre Se apresentou firme em Suas decisões, na ministração das bênçãos e nos Seus momentos de comunhão com o Pai, temos de crescer para atingirmos essa posição espiritual, pois, de outro modo, fracassaremos.

Muitos cristãos, apesar de estarem no Caminho há tantos anos, ainda precisam aprender as doutrinas bíblicas elementares – o que deveria ter acontecido no início da conversão deles. Portanto, meu irmão, para que isso não ocorra conosco, tomemos isto como advertência: a partir de agora, devemos esforçar-nos no estudo da Palavra e nas orações de consagração, e extrair da revelação bíblica as lições que nos farão sábios diante do Senhor. Assim, quando vierem as provações maiores, teremos condições de enfrentá-las e vencê-las. Os que, porém, agirem como crianças que necessitam de leite não conseguirão muito nas batalhas da fé em Deus.

O nosso amadurecimento espiritual nos dará condições de sermos usados em grandes obras. Desse modo, seremos tão bem-sucedidos quanto os heróis da fé, os quais em nada se diferenciavam dos filhos de Deus deste tempo – a não ser no fato de que sabiam o que eram no Senhor e de que tinham noção de como usar o poder que lhes era conferido (Hebreus 11).

Seja um cristão maduro e preparado para a batalha a fim de obter a vitória é a minha oração!



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

COMO PRATICAR A JUSTIÇA E A RETIDÃO DE DEUS EM NOSSAS VIDAS?

O que é a justiça e a retidão de Deus? Como é que eu faço para pratica-las também?




Os pecadores de Sião se assombraram, o tremor surpreendeu os hipócritas. Quem dentre nós habitará com o fogo consumidor? Quem dentre nós habitará com as labaredas eternas?.“ Isaías 33:14



Quem dentre nós habitará com o fogo consumidor? Deus é o fogo consumidor. Só Ele tem o poder de queimar todo o mal da nossa vida, amém Jesus!



Mas a quem é que Ele age assim, tão decididamente ? Para com todos nós? Não. A Palavra de Deus diz que Ele defenda aquele que anda em justiça e fala com retidão.



“O que anda em justiça, e o que fala com retidão; o que rejeita o ganho da opressão, o que sacode das suas mãos todo o presente; o que tapa os seus ouvidos para não ouvir falar de derramamento de sangue e fecha os seus olhos para não ver o mal.” Isaías 33:15



O que é a justiça de Deus? Justiça é andar em conformidade com os verdadeiros princípios, que são descritos por Deus para toda a humanidade através das Sagradas Escrituras. Não é por acaso que a Bíblia é o livro mais vendido do mundo!



Justiça é o ato que Jesus fez na cruz para nos salvar de todos os pecados da humanidade.

Saímos do mal para a graça divina, pois o Senhor Jesus, mesmo não cometendo nenhum

pecado, nos retirou a lacuna que havia entre nós e Deus-Pai!



Nós somos abençoados por Deus, devido ao ato de Justiça realizada para toda a

humanidade através de Jesus, o filho unigênito (nascido diretamente) de Deus.



Precisamos crer para que Deus opere em nossa vida e a transforme, para que possamos tomar posse das bênçãos de Deus. Isto é possível somente por causa da justiça de Deus, realizada através do Senhor Jesus!





O que é então a retidão? E como eu faço para praticá-la também?



Retidão é consultar para saber e também respeitar aquilo que Deus diz através das Sagradas Escrituras.



Obtenha sucesso sem fim e muito maior do que você pode pensar: faça e fale em conformidade com a Palavra de Deus. Se é sim, sim; mas se é não, então, não. Acabou!



Não tome qualquer decisão sem consultar a Palavra de Deus !!! Mas quais são os resultados que Deus nos concede quando praticamos a justiça e a retidão?



“Este habitará nas alturas; as fortalezas das rochas serão o seu alto refúgio, o seu pão lhe será dado, as suas águas serão certas.” Isaías 33:16



Obtemos a força e sabedoria de Deus, pois estamos na Sua Sagrada habitação e somos supridos de absolutamente tudo aquilo que necessitamos e é bem mais do que somente aquilo que pensamos ser suficiente, somente nos nossos dias aqui na terra.


Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini
E mail: mogazzar@hotmail.com



Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://campolimpopaulistanagracadedeus.blogspot.com/
http://aceiteajesuscristo.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html



“Jesus Cristo é o Senhor”

VEJA A PROCEDÊNCIA DO QUE VOCÊ FALA

Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; não, não, porque o que passa disso é de procedência maligna” (Mateus 5.37).




Não há nada mais triste do que ter o diabo como mestre. Ele é o pai da mentira (Jo 8.44), é enganador por natureza. O que ele der a uma pessoa será de grande prejuízo. Os que servem a ele e fazem sua vontade vivem na miséria. Você nunca conhecerá uma pessoa que sirva aos espíritos malignos e viva em paz, desfrute de boa saúde e seja próspera. Por isso recuse qualquer proposta que vier deles, pois, sem dúvida, é algo pernicioso.

