Seguidores

COM JESUS É POSSÍVEL SER FELIZ E VENCER TODO DIA

Quantas vezes nos sentimos sem rumo e pensamos não ter com quem contar. Jesus é o nosso melhor amigo.
Quando conhecemos a Jesus e a Ele nos entregamos descobrimos uma vida completamente nova que está
disponível a todas as pessoas.
Este espaço é um convite para conhecer e praticar o que a Palavra de Deus nos ensina durante todos os dias da nossa vida.


ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: conhecerdeusnapratica@outlook.com;

que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga.

Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas.

ESCREVAM !!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 29 de julho de 2008

SUA BÊNÇÃO NÃO OCORRE POR ACASO





Três dicas vitais para você ser abençoado por Deus.





Não existe fé baseada na sorte e a sua bênção não é fruto do acaso.

Receber de Deus o que pleiteamos não é impossível e nem obra do acaso.

Fé baseada na sorte é aquela em que os eventos acontecem algumas vezes, já em outras situações não. O pior de tudo é a desculpa que acompanha o fracasso: “é, não foi da vontade de Deus para mim mesmo...”

Deus nos chama para nos abençoar e multiplicar, portanto não há casualidade na bênção recebida, ela é fruto da mão divina estendida a nosso favor e para isso você não precisa ser um super-crente.

Não caia num engano muito comum de achar que tem que pagar para ser ouvido por Deus, pois as bênçãos são gratuitas. (Leia mais) Confira também: como se previnir dos "espertinhos".

Afinal de contas, o que é essencial para ser abençoado por Deus? É o conjunto de três atitudes que quando combinadas culminam no melhor do Pai em nossa existência.

1)Conhecimento: Fé sem entendimento é a morte. Muita gente boa entra em verdadeiras armadilhas de gente sem escrúpulos porque não sabe como é o mundo de Deus: simples e descomplicado.
Você não precisa ser um PhD para ser abençoado por Deus.
Portanto não pule essa parte. Procure conhecer a Palavra de Deus o que a Bíblia diz sobre o seu caso, pois ele certamente tem solução, sim!
“errais não conhecendo as Escrituras e nem o poder de Deus” Mateus 22:27

Confira mais detalhes sobre conhecimento da palavra.
Veja também um breve resumo dos seus direitos em Cristo.

2)Fazer a oração da fé: Fé é a certeza de que aquilo que você espera se realizará, logicamente dentro das diretrizes da Palavra. Sem fé é impossível agradar a Deus. Fé é o contrário do ver para crer. “E, tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis.” Mateus 21:22

Aprenda mais sobre a oração eficiente.

3)Confessar a sua bênção: cuidado com o que você fala após sua oração. Não é raro a pessoa perder a bênção que estava em suas mãos por causa do que ela fala por aí. Orou com fé, não destrua o seu pleito falando coisas ao contrário do que você espera. Não queime a sua oração com uma boca negativa. “quem fala a verdade manifesta a justiça” Provérbios 12:17

Entenda mais sobre o valor espiritual das suas palavras.

Pratique o que você acabou de aprender e verá que Deus sempre foi com você!


Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.
Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, autora dos livros "Como conhecer Deus na prática - Tudo o que você queria saber sobre a caminhada com Deus" Volume 1 e Volume 2

Copyright 2008 © – by Mônica Gouvêa Sgarbi Gazzarrini.

Visite artigos da escritora sobre a caminhada com Deus em:
http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://www1.uol.com.br/bemzen/ultnot/religioes/ (LINK: FÉ)
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://www.centralartigos.com/auto-ajuda/
"Jesus Cristo é o Senhor"

terça-feira, 22 de julho de 2008

SUBORNARÁ O HOMEM A DEUS?




Os homens ainda não entenderam que o Evangelho de Cristo é diferente, que nEle o homem não precisa se esgoelar e nem se “matar” para obter algo de Deus, são as benesses do Senhor que nos alcançam.




Todavia vós me subornais, achando que Eu preciso de votos, promessas e sacrifícios para te dar a bênção. (“Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros" 1 Samuel 15:22)

Os homens ainda não entenderam que o Evangelho é diferente, que nEle o homem não precisa se esgoelar e nem se “matar” para obter algo de Deus, são as benesses do Senhor que os alcançam. (“Se ouvires a voz do Senhor, teu Deus, virão sobre ti e TE ALCANÇARÃO todas estas bênçãos” Deuteronômio 28:02)

Uma das condições para que Deus, o fogo consumidor (Hebreus 12:29), habite conosco é lançar fora todo o suborno, toda moeda de troca, todo mercantilismo para com a graça divina. “Quem dentre nós habitará com o fogo consumidor?” Isaías 33:14b “Pois o SENHOR vosso Deus é o Deus dos deuses, e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e terrível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita recompensas” Deuteronômio 10:17. O próprio nome diz é de graça!

Quando tentamos barganhar com Deus estamos chamando-O no mínimo de interesseiro, avarento e mal, de mercenário, de bandido e isso definitivamente é uma ofensa gravíssima a Deus. Como uma resposta pode surgir de um ato abominável a Deus?

Que atire a primeira pedra aquele crente que nunca orou dizendo: “Se o Senhor me abrir aquela porta, além do dízimo eu também vou dar uma boa oferta pra igreja”. Oração típica do desesperado sem entendimento do funcionamento do mundo do Pai.

Ele mesmo diz que tudo já é nosso e possível ao que nEle crê e não ao que fica barganhando respostas com o Eterno.

Você tem tido uma dedicação férrea à palavra e não tem tido respostas? Verifique se não entrou em leilão com Deus e pare com isso agora mesmo!

