Seguidores

RECEBA POSTAGENS DO BLOG POR E-MAIL

terça-feira, 27 de julho de 2010

OS NOVE DONS DO ESPIRITO SANTO

Quanto e quais são os dons do Espírito Santo? Eu posso conseguir todos? Qual é a finalidade dos cristãos em obtê-los?


Os dons do Espírito Santo são nove e Ele define quais vamos obter, devido à nossa dedicação e fé, também estão ligados ao ministério divino planejado para cada um de nós.

Sim, podemos ter todos os dons do Espírito Santo, dependendo dEle (“Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.” 1Co 12.11).

O dom de línguas é o sinal de que se realizou o batismo com o Espírito Santo, e não anula nenhum dos outros dons.

É preciso avaliar com sinceridade, dentro do nosso coração, o motivo pelo qual os buscamos, pois muitos acabam querendo parecer superiores espiritualmente aos demais e isto, certamente, não é a razão que agrada a Deus em conceder-nos estes dons abençoados em nossa caminhada cristã. Ganância e auto-exibição são coisa do inimigo!

Acredito que as igrejas evangélicas não os mencionam tanto por trata-se de algo que deve ser buscado individualmente, como mostram esses textos bíblicos abaixo, com todo o cuidado para que a pessoa não se deixe levar pela vaidade espiritual e caia no laço do maligno (1Tm 3.6).

Os dons do Espírito Santo estão disponíveis para nossa auto-edificação e também para edificação da Igreja de Cristo.

Os nove dons do Espírito Santo (I Co.12:8-10)

O apóstolo Paulo escrevendo aos Coríntios, enumera nove dons do Espírito Santo. E estes são classificados em três grupos, que são:

1. Dons de revelação – “para saber sobrenaturalmente” .
Ø Palavra da sabedoria
Ø Palavra do conhecimento
Ø Discernimento de espírito

2. Dons de poder – “para agir sobrenaturalmente”.
Ø Fé
Ø Dons de curar
Ø Operações de milagres

3. Dons de elocuções ou inspiração
Ø Profecia
Ø Línguas
Ø Interpretação de línguas

Não estudaremos detalhadamente cada dom, apenas definiremos.

Dons de revelação

Ø Palavra da sabedoria – (v.8).
Aqui não se trata da sabedoria natural ou terrena. É uma sabedoria espiritual que vem do alto. O irmão Tiago em sua epístola (1:5) fala da sabedoria que vem de Deus; e que se alguém deseja peça-o com fé. Se for da vontade de Deus, Ele concede. Examine: Tiago.1:17; 3:17; Jó.28:12-28. A palavra de sabedoria na vida de Jesus (Mc.6:1-2).

Ø Palavra do conhecimento ou da ciência – (v.8).
Todos os dons têm manifestação sobrenatural, pois não é terrena. Mayer Pearlman fala do dom do conhecimento como: “O conhecimento de Deus...”, e “o conhecimento mais
elevado das coisas divinas e cristãs das quais os falsos mestres se jactam”. Leia I Co.1:5; 14:6; Romanos15:14; Efésios 1:17; 3:3.

Ø Discernimento de espíritos (v.10).
Distinguir o profeta falso do verdadeiro. Discernir se alguém fala pelo Espírito de Deus ou não. Se é verdadeiro ou enganador. (Atos.5:1-11; 8:18-23; 13:6-10).


Dons de poder

Ø – (v.9).
Aqui não se refere a fé salvadora de Efésios.2:8, apesar de que também esta fé é um dom. O dom de fé que Paulo fala trata-se de uma fé especial que faz maravilhas (Mt.17:19-20).

Ø Dons de curar – (v.9).
Este é o único dom que se expressa no plural, isto porque, existem diversos tipos de enfermidades. Exemplos de curas: Atos.3:6; 8:6-7.

Ø Operação de milagres – (v.10).
É a realização de milagres especiais: Atos 19:11-12; 9:36; 13:11. Outros milagres: Livramento de Pedro da prisão (Atos.12:7-11); multiplicação dos pães (João.6:5-13). No Antigo Testamento: Travessia do mar vermelho, o sol que parou, os pássaros alimentam o profeta Eliseu, etc.