O segredo do sucesso é concordar sempre com Deus, porque Ele é Pai e deseja o bem dos Seus filhos. Quando ouvimos a pregação da Palavra, ou lemos a Bíblia, o Senhor fala conosco. Aquilo que entendemos é o melhor para nós. Ele usa somente duas palavras para nos responder sobre qualquer assunto: sim e não. Ao entendermos que algo nos está sendo oferecido ou permitido pelo Senhor, temos o Seu sim; quando entendemos que não devemos fazer ou assumir alguma coisa, temos o Seu não.

Então, o melhor é dizer sim para o que Ele nos revela. Muita gente deixa de receber as bênçãos divinas por não concordarem com Ele. Esse concordar não é somente um assentimento mental, mas fazer a obra do Mestre. Se, pela Palavra do Senhor, você compreende que Ele o está dirigindo para fazer algo, diga sim, sem se importar com o quão difícil aquilo seja. Deus jamais nos daria uma missão sem nos dar as ferramentas necessárias para cumpri-la.

Se você for convencido pelas Escrituras de que algo é pecaminoso, diga não a isso imediatamente. Depois de concordar com a Palavra e dizer sim ou não, permaneça firme no que lhe foi revelado. O diabo sempre nos apresenta uma dúvida, tentando fazer com que raciocinemos se realmente foi assim que Deus falou, se aquilo não é fruto do nosso pensamento, se não será melhor orar até que tenhamos a certeza absoluta... Ora, não existe certeza maior do que o que o Senhor nos disse.

Se o demônio sugerir-lhe algo e se prontificar a ajudar você, recuse. A “ajuda” do diabo nunca foi de valia a pessoa alguma. Todos os que se deixaram “ajudar” pelo inimigo descobriram, mais tarde, que tal socorro era falso. Além disso, aceitar um pequeno “favor” de Satanás custou-lhes muitas lágrimas e grande sofrimento. Só aceite ser ajudado pelo Senhor, pois Ele é a Fonte do amor, por isso podemos dizer que todo o que ama é nascido de Deus e O conhece (1 João 4.7; 5.1)

Faça tudo para não dar lugar ao inimigo (Efésios 4.27). Quem se deixa levar pelo pecado torna-se uma vítima dele. Não devemos atentar para nada que provenha de Satanás, pois tal coisa é enganosa. Esse ser é perverso, por isso é impossível que ele faça o bem. Só o Espírito de Deus é capaz de auxiliar você e jamais cobrará algo por tê-lo socorrido. E o melhor: Deus o ama acima de tudo.



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

COMO AGIR DIANTE DOS PROBLEMAS DO DIA A DIA ?

O que fazemos para vencer no nosso cotidiano? O que os vencedores fazem através do poder de Deus?




E Jacó fez um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer, e vestes para vestir; E eu em paz tornar à casa de meu pai, o SENHOR me será por Deus; E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo. " Gênesis 28:20-22

As preocupações a resolver no dia a dia são bastante comuns, problemas exteriores e interiores também: família, doença, dinheiro, amor...



O que o cristão observa frente a estas situações?



1) Ele se auto-avalia, antes de qualquer outra atitude.



Antes de olhar para os outros, olhe bem de perto para si mesmo, irmão e avalie-se com toda a sua sinceridade.

Ore a Deus e peça o entendimento através da Verdade, ou seja, que Ele lhe conceda a revelação precisa através das Sagradas Escrituras, pois elas falam de todos os nossos problemas e apontam as ações pertinentes para solucioná-los.



Jacó tapeou o pai que era cego, enganando-o, passou pelo seu irmão Esaú e recebeu a bênção da primogenitura. Jacó roubou a bênção que era do seu próprio irmão! O que era de Esaú ficou para Jacó e vice-versa.



Jacó precisou fugir para não ser morto. No deserto, desesperado, sozinho, fugido, reclinou sua cabeça numa pedra!



Jacó era mais próximo da sua mãe enquanto que Esaú era mais próximo do seu pai.



Jacó fez um voto a Deus, apesar de sozinho e dormindo com a sua cabeça numa pedra (Jesus, a pedra angular), sonhou com anjos subindo e descendo. Apesar de estar completamente sozinho, Jacó tinha a presença de anjos guardando sua vida. Ele teve sonho e visão. Naquele momento fez o voto do desespero. (Gênesis 28:20-22



2) Ele muda em tudo aquilo que é capaz.



Mudar sua vida, você quer? Mudar em tudo? Físico, econômico, familiar, saúde, em tudo? A proposta vinda de Deus é de transformação em tudo, mas somente após você determinar isso, construindo uma vida abençoada em tudo, com as mesmas pessoas com quem você convive, mas isto tem um preço, crer que você é abençoado na vida e não ocorre da noite para o dia, houve trabalho, entrega, voto, de nossa parte. Não importa quem você é.



Trabalhe com Deus para ter estrutura para suportar tudo o que Deus tem para você. A benção fora de hora pode ser uma maldição. Determine o seu bem estar físico e espiritual.