Recentemente soube, através de testemunho, de um caso lamentável de uma senhora que vendeu tudo o que tinha, chegou a ir com o único sapato velho e todo furado que lhe sobrou a igreja e escondia os pés debaixo do banco por vergonha e não obteve nada em resposta. Ela queria dar até a casa onde morava para a igreja, o único bem que lhe sobrara, pois já havia entregue carro, terreno, dinheiro, tudo e não havia conseguido prosperar!

Outro aspecto do “suborno” a Deus é que ele trás escravidão e leva as pessoas a cometerem verdadeiras loucuras que estão totalmente fora da palavra.

Muitos pensam estar fazendo algo que agrada a Deus, que pela lógica é muito bom e louvável, mas que você definitivamente não foi chamado a fazer, foi pura criatividade humana ou assédio maligno.

O suborno a Deus trás cativeiro, sofrimento, humilhação, distanciamento do Senhor e ainda desonra ao Reino de Deus frente as pessoas ao seu redor.

Nem para a esquerda (profano) nem para a direita (fanático): bom senso, equilíbrio espiritual e entendimento da Palavra de Deus são essenciais para uma vida saudável com Jesus.

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.

Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, autora dos livros "Como conhecer Deus na prática - Tudo o que você queria saber sobre a caminhada com Deus" Volume 1 e Volume 2

Copyright 2008 © – by Mônica Gouvêa Sgarbi Gazzarrini.

Visite artigos da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://www1.uol.com.br/bemzen/ultnot/religioes/ (LINK: FÉ)
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://www.centralartigos.com/auto-ajuda/

"Jesus Cristo é o Senhor"

quinta-feira, 17 de julho de 2008

“REALIDADE” X VERDADE: ONDE VOCÊ ESTÁ COLOCANDO OS SEUS OLHOS?




Jesus já venceu TODOS os problemas para nós, mas a questão central é: como você está lidando com esses problemas que aparentemente surgem?



A vida nos trás desafios e dificuldades. O próprio Senhor Jesus nos diz isso na Palavra: “Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. (João 16:33)”.

NA HORA DAS AFLIÇÕES PRECISAMOS SABER COMO E PARA ONDE ESTAMOS OLHANDO E TAMBÉM O QUE NÓS ESTAMOS FALANDO SOBRE A SITUAÇÃO.

Novamente a Palavra nos dá a orientação em Mateus 6:22 e 23: “A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo teu corpo terá luz; se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes são tais trevas!”

Portanto, o modo pelo qual olhamos para as situações da vida é que nos fará vencedores, ou seja, se olharmos pela visão natural não há jeito, o caso é sem solução, muito difícil, barreira intransponível, mas, se formos corajosos e olharmos a situação como Deus a vê, com os olhos espirituais traduzidos na Palavra certamente suplantaremos o(s) obstáculo(s).

Aproveite e observe o que você anda falando do seu problema: “O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque a boca fala daquilo que o coração está cheio.” Lucas 6:45.

Você anda confessando derrota? Desanimado, se arrastando pela vida? Lustre e renove o seu coração agora mesmo. Dê uma trégua para a sua boca. Pare de dizer “está tudo ruim”, “não tem jeito”, “não dá mais tempo”, “está tudo perdido”... Porque Deus diz na Sua Palavra que nós já somos mais do que vencedores, de que muito maior é o que está em nós do que o que está no mundo. Comece a conhecer o que a Palavra diz e a confessar suas vitórias, assim você estará também lustrando o seu coração para vencer.

A QUEM VOCÊ TEM RECORRIDO PARA RESOLVER SUA SITUAÇÃO?

Muitas pessoas recorrem ao empréstimo, ao amigo, ao parente e, por vezes, se decepcionam ou nem assim conseguem resolver seu entrave.

O Senhor nos ensina que o homem, por melhor que seja a sua intenção e empenho, nada pode fazer por nós. “(Ó DEUS)... Dá-nos auxílio na angústia, porque vão é o socorro do homem. Salmo 60:11”

Busque agora mesmo a quem resolve toda e qualquer pendência. Busque ao Pai que ouve e responde orações. "Em ti, ó Deus, meu Senhor; estão fitos os meus olhos. Em ti tenho buscado refúgio” (Salmo 141:8) “LEVANTAREI os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro. O meu socorro vem do SENHOR que fez o céu e a terra. Não deixará vacilar o teu pé” Salmo 121:1 a 3.

COMO FAZER UMA ORAÇÃO EFICAZ?

Reclamar, chorar e se descabelar na presença de Deus não te trará resultados.
A oração eficaz, que surte os resultados esperados, é aquela em que oramos a Deus usando a Sua Palavra porque a Palavra de Deus não volta vazia, antes ela vai e realiza aquilo à que Ela foi destinada (Isaías 55:11).

A ORAÇÃO QUE SURTE EFEITOS CONFRONTA A “REALIDADE” COM A VERDADE CONTIDA NA PALAVRA DE DEUS

Exemplo: a “realidade” do mundo diz que: ”não estou conseguindo vender nada há semanas, minhas contas estão atrasadas, mesmo que eu venda algo hoje, já não dá mais para me recuperar financeiramente”; mas a verdade que é a Palavra de Deus nos diz que “somos mais do que vencedores, que Deus supre TODAS as nossas necessidades por Cristo Jesus, que Ele é o nosso pastor e que por isso NADA NOS FALTA, que as portas que Deus abre ninguém pode fechar.”