Dons de elocução ou inspiração

A definição dos dons de elocução é mais complexa que dos dons de revelação e dons de poder, devido hoje haver muitos pensamentos acerca da manifestação desses dons, necessitaríamos de um espaço maior para explicarmos com detalhe a realizamos dos mesmos. A definição que segue é como cremos:

Ø Profecias – (v.10)

A palavra profetizar significa “expressar palavras inspiradas”. De acordo com 1 Coríntios 14:31 que diz: “Porque todos podereis profetizar, um depois dos outros; para que todos aprendam..” , concluímos que todos os crentes podem exercitar este dom em determinadas ocasiões, como o Espírito Santo queira. O propósito de tais expressões proféticas é: Edificar a igreja, exortar aos crentes e consolá-los. “Mas o que profetiza fala aos homens para edificação, exortação e consolação” (I Co.14:3).

As profecias não devem ser confundidas com uma pregação; não tem propósito de predizer o futuro e sim encorajar o cristão no presente; não deve ser usada para uma direção pessoal em que alguém deva viver conforme dito, pois devemos dirigir nossa vida por meio da palavra de Deus; não requer nenhuma interpretação, o dom de línguas, sim, é que requer um intérprete.

Ø Línguas – (v.10)
Segundo I Coríntios 14:5,13,28, deverá ser sempre acompanhada pelo dom de interpretação de línguas para a edificação de toda igreja e não somente de um indivíduo. Rejeitamos o ensino que alguém possa falar línguas quando bem quiser, sem a direção do Espírito Santo na ação. Isto implica também a todos os dons. Quem tem o dom de curar poder sair pelas ruas curando a quem bem quiser?

Ø Interpretação de línguas – (v.10)
O significado é como o próprio nome expressa. É impossível alguém utilizar o dom de interpretação sem que antes tenha havido a manifestação do dom de línguas. Ambos trabalham juntos.

c) Outros dons

Existem outros dons além destes de que vimos em I Co.12:4-11. Paulo fala de outros dons em Rm.12:4-8, Ef.4:7-12 e I Co.12:28-31: Apóstolo (missionário, enviado), pastor (apascentador), evangelista, dom de contribuir, de misericórdia, de exortação, de presidir, de ministérios, de socorro, etc.


Fontes pesquisadas: Bíblia, Missionário R R Soares, ICP BRASIL.



Abaixo as passagens bíblicas referenciadas nesta matéria, recomendo que as estude utilizando uma Bíblia de Estudo:


1 Coríntios 12 a 14 = OS DONS ESPIRITUAIS

1 Corintios 12

1. Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.

2. Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados.

3. Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.

4. Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.

5. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.

6. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.

7. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.

8. Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;

9. E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;

10. E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.

11. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

12. Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.

13. Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.

14. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.

15. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo?

16. E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo?

17. Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato?

18. Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis.

19. E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo?

20. Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo.

21. E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós.

22. Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários;

23. E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra.

24. Porque os que em nós são mais nobres não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela;

25. Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros.

26. De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele.

27. Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.

28. E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

29. Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres?

30. Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos?

31. Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente.

1 Coríntios 13

1. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
2. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
3. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
4. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
5. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
6. Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
7. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
8. O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
9. Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
10. Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
11. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
12. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
13. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