Fé em Deus, coloque a prova. Seja uma pessoa da qual os outros dizem: Deus existe, Ele mudou a vida dele !



Faça um voto com Deus, comece resolvendo o seu problema interior que é ligado diretamente em Deus.



Primeiro resolva os seus problemas interiores, eles estão diretamente relacionados com Deus, dentro de você pode haver ainda uma força maligna!, que faz com que você veja somente a origem dos problemas nos outros e nunca em você mesmo!



3) Ele entrega sua vida a Deus e faz dEle o seu braço forte.



Um voto que faz toda a diferença: entregue sua vida a Deus. Faça de Deus, do nosso Senhor Jesus Cristo o seu único e suficiente Salvador na prática, não somente da boca para fora!!



Ocupe o seu interior com a presença sincera de Deus, pois só desta forma Ele pode atuar no seu ser.



Clame ao Senhor e faça o seu voto: “ó Deus, se o Senhor me der o pão para que eu coma, roupa que eu vista e paz, então o Senhor será o meu Deus.”



Em Nome de Jesus.



Mônica Gazzarrini
E mail: mogazzar@hotmail.com




Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html



“Jesus Cristo é o Senhor”

BENEFÍCIOS DA GLÓRIA DE DEUS

E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz. E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele” (Mateus 17.2,3).





Mesmo sabendo que já nascemos no pecado, o Altíssimo tem experiências marcantes para cada um de nós, e uma das grandes bênçãos que podemos alcançar do nosso Deus é a nossa transfiguração espiritual. A verdade é que a graça divina está pronta para operar maravilhas em nosso meio – e é capaz, inclusive, de nos mudar completamente, tornando-nos verdadeiros filhos da Luz. Portanto, meu irmão, mesmo que, no tempo do erro, você tenha sido usado do pior modo possível pelo diabo, agora, tendo aceitado Jesus como seu Salvador e Senhor, terá o poder de Deus agindo em seu viver.

Não é bom desperdiçar as revelações que o Senhor nos concede pela Sua Palavra, as quais podem vir como promessas de que tomamos conhecimento ou como repreensões. De fato, temos de aceitar tudo aquilo que Ele nos diz – sejam palavras boas ou, a princípio, nada agradáveis; afinal, quando o Todo-Poderoso nos abre o entendimento, Ele o faz a fim de que tenhamos o melhor dEle. Uma dessas bênçãos é obtida por experiências em oração ou mesmo durante a pregação, momentos nos quais o nosso espírito fica como que transfigurado.

O que ocorre dentro do nosso coração é algo lindo! Ao sermos brindados com essas revelações, conseguimos ouvir a voz do Senhor, a qual é poderosa para quebrar toda algema que nos prende, libertar-nos de qualquer vício ou tentação. Além disso, ela nos fortalece com a força divina, o que nos capacita para repreendermos o maligno e, assim, ganharmos a batalha! No entanto, se não ouvirmos a voz do Alto, não temos como vencer o adversário que se lança contra nós.

Bom seria que, 24 horas por dia, estivéssemos transfigurados com a glória de Deus! Assim, muitas tentações nem mesmo chegariam perto de nós, e um grande número de pessoas nos procuraria pedindo ajuda, pois elas veriam em nós algo de que tanto necessitam. Então, com o rosto brilhando com a glória do Senhor, sem dúvida, seríamos melhor recebidos, e as portas seriam abertas a nós como que por milagre.

Se estivéssemos transfigurados, as nossas vestes seriam tão brancas que atrairiam as atenções dos maiores pecadores. As pessoas anseiam por um contato com o Senhor, mas a falta de unção em nós não permite que elas vejam que podemos apresentar-lhes a Solução para os seus problemas. O pior é que, por não enxergarem o brilho da fé em nosso viver, esquivam-se e procuram ajuda em outras fontes, as quais são, na realidade, cisternas rotas (Jeremias 2.13).

Se há algo que devemos buscar é a presença divina. Com ela, viveremos melhor, pois, desse modo, o maligno não tem condições de nos atacar. Buscar a excelência de Jesus deve ser o alvo de todo cristão, o qual, se fizer as mesmas obras que Ele realizava no passado, também passará pelas mesmas experiências!



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

domingo, 9 de janeiro de 2011

PRECISAMOS TER FÉ INTELIGENTE E NÃO EMOÇÃO.

A fé emocional é irracional, é carne e vem do coração e da alma, mas a fé inteligente é racional e vem do nosso espírito, pois nasce do Espírito Santo.



Deus é espírito. O nosso espírito se liga com Deus.

A árvore se conhece pelos frutos. Como estão os seus frutos? Apodrecidos? Você se conforma com eles?

O amor alimenta a alma da pessoa, mas alma é diferente de espírito.

Alma é coração, sentir, emoção, corrupta, enganadora.

O Espírito se alimenta da Palavra de Deus, ele nasce do Espírito Santo. Atitudes, razão e inteligência. Prevalece sobre o erro, encontra recursos para faze-lo.


Quem nasce do Espírito vence todos os problemas (é de Deus!). Você é de Deus, você nasceu da vontade de Deus.