Após a oração em que você confronta os dois lados da situação fique firme na fé, mantendo as declarações da Palavra vivas no seu coração, na sua mente e na sua boca. Assim o poder de Deus opera e lhe trás a saída e a solução definitiva para a sua dificuldade, seja ela qual for.

Experimente: ao colocar frente a frente o problema com a Palavra de Deus, a Palavra sempre vencerá, porque ele não agüenta a luz de Deus e bate em retirada da sua vida.

Pratique a Palavra, coloque a fé em ação e fique firme, NÃO DESISTA JAMAIS DA SUA ORAÇÃO FEITA, porque Jesus jamais lança fora aqueles que O buscam e faz muito mais do que pedimos, pensamos ou poderíamos imaginar.



Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.

Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, autora dos livros "Como conhecer Deus na prática - Tudo o que você queria saber sobre a caminhada com Deus" Volume 1 e Volume 2

Copyright 2008 © – Direitos Reservados - by Mônica Gouvêa Sgarbi Gazzarrini.

Visite artigos da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://www1.uol.com.br/bemzen/ultnot/religioes/ (LINK: FÉ)
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://www.centralartigos.com/auto-ajuda/

"Jesus Cristo é o Senhor"

sexta-feira, 11 de julho de 2008

QUAL É O MODO MAIS EFICAZ DE ATRAIR AS BÊNÇÃOS DE DEUS?


OS DEZ ESPIAS E A LÍNGUA MENTIROSA.

Deus odeia que tenhamos a língua mentirosa.

“Estas seis coisas o SENHOR odeia, e a sétima a sua alma abomina: Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal, A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos.” Provérbios 6:16 a 19

O que é a mentira bíblica?

Mentir no sentido bíblico é distorcer as situações, faltar com a Verdade já expressa nas Escrituras, ou seja, é contradizer o que Deus diz na Palavra.

Entramos em estado de mentira bíblica e condenação quando rejeitamos aquilo que Deus diz em sua palavra já nos pertencer.

Quem confia na Palavra de Deus, crê no próprio Filho e sabe que Deus tudo pode fazer: unir novamente o casal, enriquecer, dar filhos, etc.

“Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso o fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu.” 1 João 5:10

O modo mais eficaz de atrair as bênçãos de Deus é crer na Palavra e falar de acordo com ela em todas as situações da sua vida.

Quer saber se uma pessoa vai bem? Passe a prestar atenção no que ela fala. A forma pela qual ela fala compõe um bom retrato das suas reais condições e do que ela vem semeando em sua vida através da sua própria boca.

Quem não crê em Deus, e consequentemente na Sua palavra, já fez a Ele mentiroso.

São aqueles que só fazem declarações destrutivas, murmuram, reclamam: estão mentindo e ainda por cima está fazendo Deus um mentiroso!

A tendência dos mal sucedidos é colocar a culpa nos outros, mas no íntimo sabem que não foram prosperados porque são relaxados e não tem se mantido firmes no caminho. Dizem até que são de Deus, mas não acontece nada de bom em suas trajetórias porque são displicentes na prática cotidiana da Verdade!

A própria vida do crente displicente está depondo contra Deus e afastando os demais à sua volta da porta do Evangelho de Cristo!

Aquele que se diz do Senhor e colhe apenas insucessos, miséria, brigas e doenças está tirando a esperança humana, os colegas e familiares ao redor se questionam: “Cadê o Deus de Fulano? Ele se diz tão fiel e vive nessa aflição tremenda! Eu não quero saber disso, não!”

Não conhecemos o íntimo de uma pessoa mesmo que com ela convivamos há anos, o único que tem o poder de penetrar nas profundezas do nosso ser é o Pai.

O crente de língua mentirosa sabe que está em falta na fé, que ele não tem buscado a Deus sinceramente, não tem praticado a fé com freqüência, que não está resistindo aos assédios do mal com a palavra, em resumo, o cristão fracassado sabe que tem sido relaxado na comunhão com Deus apesar da sua aparência ser tão santa!

Mentir é falar algo contrário ao que diz a Palavra atitude que aborrece a Deus, fazendo-O mentiroso e passando a própria pessoa por mentirosa também, motivo da vergonha de muitos.

No fundo o crente fracassado sabe que não acreditou de verdade no que diz a Bíblia, que ele foi negligente e que ele não teve paciência em busca o entendimento completo para a sua situação.

Houve um povo riscado do mapa por causa da língua mentirosa.

Em números capítulo 13:17 a 20 Moises envia os homens mais iminentes de cada tribo do povo de Deus para que fossem ver e avaliar a terra já entregue a eles em promessa por Deus.

Moises instrui-os quanto aos aspectos aos quais deveriam estar atentos em sua jornada: Como é a terra? É fértil? Há árvores? Tragam o fruto da terra. Há muitos habitantes por lá? São fortes ou fracos? Em que cidades e condições eles habitam? Possuem edificações que os protegem dos ataques inimigos ou não?

“E vede que terra é, e o povo que nela habita; se é forte ou fraco; se pouco ou muito. E como é a terra em que habita, se boa ou má; e quais são as cidades em que eles habitam; se em arraiais, ou em fortalezas. Também como é a terra, se fértil ou estéril; se nela há árvores, ou não; e esforçai-vos, e tomai do fruto da terra. E eram aqueles dias os dias das primícias das uvas.” Números 13:18 a 20

A bênção de Deus já pertencia àquele povo, sua tarefa era ir até lá e conhecê-la para conquistá-la conforme Deus já lhes havia assegurado.

Esses líderes do povo deveriam chegar naquela terra e constatar tudo de bom que já lhes pertencia, animando-se com as grandezas entregues a eles. Deus os levou para que pudessem planejar a sua vitória.