1 Coríntios 14
1. Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar.
2. Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.
3. Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação.
4. O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.
5. E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação.
6. E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina?
7. Da mesma sorte, se as coisas inanimadas, que fazem som, seja flauta, seja cítara, não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca com a flauta ou com a cítara?
8. Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha?
9. Assim também vós, se com a língua não pronunciardes palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? porque estareis como que falando ao ar.
10. Há, por exemplo, tanta espécie de vozes no mundo, e nenhuma delas é sem significação.
11. Mas, se eu ignorar o sentido da voz, serei bárbaro para aquele a quem falo, e o que fala será bárbaro para mim.
12. Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja.
13. Por isso, o que fala em língua desconhecida, ore para que a possa interpretar.
14. Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto.
15. Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento.
16. De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto, o Amém, sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes?
17. Porque realmente tu dás bem as graças, mas o outro não é edificado.
18. Dou graças ao meu Deus, porque falo mais línguas do que vós todos.
19. Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida.
20. Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento.
21. Está escrito na lei: Por gente de outras línguas, e por outros lábios, falarei a este povo; e ainda assim me não ouvirão, diz o Senhor.
22. De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis.
23. Se, pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem em línguas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão porventura que estais loucos?
24. Mas, se todos profetizarem, e algum indouto ou infiel entrar, de todos é convencido, de todos é julgado.
25. Portanto, os segredos do seu coração ficarão manifestos, e assim, lançando-se sobre o seu rosto, adorará a Deus, publicando que Deus está verdadeiramente entre vós.
26. Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.
27. E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete.
28. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus.
29. E falem dois ou três profetas, e os outros julguem.
30. Mas, se a outro, que estiver assentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro.
31. Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros; para que todos aprendam, e todos sejam consolados.
32. E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas.
33. Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.
34. As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.
35. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.
36. Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós?
37. Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.
38. Mas, se alguém ignora isto, que ignore.
39. Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar, e não proibais falar línguas.
40. Mas faça-se tudo decentemente e com ordem.


Romanos 12.1-8

1. Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.

2. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

3. Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.

4. Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação,

5. Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.

6. De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé;

7. Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;

8. Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.

Deus abençoe a todos.

Em Nome de Jesus.





Mônica Gazzarrini

Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.

Visite os artigos e livros da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://conhecaadeusnapratica.blogspot.com/
http://conhecerdeusvolume2.blogspot.com/
http://jesuscristomeusenhor.blogspot.com/
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html

“Jesus Cristo é o Senhor”

11 comentários:

Anônimo disse...

bom... vou dar minha opinião a luz da verdade divina! Que EMANUEL me guie! O 666 é número de homem, qual a razão disso, obeserve a figura da Besta: a fera com 7 cabeças e é Roma e suas ramificações, como a Maçonaria, adoradores do deus Sol, etc... pense!É constituída por quem? Resposta: homens! Portanto, eis o primeiro 6 aqui! Os chifres são quem? Os governantes, os que têm o poder de governo, o poder de chefia de estado, e os chifres, então, simbolizam também algo que fere, machuca, ou seja, poder militar! Representam o segundo 6, pois este conjunto é constituído de homens também! Mas, e o último 6, a mulher é a igreja, representada por homens também, é o conjunto de igrejas que não estão classificadas por Deus como verdadeiras seguidoras da palavra! Então eis o 666, número de homem! Pense e o 777, é simples, é o número de homem divino, O Sr. Jesus Cristo, Ele foi homem, por isso foi 6 + 1 = 7, este é o número da perfeição divina, em 7 dias Deus criou e deu o que? Resposta: vida a criação! Por isso, ele nos deu sua vida divina, que é a chance de obtermos vida eterna, ou o mesmo que vida divina! É a matemática divina, figurada, que explica ao que crê somente! Ao que crê no Filho Deus, oferece o entendimento verdadeiro, por isso é a luz verdadeira! E a cruz, quem a inventou? Qual a resposta? Pense! Foi Deus? Deus não criou a cruz para crucificar ninguém, o 666, a criou, o verdadeiro anticristo, anjo caído, Judas dos anjos, Lúcifer, a luz falsa, e o homem a usou para isso! A cruz é um símbolo ridículo, desculpe-me, sem poder divino, que ainda existe, um objeto usado para crucificar também o Filho de Deus, o Deus conosco, ou Emanuel. Não vou me identificar, pois este assunto é de todos nós, todos temos o direito de obter as respostas, ninguém é melhor ou pior, somente este entendimento nos torna melhores, uns para com os outros e se não seguirmos o mandamento "amarás a teu irmão" então devemos primeiro nos sondar, pois Deus nos sonda segundo a segundo. Nos dias de hoje o debate é livre, graças ao Senhor dos Senhores! Apocalipse é transformação divina! Deus não é um esquizofrênico por ouvir tantas vozes orando, ou ver toda nossa história humana, ele pode, e permite que o homem conduza seu caminho e sabe como iremos trilhá-lo! Por isso somos todos "6" e não um "7", como o Senhor Jesus Cristo! Os que alcançaram o "7", foram poucos, exemplo, Elias! Já o Filho Deus é apenas um e verdadeiro homem divino 777, contra todo sistema, que será transformado, o 666! Apocalipse para todos!