Adorar a Deus em Espírito é reconhecer a grandeza de Deus em tudo o que Ele faz na sua vida. Olhe para trás na sua vida e confira tudo o que Ele já te fez! Esta é a oração inteligente que agrada a Deus!


A fé é a coisa mais preciosa, vale a pena negar-se a si mesmo e não perder a fé.


Você está vivendo uma vida indefinida, sem se recuperar e não voltou às primeiras obras do Evangelho? Você precisa de coragem para assumir o caráter do Senhor Jesus: conservar a comunhão com o Senhor Jesus através da fé vale muito a pena.



O que é nascido da carne é carne, o que é nascido do Espírito é espírito. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo. “ João 3:6-7

Convencido na fé, significa que você só sabe em sua mente e em sua alma, que você é de Deus, bem diferente da geração de frutos em sua vida, obra do Espírito. Dar frutos pode, mesmo que você ainda não os esteja dando, busque-os.


Pare, pense e reflita sobre a sua situação: só fui convencido na fé? Se sim, agora preciso da Palavra de Deus para que o Espírito Santo prevaleça. Eu preciso da comunhão com o Espírito de Deus e o meu espírito através da Palavra de Deus, eu creio que Deus me ama e não me chamou para o Evangelho à toa!


Sai da fé apaixonada: que é a fé emotiva, enganadora, fé da alma e fé do coração, pois o resultado é negativo e encontre recursos para vencer qualquer situação através do Espírito, que vem da Palavra de Deus, do Espírito Santo, ela é espiritual, não é emocional e muito menos passional, é fé racional, fé inteligente e você só faz tudo aquilo que é bom !


Nasça de novo espiritualmente e receba o poder do Santo Espírito de Deus em seu espírito, você terá uma vida completamente nova.


Em Nome de Jesus.






Mônica Gazzarrini
E mail: mogazzar@hotmail.com




Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html



“Jesus Cristo é o Senhor”

AMOR DE CURTA DURAÇÃO

Que te farei, ó Efraim? Que te farei, ó Judá? Porque a vossa beneficência é como a nuvem da manhã e como o orvalho da madrugada, que cedo passa” (Oseias 6.4).




Desde que, nos tempos bíblicos, houve a separação do Reino de Israel decorrente da revolta liderada por Jeroboão, as dez tribos revoltosas – que continuaram como o nome de Israel e, às vezes, eram também conhecidas como Efraim, o nome de uma das tribos que compunham este novo reino – tornaram-se bem mais infiéis a Deus. Por sua vez, a tribo de Judá, com a de Benjamim, nas quais consistia o reino de Judá, manteve-se um pouco mais fiel a Ele. Mesmo assim, como nenhuma das duas nações fazia a vontade divina como deveriam, a mensagem do profeta Oseias serviu de alerta para ambas.

O Altíssimo estava irado com os renegados israelitas, pois estes se tornaram idólatras e feiticeiros; poucos deles, por sinal, preocupavam-se em servir ao Deus de seus pais. Na realidade, durante o período de governo de quase todos os seus reis, era inacreditável o que acontecia naquela terra que o Senhor lhes tinha dado. Nem mesmo seus líderes davam bom exemplo; em vez disso, cultuavam os “deuses” dos povos ao derredor. Então, diante daquela situação, o Todo-Poderoso usou Oseias para perguntar o que deveria ser feito com aquelas tribos. O pior é que elas não levaram a sério a advertência divina e, consequentemente, jamais voltaram a ser povo do Senhor.

Os reis de Judá, bem como a maioria do seu povo, nem sempre foram verdadeiramente fiéis ao Senhor. Eles começaram a imitar os israelitas, e alguns, com o passar do tempo, chegaram a agir de modo igual ou até pior que os loucos governantes de Israel. Apesar de Deus ter levantado profetas para alertá-los acerca da importância dos preceitos divinos, muitos daqueles reis chegaram a perseguir os servos do Senhor que haviam sido enviados para adverti-los do erro. Como resultado, o Todo-Poderoso também daria um castigo a Judá, do qual aquele reino jamais se esqueceria.

Na verdade, o amor que ambos os povos tinham por Deus era passageiro – e, hoje, em nosso meio, muitos estão agindo da mesma forma, ou ainda pior! Essas pessoas, ao serem libertas do sofrimento, de algo que as escravizava e destruía, sentiram muito amor pelo Senhor, mas, na primeira oportunidade, abandonaram a Verdade e voltaram às antigas práticas. Ora, quem age dessa maneira, como aqueles israelitas e os de Judá, pode esperar, pois o acerto de contas, mais cedo do que pensam, chegará!

Quem, de fato, ama a Deus está sempre alegre e pronto para fazer a vontade divina, independentemente das circunstâncias. Para muitos, porém, basta o sol da provação raiar para abandonarem o Senhor; afinal, por terem por Ele apenas um amor passageiro, logo tratam de cuidar dos seus afazeres. No entanto, esses que abandonam o Pai, um dia, chorarão amargamente – e o pranto deles de nada adiantará. Os que se derem ao pecado abraçarão aqueles demônios imundos aos quais atenderam, e, juntos, serão lançados nas chamas imortais do inferno (Apocalipse 21.8)!