Em vez disso, dez entre doze chefes retornados reclamaram, murmuraram e aumentaram o problema, diminuindo a dádiva divina já concedida a eles. “Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós. E infamaram a terra que tinham espiado”. Números 13:31

Quantos dizem-se crentes na Palavra não estão tomando as mesmas atitudes destes dez espias? Exaltam ao diabo e reduzem o poder de Deus em suas vidas!

Você está enganando-se amargamente quando diz que não pode, que não tem mais jeito! Você está mentindo a si e fazendo a Deus mentiroso perante o mundo!

Vida que está em farrapos é resultado da língua mentirosa que fala ao contrário das Escrituras!

Resultado daqueles que proferiram todo tipo de declaração contrária à promessa de Deus: não entraram na terra prometida. Aqueles que possuíam de vinte anos para cima não viram a glória de Deus.

“Não verão a terra de que a seus pais jurei, e nenhum daqueles que me provocaram a verá.” Números 14:23

O futuro daquele que tem a língua mentirosa é ser riscado do mapa das bênçãos divinas porque ele está difamando o próprio Evangelho.

Você não tem entrado na abastança de Deus que já lhe foi prometida há tempos porque duvida do poder do Senhor e acaba ficando de fora!

Somente dois líderes não tiveram essa atitude derrotada dos demais: Calebe e Josué “Certamente subiremos e a possuiremos em herança; porque seguramente prevaleceremos contra ela.” Números 13:30

Deus sustentou e levantou o povo que acreditou nEle de verdade.

O resultado de quem fala a verdade bíblica é a bênção divina.

“Porém o meu servo Calebe, porquanto nele houve outro espírito, e perseverou em seguir-me, eu o levarei à terra em que entrou, e a sua descendência a possuirá em herança.” Números 14:24

Passe a falar o que Deus fala, pare de mentir agora mesmo!

É vontade de Deus o seu sofrer? Claro que não!

É querer divino que você esteja doente? Também não!

Pare de justificar suas derrotas somente para não ficar feio para você “isso não é a vontade de Deus”; “Deus não quis assim”. Que deus é esse que planeja deixar alguém na sarjeta? Certamente não é o Deus da Bíblia.

Quem profere a mentira espiritual, ou seja, fala ao contrário daquilo que Deus garante em Sua palavra para todos nós, profere a mentira espiritual: fraude que aborrece a Deus. “Destruirás aqueles que proferem a mentira; o Senhor aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento.” Salmo 5:6

A língua mentirosa rebaixa ao próprio Deus e exalta ao diabo!

Deus nunca perdeu uma queda de braço com o mal e jamais perderá. Aprenda mais sobre a caminhada com Deus.
Quem fala a verdade trás para a sua vida as respostas divinas. “Quem fala a verdade manifesta a justiça; porém a testemunha falsa produz a fraude.” Provérbios 12:17

A partir de hoje mostre através do seu viver que Deus é verdadeiro! Que Deus é, foi e sempre será extraordinário!

Não desista, insista, fale conforme o que Deus ensina nas Escrituras e Ele fará a obra por completo em você!

Abandone o hábito de ficar explicando a razão do seu insucesso. Pare de mentir, enfrente o mal com o poder de Deus e ganhe!

Fale de acordo com a palavra e trará bênçãos inimagináveis de Deus para você!

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.

Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, autora dos livros "Como conhecer Deus na prática - Tudo o que você queria saber sobre a caminhada com Deus" Volume 1 e Volume 2

Copyright 2008 © – Direitos Reservados - by Mônica Gouvêa Sgarbi Gazzarrini.

Visite artigos da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://www1.uol.com.br/bemzen/ultnot/religioes/ (LINK: FÉ)
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://www.centralartigos.com/auto-ajuda/

"Jesus Cristo é o Senhor"

sexta-feira, 4 de julho de 2008

NÃO SEJA RESPONSÁVEL PELO PECADO ALHEIO


Quem consente com o pecado também é responsabilizado por ele.


A narrativa de Números 25 versículos 1 e 2 apresenta um clima pesado de erro e inconseqüência entre o próprio povo de Deus: “E Israel deteve-se em Sitim e o povo começou a prostituir-se com as filhas dos moabitas. Elas convidaram o povo aos sacrifícios dos seus deuses; e o povo comeu, e inclinou-se aos seus deuses.“

Houve ainda um homem daquele grupo que tomou atitudes terríveis diante de Moises apenas para provocá-lo. “E eis que veio um homem dos filhos de Israel, e trouxe a seus irmãos uma midianita, à vista de Moisés, e à vista de toda a congregação dos filhos de Israel,” Números 25:6a

O povo de Deus que presenciou o fato chorou, feriu-se intimamente com aquela atitude errada. “chorando eles diante da tenda da congregação.” Números 25:6b

O pecado fere a pessoa de Deus em seu coração, pois o erro incomoda.

Se você se diz de Deus e não se importa mais, não fica mais incomodado com o errado, a sua comunhão com Deus vai mal. Aprenda mais sobre a caminhada com Deus.

Quem teme a Deus odeia o pecado, não o pecador, pois a nossa luta jamais é contra as pessoas, mas contra as forças demoníacas que atuam através delas induzindo-as ao erro e à perdição.

Tolerância zero quanto ao pecado revela boa comunhão com Deus.

Você tem perdido a sua alegria? Isso tem acontecido porque não está amando a justiça e nem aborrecendo a impiedade (Hebreus 1:9), ou seja, está vendo as situações ao seu redor e não tem feito a ponte entre Deus e os homens, não tem intercedido por aquelas pessoas conforme o que a palavra diz. Em outras palavras está sendo conivente com a ação do inferno.