Anônimo disse...

...dom da revelação! Isso significa que todos devemos revelar também! Então, bom... vou dar minha opinião a luz da verdade divina! Que EMANUEL me guie! O 666 é número de homem, qual a razão disso, obeserve a figura da Besta: a fera com 7 cabeças e é Roma e suas ramificações, como a Maçonaria, adoradores do deus Sol, etc... pense!É constituída por quem? Resposta: homens! Portanto, eis o primeiro 6 aqui! Os chifres são quem? Os governantes, os que têm o poder de governo, o poder de chefia de estado, e os chifres, então, simbolizam também algo que fere, machuca, ou seja, poder militar! Representam o segundo 6, pois este conjunto é constituído de homens também! Mas, e o último 6, a mulher é a igreja, representada por homens também, é o conjunto de igrejas que não estão classificadas por Deus como verdadeiras seguidoras da palavra! Então eis o 666, número de homem! Pense e o 777, é simples, é o número de homem divino, O Sr. Jesus Cristo, Ele foi homem, por isso foi 6 + 1 = 7, este é o número da perfeição divina, em 7 dias Deus criou e deu o que? Resposta: vida a criação! Por isso, ele nos deu sua vida divina, que é a chance de obtermos vida eterna, ou o mesmo que vida divina! É a matemática divina, figurada, que explica ao que crê somente! Ao que crê no Filho Deus, oferece o entendimento verdadeiro, por isso é a luz verdadeira! E a cruz, quem a inventou? Qual a resposta? Pense! Foi Deus? Deus não criou a cruz para crucificar ninguém, o 666, a criou, o verdadeiro anticristo, anjo caído, Judas dos anjos, Lúcifer, a luz falsa, e o homem a usou para isso! A cruz é um símbolo ridículo, desculpe-me, sem poder divino, que ainda existe, um objeto usado para crucificar também o Filho de Deus, o Deus conosco, ou Emanuel. Não vou me identificar, pois este assunto é de todos nós, todos temos o direito de obter as respostas, ninguém é melhor ou pior, somente este entendimento nos torna melhores, uns para com os outros e se não seguirmos o mandamento "amarás a teu irmão" então devemos primeiro nos sondar, pois Deus nos sonda segundo a segundo. Nos dias de hoje o debate é livre, graças ao Senhor dos Senhores! Apocalipse é transformação divina! Deus não é um esquizofrênico por ouvir tantas vozes orando, ou ver toda nossa história humana, ele pode, e permite que o homem conduza seu caminho e sabe como iremos trilhá-lo! Por isso somos todos "6" e não um "7", como o Senhor Jesus Cristo! Os que alcançaram o "7", foram poucos, exemplo, Elias! Já o Filho Deus é apenas um e verdadeiro homem divino 777, contra todo sistema, que será transformado, o 666! Apocalipse para todos!

Anônimo disse...