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

sábado, 8 de janeiro de 2011

O PECADO DE ACÃ.

Os israelitas foram derrotados por causa do pecado de Acã, justamente quando iam atacar e conquistar a Ai, cidade muito pequena e com poucos habitantes.





E transgrediram os filhos de Israel no anátema; porque Acã filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zerá, da tribo de Judá, tomou do anátema, e a ira do SENHOR se acendeu contra os filhos de Israel.” Josué 7:1


A história trágica de Acã faz, de forma nítida, um contraste com a da prostituta cananéia Raabe. Ele, um israelita (e da própria tribo de Judá), por causa da sua deslealdade ao Senhor e a Israel , é executado, assim como foram os cananeus, enquanto que Raabe teve uma corajosa lealdade ao Senhor e a Israel e foi poupada e acolhida por eles, tanto ela como toda a sua família.



Ah, SENHOR! Que direi? Pois Israel virou as costas diante dos inimigos! Ouvindo isto, os cananeus, e todos os moradores da terra, nos cercarão e desarraigarão o nosso nome da terra; e então que farás ao teu grande nome? Então disse o SENHOR a Josué: Levanta-te; por que estás prostrado assim sobre o teu rosto? Israel pecou, e transgrediram a minha aliança que lhes tinha ordenado, e tomaram do anátema, e furtaram, e mentiram, e debaixo da sua bagagem o puseram. “ Josué 7:8-11

Josué ficou muito perturbado quando os soldados que foram enviados à pequena cidade de Aí e foram derrotados. Ela clamou ao Senhor, buscando entender o motivo daquela derrota. E Deus lhe disse a razão: furto, mentira e vergonha, causados por um dos membros do próprio povo de Israel.



E, fazendo chegar a tribo de Judá, tomou a família dos zeraítas; e fazendo chegar a família dos zeraítas homem por homem, foi tomado Zabdi; E, fazendo chegar a sua casa, homem por homem, foi tomado Acã, filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zerá, da tribo de Judá. Então disse Josué a Acã: Filho meu, dá, peço-te, glória ao SENHOR Deus de Israel, e faze confissão perante ele; e declara-me agora o que fizeste, não mo ocultes. E respondeu Acã a Josué, e disse: Verdadeiramente pequei contra o SENHOR Deus de Israel, e fiz assim e assim. Quando vi entre os despojos uma boa capa babilônica, e duzentos siclos de prata, e uma cunha de ouro, do peso de cinqüenta siclos, cobicei-os e tomei-os; e eis que estão escondidos na terra, no meio da minha tenda, e a prata por baixo dela. “ Josué 7:17-21



Josué seguiu as instruções do Senhor para conseguir saber quem havia feito aquela barbaridade: Chamou todas as tribos, delas as famílias, os seus membros, até chegar em quem havia causado aquele transtorno: Acã. Josué o tratou como um filho e ele falou o que havia feito e onde estava tudo o que ele havia roubado, traindo assim a herança que estava consagrada a todo o povo de Israel.




Então Josué, e todo o Israel com ele, tomaram a Acã filho de Zerá, e a prata, e a capa, e a cunha de ouro, e seus filhos, e suas filhas, e seus bois, e seus jumentos, e suas ovelhas, e sua tenda, e tudo quanto ele tinha; e levaram-nos ao vale de Acor. E disse Josué: Por que nos perturbaste? O SENHOR te perturbará neste dia. E todo o Israel o apedrejou; e os queimaram a fogo depois de apedrejá-los. E levantaram sobre ele um grande montão de pedras, até o dia de hoje; assim o SENHOR se apartou do ardor da sua ira; pelo que aquele lugar se chama o vale de Acor, até ao dia de hoje. “ Josué 7:24-26


Acã furtou da própria riqueza de Canaã e perdeu, desta forma, a sua herança na terra prometida. O pecado de um só homem, naquela época antes da vinda de Jesus, teve efeito adverso sobre a nação inteira e pagou por esta ação de cobiça com a sua própria vida, além da vida dos seus familiares e todos os seus pertences foram queimados também.



Não provoque a ira de Deus sem re arrepender rapidamente, pois, ainda hoje, o resultado é trágico.



Ande conforme aquilo que o Senhor lhe revela pelas Sagradas Escrituras e repreenda todo o espírito de tentação, de cobiça e de pecado que o inimigo insiste em colocar em seu caminho, pois ceder a ele é perder a salvação e as bênçãos que Deus já tem preparadas para você nos dias atuais.


Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini
E mail: mogazzar@hotmail.com



Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html



“Jesus Cristo é o Senhor”

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

SUA BÊNÇÃO NÃO OCORRE POR ACASO.

Três dicas vitais para você ser abençoado por Deus.



Não existe fé baseada na sorte e a sua bênção não é fruto do acaso.