Quando vemos o pecado e não o combatemos no mundo espiritual estamos sendo coniventes com ele.

O pecado não é natural. Revolte-se para com aquilo, denuncie o pecado, não seja mais omisso.

Esquivando-se de denunciar o pecado você acha que está isento, saiba que não existe neutralidade no mundo espiritual.

Fazer de conta que não viu o que não serve é ato que desagrada muito a Deus, é pecado de omissão.

Houve um membro do povo de Deus que incomodou-se com aquela situação terrível, tomou uma atitude para acabar com aquilo: pegou a lança e atacou o que estava afligindo o seu povo. “Vendo isso Finéias, filho de Eleazar, o filho de Arão, sacerdote, se levantou do meio da congregação, e tomou uma lança na sua mão” E foi após o homem israelita até à tenda, e os atravessou a ambos, ao homem israelita e à mulher, pelo ventre; então a praga cessou de sobre os filhos de Israel.“ Números 25:7 e 8

Hoje em dia as nossas armas são espirituais, não temos que agredir a ninguém nem física nem verbalmente.

A atitude espiritual que agrada a Deus contra o pecado é o combate espiritual, expulsando o demônio que está causando aquele distúrbio que você observou, em Nome de Jesus.

Você se enche de fé, se revolta contra aquela ação do diabo, ora e manda o mal embora naquela mesma hora.

Não suporte mais as coisas que ferem a palavra, ore e expulse-as imediatamente!

Pegue a sua lança espiritual e atravesse esses demônios para não receber a culpa daquela pessoa sobre você! (“E quando alguma pessoa pecar, ouvindo uma voz de blasfêmia, de que for testemunha, seja porque viu, ou porque soube, se o não denunciar, então levará a sua iniqüidade.” Levítico 5:1)

Não seja mais testemunha do pecado, denuncie-o. Não leve mais para si a iniqüidade dos outros, ore e repreenda o mal naquela mesma hora!

Ore, interceda, enfrente o mal: a hora é agora!

O que você viu, o que soube e que está fora da palavra de Deus, denuncie, fale para a pessoa com sabedoria. Não se exima para não ser culpado no lugar dela.

Cristão que vê o pecado e não o denuncia, leva sobre si aquela culpa, pois podia ter feito o bem e não o fez.

Pegue também as armas espirituais da oração e combata aquele mal para que a displicência não lhe custe muito caro.

Pare agora mesmo com o amor fingido! (Leia artigo sobre o assunto na íntegra)

Sua vontade de amar ao próximo tem que estar dentro de você, ajude aos outros em oração, combata todo o pecado e perdição que presenciar ou souber: esta atitude trás uma grande recompensa de Deus, além de tornar as suas orações eficazes. Outro fator é a alegria de constatar o poder de Deus em ação, livrando a pessoa que foi alvo da sua oração de toda aquela sujeira.

Aquela praga imunda cessou de sobre os filhos de Israel após a atitude corajosa daquele homem em enfrentar o que afligia ao seu povo. “então a praga cessou de sobre os filhos de Israel” Números 25:8b

Este homem foi zeloso em Deus para que todo o povo não fosse consumido por aquela tragédia.

É dessa forma que a sua oração age no mundo espiritual: a pessoa pela qual você ora, se levanta. Ela é fruto da sua oração! É uma alegria muito grande no coração dos que amam a Deus ver que ela está bem, largando a fornicação e se casando, largando os vícios e a prostituição.

Eis as recompensas do Pai para aqueles que têm zelo por sua palavra e intercedem pelos outros: aliança de paz e sacerdócio perpétuo. (Números 25:11 e 12)

Jó orou por seus amigos e Deus mudou a sua história livrando-o do cativeiro e dando-lhe em dobro tudo o que antes possuiu. “O Senhor, pois, virou o cativeiro de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o Senhor deu a Jó o dobro do que antes possuía.” Jó 42:1

O Senhor Jesus é claro: O que eu não quero para mim também não quero para o meu próximo. Com a mesma medida que medirmos seremos medidos.

Das próximas vezes em que vir o pecado não ignore mais a situação, ore, derrube aquele mal e verá a benção de Deus naquela vida e também em seu caminho.

Lembre-se: nós somos os responsáveis por fazer a obra de Deus.

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.

Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.

Visite artigos da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://www1.uol.com.br/bemzen/ultnot/religioes/ (LINK: FÉ)
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://www.centralartigos.com/auto-ajuda/


"Jesus Cristo é o Senhor"

PROFETIZE SOBRE A SUA VIDA


As áreas destruídas da sua vida podem ser recuperadas através da prática da palavra de Deus.




Tudo o que nos acontece e que é contrário ao que as Escrituras garantem que é nosso em Cristo pode ser mudado através do ato de profetizar sobre aquela situação.

Profetizar é falar como o próprio Senhor fala perante aquele problema. Ele é o detentor de todo o poder espiritual, a nossa tarefa é colocar o Seu poder invencível para agir pronunciando Sua palavra com total convicção interior da sua eficácia.

O livro de Ezequiel no capítulo 37 fala sobre o poder da profecia e que quando falamos como Deus fala fazemos o Seu Espírito agir em nosso favor. Nesta passagem vemos que Deus é o Deus do impossível, levantando ossos secos de um vale e revivendo-os num grande exército de homens cheios do Espírito divino.