REVELAÇÃO, ANO 2013, A TRANSFORMAÇÃO DIVINA DA IGREJA E DO MUNDO!
APOCALIPSE CAPÍTULO 17, VERSO 11
E a besta, que era e não é (PAPA BENTO XVI), também é ele, o oitavo rei (PAPA BENTO XVI JUNTAMENTE COM O OITAVO PAPA FRANCISCO), e procede dos sete (PAPA BENTO XVI FOI O SÉTIMO PAPA DESDE A FUNDAÇÃO DO VATICANO COMO ESTADO SOBERANO, OU REINO, EM 1929), e caminha para a destruição (...lembrando que Apocalipse é transformação DIVINA!) QUE CIDADE TEM SETE MONTES AO SEU REDOR, SENÃO O VATICANO “ROMANO”.
SEJA UM DIVULGADOR DESTA REVELAÇÃO DIVINA, DESTA SABEDORIA
OS NOSSOS PASTORES E PADRES, OS QUE SÃO MAÇÔNICOS, OS ESPÍRITAS (TODOS OS FIÉIS A DEUS, JESUS CRISTO, EM TODO O MUNDO, QUE BUSQUEM SER VERDADEIROS ATRAVÉS DAS ESCRITURAS SAGRADAS) DEVEM SE ATUALIZAR. A IGREJA ESTÁ SABENDO E ALERTANDO SOBRE ISSO? A IGREJA ESTÁ ERRANDO AO NÃO VER QUE SUAS OVELHAS DEVERIAM SER CONDUZIDAS A MAIOR PROVA DE QUE AS ESCRITURAS NOS DIAS DE HOJE COMPROVAM QUE O APOCALIPSE É REAL E É UM RESUMO DO QUE ACONTECEU E ESTÁ PARA ACONTECER LOGO, POIS A PARTIR DO CAPÍTULO 17 DO APOCALÍPSE, TEMOS APENAS MAIS 5 CAPÍTULOS E O LIVRO SAGRADO TERMINA, ASSIM COMO INICÍA-SE UM NOVO COMEÇO, COM O REI DOS REIS! QUANTO AS OVELHAS DESGARRADAS, ESQUECEMOS DE AVISÁ-LAS?
LEIA ABAIXO A NOTÍCIA. ESTAMOS VIVENDO UMA PROVA DIVINA DO APOCALIPSE 17, VERSO 11. O SÉTIMO REI (PAPA), TAMBÉM É O OITAVO.
APOCALIPSE É TRANSFORMAÇÃO DIVINA E HUMANA! É O LIVRO DO 777!
Apocalipse para todos!

Anônimo disse...

REVELAÇÃO DO APOCALIPSE CAP´. 17, VERSO 11
Mundo
INÉDITO 02/05/2013 - 16h20
Dois Papas convivem no Vaticano pela primeira vez na história
Bento XVI passou os últimos meses na residência de verão papal, 25 km ao sul de Roma, onde permaneceu isolado do mundo
notícia
Esta é a primeira vez na história que dois Papas convivem dentro dos muros do Vaticano
INÉDITO Dois Papas convivem no Vaticano pela primeira vez na história
O papa Francisco recebeu pessoalmente nesta quinta-feira, 2, o papa emérito Bento XVI no Vaticano, em um retorno que marca o

Anônimo disse...

REVELAÇÃO DO APOCALIPSE CAP´. 17, VERSO 11
Mundo
INÉDITO 02/05/2013 - 16h20
Dois Papas convivem no Vaticano pela primeira vez na história
Bento XVI passou os últimos meses na residência de verão papal, 25 km ao sul de Roma, onde permaneceu isolado do mundo
notícia
Esta é a primeira vez na história que dois Papas convivem dentro dos muros do Vaticano
INÉDITO Dois Papas convivem no Vaticano pela primeira vez na história
O papa Francisco recebeu pessoalmente nesta quinta-feira, 2, o papa emérito Bento XVI no Vaticano, em um retorno que marca o início de uma convivência sem precedentes entre dois pontífices.
Esta é a primeira vez na história que dois Papas convivem dentro dos muros do Vaticano, os dois vestidos de branco e sob o título de "Sua Santidade".
"O papa Francisco o recebeu com grande fraternidade e cordialidade. Depois se dirigiram à capela do mosteiro para uma breve oração", disse em um comunicado a Santa Sé.
O Papa Emérito viverá no convento "Mater Ecclesiae", reformado para a ocasião e localizado nos jardins do menor Estado do mundo, a poucos metros da Casa Santa Marta, onde Francisco reside.
O Papa Emérito, de 86 anos, chegou às 16h45 locais (11h45 de Brasília) de helicóptero ao Vaticano proveniente de Castel Gandolfo, onde residiu durante dois meses depois de tornar efetiva a sua renúncia no dia 28 de fevereiro.
Uma delegação oficial formada, entre outros, pelo decano do colégio cardinalício, Angelo Sodano, e pelo secretário de Estado, Tarcisio Bertone, que foi seu braço direito, o recebeu no heliporto, indicou o gabinete de imprensa do Vaticano, que esclareceu que não distribuirá imagens de sua chegada, suscitando dúvidas na imprensa sobre seu estado de saúde.
O porta-voz papal, padre Federico Lombardi, desmentiu novamente nesta quinta-feira que o Papa Emérito esteja muito doente, como haviam indicado meios de comunicação espanhóis, depois que Bento XVI apareceu muito cansado, usando uma bengala, durante o histórico encontro com Francisco, no dia 23 de março de 2013, em Castel Gandolfo.