Receber de Deus o que pleiteamos não é impossível e nem obra do acaso.

Fé baseada na sorte é aquela em que os eventos acontecem algumas vezes, já em outras situações não. O pior de tudo é a desculpa que acompanha o fracasso: "é, não foi da vontade de Deus para mim mesmo..."

Deus nos chama para nos abençoar e multiplicar, portanto não há casualidade na bênção recebida, ela é fruto da mão divina estendida a nosso favor e para isso você não precisa ser um super-crente.

Não caia num engano muito comum de achar que tem que pagar para ser ouvido por Deus, pois as bênçãos são gratuitas. (Leia mais) Confira também: como se previnir dos "espertinhos".

Afinal de contas, o que é essencial para ser abençoado por Deus? É o conjunto de três atitudes que quando combinadas culminam no melhor do Pai em nossa existência.

1)CONHECIMENTO: Fé sem entendimento é a morte. Muita gente boa entra em verdadeiras armadilhas de gente sem escrúpulos porque não sabe como é o mundo de Deus: simples e descomplicado.
Você não precisa ser um PhD para ser abençoado por Deus.
Portanto não pule essa parte. Procure conhecer a Palavra de Deus o que a Bíblia diz sobre o seu caso, pois ele certamente tem solução, sim!
"errais não conhecendo as Escrituras e nem o poder de Deus" Mateus 22:27

Confira mais detalhes sobre conhecimento da palavra.
Veja também um breve resumo dos seus direitos em Cristo.

2)FAZER A ORAÇÃO DA FÉ: Fé é a certeza de que aquilo que você espera se realizará, logicamente dentro das diretrizes da Palavra. Sem fé é impossível agradar a Deus. Fé é o contrário do ver para crer. "E, tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis." Mateus 21:22

Aprenda mais sobre a oração eficiente.

3)CONFESSAR A SUA BÊNÇÃO: cuidado com o que você fala após sua oração. Não é raro a pessoa perder a bênção que estava em suas mãos por causa do que ela fala por aí. Orou com fé, não destrua o seu pleito falando coisas ao contrário do que você espera. Não queime a sua oração com uma boca negativa. "quem fala a verdade manifesta a justiça" Provérbios 12:17

Entenda mais sobre o valor espiritual das suas palavras.

Pratique o que você acabou de aprender e verá que Deus sempre foi com você!


Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.
e-mail: mogazzar@hotmail.com


"Jesus Cristo é o Senhor"

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

DIRIGIDOS POR DEUS... OU POR NOSSA TEIMOSIA?

Entregar-se a Jesus não é uma tarefa fácil: exige confiança completa e fé.






Você está disposto a largar tudo se for preciso para seguir a Jesus? Ele é o Senhor da sua vida? Você tem permitido que Ele assim seja para você?



Irmão, você já recebeu tantas promessas ao ouvir ou ler a Palavra de Deus e nada aconteceu. Porque?

- vida abastada (Deuteronômio 8:7-9)

- casas e aumento de patrimônio (Deuteronômio 8:12-13)

- filhos (Lucas 1:13-14)

- multiplicação (Deus nos chama para nos abençoar e multiplicar)

- saúde perfeita (Isaías 53:4-5)

- toda a família na presença de Deus, no caminho com Jesus (Atos 16:31)

- comer dos frutos do seu trabalho, ser feliz e próspero (Salmo 128:2)



O Espírito Santo já o convenceu de que você não está seguindo a Jesus, ou seja, não está obedecendo a Palavra de Deus em algum setor da sua vida, mas graças a misericórdia e fidelidade divina, nada tem lhe faltado, ao contrário, você tem sido suprido por que Deus honra o que nos diz, mas você tem perdido muito porque não sente realização.



Realizar-se é saber que você está no centro da vontade de Deus, que nos é ensinada através do nosso contato com as Sagradas Escrituras.



Levi conhecia Jesus, ele era cobrador de impostos e quando foi chamado pelo Mestre, largou seu posto na coletoria e seguiu-O (Lucas 5:28, Mateus 9:9-13, Marcos 2:13:17, Lucas 5:27-31).



A coletoria em que Jesus encontrou Levi era provavelmente um guichê de pedágios na estrada internacional, a mais importante, que ia de Damasco por meio de Cafarnaum, até o litoral mediterrâneo. (fonte desta informação: NVI)



Mateus/Levi deixou tudo e seguiu a Jesus; como Ele havia ministrado em Cafarnaum durante algum tempo, ele provavelmente já O conhecia, não deveria ser a primeira ocasião em que ele havia estado com Jesus.



Mateus/Levi deu um banquete para Jesus em sua casa: não andou anonimamente com Jesus, não andou com Ele às escondidas, tornou pública e notória a sua posição perante os demais, de onde seguiu para o Egito (Isaías 9:1), caminho do mar citado em Mateus 4:13-15.



Em Nome de Jesus.






Mônica Gazzarrini
E mail: mogazzar@hotmail.com




Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.



Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:


http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html





“Jesus Cristo é o Senhor”

NÃO ABUSE DA GRAÇA DIVINA

Pois quê? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum!” (Romanos 6.15).




Antes da vinda de Jesus a este mundo, o homem que queria ficar livre das ações do inimigo e, assim, servir a Deus, tinha de obedecer em tudo à Lei do Senhor. Com isso, ele conseguia momentaneamente que seus pecados fossem cobertos e, desse modo, podia receber a ajuda divina. Com a vinda do Filho de Deus, a graça e a verdade vieram habitar conosco. Hoje, quem aceita Jesus como seu Salvador e Senhor é trasladado do reino das trevas para o Reino da Luz (1 Pedro 2.9), e, por conseguinte, a graça de Deus reina sobre ele. Agora, os que se colocam debaixo da Lei jamais serão vitoriosos.

Na época da Lei, as pessoas tinham de se esforçar bastante para conseguir servir a Deus. Hoje, isso é mais fácil, porque, depois da conversão, somos unidos ao Senhor, e a Sua graça nos faz imitadores de Cristo (1 Coríntios 11.1). Com isso, passamos a entender as Escrituras, temos poder para dizer não ao pecado, e o mais importante é que, dirigidos pelo Santo Espírito, passamos a fazer o mesmo que o Senhor Jesus fazia.

Pode parecer absurdo alguém declarar que somos ousados ao afirmarmos que podemos realizar o que Jesus realizava, mas foi Ele quem garantiu isso (João 14.12). Os que nascem na família de Deus, automaticamente, passam a ser herdeiros dEle. Por isso, depende de nós operarmos os mesmos milagres que eram feitos pelo Senhor. Você não tem de se esforçar para fazer as mesmas obras. Ainda que tenha caído em pecado e, por isso, não se sente merecedor da graça, não deixe o diabo enganar você. Basta confessar a transgressão a Deus e, a seguir, tomar posse do que lhe foi dado pelo Senhor em Cristo.

O diabo tem mantido muitos filhos de Deus no erro. O inimigo os tenta e, se aceitam a sugestão, ele os convence de que, por terem tido tais pensamentos, não serão atendidos por Deus. Mesmo que você tenha caído, se já confessou o pecado – ou se confessar agora –, pode ser usado pelo Senhor para a realização do milagre de que necessita. Neste momento, seja forte, ore e creia que as bênçãos divinas já lhe pertencem.

Vigie, ore, lute, faça tudo o que for necessário para não pecar. Mas, se infelizmente caiu, não esconda mais. Acerte-se com o Senhor e a pessoa contra quem você errou. A seguir, faça a oração da fé e considere-se completamente perdoado e atendido. Não há por que se deixar levar pelas mentiras de quem só sabe enganar. Se acreditar no diabo, estará crendo em quem é mentiroso e pai da mentira (João 8.44). Por extensão, você estará mentindo também e estará chamando Deus de mentiroso.

A sua vida e a de todo aquele que pertence à família de Deus devem ser um louvor constante ao Senhor; porém o que temos visto são desculpas a respeito do motivo pelo qual o Pai não tem abençoado. Isso não deveria ser assim, uma vez que os filhos de Deus devem vencer em todas as situações. Devemos acordar, pois daremos conta do que deixamos o diabo fazer em nós e por nosso intermédio!



Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

ORAÇÃO COM PODER (parte 4 de 4)

Como orar para receber a vida de liberdade conquistada em Cristo?


Já vimos que o nosso Deus é um fogo consumidor (Isaías 33:14 e Hebreus 12:29)



Nos textos anteriores estudamos os seguintes pontos de Isaias 33:15, que fazem com que o fogo consumidor divino atue em nosso favor, são eles:

- andar em justiça

- falar com retidão

- rejeitar o ganho de opressões e sacudir das mãos todo o suborno



"O que anda em justiça, e o que fala com retidão; o que rejeita o ganho da opressão, o que sacode das suas mãos todo o presente; o que tapa os seus ouvidos para não ouvir falar de derramamento de sangue e fecha os seus olhos para não ver o mal." Isaías 33:15



Hoje veremos o trecho que ensina a tapar os ouvidos para não ouvir falar em derramamento de sangue/homicídio.



A Palavra adverte para que não sejamos cúmplices omissos.

Outro aspecto é não chatear ou aborrecer um irmão, pois, segundo a Palavra isto é homicídio (1 João 3:15).



Inimizade, jeito opressor, forma injusta de tratamento, briga, traição, desprezo são alguns exemplos de práticas espirituais homicidas, que nos afastam das respostas de nossas orações.



As consequências do aborrecimento causado é o sentimento de vingança.



A parte ofendida deve esforçar-se e perdoar, tirando a ofensa do seu coração, para que a oração não fique impedida, sem o fogo consumidor e sem efeito espiritual.



Você vai à reunião em sua igreja para ser abençoado, mas se tem alguém contra você, é bom que se reconcilie rapidamente para ter a sua resposta. (Mateus 5:23)



A ofensa bloqueia os efeitos da sua oração!



Eu me ofendi com o meu pastor? perdoe imediatamente para não ficar impotente em oração.