Deus é tão surpreendente e maravilhoso que muitas das Suas ações são até desdenhadas e tidas como fábulas pelos incrédulos: “Como foi possível que o Espírito Santo tenha fecundado a virgem Maria?”; “Como um homem (Jonas) pode ter permanecido três dias na barriga de um peixe e sair de lá vivo?”; “Como é possível Jesus ter transformado água em vinho?”

Para Deus nada é impossível e a mente humana é limitada para compreender o campo infinito de atuação dos milagres espantosos do Criador. “Não temas porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus” Isaías 41:10a

De forma análoga quando busco a Deus e profetizo a entrada do Divino Espírito Santo a partir de hoje no meu casamento, na minha saúde, na minha carreira, nas minhas finanças, pela fé creio que elas reviverão no poder do Nome de Jesus daquele momento em diante!

Todas as áreas “secas” da sua vida podem reviver quando o Espírito de Vida do Senhor Deus adentra através do ato de profetizar a sua bênção.

Aprenda mais sobre a caminhada com Deus.

Profetizar exige de nós resistência contra as investidas demoníacas até que se concretize o que esperamos (ouvir e guardar aquela palavra): “Vida financeira destruída, casamento arruinado, saúde debilitada, carreira profissional derrotada, ouçam a voz do Senhor: eu digo a vocês que o Senhor fará entrar o Espírito em vocês e vocês voltarão a ter vida de novo! Em Nome de Jesus”

O milagre quem faz é Deus, a nossa parte é falar e nos mantermos firmes crendo no que Ele nos ensina pela Bíblia. São atos que requerem de nós fé e coragem redobrada. “Senhor, eu profetizei sobre as finanças, casamento, saúde, trabalho e a tua palavra diz que eles já se puseram em pé, em Nome de Jesus”.

Mantenha-se calmo e confiante na Palavra que você recebeu e colocou para agir em seu favor, pois o inimigo não quer nada de bom para nós e vai tentar de tudo para mostrar que aquilo não aconteceu e que não vai ser possível, mas a palavra de Deus já lhe deu o sim final. “Ele (Jesus), porém respondeu: Antes, bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!” Lucas 11:28

Ser calmo não significa ser relaxado, displicente, negligente nem indiferente, muito menos quer dizer que você deve ficar de braços cruzados olhando para o teto sem fazer nada. Vá em frente, siga sua vida, mas com a certeza íntima da ação de Deus mudando o quadro atual em seu favor.

Ter calma é permanecer confiante na operação de Deus que foi desencadeada quando profetizou, sabendo que a resposta que precisa já veio para atender aquilo que você precisa.

Quando o tentador vier, pois ele certamente virá, combata-o também com a Palavra: “Não adianta mais diabo, você já perdeu porque a Palavra diz que eu jamais fico desamparado, que o meu socorro vem do Senhor e de que eu sou suprido por Deus em cada uma das minhas necessidades. Por isso fuja agora, diabo, e não volte nunca mais com o seu sofrimento, em Nome de Jesus!”

Não permita mais ser derrotado pelo mal, único interessado em lhe oprimir, continue combatendo espiritualmente até receber a sua bênção. O reino dos céus é tomado à força e você vai conseguir!

De agora em diante aplique a palavra de Deus para mudar a sua história.

Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.

Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora autora dos livros: “Como conhecer a Deus na prática” Volume 1 e Volume 2, membro da Igreja Internacional da Graça de Deus em Jundiaí/SP, administradora de empresas pela PUC/SP, contabilista, especialista em marketing pela ESPM/SP.

Visite artigos da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://www1.uol.com.br/bemzen/ultnot/religioes/ (LINK: FÉ)
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://www.centralartigos.com/auto-ajuda/

"Jesus Cristo é o Senhor"

quarta-feira, 2 de julho de 2008

AMOR VERDADEIRO OU FINGIDO


Você tem colocado o seu amor ao próximo em prática? Ou é só mero discurso?



Sabemos que a ordem é amar, já ouvimos infinitas vezes a passagem descrita em Lucas 10:27: “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.”

Será que estamos mesmo amando ao nosso próximo? Falar é fácil, difícil é fazer, respeitar, obedecer.

A nossa oração vai perdendo a eficácia quando a fazemos olhando apenas para o nosso próprio umbigo.

Além disso, corremos um alto risco espiritual quando caímos no piloto automático, indiferentes ao mandamento de Cristo, pois ficamos fora do amor de Deus.

Você consegue lembrar-se quando foi a última vez em que você intercedeu por uma outra pessoa? Quando você pleiteou uma causa alheia ultimamente? E quando você se lembra de alguém, ora e abençoa aquela pessoa?

Tem muita gente ao seu redor precisando da sua ação no mundo espiritual, mas você nem se importa com isso. Está perdendo a força e o prazer e constatar a sua oração surtindo efeito transformador na vida das pessoas ao seu redor.

O mais crítico é quando o amor é fingido, definitivamente essa atitude nos põe bem longe das bênçãos de Deus. “O amor seja não fingido” Romanos 12:9

Exemplos clássicos do amor fingido (o crente que nunca agiu assim, pelo menos uma vez, que atire a primeira pedra):

- Você diz que vai orar por alguém que lhe pediu e não ora coisa nenhuma,
- Você diz que vai orar por alguém, mas quando o faz é desse jeito “Senhor, abençoe o Joãozinho, amém.” e acabou... “sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor” Romanos 12:11b
- Você até ora e intercede a Deus pelos outros, nas demora um tempo considerável para fazê-lo “Não sejais vagarosos no cuidado” Romanos 12:11a
- Você fala que aquele irmão da igreja é uma bênção, mas só “da boca para fora”;
- Uma irmã lhe conta um problema, você percebe o que há de errado e você não fala nada do que a palavra diz ou então responde que tudo vai ficar bem... Simplesmente você não “abre o jogo” com a outra pessoa;
- Está cismado de estar sendo enganado e passa por cima da suspeita, sem abrir o coração com a pessoa em questão;
- Você fala uma coisa e está sentindo outra, totalmente diferente, e assim por diante.