Anônimo disse...

REVELAÇÃO
Tratado de Latrão
Essa incomoda questão de disputas entre o Estado e a Igreja, chamada Questão Romana só terminou em Fevereiro de 1929, quando o ditador fascista Benito Mussolini e o Papa Pio XI assinam o Tratado de Latrão, pelo qual a Itália reconhece a soberania da Santa Sé sobre o Vaticano, declarado Estado soberano, neutro e inviolável. A concordata também concede indenização financeira ao papado pelas perdas territoriais da unificação e torna o catolicismo a religião oficial da Itália. Os termos da concordata são ratificados em 1947 pela república italiana.
Ler APOCALÍPSE 17, versos 9 e 10.
Obs.: O VATICANO ESTÁ LOCALIZADO ENTRE 7 MONTES OU COLINAS, QUE SÃO REPRESENTADAS PELAS SETE CABEÇAS DA BESTA. APOCALIPSE 17, CERSO 9.
APOCALIPSE (...LEMBRANDO QUE SIGNIFICA TRANSFORMAÇÃO DIVINA COM HUMANA, É O LIVRO 777, O FIM E O COMEÇO). TODA A IGREJA, DENOMINAÇÃO RELIGIOSA, SEITA, ETC... É IMPERFEITA, POIS TODOS ESTAMOS COMPONDO O 666. O 777, EMANUEL, JESUS CRISTO, VEIO PARA TRANSFORMAR TUDO ISTO E NOS COLHER COMO NUMA VINDIMA, OS QUE O RECONHECEREM COMO PRIMEIRO E INTERIORMENTE COMO ÚNICO. ELE OLHA E SENTE ATRAVÉS DE NÓS!
Apocalipse (transformação divina) para todos!

Anônimo disse...

desculpa eu coloquei um conjunto de revelações sobre o 666, mas coloquei um texto separado de parte de outro... você pode publicá-los numa ordem lógica para você... valeu
apocalipse é entendimento e transformação divina!

Naldinho País Butão disse...

Texto 1: o 666x777 revelação de todos para todos e não de poucos para poucos
bom... vou dar minha opinião a luz da verdade divina! Que EMANUEL me guie! O 666 é número de homem, qual a razão disso, obeserve a figura da Besta: a fera com 7 cabeças e é Roma e suas ramificações, como a Maçonaria, adoradores do deus Sol, etc... pense!É constituída por quem? Resposta: homens! Portanto, eis o primeiro 6 aqui! Os chifres são quem? Os governantes, os que têm o poder de governo, o poder de chefia de estado, e os chifres, então, simbolizam também algo que fere, machuca, ou seja, poder militar! Representam o segundo 6, pois este conjunto é constituído de homens também! Mas, e o último 6, a mulher é a igreja, representada por homens também, é o conjunto de igrejas que não estão classificadas por Deus como verdadeiras seguidoras da palavra! Então eis o 666, número de homem! Pense e o 777, é simples, é o número de homem divino, O Sr. Jesus Cristo, Ele foi homem, por isso foi 6 + 1 = 7, este é o número da perfeição divina, em 7 dias Deus criou e deu o que? Resposta: vida a criação! Por isso, ele nos deu sua vida divina, que é a chance de obtermos vida eterna, ou o mesmo que vida divina! É a matemática divina, figurada, que explica ao que crê somente! Ao que crê no Filho Deus, oferece o entendimento verdadeiro, por isso é a luz verdadeira! E a cruz, quem a inventou? Qual a resposta? Pense! Foi Deus? Deus não criou a cruz para crucificar ninguém, o 666, a criou, o verdadeiro anticristo, anjo caído, Judas dos anjos, Lúcifer, a luz falsa, e o homem a usou para isso! A cruz é um símbolo ridículo, desculpe-me, sem poder divino, que ainda existe, um objeto usado para crucificar também o Filho de Deus, o Deus conosco, ou Emanuel. Não vou me identificar, pois este assunto é de todos nós, todos temos o direito de obter as respostas, ninguém é melhor ou pior, somente este entendimento nos torna melhores, uns para com os outros e se não seguirmos o mandamento "amarás a teu irmão" então devemos primeiro nos sondar, pois Deus nos sonda segundo a segundo. Nos dias de hoje o debate é livre, graças ao Senhor dos Senhores! Apocalipse é transformação divina! Deus não é um esquizofrênico por ouvir tantas vozes orando, ou ver toda nossa história humana, ele pode, e permite que o homem conduza seu caminho e sabe como iremos trilhá-lo! Por isso somos todos "6" e não um "7", como o Senhor Jesus Cristo! Os que alcançaram o "7", foram poucos, exemplo, Elias! Já o Filho Deus é apenas um e verdadeiro homem divino 777, contra todo sistema, que será transformado, o 666! Apocalipse para todos!