O sangue é vida, perda ou derramamento de sangue é perda de vida!



Se alguém peca e você é testemunha daquilo, ou seja, soube o que ocorreu e finge que não é com você, saiba que não ficará impune. Caso não fale em advertência levará em si mesmo a culpa alheia (Levítico 5:1)



Temos responsabilidade pelos pecados que temos conhecimento e não fazemos nada. Ore por essa pessoa. Ore e clame por sua conversão a Cristo, pois do jeito que ela está agindo já sabemos o seu triste fim.



Onde o fogo de Deus não habita, o crente come só as migalhas que caem no chão! (religioso).



Que o Espírito Santo tenha falado ao seu coração e que todas as suas orações sejam muito bem sucedidas.



Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini.
e-mail: mogazzar@hotmail.com



"Jesus Cristo é o Senhor"

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

ORAÇÃO COM PODER (parte 3 de 4)

Como proceder para obter respostas de Deus?

"Quem dentre nós habitará com o fogo consumidor?" Isaías 33:14b
"Porque o nosso Deus é um fogo consumidor" Hebreus 12:29


Já vimos que o Deus a quem servimos é um fogo consumidor de todo o mal, capaz de guerrear as nossas guerras e fazer de cada um de nós vencedores em todas as coisas.


"O que anda em justiça, e o que fala com retidão; o que rejeita o ganho da opressão, o que sacode das suas mãos todo o presente; o que tapa os seus ouvidos para não ouvir falar de derramamento de sangue e fecha os seus olhos para não ver o mal." Isaías 33:15

Para andarmos no mesmo campo de ação espiritual do Senhor precisamos andar em justiça, ou seja, reconhecer que Jesus Cristo foi nosso substituto na cruz do Calvário, realizando em si a justiça divina máxima pela humanidade.

Outro aspecto abordado no texto oração com poder (parte 2) é o falar com retidão, ou seja, falar de acordo com o que as Sagradas Escrituras dizem e não conforme os fatos ao nosso redor.

Hoje vamos abordar a terceira parte do versículo 15 de Isaías 33: arremessar para longe de si todo o ganho de opressões e sacudir das nossas mãos todo o suborno.

Significa que para continuarmos recebendo cobertura espiritual do Senhor é preciso rejeitar vantagens que oprimem os outros para serem conquistadas. Exemplos: explorar as pessoas, desrespeito aos direitos alheios, relações trabalhistas ilegais, fazer com que o próximo reaja por medo, chantagem, etc.

Quem usa dos artifícios da opressão para tirar vantagem dos outros fica mais longe do Pai a cada dia. Tudo o que se conquista desta maneira é plena desvantagem.

A parte seguinte diz: "o que sacode das mãos todo o suborno", ou seja, todo aquele que rejeita presentes escusos. A tentação é grande, aceitar algo que não lhe pertence ou para favorecer terceiros é totalmente contra a Palavra. (Inclusive aquele almoço com fornecedor corrupto.)

"Também suborno não tomarás; porque o suborno cega os que têm vista, e perverte as palavras dos justos." Êxodo 23:8

O suborno cega a pessoa que o recebe, ela perde a noção e visão das coisas de Deus, gera um abismo e uma terrível bola de neve. O pecado e o erro acabam virando coisas normais... fica com o espírito cauterizado, cria uma couraça que a isola do Senhor.

Longe do Senhor e perto do inferno, incapaz de calcular os prejuízos que acarreta, perde o freio moral e já nem se importa mais com isso.

Nem percebe que está desacreditado, perdeu a moral e o respeito dos outros quando perverte as palavras dos que conhecem e vivem o Evangelho.

Existe ainda um outro tipo de suborno, descrito em Deuteronômio 10:17 "Pois o SENHOR vosso Deus é o Deus dos deuses, e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e terrível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita recompensas;" este tipo de suborno refere-se às pessoas que oferecem coisas em troca para Deus!!!

Se você tem essa atitude pare agora mesmo, não queira mais comprar as bênçãos de Deus: não prometa, não faça moeda de troca com Deus e tampouco votos para ser abençoado! Suas orações não podem conter suborno a Deus: Ele não é ganancioso, não é avarento e muito menos interesseiro.

Ore mas não fique promentendo nada em troca a Deus: "se o Senhor me der isso, eu vou te dar aquilo" Não negocie o seu milagre com Deus! Você não precisa comercializar nada com Deus!

Juramentos, votos e promessas são subornos para tentar comprar a Deus, mas Ele não trabalha assim! Em vez disso, dê o seu coração, o seu louvor, o seu amor sincero, obedecendo o que Ele lhe diz nas Sagradas Escrituras, é assim que Ele vai te honrar e mudar completamente a sua história.

Já fomos (e somos) supridos de tudo por Deus através de Cristo Jesus.

Determine a sua bênção e ande em fidelidade a Deus: isto é o que O agrada e é assim que Ele te alcança, respondendo às suas orações.


Em Nome de Jesus.






"Jesus Cristo é o Senhor"