Deus conhece as intenções do seu coração, sabe muito bem com que propósito você faz ou deixa de fazer as coisas.

Quando praticamos o amor fraternal podemos até parecer bobos para o mundo, perdoando 70 vezes 7, suportando as afrontas que nos fazem por amor ao Senhor, buscando a paz com todos, moderando a nossa linguagem, mas toda a atitude de acordo com as Escrituras tem a sua recompensa concedida pelo próprio Deus a nós.

É melhor ser visto como um bobo de Deus do que ser considerado esperto pelo mundo.

Das próximas vezes fale com sinceridade, mas com tato e jeito, não engane mais. “Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.” Romanos 12:10

Um caso triste relatado na Palavra de Deus é o de Ló, sobrinho do patriarca Abraão.

A Bíblia relata a partir de Gênesis 13:5 que eles haviam crescido muito em gado, mas que os pastores de ambos começaram a brigar, então Abraão, o detentor das bênçãos de Deus, pediu que seu sobrinho Ló escolhesse para onde queria ir a fim de terminar com aquela contenda.

Ló achou que estava com tudo, pois era rico em rebanhos, gado e tendas, esqueceu-se que seu tio era o eleito de Deus e não ele, ignorou a Deus, desconsiderou a preferência do ungido de Deus e não orou para decidir, viu as campinas férteis do Jordão e não pensou duas vezes em rumar para lá. Ele foi pelo que viu e achou que era bom, mas foi sem Deus.

A tragédia nos abate quando olhamos as situações ao nosso redor com os olhos do mundo e não sob a ótica de Deus e vamos tomando as atitudes pelo que nós achamos certo em vez de consultar a palavra de Deus e buscar ao Senhor para decidir.

O resultado foi trágico na vida do sobrinho de Abraão: acabou perdendo tudo, saiu correndo, só com a roupa do corpo, no caminho ainda perdeu a mulher e teve um caso com suas duas filhas! Um abismo foi chamando outro ainda pior. Ló só não morreu por causa do seu tio Abraão que foi em seu socorro. (Gênesis 14:14 a 16)

O amor fingido nos faz andar para trás, parece que estamos ganhando muito, mas estamos como Ló, ganhando para a perdição e ruína porque estamos destituídos de Deus.

O que você tem feito de bom para a humanidade? Faça algo na sua carreira para agradar a Deus.

Revista-se do amor sincero para com Deus da mesma forma como procederam Davi (“Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade” Atos 13:22) e Jó (“homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal.” Jó 1:1).

Substitua a hipocrisia, fingimento e as atitudes interesseiras que tem um triste desfecho pela obediência, santidade e honestidade que atraem as bênçãos de Deus.

“E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.” 1 João 4:16
Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.

Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora autora dos livros "Como conhecer a Deus na prática - Tudo o que você queria saber sobre a caminhada com Deus" Volume 1 e Volume 2, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.


Visite artigos da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://www1.uol.com.br/bemzen/ultnot/religioes/ (LINK: FÉ)
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://www.centralartigos.com/auto-ajuda/


"Jesus Cristo é o Senhor"

terça-feira, 1 de julho de 2008

NÃO DESPREZE O DOM DE DEUS.


Conheça o que Esaú fez com o dom divino a ele concedido.


Comece a considerar a partir de hoje os teus dons particulares, aquelas qualidades dadas por Deus, habilidades das quais você foi ricamente provido. Usufrua delas, não as desperdice mais. “Não desprezes o dom que há em ti” 1 Timóteo 4:14a

Para alguns é o talento em ensinar, em outros a facilidade em ganhar dinheiro, faculdade para administrar conflitos, organizar, falar em público, vender, enfim, são inúmeras e tão diversificadas como a areia do mar!

As habilidades concedidas por Deus a você podem ser o seu ganha pão, não há nada de errado nisso.

Existem vários casos de carreiras bem sucedidas que começaram como meros hobbyes de final de semana.

Usufrua destes atributos particulares, pois Deus te capacitou para determinadas atividades mais do que aos outros e Ele assim o fez com o propósito de fazer você crescer muito e glorificar ao Seu Santo Nome abençoando outras vidas ao seu redor.

Deus também capacita os seus escolhidos, o que quer dizer que mesmo tendo um novo desafio a sua frente do qual você nada saiba, o Eterno vai lhe dar as ferramentas necessárias para assumir a tarefa e se sair muito bem nela.

Os dons acima exemplificados são particulares, um conjunto específico para cada um de nós, mas também há um dom divino que é comum a todos nós: o dom da fé.

O dom da fé não pode ser negligenciado pelo cristão, em especial quando ele já conhece e compreende a Palavra de Deus.

O dom da fé nos permite determinar a bênção, tomar posse do que é nosso por direito divino e manter-nos na nossa posição conquistada por Cristo na cruz.

Use o seu dom da fé em tudo, mantendo-o sempre em primeiro plano.

A causa do seu sofrimento é o fato de não estar usando o seu dom da fé para enfrentar toda a opressão que o tem assolado. Ele tem que estar aceso todos os dias e o tempo todo: ninguém é capaz de tirar de você esse dom, tampouco o poder de Deus que opera em sua vida.