Naldinho País Butão disse...

Texto 2: o 666x777
REVELAÇÃO, ANO 2013, A TRANSFORMAÇÃO DIVINA DA IGREJA E DO MUNDO!
APOCALIPSE CAPÍTULO 17, VERSO 11
E a besta, que era e não é (PAPA BENTO XVI), também é ele, o oitavo rei (PAPA BENTO XVI JUNTAMENTE COM O OITAVO PAPA FRANCISCO), e procede dos sete (PAPA BENTO XVI FOI O SÉTIMO PAPA DESDE A FUNDAÇÃO DO VATICANO COMO ESTADO SOBERANO, OU REINO, EM 1929), e caminha para a destruição (...lembrando que Apocalipse é transformação DIVINA!) QUE CIDADE TEM SETE MONTES AO SEU REDOR, SENÃO O VATICANO “ROMANO”.
SEJA UM DIVULGADOR DESTA REVELAÇÃO DIVINA, DESTA SABEDORIA
OS NOSSOS PASTORES E PADRES, OS QUE SÃO MAÇÔNICOS, OS ESPÍRITAS (TODOS OS FIÉIS A DEUS, JESUS CRISTO, EM TODO O MUNDO, QUE BUSQUEM SER VERDADEIROS ATRAVÉS DAS ESCRITURAS SAGRADAS) DEVEM SE ATUALIZAR. A IGREJA ESTÁ SABENDO E ALERTANDO SOBRE ISSO? A IGREJA ESTÁ ERRANDO AO NÃO VER QUE SUAS OVELHAS DEVERIAM SER CONDUZIDAS A MAIOR PROVA DE QUE AS ESCRITURAS NOS DIAS DE HOJE COMPROVAM QUE O APOCALIPSE É REAL E É UM RESUMO DO QUE ACONTECEU E ESTÁ PARA ACONTECER LOGO, POIS A PARTIR DO CAPÍTULO 17 DO APOCALÍPSE, TEMOS APENAS MAIS 5 CAPÍTULOS E O LIVRO SAGRADO TERMINA, ASSIM COMO INICÍA-SE UM NOVO COMEÇO, COM O REI DOS REIS! QUANTO AS OVELHAS DESGARRADAS, ESQUECEMOS DE AVISÁ-LAS?
LEIA ABAIXO A NOTÍCIA. ESTAMOS VIVENDO UMA PROVA DIVINA DO APOCALIPSE 17, VERSO 11. O SÉTIMO REI (PAPA), TAMBÉM É O OITAVO.
APOCALIPSE É TRANSFORMAÇÃO DIVINA E HUMANA! É O LIVRO DO 777!
Apocalipse para todos!

Naldinho País Butão disse...

Texto 3: o 666x777 Revelação de todos para todos e não de poucos para poucos
REVELAÇÃO DO APOCALIPSE CAP´. 17, VERSO 11
Mundo
INÉDITO 02/05/2013 - 16h20
Dois Papas convivem no Vaticano pela primeira vez na história
Bento XVI passou os últimos meses na residência de verão papal, 25 km ao sul de Roma, onde permaneceu isolado do mundo
notícia
Esta é a primeira vez na história que dois Papas convivem dentro dos muros do Vaticano
INÉDITO Dois Papas convivem no Vaticano pela primeira vez na história
O papa Francisco recebeu pessoalmente nesta quinta-feira, 2, o papa emérito Bento XVI no Vaticano, em um retorno que marca o início de uma convivência sem precedentes entre dois pontífices.
Esta é a primeira vez na história que dois Papas convivem dentro dos muros do Vaticano, os dois vestidos de branco e sob o título de "Sua Santidade".
"O papa Francisco o recebeu com grande fraternidade e cordialidade. Depois se dirigiram à capela do mosteiro para uma breve oração", disse em um comunicado a Santa Sé.
O Papa Emérito viverá no convento "Mater Ecclesiae", reformado para a ocasião e localizado nos jardins do menor Estado do mundo, a poucos metros da Casa Santa Marta, onde Francisco reside.
O Papa Emérito, de 86 anos, chegou às 16h45 locais (11h45 de Brasília) de helicóptero ao Vaticano proveniente de Castel Gandolfo, onde residiu durante dois meses depois de tornar efetiva a sua renúncia no dia 28 de fevereiro.
Uma delegação oficial formada, entre outros, pelo decano do colégio cardinalício, Angelo Sodano, e pelo secretário de Estado, Tarcisio Bertone, que foi seu braço direito, o recebeu no heliporto, indicou o gabinete de imprensa do Vaticano, que esclareceu que não distribuirá imagens de sua chegada, suscitando dúvidas na imprensa sobre seu estado de saúde.
O porta-voz papal, padre Federico Lombardi, desmentiu novamente nesta quinta-feira que o Papa Emérito esteja muito doente, como haviam indicado meios de comunicação espanhóis, depois que Bento XVI apareceu muito cansado, usando uma bengala, durante o histórico encontro com Francisco, no dia 23 de março de 2013, em Castel Gandolfo.

Naldinho País Butão disse...


Texto 4: o 666x777 Revelação de todos para todos e não de poucos para poucos
Tratado de Latrão
Essa incomoda questão de disputas entre o Estado e a Igreja, chamada Questão Romana só terminou em Fevereiro de 1929, quando o ditador fascista Benito Mussolini e o Papa Pio XI assinam o Tratado de Latrão, pelo qual a Itália reconhece a soberania da Santa Sé sobre o Vaticano, declarado Estado soberano, neutro e inviolável. A concordata também concede indenização financeira ao papado pelas perdas territoriais da unificação e torna o catolicismo a religião oficial da Itália. Os termos da concordata são ratificados em 1947 pela república italiana.
Ler APOCALÍPSE 17, versos 9 e 10.
Obs.: O VATICANO ESTÁ LOCALIZADO ENTRE 7 MONTES OU COLINAS, QUE SÃO REPRESENTADAS PELAS SETE CABEÇAS DA BESTA. APOCALIPSE 17, CERSO 9.
APOCALIPSE (...LEMBRANDO QUE SIGNIFICA TRANSFORMAÇÃO DIVINA COM HUMANA, É O LIVRO 777, O FIM E O COMEÇO). TODA A IGREJA, DENOMINAÇÃO RELIGIOSA, SEITA, ETC... É IMPERFEITA, POIS TODOS ESTAMOS COMPONDO O 666. O 777, EMANUEL, JESUS CRISTO, VEIO PARA TRANSFORMAR TUDO ISTO E NOS COLHER COMO NUMA VINDIMA, OS QUE O RECONHECEREM COMO PRIMEIRO E INTERIORMENTE COMO ÚNICO. ELE OLHA E SENTE ATRAVÉS DE NÓS!
Apocalipse (transformação divina) para todos!