Você não tem tido condição alguma para nada, encontra-se num aperto de difícil equacionamento, sofre porque não entende que está faltando determinar a sua bênção. (leia: http://www.artigonal.com/religiao-artigos/determinacao-um-ensinamento-biblico-que-vai-mudar-a-sua-vida-352379.html)

Com a prática da determinação bíblica você coloca o seu dom da fé em ação em qualquer área da sua vida, certamente você nunca mais será o mesmo.

Temos um triste caso relatado nas Sagradas Escrituras de um jovem que rejeitou o dom de Deus: Esaú.

Ele era o primogênito de Jacó, pela tradição tinha o direito de ser herdeiro legitimo de seu pai, mas chegou do campo tão cansado que trocou o bem mais precioso que possuía por um prato de lentilhas! “E Jacó cozera um guisado; e veio Esaú do campo, e estava ele cansado; E disse Esaú a Jacó: Deixa-me, peço-te, comer desse guisado vermelho, porque estou cansado. Por isso se chamou Edom. Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura. E disse Esaú: Eis que estou a ponto de morrer; para que me servirá a primogenitura?” Gênesis 25:29 a 32

Não faça como Esaú, não despreze a sua herança como filho de Deus porque está cansado de tudo.

Muitos crentes estão desprezando a fé, a oração, o poder de Jesus porque simplesmente se cansaram. Eles acreditam que o silêncio de Deus só recaiu sobre as suas próprias vidas, que os outros ao seu redor tem de tudo, mas que para ele não há nada de bom. Oram com amor, com fervor, firmes na palavra e fiéis e não acontece nada! Se acontecer caia de pé, dignamente, sem se dobrar para o erro, pois Deus é a nossa fortaleza.

Quando você se cansa o tentador ataca para lhe oferecer algo aparentemente bom, mas que fere tremendamente a palavra de Deus. O pecado agrada o cansado porque ele acha que a sua herança nunca vai chegar. “E disse Esaú: Eis que estou a ponto de morrer; para que me servirá a primogenitura?” Gênesis 25:32

Esaú jogou para o alto o bem mais precioso do pai, foi precipitado e perdeu a sua dignidade. Se você cair, deve fazê-lo com dignidade, sem ter do que se envergonhar, pode até estar cansado do contratempo, mas mantenha-se digno sempre e sem desprezar os dons de Deus.

Mantenha-se fiel, você não vai perder, seja temente a Deus e digno, não traia o Evangelho de Cristo, não fira a Palavra que você já conhece.

Troque todo tipo de vantagem imediatista, ilegal e maligna pela promessa de Deus para a sua vida, mesmo que ela ainda demande um tempo para acontecer.

Esaú fez sabendo que errava “para que me servirá a primogenitura?”, em outra palavras é o crente dizendo “eu estou no buraco mesmo, tanto faz, dane-se!”; “se eu não aceitar vão me achar um bobo”; “todo mundo faz isso”; “vou fazer só desta vez para tirar o meu pé da lama”: perca, mas não traia a Jesus. Se precisar saia, mas ser ter do que se envergonhar.

Esaú chegou a prometer, a jurar ao irmão a sua herança! É o típico crente que fez errado conscientemente falando para o Senhor: “É Jesus, não deu mesmo!”. “Então disse Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó.” Gênesis 25:33

Esaú tinha o dom de Deus, tinha a palavra e saiu dela, desprezou-a. Tomo essa decisão por conta própria, porque estava esgotado. “E Jacó deu pão a Esaú e o guisado de lentilhas; e ele comeu, e bebeu, e levantou-se, e saiu. Assim desprezou Esaú a sua primogenitura.” Gênesis 25:34

Esaú encheu a barriga, matou a fome, comeu muito bem, mas depois chorou amargamente de raiva e ódio, pois abriu mão do melhor. “E disse Esaú a seu pai: Tens uma só bênção, meu pai? Abençoa-me também a mim, meu pai. E levantou Esaú a sua voz, e chorou.” Gênesis 27:38

Você já tem o dom de Deus, sabe orar, sabe buscar os seus direitos em Cristo e recorreu a outros recursos e meios porque achou que estava demorando muito para acontecer: desprezou o Senhor, separou-se dEle para andar sozinho e certamente recebe amargura, tristeza e opressão.

Muita atenção às propostas “vantajosas” que você recebe. Ore antes de decidir e reflita se ela não fere a palavra de Deus.

Não agarre a chance que lhe aparecer pela frente somente por necessidade, primeiro veja se aquilo não desagrada a Deus, ou seja, se é algo contrário aos ensinamentos de Jesus que você já sabe.

É muito importante que você tenha uma vida de constante oração, mas não aquela repetição sem fim a qual você se acostumou e que Deus já nem ouve mais.

Peça para Jesus renovar as suas palavras e orações.

A palavra de Deus em ação dentro de uma oração renovada em Espírito funciona que é uma beleza.

A oração baseada na Bíblia é eficaz (não falha), penetrante para destruir o poder do inimigo. “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” Hebreus 4:12
Não troque o Evangelho de Cristo por nada, volte às primeiras obras e Deus vai te levantar.

Com Deus você constrói tudo novamente.


Em Nome de Jesus.

Mônica Gazzarrini.
Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, escritora, administradora de empresas, contabilista, especialista em marketing.

Visite artigos da escritora sobre a caminhada com Deus em:

http://bencaossemlimites.blogspot.com/
http://www1.uol.com.br/bemzen/ultnot/religioes/ (LINK: FÉ)
http://www.webartigos.com/authors/878/Monica-Gazzarrini
http://www.artigonal.com/authors_49432.html
http://www.centralartigos.com/auto-ajuda/

"Jesus Cristo é o Senhor"